janeiro 11, 2010

>>>>>>>>>>o poetaeusou faz hoje três anos<<<<<




se a sardinha cai na rede, descuidada . . .

video

hoje o poetaeusou faz três anos, por isso,
não vou falar das minhas dúvidas existenciais,
não quero saber do que me meteram na cabeça e as
origens disto tudo, o verbo, o nascimento, o Adão sem
parra, a costela roubada e a Eva da maçã ou pêro mofo,
do paraíso, éden, pentateuco ou dos cinco rolos das escrituras
com o génesis ou não, da tora e da bíblia, do manitu e do
búfalo sentado, do al corão e do bin Laden, do Dalai Lama e do
João Garcia a escalar os himalaias para lhe pedir um autógrafo …
Olimpo ? quero lá saber se o zeus era o pai e dono da
minerva, minha irmã e deusa da sabedoria, hehehehe,
da Hera, protectora das mulheres, casamento e do nascimento
e que em Portugal não devem gostar dela, da gaia a mãe-terra,
do Apolo a luz do sol, da musica, da poesia e metrossexual …
e que o dionísio e o baco passem a vida a ver quem bebe mais,
quero lá saber, da Vénus e da Diana se o Carlos também não,
deusas ? sei lá, o que sei é que a Afrodite era do Adónis, e o
Eros não comia ostras, o resto é conversa fiada, tangas, tretas . . .
cheio da amaterasu japonesa, da hindu ambika, tetis e da selene,
quero lá saber do Jorge Amado e se a gabriela tinha sapatos
ou não, nos orixás, iemanjá ou inaê, nas sereias, nas musas,
nas ninfas e se o poseidon estava exilado na ilha dos amores . . .
estou farto, do aquilino, lobo antunes, rómulo x gedeão, do
pessoa, espanca, sophia, agostinho da silva, natália, nemésio.
redol , das bocas do marcelo, das grades do tó vitorino, das
sextas-feiras loucas da manuela, da ronca da júlia pinheiro
e do circulo quadrado em forma de paralelepípedo obtuso …
fartíssimo do picasso, matisse, degas, da vieira, do dali e daqui,
pôrra para a globalização, para liberalização do mercado e
para o karl marx , cujo capital, me “enganou bem enganado”.
e o nobel ? quem é esse gajo, perguntou o paulo futre… boa,
nem do pinto da costa, prevendo crude na luz e em alvalade,
dos sete mil setecentos e sete cantores do fedor das televisões
e dos gatos fedorentos (vivó benfica), o bocage e o aleixo, e o
farta discos do zeca afonso (a morte saiu á rua num dia assim)
até do almada estou farto, - morra dantas, morra pin, pin !
pin, pin, raio de som para uma bala, irá casar com um torpedo ?
estou farto das otas e contra-otas e dos TGV para as berlengas,
da altivez do socras (como está nosso primeiro) da avozinha
manuela (um jino), do s.jerónimo das rumbas (avante camarada)
dos portas da direita e da esquerda (abençoada mãe que deu á luz
a dualidade), do Google louçã (ai se o M. Brand imitasse a tua voz).
quero lá saber de mim, do que sou e serei, donde venho e para onde
vou, para o psiquiatra ? não . . . mas pergunto-me, o meu ser será ?
serei o ser do meu ser ? sou a existência do haver no mistério do
existir ? ser este, neste ser, sou outro ? e se sou outro, porquê ser eu ?
se sou o que nunca fui e se vou ser o que já fui, o que eu agora sou ?
sabem ? quero lá saber, hoje não vou falar de nada . . . CONFESSO !
***
texto - foto - vídeo : poetaeusou
(2ª foto-album-A.L)

98 comentários:

R.G. disse...

Então Parabéns...

Beijo Perdido

Sonhadora disse...

Parabens .

beijinho de boa noite.

Sonhadora

RETIRO do ÉDEN disse...

O que andei/andámos a perder...
Parabéns, poeta Nazareno, que as marés tragam de volta novos cantares com saias ou sem saias...gaivotas ou não, areias, ventos, tempestades...mas sempre aqui a deliciar-nos com o seu potencial.
Forte, forte, abraço
Mer e família

Ana Martins disse...

Parabéns poeta, 3 anos de sucesso só o podem fazer feliz!

Venham mais 3 e por aí adiante.

Beijinhos,
Ana Martins

Delirius disse...

Confesso que gosto deste cantinho aqui, confesso!

