março 22, 2007

»»»» os meus amores ««««



vem mary, minha lenda viva
quero mostrar a razão dos meus amores
o amor á minha terra feita, mary
fita a imagem de marca da Nazaré
de d. fuas de roupinho, o alcaide
cavaleiro de afonso, o fundador
não tem nada de religião, é uma lenda
em que um derrotado rei, o visigodo
em guadalete e de seu nome, rodrigo
da terra santa, martirizada, trás consigo
uma imagem, da nazaré da galileia
vislumbra o sinal da pata, no rochedo
e espalha o teu doce olhar, nesta beleza
a beleza que eu enxergo em ti, o reflexo
a luz clarificante, os teus olhos
o dourado do areal, os teus cabelos
o avermelhado dos telhados, os teus lábios
sorriso deslumbrante de criança, como o teu
os trilhados das ondas, os teus passos
os lânguidos corpos bronzeados, logo o teu
o poema anilado deste céu, o teu rosto
ondas altaneiras do picado mar, os teus seios
as gaivotas esvoaçantes, teus sentimentos
que em aromática bandeja , me queres ofertar
e eu recebo com muito amor, mary
os teus desejos, carícias, afectos, beijos
com respeito, estima, brandura, humildade
com igualdade, união, e a paz ... da felicidade

poemado/foto:poetaeusou

34 comentários:

wind disse...

Gstei da mistura da lenda com a parte do sensual:)
beijos

Maria disse...

Linda a imagem da snra. da Nazaré
Linda a vista do Sítio
Lindo o texto... (???)

Inté

Maria P. disse...

E porque as palavras não são necessárias, hoje, deixo apenas o meu sorriso.

Um beijo*

poetaeusou . . . disse...

\\\\\
wind
\
dos sonhos
da imaginação
dos sentimentos
em afluxo
\
nasce a beleza
no minimo a ... virtual
\
beijo
\\\\\

poetaeusou . . . disse...

\\\\\
maria
\
ái nazaré
que lindo é
ter a riqueza
de ir ao sitio
para te olhar
\
inté
\\\\\

poetaeusou . . . disse...

\\\\\
maria.p
\
o sorriso deslumbrante de criança, como o teu,
\
beijo)
\
\\\\\

Maria P. disse...

:)

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
*
pável
vinográdov
*
b)
*

as velas ardem ate ao fim disse...

Gostas muito da MarY!

Deves ser um bom homem para teres tanta paixão dentro de ti.

Um bem haja

poetaeusou . . . disse...

\\\\\
as velas ardem ate ao fim
\
todas as mulheres são mary ...
\
todos os poetas (eu pseudo),
são sensiveis, bons homens.
\
é tão fácil ser bom ...
\
é tão irracional, ser mau ...
\
bem hajas
\\\\\

Pitanga Doce disse...

Faz muito tempo que não vou à Nazaré. Quem sabe no verão? Será que ainda estou aqui?

abraços

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
/
eu estou e espero
/
de certeza
/
renovei contrato
com, S.Pedro
até 2.020
/
hihihi
/
abç
*

PoesiaMGD disse...

Deveras interessante essa homenagem! Muito bonita!
Um abraço

david santos disse...

Olá!
Belo! Parabéns.

Pitanga Doce disse...

Ó Poeta, caramba! Eu quis dizer "será que ainda estou aqui...EM PORTUGAL". Já esqueceste que só estou aqui "passando uma chuva" como dizia Tieta do Agreste?
Mas que idéia de chamar São pedro a conversa hehehe!
abraços

poetaeusou . . . disse...

/////
poesiaMGD
/
homenagem
essa
interessante ???
bonita ???
deveras ???
muito ... obrigado.
/
abç
/////

poetaeusou . . . disse...

/////
david santos
/
olá
/
grato
/
david um endereço
para o meu mail
enviar o livro
3/4 á escolha
/
até
/////

poetaeusou . . . disse...

////
PITANGA
/
eu sei menina.
falei para e por mim.
só quero um dia
de cada vez.
mas ... não vá o
s.pedro tecê-las
/
fiz o contracto
é mais seguro, hihihihi.
/
abç)
/////

Anónimo disse...

