junho 18, 2010

........................ vesti-me de algas rochosas





no teu olhar de salitre
há malagueñas de sal
cantando de rocha em rocha
nas marés esverdeadas,
vesti-me de algas rochosas
reluzindo as minhas esperas
esboços de lapas solares
bronzeando os meus impulsos,
nos rochedos das loucuras
há estátuas beijando o mar
tramas de iodo enredadas
nos borrões por apagar
desfigurando os feitiços
nas promessas sussurradas.
poema e fotos:poetaeusou

65 comentários:

rosa dourada/ondina azul disse...

Nesse olhar de salitre
vejo o horizonte salgado,
de algas rochosas me alimento !

conchinhas salgadas e
apetitosas, deixo,

Ana Isabel disse...

Uma amálgama de emoções e beleza.

Um abraço amigo



Ana Isabel

Isa disse...

Meu Poeta,há um ritmo lindíssimo em
muitas das suas poesias.
Além disso:emoção,sensibilidade.
Beijo.
isa.

Fernanda disse...

Querido amigo Poeta das Conchinhas!


Ai de mim...que hoje tudo me arrepia!!!
Que fazes, como fazes tu para tão belos sentimentos assim escreveres???
Lindo o poema, de morrer ....... maravilhosas as fotos.

Amigo, se aceitares, tenho para ti um selo na Minha Galeria de selos e prémios.

Beijinhos com sabor a maresia.

Vanda Mª Madail Rafeiro disse...

Esta foi a minha primeira visita a este seu espaço.
Vi, gostei... mas vou voltar porque ainda falta muito para ver...
Este poema deixou-me com aquele cheirinho delicioso a maresia de amor.

Pelos caminhos da vida. disse...

Fiquei deslumbrada com esse poema.

fim de semana de muita luz, amor, paz, saúde para todos nós.

beijooo.

Fa menor disse...

Muito bonito, como sempre!
Haja uma camuflagem que nos preserve da erosões.

Bjos

gaivota disse...

faz de conta...
não estou por aí...
nem sei! mais obras e obras, melhoramentos, reparações, pinturas...
já não sei estar sem "construção civil"!!!!
mas esse salitre que se agarra à pele e as algas que podem envolver o corpo...
já vôm, pá semana, aso caracóis, s'ainda 'over... e à conchanata, claro!
pilipares

Anónimo disse...

Que belo sentir e olhar, gravado nos rochedos do mar...
Contam-nos as coisas imensas que nos dá o mar, iodo, o sal, o tempero da vida !
Poeta, lindo,lindo... como sempre...

Um beijinho amigo

Filó disse...

Poeta me desculpe, porque saiu um comentário anónimo e duplicado...
Espero que consiga remediar a situação..
Obrigado

Baila sem peso disse...

Ai amigo, fico envergonhada
já dei por aqui ontem passada
mas não pude escrever nada...
tanta palavra bonita
tanta foto bem amanhada
e eu longe desta estrada!
mas aqui estou a visitar-te
passando por linda Arnóia
por um EU que vi muito triste
que um brilho etéreo logo assiste
num cherinho a baunilha cremosa
num gelado de areia branca vaidosa
vim ver-te vestido de musgo
falando linguagem bronzeada
pela rocha enfeitada
sussurando em feitiço
amor em ti, tão nazareno e castiço!

(e estranhei a mudança de fatinho
da t´shirt, voltaste à gravata?!
que foi que te deu amiguinho?
saltar a fogueira assim, não dá muito jeitinho!!!) ;)

desejo-te bom fim-de-semana
no teu seio de paz que mar emana
sol lindo para ajudar feitiço
um beijo na torre da amizade eu iço
:)

(eu por aqui vou indo...ou isso! a maré vaza a maré enche, e sou filha do povo, que a vidinha preenche!) :)))

Andradarte disse...

Fotos, sempre especiais..
Abraço

© Piedade Araújo Sol disse...

fotos espectaculares a que o autor pincela palavras salinas, mas sempre belissimas.

com algas
enfeitei meus cabelos
e meus olhos verdes
ficaram ainda mais felizes

beij

Carmo disse...

Poeta, obrigada por existir o seu espaço, posso assim beber da sua excelente poesia.
Beijinhos
Bom fim-de-semana

Multiolhares disse...

Tanto podemos descobrir ou inventar, nas águas calmas ou pacíficas do mar

beijos nossos

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Vanha-nos as marés esverdeadas, para termos de ouvir promessas apenas sorradas. o mesmo que nadas.
Daniel

RETIRO do ÉDEN disse...

