março 13, 2012

porque não ventas o meu sopro ?

por mim ventado
em ti, perdido !
sopra-me as nuvens
roguei ao vento
meu vento norte,
e o alado vento
lufou,
ventou,
contei ao vento
o vento mar
o meu segredo,
o vento ouviu
sorriu,
partiu,
em tempestade,
ventou o vento
nos vendavais
e eu cata-vento
reprimindo ais
em ti me invento,
sou ventania
vento suão
navego o vento
de vento em popa,
um furacão !
sou amor sofrido
desesperado
por mim ventado
em ti . . . perdido !
poema e fotos:poetaeusou

28 comentários:

Pitanga Doce disse...

Fagner tem uma música que deves conhecer, Poeta:

"Ai quem me dera ver você sorrindo
Na despedida fez um dia lindo"...

Não fez.

"Ventou o vento nos vendavais
E eu, cata-vento,reprimindo ais"

Só o amor sofrido ficou.

Fa menor disse...

Vento...
que dá
e tira

é a vida
de vendavais
e ais

Há-de chegar o tempo
da brisa suave...

Bjinhs

São disse...

O vento é, por vezes, o nosso maior aliado; grita por nós ou ecoa os nossos gritos...

Um abraço, Amigo

Filó disse...

É,....o vento trás e leva...
Que sejam tempestades e vendavais
de boas novas...sem ais de sofrimento !

Poeta Lindo Poema e Fotos

Beijinho

Lilá(s) disse...

Poeta és, só pode!
Bjs

helia disse...

"o vento ouviu
sorriu,
partiu..."

Mas deixou uma linda Poesia!

rouxinol de Bernardim disse...

Simplicidade e mestria num casamento perfeito...

Jacarée e Baby disse...

....vento, vagueia por vales da dispersão
Com o seu charme
Com a sua beleza
Com as suas carícias
Com a sua tenebrosa fúria
com a sua nublação
Com o seu Vento quente,...
Com o seu Vento frio,...
Flui,... flui sem ninguém o deter além do horizonte.

Deixo borrifes de felicidade

Duarte disse...

Que céu!
Lindo!!!...
Que nuvens!
Coisas do vento... e dos teus belos dizeres...

AO VENTO

Deixei-me levar 

pelas tuas palavras de vento, 

suave brisa! 

que me permitiu 

ver um mundo de fantasia, 

maravilhoso! 

do qual não me quero separar... 

assim poderei 

correr mundos contigo... 

ó vento!


Para ti... um grande abraço

Ana Martins disse...

Brilhante, poeta!
A brincar como vento, escreveu um poema lindo!

Beijinho,
Ana Martins

LUZ disse...

Como é bom esse vento!
Mesmo, que haja tempestade, virá a bonança.

Grata pelo seu poético e sentido comentário.
Luzes, de Luz.

Agulheta disse...

A Poeta amigo.O vento trás até nós os silêncios da vida e dos sonhos,lentos ou agrestes.
Beijinho

Marlene Maravilha disse...

Uiuiui!! Tá bonito demais este poema!! Ah que vendaval nesta alma!!
De regresso amigo, de regresso.
Aparece lá!
Um feliz final de semana!
beijo

Secreta disse...

Sem palavras...
Também eu por vezes sinto assim.

Magia da Inês disse...

Ventou e assoprou poesia...

º°❤ Bom fim de semana!
°º✿ Beijinhos.
º° ✿ ✿⊱╮ Brasil

durindana disse...

Caro amigo, se tivesse um pouco do seu sentimento e o soubesse expressar, não abandonaria nunca a banca da escrita. Todavia deu-me para comentar o quotidiano e às tantas, farto de "mais do mesmo", mudo de linha e estabeleço um outro plano de atividades onde ao comentário é vedado o acesso.
Que inveja...!
Regresso de um desses curtos interregnos, um pouco mais animoso, e deparo com este seu trabalho que me criou um dilema: Será este o seu melhor poema ou foi o afastamento que me aguçou o apetite?
Abraço,
A.M.

Maria disse...

Meu amigo poeta que o vento leve para longe as nossa mágoas e deixe a paz no nosso coração. Fotografias e poema sublimes!!!
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Que as nossas mágoas as arraste o vento...as engula a tempestade.
Como sempre adorei.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Olhando os núvens e conhecendo um pouco a inclemência do mar, este assusta. Vale que o vento, reparou num belo poema, sentiiu-o e partiu.
Abraço

Baila sem peso disse...

e ventado desejo que tenha sido
esse negro céu, com nuvem escura
e o vento atrás tenha trazido
um sorriso para tua ventura

vai poeta, vai à procura
de brisa serena e pura
lá atrás do sol
lá atrás da lua
e que o vento passe a ser
o hálito de tua frescura

um bom serão e um bom domingo em teu coração! Bjinhos bailando nessa condição

vieira calado disse...

Depois dos grandes ventos...

as tardes de bonança!


Saudações poéticas!

Lilazdavioleta disse...

O vento só podia dar este belo poema .

Gosto do vento .

Um beijo , poeta

elvira carvalho disse...

O amor é assim. Pode ser uma suave brisa que acaricia numa tarde de Verão, ou um ciclone que arrasa tudo num dia de tempestade.
Um abraço e bom Domingo

GarçaReal disse...

O vento que nos trás o momento desejado, mas que quando surge a tempestade parte e arrasta consigo todos os sentires espalhando-os...

Belo e triste teu poema

As fotos fantásticas


bjgrande d Lago

Canduxa disse...

Poeta amigo,

que o vento te traga
em ventanias de amor
o que mais desejas

como sempre lindo o teu poema

mil estrelinhas deixo

TITA disse...

O vento é bom confidente?Diz-me ...Belo poema soprado...Um abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...

um poema que é um vendaval.

belas fotos como sempre.

uma boa semana.

um beijo

Francy´s disse...

é carissimo poeta o vento tem este dom...
lindas palavras
um abraço