março 11, 2010

------------------------------------- no batom dos versos


invento poemas
ao virar das folhas
assentando palavras
nos miaus da vida,
abro os mistérios
imaginando paletas
aloés pautados
colorindo as telas,
fantasio sorrisos
no tom dos pincéis
gizando teus lábios
no batom dos versos,
procuro teu odor
papiros pigmentados
nesses olhos rasados
de profecias de amor .

poema e fotos:poetaeusou

64 comentários:

Sonhadora disse...

Meu amigo
Lindo poema...muito bom, adorei.

Beijinhos
Sonhadora

Fernanda disse...

Olá amigo Poeta!

Gostei muito dos miaus e das profecias de amor.É sempre um enorme prazer ler as suas belas poesias.

Fotos muito bonitos.

Parabéns

Maria disse...

...”Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um segredo que complica. Uma vontade que não passa. Uma palavra que nunca dorme......"
Passei pra deixar-te um beijo, Poeta_que_és

RETIRO do ÉDEN disse...

Belas fotos e poema lindo.
Abraço
Mer

Sonho & Sedução disse...

Grande poeta...

Passei para reler-te e deixar-te um beijo com carinho

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Na vida tudo e belo, como as fotos e a poesia, que serves e que é de sorver, como a maresia que faz as folhas do aloés crescer.
Abraço
Danniel

FlorAlpina disse...

Com olhos rasados…
Vislumbro miaus escondidos no poema…
Sorvo a seiva dos aloés…
Viro as folhas e releio o poeta…
Imaginando os sorrisos…
Os sorrisos…

Bjs dos Alpes...

© Piedade Araújo Sol disse...

invento poema...

gostei da maneira como 2brinca2 com as palavras.

um abraço!

Filó disse...

Versos de amor
Poemas inventados
Telas coloridas
De sorrisos pintados..

Poeta, um poema ternurento, assim como a voz doce de Carlos Paião..

Beijo amigo

Secreta disse...

Eu gosto de miau's ... :))
Beijito.

Maysha disse...

Ola meu amigo, lindo poesia, assim como a foto do miau e dos aloés.
É um prazer ler os seus poemas.

Um bom fim de semana, obrigada pela visita.
Beijo de luz
Isa

lita duarte disse...

Poeta,

Que fotos encantadoras.

Teu poema é uma tela repleta de cores quentes.

Beijos.

gaivota disse...

o que é que a farrusca está a fazer por asqui?!?!?!?!?!?
miauuuuuuuuuuuuuuuuu
ela não me mia!
agora nem eu! (quase!!!)
é falta de aloés e de mar...
pilipares aos molhos por aí!

FOTOS-SUSY disse...

OLA POETA, MAGNIFICAS FOTOS...O POEMA SIMPLESMENTE BELO...ADOREI...QUE TENHA UM OPTIMO FIM DE SEMANA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Fa menor disse...

Nas profecias de amor se encontra a poesia... por isso a pintas tão bem!

Bom fim de semana
Bjins

Lilá(s) disse...

Inventas poemas de encantar! com miaus e aloés! já estou visualizando o quadro...
Bjs

Justine disse...

Oh, parece mesmo o meu Mounty!
E o poema - um encanto!

rouxinol de Bernardim disse...

Meu caro:

A sensibilidade ao sabor do improviso.

O calor do sentimento é também um sol, sol d einverno...

M. Lourdes disse...

Olá Poeta
Não sei que escrever. As fotos estão lindas. O miau é fofinho o poema adorei.
Olhe, um fim de semana inspirado para nos continuar a maravilhar.
Beijinhos
Lourdes

São disse...

...e como são doces os miaus que gizas nos olhares de amor em raso.

Um bom fim de semana.

Carmo disse...

Que posso eu dizer, Poeta para adjectivar as fotos e o poema bem como toda a sua poesia?, eu que sou uma simples amante de poesia?

Lindo

Miauuuuuuuuussss para este fim-de-semana

Carmo

SAM disse...

Lindo !!!

"...fantasio sorrisos
no tom dos pincéis
gizando teus lábios
no batom dos versos,
procuro teu odor..."


Belíssimos versos!

Carinhoso beijo e lindo fim de semana, poeta

Ana Paula disse...

Olá amigo Poeta boa noiteeeeee!!!!!
Que bom ouvir o Carlos Paião, um dos meninos do meu tempo que partiu tão cedo! Mas é daquelas estrelas que não deixa de brilhar! Fico admirada dos nossos jovens gostarem das canções dele, aliás no YouTube onde tenho um canal, sei bem quem são os seus admiradores, e não são só os da nossa idade, acredita!
As tuas imagens estão lindíssimas, aquele gatinho lindo ali no meio dos agapantes e o aloé com aquela flor lindíssima. Num jardim da Universidade de Coimbra encontrei um jardim cheio de aloés, pensei fotografar a Universidade e depois voltar lá e acreditas que fui descendo e esqueci-me:-)quando lá voltar vou direitinha ao jardim:-)
Quanto aos poemas que inventas são lindos miguinho! Tomara eu saber escrever umas palavras assim para dar mais valor ao meu "modesto" espaço, mas a "viola quer-se na mão do tocador:-)
Este poema de amor onde fantasias sorrisos no tom dos pincéis é fantástico!
Desejo-te uma noite muito feliz!!!
Jinhossssssss

Multiolhares disse...

