setembro 23, 2010

...................................Poemas Outonais (3)




sou fólio
desprendido das ramagens
folha verde revolteando
o vento do meu enleio,
como uma mosca
varejo o teu beiral,
procurando encontrar
uma janela aberta
e ficar,
preso ao teu quotidiano
de onde jamais sairei !
poema e fotos: poetaeusou

65 comentários:

gota de vidro disse...

As folhas de Outono esvoaçam no esbatimento das cores e tombam abandonadas pairando no acalentar das almas e de belos poemas.

As fotos enfeitam a beleza do poema

Bjitos da gota......:):)

São disse...

Pois voa até encontrares o poiso certo num olhar poético como o teu.
Abraço-te, meu amigo.

Lídia Borges disse...

Realço a intensidade nas imagem criadas para dizer o desejo.

Outono no recolher do verso...

Um beijo

Hanukká disse...

Lindo, imagino uma abelha na flor.
Primavera chega e a trago com carinho, flores!



O deserto e o lugar solitário se alegrarão disto; e o ermo exultará e florescerá como a rosa.
Isaías 35:1

Sacudirá as suas uvas verdes, como as da vide, e deixará cair a sua flor como a oliveira,
Jó 15:33


Os teus renovos são um pomar de romãs, com frutos excelentes, o cipreste com o nardo.
Cânticos 4:13

Cildemer disse...

"preso ao teu quotidiano
de onde jamais sairei !"
Promessas, promessas;o)

Espero que o tempo por aí ainda está bastante clemente para que se possam abrir todas as janelas!

***
bzzz bzzz*******

M@ria disse...

"Não, não pergunte nada.
Pense apenas que,
se um anjo bateu exatamente à sua porta
nesta época do ano,
e se tão exato entrou
e sentou à sua frente,
ninguém melhor do que ele saberá,
com exatidão,
o que fazer. Então espere!"

Caio Fernando Abreu

Boa Noite e beijos perfumados prá ti! M@ria

Agulheta disse...

Amigo Poeta. Em cada folha que redopia,leva com elas os sentimentos de verão, esperando de novo o florir na proxima primavera.
Beijinho

RECANTO DA POESIA disse...

Deveríamos ser como borboletas,
e ter a coragem de enfrentar
a metamorfose da vida,
para sermos livres.

Patty Vicensotti

Sonhos de Primavera...Beijos meus!!

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Quando tudo é tão tudo
e ao mesmo tempo é nada,
equilibro a rebeldia do tempo,
no consumo das horas
onde minha alma se reveste de paz

Conceição Bentes

Boa Noite!Beijos primaveril! M@ria

Flor de Lótus disse...

Olá meu caro poeta, por ai começa o outono e para as bandas de cá começa a doce e colorida primavera como todo seu encanto e magia.
Beijosss

"Cantinho Poético" disse...

SELINHO PRÁ VOCE!! PEGUE AQUI!!
http://ocantinhopoetico.blogspot.com/

Beijos Meussssssssss**************M@ria

tossan disse...

Me aprisiono no carramanchão da poesia e na tua foto. Abraço

Fa menor disse...

Um Verão que se vai e um Outono que nos chega
é um pouco de nostalgia que aperta.

Belas fotos!

:)
Bjs

Isa disse...

A beleza da imagem e o encanto das palavras convenceram-me!
Ñ sou grande fã desta Estação.
Quando me sentir triste,venho cá!
Poeta Amigo,beijo.
isa.

Filó disse...

Um Outono chegando, com um poema de verdes folhas, que se vão desprendendo das ramagens com o enleio do vento, procurando poiso no quotidiano da vida..
Poeta, as fotos são lindas como sempre e o poema igualmente belo.

Beijinho amigo

antonio - o implume disse...

A mosca é persistente, especialmente quando a refeição é apetitosa...

gaivota disse...

mas não voes muito alto!
e jamais sairás...
e estas árvores falam comigo...
não sei porquê!!!
pilipares
até mai'logu'se deus quiser

RETIRO do ÉDEN disse...

Amigo,
Se bem me lembro...foi por esses caminhos que joguei às escondidas...e aprendi a andar de bicicleta...Parque das Caldas...será?
Lindo poema que me faz recordar os tempos das minhas primaveras, vividos nessas paragens.
Agora, no outono, da minha idade, as paragens são por aqui...
Forte abraço
Mer

poetaeusou . . . disse...

-
gota de vidro
,
Amiga
vamos olhar as folhas
sempre verdes . . .
e enaltecer a heroicidade das
folhas secas, porque deram
vida ás novas, que renascem !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
Amiga,
é tudo mera poesia !
,
conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lídia Borges
,
como és benevolente !
obrigado,
,
serenas maresias,
,
*

Maria Clara disse...

