março 23, 2007

»»» pedras, pedras, pedras «««


proa erguida, em mar de pedra
barco de pedra, a navegar sem mar
pedra em quilha, ao vento indefinido
pedra farol, do desencontrado mar
num parado mar, em rumo de pedra
pedras instáveis, em marés de trilhos
limbos de amores, na pedra da proa
misteriosa revolta, de búzios de pedra
de rotas em quilha, numa ré de pedras
marujo de pedra, em sequioso mar
e salgadas pedras, trilhando as rotas
doces espumas, em algas de pedra
pedras de revolta, na demora do vento
o vento aluado, da pedra gaivota
algas e limos, pililipipando as pedras
sussurros marujos, em mulher de pedra
rotas de pedra, nas gaivotas dos rumos
lágrimas de pedra, da mulher em espera
na dourada praia, dum areal de pedra
camões lusiando em estátuas de pedra
nas pedras de versos, cantando a mulher
esplanada de pedra, do bronzeado pessoa
desassossegando pedras, em trilhos marujos
bordados lutos, de mulheres de pedra
sophia em espera, nas pedras em estatua
búzios da pedra do amor, corpo de sereia
pedra sophia, olhos de farol, poemando o mar
mar de pedra, sereia sem rosto, por sophia espera
do rosto de mulher faltoso, na pedra em estatua
ondas, marés, ciclos lunares e gaivotas de pedra
apelam ao vento de pedra, chamando por sophia
na sereia fica, o rosto de sophia, o rosto de pedra

poemado/foto de: poetaeusou

32 comentários:

as velas ardem ate ao fim disse...

Pedra dura, pedra aspera, pedra, pedra, pedra.
Fria, perda,uma perda de tempo ler isto

Fica bem.

Isabel-F. disse...

bela foto ,
que ilustra soberbamente este poema tão forte

bom fim de semana
bjs

poetaeusou disse...

***
as velas ardem ate ao fim
*
desculpa
vou tentar fazer melhor.
tu mereces ...
*
cuidado com as velas ...
não inales ...
*
teu respeitdor.
***

poetaeusou disse...

***
isabel-f.
*
fotei sem interesse.
gostei do produto final.
*
realmente pedras, duras, frias, asperas.
mas para mim, falam, cantam, sentem.
pedras que eu amo e tenho retorno.
*
um fim de semana com art.
*
jis)
*****

wind disse...

A foto simbiótica com o poema de pedra que fizeste para a SMB:)
beijos

Tiago disse...

Gostei, muito das palavras que por aqui vogam, assim como a foto...não ligues a velas, tem fases, muitas fases... mas gostei de aqui passar...

poetaeusou disse...

***
wind
*
a simbiose
do teu (ler+ver)
ditaram as tuas
palavras. só.
*
jinos)
*****

poetaeusou disse...

***
tiago
*
sim. são velas que
não queimam, amorosas.
*
e para mim
as mulheres têm
sempre razão.
... nem com uma flôr, se...
*
grato
***

Fernanda disse...

Olá
Pedras preciosas... amizades...

Um beijinho

poetaeusou disse...

***
fernanda
*
amizades preciosas.
pedras que falam.
*
jinos
***

Farinho disse...

A pedra que resiste
à chuva e ao vento
Presencia tormentos
de uma vida vazia
à espera do seu momento
transformado em monumento.

Beijocas

poetaeusou disse...

***
farinho
*
pedras resistentes
na vida presentes
*
jocas
***

Anónimo disse...

Gostei. Dás-me cabo da "cabeca".
Já viste hoje o nível do mar?

poetaeusou disse...

*
anónimo
já vi lindo,
está a pedir "latadas"
"á tonho paula"
*
cuidado com o sol
é perigoso.
*
caboses prati...
***

wind disse...

Poeta enganaste-te a comentar um dos meus posts,lololol. comentaste num dos de baixo:)
beijos

poetaeusou disse...

*
Wind
*
Pensei que me tinhas deletado
*
bj)
*

mari amar disse...

poeta das marés, dos fortes em quilha, das ondas, dos mares, que conheces as pedras como as tuas mãos, deixo-te a pedra cantada, um sonho,que tantos encantou.


Pedra Filosofal

Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam,

como estas aves que gritam

em bebedeiras de azul.



eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.



Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel,

base, fuste, capitel,

arco em ogiva, vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara grega, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

que é cabo da Boa Esperança,

ouro, canela, marfim,

florete de espadachim,

bastidor, passo de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

pára-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra-som, televisão,

desembarque em foguetão

na superfície lunar.



Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que um homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança.



António Gedeão

Um ramo de beijos salpicados de marés

Maria disse...

Poeta

Gostei da foto, não toco nessas pedras há um tempo...
Gostei das pedras todas do teu poema. Gostei, mesmo!

Inté (sem pedra)

Isabel Magalhães disse...

«ondas, marés, ciclos lunares e gaivotas»


Gostei muito. juntei aos Favoritos!

[]
I.

poetaeusou disse...

***
mari amar
*
TODO O TEMPO É DE POESIA
*
Todo o tempo é de poesia
Desde a névoa da manhã
à névoa do outro dia.
Desde a quentura do ventre
à frigidez da agonia
Todo o tempo é de poesia
Entre bombas que deflagram.
Corolas que se desdobram.
Corpos que em sangue soçobram.
Vidas qu'a amar se consagram.
Sob a cúpula sombria
das mãos que pedem vingança.
Sob o arco da aliança
da celeste alegoria.
Todo o tempo é de poesia.
Desde a arrumação ao caos
à confusão da harmonia.
*
in) antónio gedeão
*
Um beijo?
*****

poetaeusou disse...

***
maria
*
gostei
do teu gosto
*
inté
*******

poetaeusou disse...

***
isabel magalhães
*
grato
*
"rumos, rotas, feitas pedra"
*
até
******

Luna disse...

pedra " patar, Pedro" sophia " sabedoria " A pedra cubica Da sabedoria, cada dia mais inspirado
beijos

poetaeusou disse...

***
sophia sábia,
dos ciclos lunares,
pedra dissimétrica ?
pedra basilar ?
*
beijos
*******

rosa dourada disse...

As pedras transmitem-nos estabilidade, persistência...
Bonito poema e foto.

Bom fim-de-semana

poetaeusou disse...

***
rosa dourada
*
pedras:
/
da calçada juncadas
de rosmaninho
ou
safiras,perolas,diamantes.
/
bfs)
*********

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Não seo o que aconteceu ao meu comentario :S

Bem... um beijo grande... e bom fds!

=^.^= tarina

Maria P. disse...

Pedra a pedra - a construção.

Bjos*

poetaeusou disse...

*
tarina
lindinha
*
aqui não chegou
*
bonitos sorrisos
na palma da mão.
*
bfs
jino
*********

A COR DO MAR disse...

aii poeta baralhei os neurónios... mas pronto td tem a sua lógica.
Gostei mesmo foi duma palavra que aqui escreveste, e que me fez lembrar o mar da minha familia, da minha meninice e por aí fora : Caboses : eu adorova-os :)))
Beijoca*

poetaeusou disse...

***
maria.p
*
solidificação ...
...de anseios...
*
jino)
***

poetaeusou disse...

***
a cor do mar
*
cabozes ?
*
joka
***