dezembro 23, 2011

Regresso nas ondas . . . amargas !

a onda bate na rocha
e sobe, sobe
subindo .  .  .  mais

retorno
                          ao palco dos meus disfarces,
cenários mudando os actos
de argumentos que não escrevi,
sou espectador
da minha representação,
Moliére das “três pancadas”
anunciando o espraiar
nas vagas do esplendor,
sequencias ao meu olhar
dos enredos “troikanos”
feitas lágrimas . . .
de um povo triste,
nos areais, consumadas !
*****
poema e fotos:poetaeusou . . .

39 comentários:

lita duarte disse...

Querido poeta, que bom que voltou.
Ontem pensei em te escrever, olha só que coisa boa te rever.:)

Feliz Natal. Feliz Ano Novo.

Beijos e abraços.

carmen disse...

Oba!!!

Que bom que você retornou...

Nem precisa ser tão assíduo, mas volte sempre...rssss

Pensei que nem tenha lido o meu poema que escrevi para você e deixei num comentário da sua postagem anterior.

Poeta não se aposenta!!!

Feliz Natal!!!!!!!!!!!!!!!!!!

carmen disse...

SER POETA


O poeta é forjado
no amor e na dor
Cresce, amadurece
durante toda a sua vida,

E tal qual um bom vinho
amassado no vinhedo,
quanto mais curtido, melhor,
mais saboroso se torna.

Ser poeta é uma escolha
É desfiar os sentimentos...
Um mal de amor, uma conquista
Talvez seja até... uma grande sina

( by Carmen, a Musa)

FlorAlpina disse...

Ainda que com ondas amargas...Gosto do seu regresso!

Feliz Natal!!!

Beijos dos Alpes

SAM disse...

Ho HO HO! Rsrsrs Que presente do Papai Noel! Feliz com a sua volta Poeta! Obrigada.

A poesia e fotos sempre com a sua excelência.


FELIZ NATAL! Um 2012 melhor sob todos os aspectos.


Beijos com carinho e abraço de gratidão

:.tossan® disse...

Agora sim a poesia voltou. Feliz regresso e natal também. Abraço amigo

Lena disse...

Feliz em te ver Poeta !
desejos de um Bom Natal...

Beijinhos

Cildemer disse...

O papa Natal trouxe-nos uma linda prenda!
Amigo poeta, bom regresso e muitíssima obrigada pela visita e comentário adorável;o)

***
Beijinhos e FELIZ NATAL****

João52 disse...

Passo para desejar um óptimo Natal cheio de Luz, paz e amor... que esta quadra seja de realizações na sua vida!!!

Saudações poéticas

retrato... disse...

mesmo não tendo palavras que denunciem o quanto me impressionou a sua inspiração e capacidade de captação que embelezam as fotos expostas...
mesmo não tendo capacidade para, no mínimo, dizer que as suas palavras são a sabedoria da construção poética...
tenho, isso sim, a alegria de lhe agradecer o ter regressado a presentear-me com o seu blogue, novamente, em plena atividade poética e a tudo que a ela se conjuga.

Forte Abraço

Ana Isabel disse...

Que surpresa tão agradável!

Um Feliz Natal.

Abraço

Ana Isabel

Filó disse...

POETA

Obrigado por este belo presente de Natal...teu regresso às estradas virtuais...
Sê bem vindo,é com enorme alegria que aguardo tuas lindas poesias e fotos sempre em perfeita sintonia !

FELIZ NATAL

Beijinho

Sandra Zelly disse...

Poeta,

só agora e por acaso, tomei conhecimento do seu espaço na blogosfera e do pouco que já li, fico surpreendida como é que sendo o "Infinito do Limite" se despediu em 17 de Janeiro de 2011!

regressou.. e ainda bem, tenho a oportunidade de segui-Lo, aprender muito com "o palco dos meus disfarces" e tentar por detrás da boca de cena apreendê-Lo sem "disfarces", e partilhar a sua poesia tanto escrita como imagética.