Olá Poeta
As fotos são lindas, sinal de que também é fotógrafo.
O Outono é necessário para que chegue a Primavera. Mas custa, que eu sei lá, digo eu. Se a poesia ajudar a adoçar a estação que lembra o final das coisas, pois então, faça-se poesia que quem disse tem necessidade vem aqui ler certamente.
Tem leitora.
Kandandu ( abraço )
maria clara

poetaeusou . . . disse...

*
Hanukká
,
15 Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores.
16 Por seus frutos os conhecereis. Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?
17 Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus.
18 Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar frutos bons.
19 Toda árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
20 Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
,
Mateus - 7 – 15/20
,
Fica a minha Paz,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
amiga,
já dei hoje um mergulho,
o mar é uma piscina,
e o Outono não se nota,
só nos meus gatafunhos,
srsrsrsrsr,
,
conchinhas varejantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
esperarei, pensando !
,
brisas suaves,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Agulheta
,
folhas secas,
folhas secas,
que dão a vida pelo
renascimento da Primavera !
,
suaves maresias,
,
*

helia disse...

Um lindo Poema para o Outono que já chegou , que também tem encanto , mas que me causa alguma nostalgia... Mas é um belo Poema e espero mais Poemas Outonais.

poetaeusou . . . disse...

*
RECANTO DA POESIA
,
bela citação !
,
suaves brisas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ANTOLOGIA POÉTICA
,
entre o nada
e o efémero tudo,
fica uma mão cheia de nada !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Flor de Lótus
,
que renasças
em Primavera,
é o meu desejo !
,
douradas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
"Cantinho Poético"
,
M@ria
sabes como eu lido
com os selinhos,
de qualquer modo,
vou espreitar . . .
,
brisas de amizade,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
abro alas
para te caramanchares !
srsrsrsr,
,
Abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
Amiga
o Outono
hibernando com o Inverno,
preparará a Primavera !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
Amiga,
diz o poeta,
que tristeza não tem fim,
felicidade sim !
,
brisas serenas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
minha amiga
belas são as tuas palavras !
,
um mar de estima
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
srsrsrsr,
,
a mosca varejeira
é diferente das comuns . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
o teu parque Natal,
e da Mer,
ah e das cavacas !
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Pois é, amiga,
o teu Parque das Caldas,
,
Mer
não me recordo do nome
da imagem do Anjo ou Santa,
com as mãos nos olhos
parecendo chorar, que
consta no Parque !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clara
,
minha terra
e minha gente
não há nada igual,
por gostar
tanto dela
não me levem a mal .
,
in-duo ouro negro !
,
conchinhas,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
acho o Outono
a quadra da descompressão !
,
marés serenas, deixo,
,
*

tulipa disse...

Amigo
Começo por agradecer a sua visita ao meu blog.
No entanto, gostaria de receber feedback ao meu comentário, pois já uma vez deixei aqui nos comentários uma pergunta sobre a sua estadia no hotel em Tróia e nunca me respondeu.
Hoje a minha questão versa a visita a Dublin; tive tudo pronto para seguir dia 20 de Abril para Dublin e não fui, fiquei em terra devido ao problema do vulcão...
gostaria de trocar impressões sobre Dublin consigo que já lá esteve.

Gostei do comentário sobre ter passado por uma Escola em
que James Joyce deu aulas!!!
Vou espreitar esses seus posts de 11 Setembro de 2008 e outros...

conchinhas, levo.

tulipa disse...

Este ano tem havido várias datas a apontar o início do Outono...
afinal, em que dia começou???

Todos os anos apontam datas diferentes...

MEU DOCE AMOR disse...

Olá Poeta:

Pois é! Se até agora tinha cuidado com a nossas amigas moscas( não as mato, abro a janela e empurro-as com um pano e elas lá saem)agora vou ter muito mais cuidado.Tenho que mirá-las bem para ver a Mosquinha Poeta, para ela não fugir e cá ficar no quotidiano...

Beijinho doce:))

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
sobre o Hotel em Tróia,
passou ao lado . . .
,
sobre Dublin e Belfast
podes informar-te nos
meus Posts,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
amiga
eu comemorei a chegada
do Outono, ao Sol-Pôr,
do dia 22 de Setembro, dá-me,
energia até 21 de Dezembro !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Linda,
vou levar uma bandeira branca,
mas quero ficar cativo na
masmorra que fica mais
perto do quotidiano ! srsrsrsrsr,
,
um mar de estima,
fica,
*

Lilá(s) disse...