"Ainda hoje dormi na praia
Na acalmia da maré
E a lua inundou-me os olhos
E o mar despido afundou-me a fé

E hoje de que serve a jura
Se ele à praia não vai voltar
Esperei na noite mais escura
Até ver na água o azul clarear

Ai Nazaré
Deixa-me embalar o mar
Deixa-me embalar o mar

E o sal no brilho dos olhos
Sabe a tristeza sem fim
Que hoje o mar abraça e leva
O que Deus quis e arrancou de mim

...

Ainda hoje acordei na praia
Nada ao longe se avistou
Só mais uma noite escura
Sob o azul e sob a lua
Esconde o que o mar me roubou"

para ti Mafalda Veiga

1 beijo =^.^= tarina

Anónimo disse...

mais um poema de Camões, o nosso poeta mor porque poetanãosou. se tal fora deixava-te um soneto com palavras tecidas pela minha alma .


Quem diz que Amor é falso ou enganoso,
Ligeiro, ingrato, vão desconhecido,
Sem falta lhe terá bem merecido
Que lhe seja cruel ou rigoroso.

Amor é brando, é doce, e é piedoso.
Quem o contrário diz não seja crido;
Seja por cego e apaixonado tido,
E aos homens, e inda aos Deuses, odioso.

Se males faz Amor em mim se vêem;
Em mim mostrando todo o seu rigor,
Ao mundo quis mostrar quanto podia.

Mas todas suas iras são de Amor;
Todos os seus males são um bem,
Que eu por todo outro bem não trocaria.

Luís de Camões


deixo-te este soneto acompanhado de marés de beijos

Anónimo disse...

So pra dizer um "Ola" e que tenhas sorte com uma das Maries
beijoca **

Anónimo disse...

A imagem do milagre, gostei, tenho fé ;)

poetaeusou . . . disse...

*
tarina
*
não tens rival
e tens um lindo
nome até
em portugal
és um beijinho
ou nazaré
tudo que é teu
prende atenções
atrai seduz
que o proprio céu
até aparece
ter mais luz
mas quando mar
traga feroz
os pescadores
que vão ganhar
o seu duro
e negro pão
deixas de ser
nazaré dos
meus amores
fases chorar
e perdes toda
sedução
óh õh õh õh õh õh
*
e tarina vai até á praia
molha até a saia
com perturbação
e na claridade
vê-se a felicidade
que lhe vai no coração
*
bj)
*

poetaeusou . . . disse...

*
mari amar
*
Amor, que o gesto humano na alma escreve,
Vivas faíscas me mostrou um dia,
Donde um puro cristal se derretia
Por entre vivas rosas a alva neve.

A vista, que em si mesma não se atreve,
Por se certificar do que ali via,
Foi convertida em fonte, que fazia
A dor ao sofrimento doce e leve.

Jura Amor, que brandura de vontade
Causa o primeiro efeito; o pensamento
Endoidece, se cuida que é verdade.

Olhai como Amor gera, em um momento,
De lágrimas de honesta piedade
Lágrimas de imortal contentamento.
*
in) CAMÕES
*
um beijo por cada verso
*
*****

poetaeusou . . . disse...

***
a cor do mar
*
discordo
não é sorte
*
é aquele toque
a seta cupidiana
o que não tem explicação
o que arde sem ver
o, o, o, o, o, .
*
bjoka
*

poetaeusou . . . disse...

*
a cor do mar
*
tem 335 anos
pintado por um
monge de cister
alcobaça
*
passada ao azulejo
*
bj)
***

Anónimo disse...

Visitei esses monges e tirei uma foto com Benedicto :)) ficou mto gira
Beijoka

poetaeusou . . . disse...

*
a cor do mar
*
essa tua foto
pode enriquecer
o meu espólio.
envias-me ?
não sejas má ...
*
joka
*

Luna disse...

Nazaré linda, vista do sítio uma beleza, conheço bem
beijos

poetaeusou . . . disse...

***
LUNA
*
e não me vieste visitar ?!
*
sou um desinfeliz !!!
*
bj)
***

rosa dourada/ondina azul disse...

"E deu-se o milagre"
E o poeta o expressou!

Bonitas a imagem e a foto.

poetaeusou . . . disse...

***
rosa dourada
*
e o poeta rosou
e endourado
espera
desesperado
*
bj)
***

rosa dourada/ondina azul disse...

poeta,

desesperado? não
inspirado!

poetaeusou . . . disse...

***
rosa dourada
*
inspirado
*
desencontrado
*
adiado
*
***