Na minha modesta opinião as ondas nunca são amargas têm sempre o sabor do momento!

Bem Haja.

tulipa disse...

Hoje
vim constactar o seu "regresso"
é bom, muito bom
voltar a tê-lo entre nós!

Já agora desejo-lhe um Feliz Natal

As fotos estão magníficas.
Obrigado pela partilha.

Beijo c/sabor a sonhos de abóbora.

Anónimo disse...

gente que não sabe o que quer é uma m. sai e volta, ai que baboseira, kkkkk



Juzinha

poetaeusou . . . disse...

Anónima(o)
gente que sabe para onde vai,
procurando metas que inventa,
vai para além das baboseiras,
a outros atribuídas,
não sejas má, o que ganhas afinal,
com as marés do volta e sai ?
a linguazinha com pimenta ?
condenação das asneiras ?
oh medo dos céus dos Druidas ?
repara . . . estás no Natal . . .
,
doce quadra, minha amiga(o)
diz-me quem és e rendidos ficaremos,
hehehehe,
,
conchinhas de amizade e respeito, ficam,
*

Baby disse...

Um retorno é sempre algo para festejar e eu ergo a minha taça a ti Poeta,agora o palco da poesia ficou mais rico e nós, teus leitores, também!
Um abraço para ti e votos de um novo ano muito feliz!

poetaeusou . . . disse...

Baby
Minha amiga,
amo o teu perfil,
omitindo o Saramago,
que “lucrou” com Jesus “o crucificado”
mais do que as igrejas cristãs . .
prefiro o Aleixo, das tuas vizinhanças,
e sem qualquer catalã, a escrever-lhe
os livros !
Ai os Sol - Postos, que consigo vê-los
com chuva, nevoeiro ou neblina,
vou enviar-te, alguns,
quadra feliz, fica !

OutrosEncantos disse...

todos nós somos por vezes filhos pródigos
e por tantas razões, sempre diferentes
para mim o regresso é sempre Alegria
afinal o Natal regressa uma vez por ano, apenas por uma noite e um dia
e "todos" se sentem extremamente felizes e contentes
estou feliz por teres regressado, Amigo, és presença imprescindivel, sabes que deixaste muitas saudades
beijo e abraço
atélogo

© Piedade Araújo Sol disse...

belas fotos a acompanhar um poema com a qualidade que já conhecemos.
bem voltado.

um beij

AFRICA EM POESIA disse...

QUE bom poder voltar
Tive saudades
das fotos
da poesia
das conchinhas

Aqui o meu beijinho e desejo de
FELIZ NATAL

Parole disse...

Bonitas suas palavras.Não te conhecia e gostei daqui.Virei outras vezes se assim me permitir.

Bom ano.

Beijos

Mariadapaz.com disse...

Querido poeta,
Ver-te de volta
Já é um poema para nós
que estávamos acostumados
com sua poesia madura
suas imagens que por si só
Já se faziam poesia.
Que bom que a palavra Adeus
não obrigatoriamente significa
para sempre e sim "até breve"
Voltou em boa hora. Tempo de renovação.
Seja muito bem vindo, tenha um ano novo cheio inspirações, amor e paz.

- Moisés Correia - disse...

Fotos e poema, magníficos!
Amigo poeta,
Desejos de:
365 Dias de felicidade;
52 semanas de saúde e prosperidade;
12 meses de amor e carinho;
8760 horas de paz e harmonia…
e que neste novo ano
Exista 2012 motivos para sorrir!
Abraço!

Ana Martins disse...

Bonito regresso, desejo que permaneça por muito tempo entre nós!

Beijinho e Feliz Ano Novo!
Ana Martins

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Bem vindo novamente...tinha saudades.

Que 2012 seja um ano de todas as realizações e de todos os sonhos concretizados.

Beijinhos
Sonhadora

Era uma vez um Girassol disse...

