abril 15, 2007

»»»» igual visão, outras cores ««««


pôr-do-sol vermelho
ocaso sol
dos desencontros
negra e lúgubre solidão
salvados do naufrágio desta vida
reflectido breu gritante da ausência
vermelho sol, cor fogo do teu corpo
claustros escarlates de esperança
desafogados horizontes
irisando amanhãs
flor amor
por-do-sol dourado
dourado
céu de por-do-sol
certeza viva do encanto
intensidade do profundo querer
perfume aconchegante do gesto
plenitude do afecto nas carícias
mãos amantes incontidas
ciúmes de amores
sentidos
poema/fotos: poetaeusou

47 comentários:

Luna disse...

Nada na vida é permanente, assim nos mostra o sol quando se põe e de manhã nos acorda acariciando o olhar, também a solidão ,um dia vais acordar e o sol do amor te vai acarinhar.
jinhos

mari amar disse...

Inspiração divina? Só pode ser atendendo à beleza do poema.

E o mar escureceu
O sol rubro desapareceu
A tua alma chorou
O teu corpo rasgou
Com a ausência da mulher amada
O abandono, a solidão
Abalaram o teu coração
Que desfeito em pedaços
Aqui chorou

Beijinhos salpicados de mar

mari amar disse...

Duas fotografias lindas!Uma paleta de cores que só podia ser obra do Criador captada numa hora mágica.
Dois poemas excelentes saídos de um coração magnânimo.

Areal de beijos

poetaeusou disse...

///
luna
/
penso que a,
solidão

me
solidificou
consolidou
endureceu
/
jino
/

Maria disse...

Cada vez gosto mais de te ler... poeta...

As fotos, eu conheço-as...

Hoje deixo-te uma cafeteira de café...

poetaeusou disse...

+
mariamar
+
tudo acabou
tudo morreu
nada ficou
nem a saudade
+
onde é que eu
ouvi isto
+
jino
tremido de angustia
+

Teresa Durães disse...

(mais umas lindas fotografias!)

ainda não vi a praia este ano
nemum por-do-sol
nem senti a primavera chegar :(

boa noite

Luna disse...

Estas enganado, a solidão não passa de um estado de espirito que a qualquer instante pode ser alterado, desde que queiras, sei do que falo,e a pior solidão não é a estarmos sozinhos,por vezes essa é boa para nos reencontrarmos, mas a que se sente no meio da multidão , o vazio de que tudo se perdeu inclusive nós dentro de nós proprios,não é facil, mas deixando de ter pena de nós mesmos, e ter vontade de descobrir algo de novo para nos preencher, como a poesia...não acaba completamente mas dilui-se um pouco.

deixo-te estas palavras, dentro de uma almofada com penas de gaivotas,junto com o meu carinho,para te acompanharem de noite
jinhos

poetaeusou disse...

*
maria
*
podes conhecer o local
mas não as fotos
que sao de sexta-feira,
*
obrigado pelo café
*
inté
*

mari amar disse...

A amiguinha Luna, um doce, deixa-te as palavras que precisas.Estás rodeado de pessoas formidáveis que te dão o que mereces.Desculpa!
Beijinhos do mar da Nazaré

poetaeusou disse...

/
teresinha
/
hoje o por-do-sol,
foi lindissimo
mas, não estava inspirado.
não saiu nada de jeito...
/
boa noite
/

mari amar disse...

Percebeste? Com certeza.
Areal deles....

Maria P. disse...

Duas cores, quantos amores?...

Um beijo da cor de Maio.

poetaeusou disse...

/
luna
/
cinge a almofada por mim ...
/
jinos
/

Maria disse...

Ai poeta

Desde quando é que eu vejo fotos tuas antes de as publicares aqui?
Quando eu digo que conheço as fotos, é o sítio, a paisagem nelas retratadas, percebes?
Quantos pôres de sol já eu vi aí? E com essas cores?
Ai caramba, que não podes beber tanto café....

Deixo-te uma garrafa de água

A COR DO MAR disse...

fotos lindas da cor das "letraS"
boa noite
Beijoca*

poetaeusou disse...