Esse verde de esperança... em melhores marés.
As fotos estão lindas e o poema muito bem conseguido.
Forte abraço
Mer

OutrosEncantos disse...

Não se podem traduzir os sentires de outrem!
E este poema é uma amalgama de emoções vindas do mais profundo de ti.
A canção completa o que o poema nos quis transmitir.
As imagens, lindas! Nelas personificas...!

Um encanto, o teu poetar!
Beijo.

São disse...

Escuso de te dizer que gosto da nova apresentação, rrrss

Do poema , das fotos e da malagueña aqui deixo a dmiração sincera.

Boa noite.

M@ria disse...

"O difícil não é viver com as pessoas, o difícil é compreendê-las".

José Saramago

Feliz Sábado e beijos meus!! M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
na areia dourada
junto ao azul do meu mar
eu quero odorar
feito rosa rosada,
.
conchinhas em fim de semana,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
menti nas tuas palavras,
marés de simpatia,
obrigado,
,
conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
amiga,
não imaginas
como te fico grato,
,
Brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,
amiga,
quando escrevemos o que sentimos
o que sentimos, ninguém fica burlado,
nem quem escreve, nem que lê . . .
irei ver cuscar o selinho, mas como
podes ver no meu blog, convivo
mal como selinhos e nomeações !
srsrsrsrsrsr,
porém não sou contra !
,
maresias de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Vanda Mª Madail Rafeiro
,
a casinha é tua,
sempre de janelas abertas,
portas escancaradas,
e uma mesa repleta de brisas,
maresias, conchinhas, amizade,
respeito, carinho e vagas de
estima no areal espraiado !
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pelos caminhos da vida.
,
poemas,
são pililipares de gaivotas,
ecoando em uníssono
no marejar das marés !
,
ondas de amizade, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
agradeço
a bela partitura
das tuas palavras,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
tás a fazer a 5ª ponte
sobre o Tejo ?
karedeeeeeee !!!!!!
,
hoje o tempi táxôcho !
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anónimo
(Filó)
,
os rochedos,
são o símbolo do querer,
auto-sentinelas, vigiando do EU !
,
um mar sereno, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga
era deficiência do blog,
Jjá o alterei !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
amiga, envergonhada ?
nem só quem passa por Alcobaça
não passa sem lá voltar !
e emaranhando as palavras
em passos bem rendilhados
entro em peso no baile
dos aromas enfeitiçados
vestindo musgosos cremes
das orquídeas encantadas
onde as vagens dissecadas
sussurram ao meu ouvido
calma não fiques perdido
abraça a espuma espraiada !
,
o fatinho ?
como vês ando sempre na moda,
gravata no verão,
peito ao léu no inverno !
srsrsrsr !
,
Aos filhos do povo, canto,
,
O fado fadista
Tem de tudo um pouco
Tem tanto de artista
Como tem de louco
Veste-se de novo
Á maneira antiga
É filho do povo
E o resto é cantiga !
,

Jinos de entardecer
Ficam !
,
*

Pelos caminhos da vida. disse...

Voz de Amigo

"É a voz do gostar,
É a voz do alertar,
dizendo nas palavras,
hei! acorde...Quero te ajudar!!!
É a voz que vem com o que precisamos ouvir,
ler, perceber, interiorizar...
Quando não conseguimos ler a nós mesmos,
Quando nos falta o chão, o teto, o rumo..
Vem como um "cutucão" benigno..
Uma sacudida,
Um alerta..
Uma sirene que soa o nobre sentimento,
de luz,
imenso cuidar..
Vem com tanta verdade,
mas, com o cuidado de não magoar..
Uma voz que Deus usa,
que vem devagar..
Que inunda...
Que traz alegrias..
Que contagia..
Uma voz de anjo,
Uma voz de irmão escolhido...
Presentes e presente..
Nos dois sentidos..o de estar e,
o de jóia inestimável..
Um mestre de consciência...
Mestre paciente para ouvir,
Ser cúmplice nas dores e alegrias...
Mãos estendidas,
entrelaçadas...
Dádiva da vida...
únicos,
senhores do bem:
VOZ DE AMIGO !

(texto da net).

Feliz Dia do Amigo e da Amizade pra vc.

beijooo.

poetaeusou . . . disse...