- e confesso que também gosto de ti - ;)))

Poeta, meu amigo, PARABENS!!!
Hoje sem poema mas com um texto fantástico que não lembraria a mais ninguém, confesso que adorei!
E também confesso que amei ouvir Tony de Matos!

Beijos, amigo!

Ana Isabel disse...

Que prazer ler textos tão bem escritos!

Dúvidas existenciais..quem as não tem?

Os meus sinceros parabéns e continua a partilhar os teus belos textos, poesia e fotografia.

Deixo um abraço amigo

Fa menor disse...

... de nada e de tudo! :)

Muitos parabéns!

Continua sempre a sentir-te como sardinha no mar! :)

Bjinhos

Isa disse...

Parabéns!
E...BRAVO! Bravo!
À portuguesa,à francesa,mas à moda da Nazaré:sincero,do coração!
Beijo.
isa.

Ana disse...

PARABÉNSSSSSSSSS!!!!!!!!!:-)))))
Poeta tens uma enciclopédia dentro da tua cabecinha?:-))
Adorei este fantástico texto, tão bem elaborado que falou de tudo, e de todos, acho que não te esqueceste mesmo de nada. Houve alturas em que tive que me rir, porque tens um bom humor muito inteligente
:-)). Gosto de pessoas assim e não estou a dar-te graxa, está bem?:-)
Pronto adorei as belíssimas imagens dessas mulheres das sete saias e de tudoooooooooo!!!!
Felicidades amigo e desejo que me proporciones mais momentos como este neste belo espaço que gosto muito!!!
Um grande beijinho,
Ana Paula

Isa disse...

Desculpe,deixei-lhe uma "gracinha".
http://isa-selosemimos.blogspot.com/
Beijo.
isa.

HELENA AFONSO disse...

PARABENS... pelo aniversário...pelos poemas....pela confissão.....pela partilha...pela existência.......guardei as suas conchinhas, obrigada pelo carinho!|
HELENA

gaivota disse...

parabéns, meu querido amigo, este post está lindooooooooooooo
ou não tivesse ele este ar de mar, a foto da viúva na 'lota', a criança de outros tempos (quem será?) na areia de volta do peixe e tudo muito bem rematado com esta dança maravilhosa que me deixou a bailar aqui na cadeira...
parabéns, zé, por sere tu!
apenas tu, mesmo de águia ao peito!
ou aí, poderosa, na tua sala...
setes saias trazemos com o mar no coração
mai' nada! menosqueninguém!
olhó caguêra, seremos todos a arrematar a sorte...
beijinhos em pilipares das nossas meninas daí ao nortiiiiiiiii e daqui ao suliiiiiiiiiiii

Perla disse...

Muitos para.béns
.
que venham mais 3 x muitos.

Bjs

Filó disse...

Poeta,

PARABÉNS,

Muitas felicidades.

Um beijinho amigo

Luis F disse...

Desde já os meus votos de parabéns, não só pelos 3 anos, mas por toda a obra criada durante este tempo.

Um abraço
Luis

FlorAlpina disse...

Simplesmente...
Parabéns...
beijos dos Alpes...

GarçaReal disse...

Sabes poeta lindo

Por vezes o melhor á não falar...Ou até tavez seja...Vivo numa incerteza.

Minha ausência está num arrancar de ano num arrancar de rumo.
Talvez o rumo seja incerto...nem sei se será ou não desejado.
Problemas de ordem pessoal me têm mantido um pouco afastada.

Peço desculpa

Tentarei uma presença.

A vida tem caminhos inesperados e brutais.

Deixo sempre para ti que me acompanhas desde o meu começo

Um bjgrande do Lago, mas muito especial e de profundo agradecimento

Nunca deixes de ser poeta do amor e do mar

Passarei sempre que possivel

Garça Real

Sandra Botelho disse...

Algumas pessoas como voc~e não precisam falar de nada. basta existirem para fazerem da vida digna de ser vivida e do mundo um lugar melhor...Afinal sensibilidade e ternura não lhe faltam.
Hoje você pode, não fale, fique em silencio e ouça somente nossas vozes parabenizando você por nos presentear com tão belos poemas e textos.
E saiba estaremos cantando em unissono PARABENS PARA VOCÊ.
Bjos meus
Meu coração caminha com você

helia disse...

Lindo Texto e lindas Fotos! Parabéns pelo aniversário e que este espaço se mantenha por muitos anos para o podermos partilhar.

