março 24, 2007

»»»»»»»»» noite da noite «««««««««

cubro-me de noite
num manto de luz
em quarto escuro
de claras praças
labaredas de velas
de becos malditos
resplendor emanado
no abismo da noite
dos terrores e medos
á sombra dos prantos
na luxúria dos leitos
os barcos de breu
rumando imóveis
nos pecados da noite
ofertados nas ruas
pardas reluzentes
sombrias iluminadas
felizes descontentes
enjeitando madrugadas
in) poetaeusou

30 comentários:

elsa nyny disse...

Está muuito lindooo!!!


Beijinhos!
:)

wind disse...

Poeta este não percebi:((( desculpa:(((
beijos

poetaeusou disse...

***
elsa nyny
*
farol
em
castelo branco
plantado
*
jinos
***

poetaeusou disse...

/////////
wind
/
acordei
assim ...
/
acontece
/
não te
preocupes ...
/
beijo
/////////

Maria P. disse...

Gosto de madrugadas.

Um beijo.

poetaeusou disse...

////////
maria p.
/
madrugadas
cessadas/findadas
ou
acordadas/amadas
/
jino)
/////////

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Linda foto!

Adoro o mar!!!

Obrigada pelo teu primeiro comentário ;)

1 beijo =^.^= tarina

nanda disse...

Linda foto! Bonita a Nazaré ao adormecer ou ao despertar.

poetaeusou disse...

///
TARINA
/
no principio era,
mííínháááuuuuáúáúáúáú...
o verbo ...
no presente é,
renháááúúúúúíí
falta o prometido,
rááátííítííítííí...
/
jino
///

poetaeusou disse...

///
nanda
/
a anos luz do Pico ...
*
mas, na nossa insignificância,
bela, harmoniosa, luminosa,
claridade impar.Hoje em especial...
/
até
///

david santos disse...

Olá!
Passei para felicitar-te pelo teu trabalho e desejar-te um bom fim-de-semana

Teresa Durães disse...

há noites dessas. noites de todas as vozes. não costumam ser muito simpáticas.

bj

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Não está esquicido...

LOLOL

Qualquer dia tens uma surpresa!

=^.^= tarina

poetaeusou disse...

///
David Santos
/
já tenho vergonha de te fitar...
segunda-feira vou tentar enviar
o livro.
/
abraço
///

poetaeusou disse...

///
teresa
/
o noitear
são rabiosas,
como o meu mar,
mas...não perigosas...
/
apenas uns alertas
de quando em vez
em poemados ...
/
bj)
//////

poetaeusou disse...

///
tarina
/
ai, vou ficar feliz
/
o meu rátítítí
/
o rato, ruía, roeu, rói.
o rei de roma, roeu o rato.
/
jino)
/////////

Maria disse...

Eu cubro-me de noite num manto de estrelas que pairam no céu aí, nessa praia...

Fantásticos, a foto, e o poema.

Inté, poeta

Papoila disse...

Ola, como e linda a noite passada contigo! Pk cada linha e como se estivesse presente nessa visao da noite. Bela descriçao, belo Ser, magnifico Sentir. Parabens,
Deixo-te um bjinho das nuvens de algodao doce,
Papoila Sonhadora,

poetaeusou disse...

***
maria
*
e as efémeras estrelas cadentes
atravessando o teu manto,
desfasem-se em múltiplas
estrelícias do mar, em mim,
ciumando os fluxos prateados da lua.
*
inté
***

poetaeusou disse...

///
papoila
/
podemos tornar
real os sonhos
perseverança.
/
passa amanha,
por esta casa,
e escolhe uma virtual,
pedra preciosa,
a que quiseres.
/
doces conchinhas
da nazaré, para ti,
/
jino
///////

Fernanda disse...

A foto´... um espectáculo!!!
Adoro a noite... e as suas luzes...

Bom fim de semana

poetaeusou disse...

***
fernanda
*
revelas bom gosto
*
bom fim de semana
***

mari amar disse...

poeutaeufosse

faria poemas lindos para o teu blog. hoje deixo-te Florbela:

Os versos que te fiz

Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Florbela Espanca

planto beijos floridos para ti

poetaeusou disse...

***
mari amar
*
Será que Florbela teu razão ?
Espero que não, ita.
ALMA PERDIDA
Toda esta noite o rouxinol chorou,
Gemeu, rezou, gritou perdidamente!
Alma de rouxinol, alma da gente,
Tu és, talvez, alguém que se finou!

Tu és, talvez, um sonho que passou,
Que se fundiu na Dor, suavemente...
Talvez sejas a alma, a alma doente
Dalguém que quis amar e nunca amou!

Toda a noite choraste... e eu chorei
Talvez porque, ao ouvir-te, adivinhei
Que ninguém é mais triste do que nós!

Contaste tanta coisa à noite calma,
Que eu pensei que tu eras a minh'alma
Que chorasse perdida em tua voz
*
in) florbela
*
beijos luziantes, muitos
***

A COR DO MAR disse...

Mto bem retratado.
Beijoca*

poetaeusou disse...

***
a cor do mar
*
minha lin(d)a
*
tão sintética ???
*
bjoka
***

acordomar disse...

analitica :))

poetaeusou disse...

***
acordomar
*
lin(d)a
*
pesquisa ?
*
critica ?
*
bjoka
***

Luna disse...

Gostei especialmente deste ,muito dentro do meu estilo, pronto gostei
beijos

poetaeusou disse...

***
luna
*
adorei por teres gostado
e apartir de agora vai
ser o preferido ... pronto ...
*
já conheço o estilo, hihihi ...
*
beijo)
***