fevereiro 24, 2010

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - não vou ao mar, não



sigo o apelo
do quebrar das vagas
musica esotérica
gritada em mim,
herméticos solfejos
compõem as marés
trauteando flautas
nas espumas vadias,
desposo o sol-pôr
no ressoar das ondas
hinos perpetuados
de sons penetrantes
e nas entranhas do mar
no epicentro das entregas
danço a negação do vira
no areal das incertezas.
poema e fotos:poetaeusou

81 comentários:

Dois Rios disse...

Epicentro das emoções.

Beijos, querido poeta!
Inês

lita duarte disse...

Poeta,

Eu vejo imagens fechadas, mas fascinantes.
Palavras apertadas...

Mas essa música que ouço... me dá alegria. Gosto dessas canções.
Ah, que bom vir aqui e sentir um pouco de Portugal.

Um beijo.

Multiolhares disse...

è no epicentro hermético que o sol desponta aquecendo os olhares vibrantes que vislumbram o horizonte
incandescente de solfejos

beijos nossos

SAM disse...

Tudo novo, vibrante! E o sol com seu halo lindooo e de hipnótica beleza.

"...danço a negação do vira
no areal das incertezas."

E assim...

Beijos, poeta!

Sonhadora disse...

Meu amigo
Lindas fotos ,como sempre e um belissimo poema.


e nas entranhas do mar
no epicentro das entregas
danço a negação do vira
no areal das incertezas.

Gostei muito.

Beijinhos
Sonhadora

São disse...

As fotos , especialmente a primeira , estão fabulosas!

Descansa serenamente, companheiro.

Canduxa disse...

uma sinfonia
de amor
de incertezas
o mar
e o pôr do sol.

entre a magia das fotografias e do poema está o poeta!

beijinhos

R.G. disse...

Lindo este areal de incertezas...
o areal da VIDA

beijo perdido

Jacarée disse...

Poema encantador
Belas fotas
tenho um mimo no meu cantinho para você.
Abraço

Ana Isabel disse...

Ser poeta é ser mais alto..


Sem mais palavras..só um abraço.

Muito obrigada por partilhares imagens tão belas.

Ana Isabel

Isa disse...

Um hino à beleza,ao mar,ao sol que,como hoje,se esconde e entristece...
Para si,um
Beijo.
isa.


PS:-tem um mimo no "Momentos".Que goste.

Justine disse...

Eu vou dançando ao ritmo morn das tuas palavras poéticas!

gaivota disse...

só este som de mar me aquece a alma!
na vás ó mar, zé, podes merrer, zé, na vás ó zé, fiqu'sem ti...
á pois é!
(tou sem voz... outra vez...)
lindoooooooooo, sempre
piliparessssssssssss

segredo disse...

K esse areal de incertezas se transforme num areal de desejos;)
Beijinho de lua*.*

Maria disse...

... e quando as ondas vadias,/ sem poudor e com desejo,/ se enrolam na areia branca,/ tentando arrancar-lhe um beijo/ sinto saudades de ti/
que a tanto tempo não vejo.
Beijos com sabor de mar, pra ti, poeta_que_és.

Baila sem peso disse...

só na música hoje o oiço
que está em maré de baloiço...
ondas que tu conheces tão bem
soletras como ninguém...
e aqui o posso sentir
nas tuas palavras a fluir...

Mar e paixão tem voz de perdão...

meu beijinho em teu condão

Mariazita disse...

Não vais ao mar, Luis, mas cantas muito bem as suas belezas.

Beijinhos
Mariazita

AFRICA EM POESIA disse...

Poetaeusou

Já não era sem tempo.
Eu tinha Esperança ...mas fraca...


Um beijo


50.000 Visitas
o selo é para levar...

tossan disse...

Cada poesia tua é um hino perpetuado no mar. Gostei das fotos. Abraço amigo

Teresa Durães disse...

por vezes assim, a negação

Isa disse...

Espero que ñ esteja "zangado" com a
pequenina homenagem que lhe fiz no
Momentos.
À 5ª feira tento deixar um mimo aos
Amigos.
Beijo.
isa.

Filó disse...