FOTOS-SUSY disse...

OLA POETA, BELISSIMA POSTAGEM...PARABENS PELOS 3 ANOS, QUE VENHAM MUITOS MAIS...VOTOS DE UMA OPTIMA SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

uminuto disse...

e nesse nada tanto disseste
beijo de parabéns e obrigada pela poesia de Eugénio de Andrade
um beijo deixo

Lena disse...

Parabéns Poeta da Nazaré !
Continua sempre a escrever e a trazer essas fotos desse pequeno paraiso....
que a força nunca te falte !

Um beijo grande

ETERNA APAIXONADA disse...

Que a existência do blog seja infinda! Nós, seu leitores amigos, só temos a agradecer, Confesso!
Parabéns! Muitas inspiradas conchinhas!
Abraços com admiração e amizade!
Helô Spitali

Chris disse...

É um espaço singular o que por aqui encontro...
Os meus parabéns
Bjs
Chris

cristal disse...

Parabéns Poeta!

Post imenso que é também um grito da alma...(será?)

Obrigada por ser o poetaqueé e pela partilha constante de palavras, imagens e sentires.

Abraço amigo

Duarte disse...

PARABÉNS!!!
Essa guitarra trina de alegria, claro que sim, é dia de festa... já lá vão três anos! E a escrever quase a diário, homem de antes quebrar que torcer, este Zé. Congratula-me esta efemérides!
Um forte abraço, amigo ZÉ

Multiolhares disse...

Parabéns pelos 3 anitos,

Hoje não falas de nada falando de tudo
dualidade,
sempre, faz parte do devir, do sentir,do ser e estar.
Por vezes é melhor silenciar,pois a palavra o " verbo" é algo divino que nos pode levar aos céus ou fazer rastejar na terra.

beijos nossos

Maripa disse...

PARABÉNS!

São 3 anos de qualidade e assiduidade, amigo poeta.

Grande abraço,poeta amigo.

Bem-haja pela sua presença gentil e
amiga no "meu mar".

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
grato fico,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
obrigado,
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
ruborizado fiquei,
com as tuas palavras,
,
vagas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
Ana,
espero que sim,
e que me comentes
de quando em vez.
,
um mar de amizade, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Delirius
,
senti
as tuas palavras
obrigado,
,
Navego agora em mar de calmaria
Ao sabor da maré em verdes águas
Ao leme o esquecimento e a alegria
Vai deixando para trás as minhas mágoas

Para onde vou? Não sei
O que farei? Sei lá
Só sei que me encontrei
E que eu sou eu enfim
E sei que ninguém mais rirá de mim
,
In-tony de matos
,
conchinhas coloridas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
amiga,
eu igualmente
escrevo e fotografo
por simples prazer !
digo-te sinceramente,
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
E aquele Hino á Alegria !
Em bailados esvoaçantes
Emitindo gritos sonantes
A traineira acompanhando
de maresia envolvendo
A toda á Nazaré gritando
Estamos anunciar vida,
Com esta sardinha querida,
Em acrobacias voando.
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
obrigado amiga,
pela sinceridade
do teu aberto coração,
,
um mar de jinos,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Paulinha
reconhecido fico,
,
amiga
este post para além de dedicar
a quem me visita, também foi
a mim oferecido,
deu-me gozo e penso que não
foi ofensivo . . .
,
jinos mareantes, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
irei surripiar
a gracinha . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
HELENA AFONSO
,
Obrigado
pela tua missiva,
,
um mar de carinho,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Linda
,
ainda agora vim do mar
de remar contra a maré
já estou pronto para dançar
o vira da Nazaré,
,
olha
sexta-feira é o S. Amaro …
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Perla
,
amiga
grato fico,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
um jino de agradecimento,
fica.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luis F
,
obrigado, Luís
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
um obrigado,
da altura dos Alpes
daqui envio,
,
jinos esvoaçantes,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
amiga
arruma a “casa”
afina a Bússola e escolhe o rumo,
a vida é feita de escolhos,
ultrapassa-os com firmeza,
não desperdices a alegria de viver,
,
pilipares de carinho e amizade,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sandra Botelho
,
silenciado, fico,
enviando brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
gratificado, fiquei,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
obrigaaaaaado,
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
uminuto
,
quando o nada é tudo,
no brincar se faz verdade,
,
jino,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
Sinto ao longe o teu cheiro
Como se fosse um canteiro
Perfumado de mil flores
Nazaré, tu és tão bela
Com essas flores na janela
Oh praia dos meus amores.
,
um jino,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chris
,
o que posso dizer,
agradecer-te, simplesmente,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ETERNA APAIXONADA
,
Linda
,
eu é que agradeço
a tua generosidade,
,
confessadas amizades, ficam,
,
*

Ana disse...