Um regresso esperado que se concretizou...para alegria da enorme quantidade de fans deste blogue!
Boas Festas e um 2012 com alegria e amor.
Beijinho da flor

Lia Noronha disse...

Abraços carinhosos a ti e obrigada pela visita ao meu Pura poesia.

TITA disse...

Poeta,que bom o Menino ter-nos presenteado com aragens tuas...Que saudade da profundidade que daqui emana...Semanalmente aqui vinha e nada...Valeu a pena não desistir de aqui vir espreitar.Mais um ano a renovar a esperança,não é?Uma estrela de mares nunca antes navegados.

São disse...

OBRIGADA!!

FELIZ REGRESSO!!

BOM RESTO DE 2011 E EXCELENTE 2012!!

Baila sem peso disse...

...e a onda bateu e chorou
e na lágrima que derramou
com alegria cantou:
- O poeta voltou!!!!

e são areais de espuma meu amigo
de cor bem salgada e branquinha
obrigada poeta do mar de abrigo
na dor nossa, do povo, tua e minha
- vamos cantá-la baixinho
e fazê-la suave e mansinha!

(e deixo muita força alada
e um obrigada pelo teu aviso
pois ando mto afastada
deste virtual piso):)

um abraço em desejo de ternura
e um ano 2012 com mais ´brancura`

Clotilde S. disse...

Feliz por te ter de regresso!

Conchinhas levo e conchinhas deixo...

nacasadorau disse...

Bem vindo meu querido poeta das conchinhas e do mar que adoro.

Lindas as palavras e as fotos.

Feliz Ano Novo, apesar de tudo o que nos espera garantidamente cinzento, pardacento, nada a ver com a sua a sua palete, mas dia após dia, veremos e agiremos para tentar reverter este facto.

Beijinho

gaivota disse...

amargas, meu amigo, amargas!
estava a ver que não conseguia cá entrar.... "bruxedo"...
feliz ano novo,meu querido amigp, com muita saúde e paz
pilipares
(pode ser que ainda te veja hoje!)

Isabel José António disse...

Que alegria vir de novo encontrar os nossos Amigos no etéreo espaço desta Internet que une gentes de todos os lugares!

Temos tido anos muito difíceis, mas hoje consegui actualizar os nossos quatro blogues principais. No Poesia Viva está um Poema lindo do José António, no Caminho do Coração estão os nossos votos de novo ano e no Observatório uma espécie de prece...
No Newsletter from Lisbon também há um novo post.

Abraços,

Isabel


We are back to blogging after a long absence. We take the opportunity to wish all of our friends a very Happy New Year with plenty of opportunities for Inner Growth and Happiness and always with the Light of true GOODNESS in our Hearts!

Isabel and José António

Lisbon 30th December 2011

GarçaReal disse...

Finalmente o retorno esperado
Dum poeta que canta o amor e o mar
Num regresso desejado
Deixo um enorme pilipar
Pois minha leitura enriqueceu
Por voltar a ler...
O poeta que nunca morreu.

Bom regresso

Bjgrande do Lago

Oliva verde disse...

Ainda bem que decidiu voltar e presentear-nos com tão lindas palavras!
Obrigada!

Ana Paula disse...

Que bom que voltaste amigo, "já somos ambos um par de dois":-) por mais foi entrarmos neste mundo de transmitir por "palavras" ou por imagens o que "sentimos"... podemos até fazer umas férias longas ou curtas, mas regressamos a "casa", portanto foi saber que chegaste e estás bem.:-)
Adorei este magnífico poema onde "falas" de um povo triste, do qual fazemos parte, a lutar contra um mar de ondas amargas... mas tenho esperança num amanhã diferente, mas é preciso acreditar nos mais novos e eu acredito!
Tudo de bom amiguinho e um muito feliz 2012!!!!
Beijinhos, Paula Lourenço

Sem_Rosto disse...

Saudades de te ler meu amigo... (*)