Música tocada com vagas de solfejos, marés ritmadas com o canto do por-do-sol..
Na praia da vida nos perdemos, por vezes, no areal de incertezas !
Poeta nunca nos cansamos de olhar esse mar e o por- do- sol ,
Magníficas fotos, sempre bonito..

Beijo amigo

Isa disse...

Que bom ñ ter ficado aborrecido.
Fiz com a grande admiração e respeito q. tenho por si.
Beijo.
isa.

Fa menor disse...

O mar sempre a musa que te apela!

Bjos

Luis F disse...

Um grande momento, onde as palavras carregam emoções e onde o poeta desliza nas ondas do mar...

Um grande abraço
Luis

Delirius disse...

Ah!....
Mare nostrum, poeta meu!...
Beijos

Carmo disse...

Consigo ouvir as flautas.

Poema e fotos maravilhosos!

Ah, e o vídeo exemplar

beijinhos


carmo

Menina Marota disse...

Gostei imenso.
O Mar... esse eterno inspirador!

Grata pela partilha.
Um abraço e bom fim de semana.

Ana disse...

Não vais ao mar ...mas vem ele até ti, até nós. Nestas magníficas imagens e palavras.
Um beijo, Poeta.

LOURO disse...

Olá Poeta!

Fotos são um espectacúlo desse teu mar da Nazaré,com um poema sublime...
Bom fim de semana,
Abraço
Lourenço

FERNANDA & POEMAS disse...

MEU QUERIDO POETA, AMIGO DO MEU CORAÇÃO... CONTINUAS A SER AQUELE, ZÉ MUITO ESPECIAL, UM AMIGO DEDICADO,EXTRAORDINÁRIO... TODA A TUA POSTAGEM ESTÁ BELA... ADOREI...!!!ABTRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

uminuto disse...

porque nas entranhas do mar as incertezas são uma constante, assim como na nossa vida
um beijo

Mariazita disse...

Antes que chegue o temporal... desejo um bom fim de semana.

Beijinhos
Mariazita

KrystalDiVerso disse...

Poeta e Mar a uma só voz!... Herméticos solfejos!!!!!!... Quase como engolir em seco no no meio de tanta espuma que ensina notas distantes de uma música sofrida! Quase um canto abafado de uma sereia que empresta a voz... a VOZ!


Bom fim de semana


Escolha entre... beijos e abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Dois Rios
,
Inês
,
é nas margens da emoção,
que os rios cantam a foz .
,
Conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
o mar
é uma canção liberta,
,
conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
solfejos
são sublimes partituras,
,
beijos nossos,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
magnetizado fiquei,
com as tuas palavras .
.
conchinhas, ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
no âmago do meu sentir,
mergulho no mar dos sonhos.
,
Conchinhas, deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
entre as vagas
do sol-pôr,
repouso
o meu obrigado .
,
Conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Canduxa
,
os teus gestos de magia
têm a essência concreta
de uma Sophia poeta
maestrando a sinfonia .
,
brisas serenas,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
nas ambiguidades da vida,
sobressaem as certezas . . .
,
Conchinhas, floridas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacarée
,
grato fico,
irei surrupiar o mimo,
,
saudações,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
ser poeta
é descrever o sentimento,
na melhor forma que sabermos.
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
um hino,
as tuas palavras,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
dança, dança com o mar,
imita as ondas
no seu embalar .
,
marés de amizade, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda
tem cuidado pariga,
atira com os nervos para
as Calendas do mar Egeu.
,
pilipares
*

poetaeusou . . . disse...