Parabéns, Poeta, pelos 3 anos ... e pelo excelente post de aniversário... onde não falas mesmo de nada :-)
Um beijo grande para ti.

Delirius disse...

ahaha, Poeta, sabias que por tudo e por quase nada fico sofrendo de saudades?!
pois... cantei contigo o Tony, e foi bom recordar, obrigada meu querido. Beijo :)))

Pitanga Doce disse...

3 Anos de blog? Parece que começamos todos juntos ao mesmo tempo! hehe

"Bem lá à casa aquecer-te, ó rapaz"!

Sol da meia noite disse...

E acabaste por falar de tanta coisa...

Os meus parabéns, meu amigo, por este tempo e espaço de belas poesias, de belas fotos, de belos vídeos... pela partilha do teu sentir.
E que seja para continuar, por muito mais tempo...


Jinho cheio de amizade *

São disse...

Como prenda minha deste terceiro aniversário(muitos e sinceros PARABÉNS!) fica uma EXIGêNCIA: quero ler mais prosa tua!

Um fra( e)terno abraço.

rosa dourada/ondina azul disse...

Parabéns ao "poetaeusou".

Daqui, ergo a minha taça
e brindo à continuação !!!


Brisas de aniversário
te deixo,

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
Amiga
neste “invivido” tempo
alguém escuta os gritos de alma ?
,
conchinhas de amizade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
Duarte
que as guitarras se confundem,
do fado, da andaluzia, gitana ou
não, da eléctrica do velho rock,
em trinados de vários tons,
,
Guitarra toca baixinho
Que alguém pode escutar
Só ela deve entender,
Só ela deve saber
Que estou falando de amor...
Cantam os grilos no campo,
E um pássaro no ramo,
Ninguém dorme nesta noite,
E menos ela que agora,
Escuta um riacho e suspira!
,
In-francisco José
,
Abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
nas conjugações do silencio,
unem-se gritos libertadores,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
Amiga,
o mar me quer,
no mar, que eu sinto . . .
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
sabes,
gosto de falar pouco, srsrsr,
,
um mar de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Delirius
,
quando a pedra caiu
a seda selvagem ondulou
não sei se alguém viu
não sei de onde surgiu,
nó sei que pedra caiu
num sentir de ti . . .
,
Conchinhas tonyanas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
bora,
estou no ir,
eu vou, eu vou,
para o bairro da tijuca,
eu vou, eu vou,
,
conchinhas
escaldadas do frio, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
Sol
palavras leva-as o vento . . .
,
grato por tudo, amiga,
,
enquanto não me impostarem,
estarei por aqui ou já pagamos ?
,
um mar de jinos, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
por quem és !
acatarei cegamente,
embora gosto mais dos
meus poemados sem nexo,
,
eu percebi, queres que seja
destacada uma brigada do SIS
somente para me controlar, hehehe,
,
marés de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
juro continuar . . .
em tons azulados
e dourados de uma rosa,
srsrsr,
,
amiga,
um mar de amizade, fica,
,
*

Baila sem peso disse...

Vai de roda, vai de roda...
confesso que não digo mais nada!
só a minha admiração cresceu
está no topo, em apogeu
e parabéns de lá os deu
a quem tão bem os mereceu!

OBRIGADA
(tenho pena de hoje não ter som...mas ouvi as imagens e foi muito bom)

Meu beijo fica num manuscrito
de dualidade...a TUDO bem escrito!

Sol da meia noite disse...

Boa pergunta, amigo... esperemos que ainda não se tenham lembrado, nem se venham a lembrar...

Fizeste-me rir :-)
Mas do jeito que as coisas estão...


Uma boa tarde para ti e um jinho *

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
não me perguntes
como gero o tempo
porque eu quero
do nada, fazer tudo,
e o tudo desfazer,
nos silêncios já falados
das palavras não ouvidas,
,
marés de amizade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
vão, vão, acredita . . .
,
queres mandar um email
paga imposto
queres ir ao sapo ou ao Google
paga imposto
queres ir ao msn
paga imposto
queres ir ao twitter
paga imposto
queres ir ao face book
paga impoooooooosto,
,
um mar de jinos, envio,
( ainda isento )
,
*

Baila sem peso disse...

