fevereiro 24, 2007

»»»»»»»»»» L U A ««««««««««

Gaivotas esvoaçando no nevoeiro
nevoeiro
cerradas acrobacias
no densado nevoeiro
qual o teu jogo, gaivota ?
vou enovoar-me
nesse albino manto
mas, com a condicionante
de que venham vendavais
e que ceguem os faróis
que calem o seu uivar
quero desafiar os medos
rogar aos deuses
o envio de trovoadas
tufões, tempestades
quero sofrer, sofrer
até esmaecer o nevoeiro
onde aguardo renascendo
o triunfal regresso do sol
anilando o céu
oirando o areal
azulando o mar
esperando sem procura
o após, pôr – do – sol
e o ressurgimento da noite
num céu sem estrelas
porque, ofuscadas
por um prateado luar
e, poder suplicar
sem dualizar
quero ser teu escravo … Lua.
poemado e foto: poetaeusou

24 comentários:

Maria disse...

poeta, então ainda andas às voltas com a lua?
ela não foi ter contigo da outra vez?

Bom fim de semana. Inté

poetaeusou disse...

MARIA
Gosto da Lua é só.
inté

Paula Raposo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
poetaeusou disse...

PAULA
Obrigado pela visita.
Gostas - te
beijo

bom dia isabel disse...

Um belo poema, uma imagem bem escolhida, a magia páira no ar. Poetatués?
Quem o duvida?
Beijinhos

poetaeusou disse...

Isabel
grato pela opinão.
poeta ??? não ...
sou aquilo que não sou...
Isabel.
oferece-me a chaminé,
daquela, casinha. hihihi
beijinhos sentidos.

wind disse...

Ó poeta está um bocado teatral e melodramático:))))
beijos

caminante disse...

Pasaba por aquí. Me gustó. Reposé. Repuestas las fuerzas, sigo el camino.
Un fortísimo abrazo.

poetaeusou disse...

wind
Drama, Brisinha
*
um ventoso aluamento
*
Se queres que seja, melo...
*
Eu tambem quero ir á Lua.
Quero vêr a terra toda azul.
Quero ser o cometa dos espaços.
Que leva Colombina nos seus braços.
Mas eu vou á Lua.
Se Deus quiser.
E se puder.
Levar mulher.
lálálálá
poetapimba
jinos)

poetaeusou disse...

Segue em segurança.
Caminhante amigo.
regala-te o tempo que quiseres.
Adios.

A COR DO MAR disse...

Poeta, amanha vou ver o mar e pedir uns desejos a umas ondas....

beijoca*

poetaeusou disse...

A COR DO MAR

São quase 7 h de domingo, vou ver
retratar o Mar,não parou de Marear toda a noite, pelos centros locais de saúde, pelos nossos irmãos da
margem Sul do Tejo, razoado do seu irmão/mar, estar a usurpar de terra
alheia. o que vou dizer ao meu mar
nazareno, para se lembrar da Palestina e dos Balcãs, cada um no,
seu cantinho.
Há e vou dizer-lhe, para te conceder, o que vais pedir, porque tu mereces, muito mais...
L. cuidado com as ondas algumas,
andam um pouco agitadas,
um beijo do tamanho das marés.

Caçadora_de_sonhos disse...

Lindo. Passei por aqui para espreitar e, adorei. Voltarei.

poetaeusou disse...

Grato, caçadora.
espreitar é pouco.
podes entrar, a casa é tua.
Acabei de conhecer a tua casa.
Incrivel ... Almadense...
b)

Sininho disse...

Também andei, neste sábado, ao pé do mar e das gaivotas.
São irresistíveis.

Maria P. disse...

Lua tela de desejos - um sentir sereno, como o (nosso) mar.

Beijo*

poetaeusou disse...

sininho
O bailado das gaivotas é de uma, voluptuosidade incrivel.
Um deleite para os olhos.
b)

poetaeusou disse...

maria.p
maré nostrum...
na tela:
O Céu, de van gogh...
beijo)

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Eu gosto da lua e da noite.. Talvez pela solidão e pelo vazio.. em que posso então entrar dentro de mim...
Eu gosto das gaivotas...
Pela liberdade, por aquilo que acontece entre um voo e outro...
Eu gosto do teu poema...
Porque me enche... me faz pensar e porque foste tu que o escreveste e tão bem, como sempre ;)

1 beijo =^.^= tarina

Turquesa Azul disse...

eu estou n nevoeiro. E ele adensa-se cada vez mais.
beijo

poetaeusou disse...

Tarina.
E eu gosto dos teus gostos.
E fico feliz quando vens ao m/canto.
E fico feliz quando vou ao teu.
E gosto dos teus postados.
E não gosto de não ver o meu ratinho.
E hoje vou postar mais gaivotas.
E retrateias esta manha 7 horas.
E gosto de te ver em bico de pés.
e, e, e, e, e, ...
inté
jinos em b.d.p.

poetaeusou disse...

E o nevoeiro denso acinzentado de hoje.
Dissipar-se-á hoje, como o teu,
compulsivo choro.
As gaivotas, emergirão visiveis,
num azul, talvez turquesa, como
fundo, no infinito.
beijo

Sílvia disse...

:) eu costumo dizer que a minha lua é de prata... Adoro a Lua...uma noite de luar intenso deixa-me tranquila e pronta para abraçar o mundo.

Beijocas

poetaeusou disse...

silvia
lua ou lua
a silvia quer-te roubar a paz.
lua ou lua
rouba-lhe tu o rapaz...
beijo)