*
Andradarte
,
gratificado me sinto,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
e uma sereia imagino,
nos esverdeados rochedos,
,
esmeraldinas conchinhas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carmo
,
um aqueduto
de letras cristalinas
esperam sempre por ti !
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
É,
o mar é uma fonte
inesgotável de emoções,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
lembrei um amigo politico,
que me disse bastas vezes,
as promessas politiqueiras,
é problema de quem nelas acredita !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
as esperanças,
são quimeras sem sentido !
,
marés de Paz,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
um mar de perspicácia,
inunda o teu sagaz olhar !
parabéns,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
eheheheheh,
estava a fazer experiências,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
ele que nunca aceitou ninguém,
nem desceu do seu altar efémero,
um fantástico escritor,
num homem vulgar, que nunca
compreendeu as ideias dos outros !
,
conchinhas felizes, deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pelos caminhos da vida
,
os amigos,
como as flores
têm que ser regados com carinho
,
cuidado com os falsos amigos,
como escreveu o nosso
Camilo Castelo Branco !
,
Amigos! Cento e dez, ou talvez mais,
eu já contei. Vaidade que eu sentia,
julguei que nesta Terra não havia
mais ditoso mortal entre os mortais!
Um dia adormeci profundamente:
ceguei. Dos cento e dez houve um somente
que não desfez os laços quase rotos.
"Que vamos nós, diziam, lá fazer?
Se ele está cego, não nos pode ver!"
Que cento e nove impávidos marotos!
,
marés de amizade, deixo-te,
,
*

Ana disse...

Uma visão bem promissora a das malagueñas salerosas saltando de rocha em rocha (cantando também).
Mas tem em conta a outra canção que dizia "olhos verdes são traição, são cruéis como punhais"...

Beijinho, Poeta.

Lilá(s) disse...

O mar fonte de inspiração!
Bjs

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
O mar e os poetas...sempre em sintonia.

Beijinhos
Sonhadora

Susana disse...

Óptimo espaço de poesia. =)
Gostava que deixasse a sua opinião no meu blog também.
Passarei aqui um dia com mais tempo.
www.arte-poetica-ss.blogspot.com

Ana disse...

Vestes a alma de mar. Reluzindo poesia.

Um beijo grande *

Sandra disse...

parabéns pela postagem..
Venho com muito carinho, desejar um feliz final de semana. E dizer o quanto é importante ter você sempre me visitantando. Pois os amigos são nossas jóias raras.Temos que sempre estar lapidando.
"Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos".
Sócrates.


CURIOSA tem um lindo selinho te esperano.Venha passear pelos meus outros blogs.
Ficarei muito Feliz com a sua companhia.
DEIXO UM FORTE ABRAÇO,
SANDRA

Maria disse...

..Lindamene escrito .
E eu que não passo de "algas rochosas", me dobro a ti, poeta_que_és e que fala de tudo isso, vestindo-se do lirismo de homem do mar.
O rumor das ondas deixo-te,/para teu sono embalar.
bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
olhos bons com coração
os “meus” castanhos leais !
,
conchinhas conventuais,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
o mare nostrum . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
o mar é a poesia,
dos poetas mareantes !
,
marés serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Susana
,
grato fico !
,
Irei ao teu cantinho
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
não façam poemas ao Mar
porque o Mar é um poema !
amiga
conchinhas
num bom fim de semana,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sandra
,
gratificado me sinto,
,
como te compreendo,
,
Para conseguir a amizade de uma pessoa digna é preciso desenvolvermos em nós mesmos as qualidades que naquela admiramos.
,
in - Sócrates
,
um mar de amizade,
deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
.
amiga
não concordo contigo,
tens um versejar que
muito admiro, como sabes !
,
um mar de carinho
dou-te.
,
*

Zélia Guardiano disse...

Estes teus versos, poeta...
És demais!
Show!
Enorme abraço...

Chinha disse...

Quando o olhar é de sal esprai-se pelo mar, desvanece na espuma esbranquiçada...

Lindo

bjinho da Chinha

gota de vidro disse...

E porque a vida é bela, e porque o sol brilha em Verão anunciado, vertir o corpo em algas frescas desperta o sentir e o olhar espraia mar.

Bom domingo

beijinho da gota

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
gratificado fiquei
com as tuas palavras
quando os teus
além de criativos,
são superiores aos meus ,
,
conchinhas floridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
sabem a sal, as tuas
aromáticas palavras !
,
brisas serenas,
serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gota de vidro
,
mergulho
nas marés de pedra
bordados de espuma
cobrindo meus poros
nas algas rochosas.
,
gotículas de Paz
deixo,
,
*

antonio - o implume disse...

Vestimo-nos de impossibilidades...

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
na impossibilidade de ser !
,
*

Jacarée disse...

"No teu olhar"
... tudo parece mais encantador quando a poesia toma tal dimensão a alma enriquece .... a esperança alegre a sinfonia...a harmonia.
Abraço