...voltei só para dizer que já vi o som...
tal como eu me lembrava...
tanto tempo vai na estrada...
Obrigada!
jinho

Papoila disse...

Então parabéns pelo cantinho e pelo constante carinho.

beijo
BF

Iana disse...

Poeta amigoooo

Parabéns... Parabéns...

Pode correr e saltar pelas águas do teu mar...

Menino maroto e poeta de berço...
contando suas prosas e versos

Nas noites de lua cheia...

numa cantiga das ondas e conchinhas... com belas sereias...

:))) Beijos doces e muitas flores deixo-te

sinta o meu perfume
rosa amiga
Iana!!!

KrystalDiVerso disse...

Sem mais palavras!... Resta-me uma, apenas...ADMIRÁVEL!
Aceite minhas desculpas pelo atraso.
PARABÉNS, amigo Poeta!
Não vou dizer-lhe "vivó benfica", mas... porque não? Vivó Benfica!

PARABÉNS pelos três anos de tão grande criatividade e resposta POÉTICA sepre na ponta da língua e bem em seu CORAÇÃO de (A)MAR!

Á sua SAÚDE, caro amigo!


Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
só a Baila
é que sabe
como se sincroniza o som,
só a Baila
é que sabe
alterar o seu tom,
,
É do Tony de Matos, srsrsr,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
,
grato amiga,
,
marés de carinho, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Iana
,
amiga
desculpa a ausência,
tenho andado fugidio,
,
espero que estejas
em “boa forma”
,
brisas perfumadas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
KrystalDiVerso
,
Benfica eternamente,
eespeitar os outros, sempre !
,
grato fico,
com as tuas palavras,
,
aquele abraço, fica
,
*

Canduxa disse...

Meu amigo poeta,

Parabéns pelo aniversário do poetaeusou,
pelos poemas que escreve e
me encantam,
pelo que não lhe interessa,
pela confissão,
pelo que é.
Apenas SER,
e nada mais.

Um beijo

Mariazita disse...

Parabéns, embora atrasados...
Mas está-se sempre a tempo de homenagear quem o merece.
E mais não digo!

Só quero poder festejar outros tantos, vir a tempo e horas apagar as seis velinhas...

Beijinhos
Mariazita

poetaeusou . . . disse...

*
Canduxa
,
obrigado,
ruborizado fiquei,
srsr,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
gratificado fiquei,
,
os últimos
são os primeiros,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Lilá(s) disse...

Com apenas um dia de atraso aqui estou para dar os parabéns ao poetaeusou, e como gostei deste "falar de nada" que lengalenga!!
Parabéns beijinhos

Cildemer disse...

Amigo poeta o seu discurso existencial fez-me pensar no célebre discurso de Hamlet e tive vontade de o deixar aqui.
Aqui vaí:

"Ser ou não ser, eis a questão: será mais nobre
Em nosso espírito sofrer pedras e setas
Com que a Fortuna, enfurecida, nos alveja,
Ou insurgir-nos contra um mar de provações
E em luta pôr-lhes fim? Morrer.. dormir: não mais.
Dizer que rematamos com um sono a angústia
E as mil pelejas naturais-herança do homem:
Morrer para dormir... é uma consumação
Que bem merece e desejamos com fervor.
Dormir... Talvez sonhar: eis onde surge o obstáculo:
Pois quando livres do tumulto da existência,
No repouso da morte o sonho que tenhamos
Devem fazer-nos hesitar: eis a suspeita
Que impõe tão longa vida aos nossos infortúnios.
Quem sofreria os relhos e a irrisão do mundo,
O agravo do opressor, a afronta do orgulhoso,
Toda a lancinação do mal-prezado amor,
A insolência oficial, as dilações da lei,
Os doestos que dos nulos têm de suportar
O mérito paciente, quem o sofreria,
Quando alcançasse a mais perfeita quitação
Com a ponta de um punhal? Quem levaria fardos,
Gemendo e suando sob a vida fatigante,
Se o receio de alguma coisa após a morte,
–Essa região desconhecida cujas raias
Jamais viajante algum atravessou de volta –
Não nos pusesse a voar para outros, não sabidos?
O pensamento assim nos acovarda, e assim
É que se cobre a tez normal da decisão
Com o tom pálido e enfermo da melancolia;
E desde que nos prendam tais cogitações,
Empresas de alto escopo e que bem alto planam
Desviam-se de rumo e cessam até mesmo
De se chamar ação.[1]
(...)


