abril 01, 2013

Abril dos sonhos . . .chegou !


a fisga e o saber
tenho a fisga dos saberes
entre as marés dos meus livros
desatando imposições
que fisgaram o meu destino,
sou filho das enciclopédias
e dos poemas, peregrino,
abraçando límpidos textos
de audazes explanações,
nas folhas da minha fisga
cabem romances verídicos
muralhas pré-definidas
dos alertas que acolhi,
tenho os bolsos por encher
do tudo, que não aprendi
biografias do ser
narrativas do saber
e os sinais, que não senti,
sem . . . ti !
silabas e fotos:poetaeusou

26 comentários:

Filó disse...

Prateleiras de muitos saberes, guardados em enciclopédias de poemas, textos e romances...
Poeta, estantes de ensinamentos,que a vida nos proporciona e que nós vamos guardando mas, com muito ainda por aprender...sempre!

Beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
Amiga querida,
,
como tu sabes ...
aprender é assimilar,
os instantes, os momentos,
os ápices, que nos deparam,
retendo-os nas nossas grades !
,
um bjinho de Abril,
dou-te,
*

:.tossan© disse...

Na cultura sou um marinheiro limitado e com o meu arpão, no aprendizado sou o almirante sem a fisga, porém, com o bom gosto... Aprendi a a apreciar a tua poesia magistral e dela não abro mão nem pelo vinho português que é o meu néctar diário. Abraço meu amigo, virtual sim, mas muito querido e especial

Fa menor disse...

E somos assim... livros que se escrevem dia-a-dia.

Boas Festas Pascais!

Abraços

elvira carvalho disse...

Quem dera eu fosse assim uma biblioteca de saberes.
Um abraço

poetaeusou . . . disse...

*
tossan©
,
Caro Amigo,
não queiras ser Almirante,
a razão ?
ponto - 1 -
terias que ser de Almeirim ...srsr.
ponto - 2 -
Almirante só conheço um,
Gago Coutinho e mais nenhum !
(temos cá muitos, de que Fragatas,
Contra-Torpedeiros, Porta-Aviões,
Lanchas Voadoras, Cacilheiros,
Socorros a Náufragos, desconheço !
Porém digo-te, meu amigo,
És um Guarda Marinha, talentoso,
na Fotografia, nas Palavras e
especialmente no Saber Estar !
,
hoje bebi um tinto do Cartaxo,
que me fez esquecer, a crise,
a "Merkeeeel" e os Alimões e seus
Canhões, como escreveu e cantou o
tal Poeta, daí, das tuas bandas !
,
Um abraço e espera por mim,
até á Copa/2014, se encontrar
companhia, óbvio, topas ?
*




poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
como é bom escrever Alados Livros
em Liberdade, e
Livres de preconceitos,
feitos,
ou imposto,
e por alguém tributado
sem lei taxado,
mas forçado,
??? pressuposto . . .
,
bem-hajas,
do vento sul,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
elvira carvalho,
,
amiga virtual,
não sejas "assim",
tu sabes que és,
o Livro Maior,
de qualquer Biblioteca !
,
Bíblias(livros) de amizade,
envio-te,
*

Evanir Garcia disse...


As coisas mudam
Depois de um tempo você começa a perceber que nada nessa vida é
pra sempre e que tudo pode de alguma forma ser mudado,
percebe também que as pessoas mudam, que os pensamentos mudam,
e que se você não mudar, a vida muda você
amar significa se dar por inteiro
que verdadeiros amigos são,aqueles do qual sentimos
saudades .
Quando penso saber de tudo ainda não aprendi nada.
a natureza é a coisa mais bela na vida.
Deus não proíbe nada em nome do amor.
o julgamento alheio não é importante.
o que realmente importa é a nossa paz interior.
se pode conversar com estrelas
se pode confessar com a lua falar das saudades,
que inevitavelmente dói ,e feliz é aquele que tem motivos para
sentir..
Lindo e abençoado seja seu Dia bençãos de Deus
para você ,Beijos e carinhos meus ,Evanir.
Saudades Amigo Poeta.

R.G. disse...

marés de livros
que nos trazem marés de sentires...

beijo partilhado

Elcia Garcia disse...

Olá, quanto tempo não te visitava. Percebo que a qualidade dos seus textos continua a mesma. Excelente. Também sou apaixonada pela leitura e pelo saber.
Abraços,
Suave Toque

poetaeusou . . . disse...

*
Evanir
,
Amiga,
Adorei as tuas,
etéreas palavras,
simplesmente !
,
parabéns,
,
um mar de luz,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
e como o saber,
não ocupa lugar . . .
,
um mar de saberes,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Elcia Garcia
,
e o meu cantinho,
com a tua visita,
encheu-se de Luz,
,
obrigado,
,
uma onda luzente,
deixo,
*

Secreta disse...

O livro, que todos ocupamos, nas páginas da vida.

São disse...

Gostei, gostei, gostei, rrsss

Abraço forte.

© Piedade Araújo Sol disse...

seremos sempre insatisfeitos no saber.

gostei muito....

:)

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
e bastas vezes,
o epílogo dos sonhos . . .
,
um mar de prefácios !
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
pois, pois, pois,
e mais, pois, pois,
srsrsrsrsr,
,
fisgas,
apontadas a S.Bento,
deixo,
eheheheh,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol
,
ser "apanhado" pelo saber,
é como tentar "agarrar" o horizonte,
está sempre além da nossa visão !
,
um horizonte, de luz,
deixo,
*

Ana Isabel disse...

Linda história de vida..

Abraço

Daniel Costa disse...

Boa tarde de Domigo, Poeta eu sou

Os livros, as enciclopédias, nas nossas bibliotecas, sempre espelham o gosto e a curiosidade de saber, de ter quer formar opinião própria.

No dia 16/04/2013, estarei na TVI, Programa "A TARDE É SUA", conduzido por Fátima Lopes, a partir das 4 horas da tarde.
Vale a pena ver, algo de quase inédito, sobre mim, (estrondoso AVC), que será divulgado.
O telespectador acabará por pensar, como foi possível, dez anos após AVC de tanta gravidade, qual Fénix, ter renascido um poeta e escritor, que escreve, publica e distribuí os seus livros, em cerca de sessenta livrarias de Portugal?
Daniel Costa (poeta e escritor)

Um Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
virtual amiga
,
a vida é uma história,
minha intima, nossa colectiva .
,
um mar de estima,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Querido amigo,
,
nos últimos seis anos,
tenho acompanhado a situação,
nas entrelinhas, claro,
estarei em frente ao televisor,
a dar aquele alento telepático,
na passada semana, fui visitar
um amigo, que mora a 10 metros
da Rua do Capelão, lembrei-me, de
alguém que como eu gosta de Fado
e é notório, nestas estradas ...
e caminhei, trauteando uma letra,
que recorda a Lisboa de antanho:
,
Ó Rua do Capelão
Juncada de rosmaninho
Se o meu amor vier cedinho
Eu beijo as pedras do chão
Que ela pisar no caminho.
,
um abração,
*

Magia da Inês disse...

º° ❤♫°
Olá, amigo!
Os livros nos fazem voar... na imaginação.
Bom domingo!
Boa semana!

°º♡♡♫
°º♡ Beijinhos do Brasil.
º° ♡ ❤♫°

poetaeusou . . . disse...

*
Magia da Inês
,
são Mágicas,
as tuas Palavras !
como a do "nosso Irmão"
Carlos Drummond de Andrade

Certa palavra dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la. ´
,
um mar de Livros,
deixo-te,
*