*
segredo
,
vou espraiar
os teus votos
no areal das certezas .
,
conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
vadio me sinto
nas vagas do sentimento
onde enrolo o sofrimento
é verdade, não te minto !
srsrsr,
,
conchinhas, deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
é no dons
do balancé
que a maré
flui seus sons.
,
Conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
Mariazita não sou Luís
vê o que dizes
não me baptizes
porque não sou, nem quis.
,
srsrsrsr,
,
amigáveis conchinhas,
ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
e Domingo,
temos o Porto –
,
saudações benfiquistas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
tu é que és
o Génio, amigo !
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
por vezes as negativas,
são aptidões positivas . . .
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
e tudo ficou aclarado,
srsrsrsr,
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
é uma sinfonia
as tuas palavras,
um sol-pôr no La Scala
de Callas ondulantes,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
nada disso,
para mim é uma honra,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
o mar
é um apelo ao sonho . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luis F
,
é nas marés deslizantes,
que as emoções nos abraçam,
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Delirius
,
é,
o mar é nosso . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carmo
,
Quero
liras, harpas e cimitarras,
a tocar marés da vida . . .
,
conchinhas, ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Menina Marota
,
grato fico
com as tuas palavras,
,
conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
o mar
é um poema vibrante,
,
um mar de jinos,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
grato, amigo,
a beleza Nazarena,
é a única razão .
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
Fernandinha
senti as tuas palavras,
obrigado,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
uminuto
,
no âmago do mar,
há segredos por contar !
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
olha
aqui o vento
já “ assssssobia”
,
brisinhas nocturnas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
KrystalDiVerso
,
agarro no mar
a secura que levo,
visão espumosa
abafada em mim,
musicando
o meu desconsolo,
na sereia perdida
cantando sem voz .
,
saudações,
,
*

Sonia Schmorantz disse...

Belíssima composição de imagens e poema!
Um abraço, ótimo fim de semana

Jacque disse...

Obrigada pela visita. Vim convidar pra ver meu vídeo novo, no blog: 'Sentimentos".

Beijo

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

É isso a canção exotérica do mar a sensibilizar a imaginaçãodo do poeta.

Abraço
Daniel

Fernanda disse...

Querido amigo Poeta!

Este seu sentir e amar a vida, dar-lhe esta profundidade em poesia é fascinante.
Poeta é sim e dos grandes.
Parabéns!

Amigo, eu me confesso...
O seu belo comentário no meu Blogue, que muito me emocionou, foi adicionado ao meu pequenino texto, com muito carinho.
Espero que não leve a mal...sei que não:)))

Muito obrigada,
Beijinhos e conchinhas...que adoro!

RETIRO do ÉDEN disse...

Lindíssimas fotos e poema.
Forte abraço.
Mer

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Por meio a tanta hermética, consigo ver imagens maravilhosas, palavras premidas, canção que ribombeia, me entra pelas veias, me dá ânimo, cores às faces!
Como é bom começar o dia feliz! Ah, que saudades desta Terra tão querida!

*QUISERA EU SER POETA, MAIS POETA
Ao Poetaeusou

Quisera eu ser poeta, mais poeta
Do que já sou, para cantar num verso,
A grandeza da vida...E ter liberta,
A alma a esvoaçar pelo Universo.


Quisera eu ser um passarinho errante,
Que voa...Voa sempre e nunca pára,
Para buscar, em algum lugar distante,
A inspiração mais linda, pura e rara.


Pois tenho um sonho...Um sonho irrealizável...
De querer ponderar o imponderável,
De me atrever ao que ninguém se atreve:


Eu quero a todo custo e afoitamente,
Descrever o sabor de um beijo ardente,
Que todos sentem, mas ninguém descreve*

Obrigada.
Beijos, querido amigo!
Bom Domingo!
Renata

poetaeusou . . . disse...

*
*
Sonia Schmorantz
,
grato
um bom fim de semana
envolvido
em brisas serenas,
que deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacque
,
irei sentimentalizar
o teu vídeo, srsrsr,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
poemas
são maresias cantantes,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,
quanto honra eu senti
imerecidamente, penso,
apenas escrevo
o que me vai na alma .
,
obrigado, amiga,
,
brisas de carinho
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
grato amiga,
é a benquerença
dos teus olhos
que assim vêem . . .
,
puras conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
quisera eu
que todos quisessem
como tu queres !
,
um mar de jinos, deixo,
,
*

Ana Paula disse...

Que pena já não ouvir a música que escolheste para este poema, tenho a certeza que ao ouvi-la ainda me emocionava mais.
As imagens são belíssimas e as palavras tristes mas muito belas, é o que sinto Poeta.
Jinhosssssss