Muitos parabéns amigo poeta.
Obrigada pela partilha que ajuda tão bem a suportar o dia a dia, que nem sempre é agradável.

***
um punhado de estrelinhas amigas atiro ao seu cantinho*******

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
grato fico,
,
quem se atrasa
tem vontade de chegar . . .
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
amiga
,
Hamlet, cita muito a morte,
morrer, dormir e sonhar . . .
será a morte libertação ?
e como poderemos falar no outro
lado misterioso da vida,
se nada sabemos da vida real ?
eu, só sei, que trilho o meu
caminho ao sabor dos caprichos
e dos acasos do viver . . .
,
gostei da tua escolha.
,
maresias de amizade,
deixo,
,
*

Céci disse...

Olá poetaeusou,

Ontem vim aqui um cadinho e nem tinha visto este post, mas hoje e apesar de passar já alguns dias tenho que deixar aqui os meus parabéns ao poetaeusou, por varias razões, que vou citar:

1º Uns poemas lindíssimos,
2º Umas fotos lindas e de grande qualidade
3º Muito virado para o mar, e eu no mar sou como peixinho
4º A maneira muito própria e única de comentares, os blogues dos teus amigos ou não amigos
5ºA simpatia, e o cavalheirismo como tratas as senhoras
6ºO teu blogue é CINCO ESTRELAS, assim como tu!

Os meus sinceros parabéns! ((*_*))

Bjinhos

Céci

Pó de Estrela disse...

Querido Poeta

Vim atrasada, mas não podia deixar de te dar uma abraço de Pózinhos por estes 3 anos fabulosos. Obrigada por tudo o que connosco repartes!

Tenho andado muito constipada e com imensa tosse, o que deu origem ao meu desaparecimento.

Um beijinho MUITO GRANDE SEM MICRÓBIOS, e cheio de Pó de Estrela

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
gratificado, amiga,
,
a mulher,
qualquer mulher,
é uma flor de estufa,
sensível, como o meu olhar,
,
gratas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
obrigado amiga,
,
escrevi algures,
que quem se atrasa tem
vontade de chegar, se a
não tivesse desistiria, óbvio.
,
hoje não há jinos,
deixo conchinhas,
(sou hipocondríaco, srsrsrsr)
,
*

lita duarte disse...

Poeta,

Parabéns!

Obrigada pelos presentes que nos oferece em teu lindo blog.

Beijos.

Vida longa ao blog.

SAM disse...

Conheceste tudo até a fartura!!! E tudo disseste.

Um tanto atrasada, meus sinceros parabéns. Principalmente pela certeza que ainda teremos muito a somar nos conhecimentos pela abastância do poeta.

E adorei o vídeo, poeta! Tenho uma lembrança bonita da dança portuguesa e toda vez que vejo uma foto, ou no caso este video, fico nostálgica e volto aos 13 anos de idade. A adolescência nos marca tanto pelo excesso como pelas minimidades. É uma nostalgia, junto a um arrependimento do que não fiz. Porque isso, também não sei rsrs. Só sei que sinto. Lembro que estava em Vizeu, um pouco afastada do centro....Um pequeno grupo de jovens. Um rapaz com uma acordeon e desta forma vestido, quis me ensinar a dançar. Era excessivamente tímida e recusei....


Carinhoso abraço!

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
um bonito presente
é a tua presença,
,
obrigado,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
cantares
da região de Viseu,
,
ao romper da bela aurora
vem o pastor da choupana
vem gritando em altas vozes
muito padece quem ama
gosto de quem canta bem
é uma prenda bonita
não empobrece ninguém
assim como não enrica
,
um mar de estima, deixo,
,
*

mariam disse...

Poetaeusou,

Muitos Parabéns! (atrasaditos é certo! é que ando um pouco ausente do 'blogobairro'!)

Confesso que gostei muito do seu 'manifesto' :)

Boa continuação da criatividade que o caracteriza, e obrigada por partilhá-la :)

um abraço
e o meu sorriso (de sempre) :)
mariam

poetaeusou . . . disse...

*
Mariam
,
grato amiga,
,
tenho andado com problemas
no meu blog já resolvidas,
a razão de não te visitar .
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*