O Outono aí vem, por vezes nostálgico, por vezes inspirador.
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
a nostalgia,
feita saudade,
é a uma fonte de inspiração !
,
conchinhas,
,
*

Fernanda disse...

Querido poeta das conchinhas!

Já estava com saudades!!!
Bom ver-te lá por Casa.
Obrigada pelas palavras doces, souberam a vinho doce...

Pois que não sais do sei beiral ...
fica até que ela se renda!

Belos poemas e fotos.

Beijinhos

AFRICA EM POESIA disse...

Meu amigo

Chego com um beijo e deixo o meu outono


OUTONO


Estou a ver-te...
Árvore de Outono...
Porque estás nua?
Porque deixaste fugir
As tuas folhas...
E os teus ramos...
Ficaram secos e frios...
Longos e nus...
Porque deixas
Porque sofres?
Porque tem frio?

Porque...
É preciso renascer...
É preciso sofrer...
Para viveres novamente...

E assim árvore nua...
Vais voltar...
Mais frondosa...
Mais bonita...
E...
Vais estar outra vez...
Pronta para a nova Primavera...

lili laranjo

Maria disse...

Amigo, embora a minha estação do ano preferida seja a Primavera, adoro ver um campo coberto com as folhas das árvores, é como se fosse um tapete mágico, que a qualquer momento, com a brisa do vento pode voar para longe.
Tenha um maravilhoso fim-de-semana
Bjs do tamanho do infinito
Maria

poetaeusou . . . disse...

-
Fernanda
,

Neste momento
em frente á minha varanda
e devido ao calor abafado,
as janelas estão escancaradas
iluminadas por uma dourada
lua cheia, bela, reflectida no mar !
,
brisas nocturnas,
deixo,
,
*

TITA disse...

Poeta,o que tem de belo no Outono é que até as palavras o vento leva e quantas vezes só nos resta ficar amarrados em quotidianos de espera.Naquilo que tu dizes no poema é preciso nas imagens o que não dizes e quererias ter dito.E mais não digo.Sinto.Deixo-te com um pôr-do-sol de Setembro.

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
Amiga,
,
gratificado fico,
com o teu belo poema !
,
tenho o hálito
do Outono ventoso
assopros trazendo
bafos perfumados
entranhando odores
das esquisitas fragancias !
,
conchinhas nocturnas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
um poema
as suas palavras,
obrigado,
,
no cheiro a terra
entranha-se a Primavera,
hibernando até Abril
na seiva por despontar !
,
brisas nocturnas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
Amiga,
demonstras,
uma perspicácia nata,
,
as mensagens são escritas,
nos sulcos das entrelinhas,
entroncando as folhagens,
no engenho das palavras !
,
maresias nocturnas,
ficam,
,
*

Daniel Costa disse...

Poeta

Torna-se agradvelmenre bucólico um passeio no Outono nestas alas de frandosa árvores.
Daniel

Amor feito Poesia disse...

" Quisera eu ...
Ser o jardineiro de minh'alma.
Formar canteiros de sentimentos
Regar meus sonhos
Podar minhas dores "

Bruno de Paula

Feliz Sábado....Beijos de coração prá coração! M@ria

Lilazdavioleta disse...

Poeta ,

preso ao quotidiano de alguém ...
é a prisão maior e nem sempre a mais doce ... quanto a mim .

Belo e harmonioso , como sempre .

Um beijo ,
Maria

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Daniel deves conhecer, é o
Parque das Caldas da Rainha !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
Canteiros,
são de Beleza,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
Amiga,
concordo contigo !
embora existem
cativeiros dourados . . .
srsrsr,
,
marés de estima !
,
*

Ana disse...

Tempo de folhas mortas com Tchaikovsky em fundo...
O Outono sempre foi inspirador para os poetas.

No teu caso, é o Outono, o Inverno, a Primavera e o Verão.
E mais que houvesse...

Beijnho

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
srsrsrsr,
,
se me visses
em São Petersburgo
a fazer de Noz
no Ballet Imperial Russo
no Quebra-Nozes de Tchaikovsky
numa outra Encarnação . . .
quem diz Encarnação, diz Feira do Relógio, Aeroporto, Olivais Sul, Poço do Bispo, etc. !
,
brisas serenas,
ficam,
*

MM - Lisboa disse...

É tudo tão perfeito aqui. Desde a fotografia profissional com um toque de sublime, aos poemas de uma beleza tão indescritível que muitas vezes os leio e não tenho palavras para os comentar.., apenas sinto-os!