+
maria p.
+
o amor
evita
o
porto
de abrigo
em ... mim
+
beijo ondeante
+

poetaeusou disse...

/
maria
/
pretendi "picar-te"
e ...
/
inté amiga,
/

poetaeusou disse...

/
a cor do mar
/
cor minha
do mar, meu
/
um sitio,
dois diferentes ocasos,
a cor influencia
os sentidos ...
/
xi
/

poetaeusou disse...

/
mari amar
/
estetoscopia o mar...
/
conchinhas
/

sonhadora disse...

deixo-te sonhos das marés prateadas do meu mar.
Beijinhos embrulhados em abraços

poetaeusou disse...

*
sonhadora
*
aceito
"utopiando"
as
quimeras mareantes
*
ji
*

pitanga disse...

Xiiiiiiii! É o sol caindo no mar num dia de verão.

Perguntas pela Rosa...está lá.

abraços

poetaeusou disse...

/
pitanga
/
ou
ao
sabor
dos
caprichos
dos lálálás,
/
conchinhas
/

MEU DOCE AMOR disse...

O que me fizeram?

Olha ,vim ver o teu pôr-do- sol e ler-te.

Beijinho

o amigo do sotix disse...

Parabéns pelas belas fotos.
Nazaré, uma terra por onde eu passo sempre que vou a Portugal de férias, e as saudades que eu já tenho desse “Sitio”
Bjs

poetaeusou disse...

/
foi boa opcção ...
/
ji)
/

poetaeusou disse...

/
amigo do sotix
/
grato
pela visita
/
o sitio
continua imponente
/
abç
/

Luna disse...

Espero que a moral hoje esteja mais elevada

Mari amar, dá colinho ao poeta
jinhos

poetaeusou disse...

*
LUNA
*
há novas
dos ventos do sul
*
voando
*
chegando
*
ji)
*

Luna disse...

Que bom poeta, que as novas, venham cheias de luz
jinhos

poetaeusou disse...

/
bons ventos,
os do sul,
/
ji
/

artesanato para noivas por eduardo costa disse...

convite: www.noivas-arte.blogspot.com

poetaeusou disse...

*
artesanato para noivas por eduardo costa
*
é pá, manda o catálogo...
*
até
*

as velas ardem ate ao fim disse...

Sol muito sol!

bjinhos

sonhadora disse...

a noite ao cair envolve tudo e os sonhos acariciam o meu corpo de cetim.
Beijinhos embrulhados em abraços

sonhadora disse...

a noite ao cair envolve tudo e os sonhos acariciam o meu corpo de cetim.
Beijinhos embrulhados em abraços

sonhadora disse...

a noite ao cair envolve tudo e os sonhos acariciam o meu corpo de cetim.
Beijinhos embrulhados em abraços

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Os pôr do sol são sempre fantásticos... de uma beleza tão natural que as vezes parece nao ser real!

=^.^=

poetaeusou disse...

/
as velas ardem até ao fim
/
o astro-rei
/
que pena, não ter o
aromático perfume,
o incenso das velas,
que ardem até ao fim ...
/
jino
/

poetaeusou disse...

/
sonhadora
/
pele
acetinada
em noite
sonhada
/
jino
/

poetaeusou disse...

*
tarina
*
nunca satura
em permanente olhar ...
*
daqui a pouco
há mais
*
jinho nazareno
*

Sininho disse...

Dourado ou vermelho, o esplendor está lá.
E esteve na mão de quem guardou a beleza do momento.

Abrçs.

poetaeusou disse...

//
sininho
/
apetece mergulhar nas fotos...
/
quem poderá ser insensível
/
abç
/

NUVEM BRANCA TÃO FOFINHA disse...

Pôr-do-sol vermelho
Pôr-do-sol dourado...
Poeta de mil cores e mil palavras!
NUVEM

poetaeusou disse...

*
nuvem branca tão fofinha
*
por-do-sol branco, fofinho
*
até
*

docepoetisa disse...

Este fabuloso fim de tarde com sol quente,abrasador e carregado de nostálgia só mesmo em terras Africanas.Parabéns pelas fotos.São belas.
bj