Miau parecido com a Diana,mas não a estou a ver no meio de um jardim , piegas como é.

beijos nossos

Duarte disse...

Excelente interpretação, obrigado: é uma forma de não perder o contacto com as raízes.

Versos?!
O que podem expressar esses versos,
quando por ti proferidos...

Gostei, e muito, amigo Zé.

Um grande abraço

Ana disse...

Versos coloridos na paleta da esperança!

Adorei o "miau" :-)
Beijinhos.

Delirius disse...

Poetaaa!....
Que lindoooo!!!!
Amei ler-te apaixonado:))))
Finalmente feliz :)))
Ah... e a canção..., tão bem escolhida.
Saudades imensas de Carlos Paião. Gosto tanto dele que te agradeço a sua presença aqui, hoje
Beijo num sorriso.

Angela Reis (Luna Luz) disse...

Belíssimo poema! é sempre um prazer estar aqui! Obrigada!

Meu carinho! Deus te cuide =*

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Parece que eu vi uma gatinha! Não! Foi o seu vislumbre! Fotos quentes e paisagens perfumadas* Do poema, não falo nada, além de Lindo*

Beijos pra vc, Poetaeusou*

****


*O contrário de mim costuma ser a Musa

A quem a artificial beleza inspira verso,

Beleza tal que mesmo o céu por adorno usa,

E se repete em todo encanto do universo;

Beleza que, com inflado orgulho, se compara

Às gemas do oceano, à Lua, ao sol, à terra,


À prima flor de Abril, a cada coisa rara

Que em sua redondeza o etéreo espaço encerra.

Eu, ah! Vero no amor, tão-só a verdade escrevo,

E hão de me crer então: "Meu amor é tão lindo

Como uma criança para a mãe, embora enlevo

Nenhum nele ninguém veja sidéreo e infindo".

Digam o mais que à fama agrade e, assim, a estenda...

Eu, neste assunto, não farei pregão de venda.

Soneto XXI
William Shakespeare
Trad. da Renata*

+ Beijos
Renata

Maysha disse...

Ola amigo Poeta, venho deixar um beijo e desejar bom fim de semana
Isa

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
amiga,
honrado fiquei,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,

são faiscantes
as tuas palavras . . .
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
acordadas palavras,
senti !
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
grato, Mer,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonho & Sedução
,
com um Mar de jinos,
replico-te !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
amigo
eu planto aloés,
de intensa amizade,
que aqui te deixo .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
os sorrisos,
são miaus esvoaçantes,
aloés sonantes
trazidos nos ventos !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
palavras
são sisos entrelaçados .
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
invento
sorrisos
no vento
concisos!
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
miaus,
são enternecidos ronrons,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maysha
,
agradáveis
as tuas palavras,
obrigado,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
encantado, fiquei,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
miiiiiiga,
navens ao
Senhor dos Passos ?
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
amiga
um bom fim de semana,
com conchinhas envolventes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
o Amor
é uma profecia eterna . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
telas
de previsível ansiedade . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
chama-se Diana
e é uma senhora
de onze anos . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rouxinol de Bernardim
,
o improviso é o sal da vida,
nada se pode prever
neste vale de lágrimas . . .
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M. Lourdes
,
escrever
é desenhar sentimentos,
clicando os nossos olhos . . .
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
amiga
rasado de gratidão,
ficaram os meus olhos .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carmo
,
poesia
são sinfonias de palavras,
,
brisas serenas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
versejados pincéis,
espalham odores .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Paula
,
vamos cantar Paião
nos YouTube felinos
miaurando aloés
nos jardins da faculdade
e nas estradas virtuais
onde a Paula tem um canal
o que farei afinal ?
vou enaltecer Aveiro
por tal Ana usufruir
e eu vou concluir
cantando a nossa amizade,

,
brisas serenas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
os miaus da Diana
são zunidos esverdeados.
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
Amigo,
raízes
são entranhadas origens. . .
,
um grande abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
miaus
são telas sonantes.
,
um jino,
*

poetaeusou . . . disse...

*

Delirius
,
delirante fiquei,
com a tua missiva,
,
um mar de sorrisos,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Angela Reis (Luna Luz)
,
um mar de ternura
envolvida em Paz,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
é, a minha Diana !
,
um belo soneto de Shakespeare
,
para ti
,
que é que há, pois, num nome?
aquilo a que chamamos rosa,
mesmo com outro nome,
cheiraria igualmente bem . . .
in- William Shakespeare,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maysha
,
Isa,
mareantes jinos,
deixo,
,
*

Baila sem peso disse...

Versos lindos seus, cantados
versos lindos teus, sentidos
Carlos Paião era um doce amado
Tu és um amigo muito querido!...
Ao olhar de Diana vai um miau
Da minha Layla um ãoão nada mau
e o aloé fica no baton do verso
que enfeita enquanto contigo converso
e na fantasia do poema de amor
tudo gira no meio de miau e flor

meu beijo e restinho de bom domingo
lindos sorrisos ao sol é preciso

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
é preciso
sorrir ás flores
sorrir ao ãoão
sorrir aos poemas
e preciso
sorrir aos amores
sorrir ao Paião
sorrir sem dilemas !
,
conchinhas,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Ai profecias...

E de amor!

O gatinho é um miminho

Beijinho doce

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
a amorosa Diana,
profetizando beleza .
,
conchinhas mimadas,
ficam,
,
*