janeiro 24, 2010

. . . . . . . . . . . . . . . . foi no momento exacto



vesti-me de mar
com a ganga da falésia
carregando os meus poemas
nas folhas brancas da vida,
sentindo,
nas marés em desalinho
o vazio que sou feito,
rochedo fragmentado
na inconstância do verbo,
este sentir,
não foi antes nem depois
foi no momento exacto
quando o teu olhar chegou
e com o meu naufragou
no que resta . . . do que fui,
no que resta . . . para o sermos .
poema e fotos:poetaeusou

76 comentários:

SONHADORA disse...

AMEI
VOU VOLTAR

BEIJO

Multiolhares disse...

Tudo acontece no tempo exacto por vezes não o entendemos ou aceitamos,para mim o tempo exacto é este minuto em que respiro pouco me importa o que resta do que fomos se só tenho o presente.
ficou muito bonito o poema

beijos nossos

lagrima disse...

Oh poeta, mas a tua página está linnnnnda!!!
Os teus mares, hummm..., pois se amo o mar, que posso dizer-te, que os olhares que lhe roubas são sempre fantásticos, e as letras, bom as letras são as de um poeta que se preza!
Quanto à muñequita, adorei recordar:)))
Beijo, poeta.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Belo poema...quanta inspiração .
adorei.

beijinhos
sonhadora

FOTOS-SUSY disse...

OLA POETA, MARAVILHOSO POEMA...AS FOTOS ESTAO FANTASTICAS...LINDISSIMA POSTAGEM...ADOREI...VOTOS DE UMA OPTIMA SEMANA AMIGO!!!
BEIJOS COM AMIZADE,


SUSY

EDUARDO POISL disse...

Que a minha solidão me sirva de companhia,
que eu tenha coragem de me enfrentar,
que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir, como se
estivesse plena de tudo".

Clarice Lispector


Desejo uma linda semana para você.
Abraços com todo meu carinho

RETIRO do ÉDEN disse...

Está muito bonito.
As fotos também estão lindas.

Acho que tudo vem no exacto momento...só que não sabemos e nos desgastamos por vezes sem necessidade.
É assim a vida.
Forte abraço
Mer

Mariazita disse...

Para tudo há um momento certo... especialmente para o Amor.
Gostei do poema, e as fotos são sempre maravilhosas.

Beijinhos momentâneos
Mariazita

Secreta disse...

Nesse meio exacto devem encontrar o equilibrio. Penso.

Sandokan disse...

Às vezes é preciso abanar a árvore da existência para caírem as folhas velhas. Talvez seja por isso que eu não quero saber quem pintou o céu de azul, mas eu quero é o resto da tinta, porque nós podemos matar o tempo, mas é sempre ele que nos enterra.
Gostei muito de vir aqui visitar o teu belo espaço. No carácter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude. O destino une e separa pessoas. Mas nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram feliz!
Boa semana!

Fa menor disse...

Há sempre um momento exacto
.
a ocasião perfeita
.
para se dizer:
[A]mar!

Bjos

Filó disse...

Vestido de mar com a ganga da falésia, carrega poemas como este,com imensa inspiração.
De uma forma singular e bonita exprime sentimentos.
Dos olhares, ainda que naufragados, restará sempre algo, que nunca esqueceremos, por tudo o que representa em nossas vidas...

Poeta, beijo amigo

helia disse...

" Vesti-me do Mar com a ganga da falésia..."
Um bonito Poema e umas fotos também muito bonitas!
Estes momentos de Poesia são muito bons: Obrigada pela partilha.

São disse...

Feito de vazio, tu?!

E deliciei-me com Nat, sabes?

A minha neta espera por ti...

Beijinhos.

Baila sem peso disse...

foi no momento exacto
porque tudo acontece na vida
naquele preciso momento
em que a data foi escolhida!
e nas marés do desalinho
ficamos por vezes no caminho
apenas porque não queremos
ou tão pouco, sabemos
que era o momento exacto...

olha...estás bonito no novo fato
já tinha comentado o facto? :)

meu beijinho ficou aqui
com uma ternura que sorri!

FERNANDA & POEMAS disse...

MEU QUERIDO POETA, QUE SAUDADES DO TEU ESPAÇO, DO TEU CARINHO, SAUDADES DOS VELHOS TEMPOS... A NOSSA AMIZADE SEMPRE LINDA... ADORO-TE AMIGO DO CORAÇÃO... ABRAÇOS DE MUITO CARINHO,
FERNADINHA

Carmo disse...

Que dizer quando poema e música se entrelaçam numa harmoniosa dança?


Gostei muito


Beijinhos


Carmo

FlorAlpina disse...

Poema lindissimo!
...
Imgens soberbas!
...
Bjs dos Alpes.

Duarte disse...

Que fotogênico o caracol!!!

"Muñequita" só cantada assim alcança o seu esplendor... único!

Só tu, amigo Zé,
sabes dar à metáfora
o sabor marinho
que merece.

Felicitações.

Um forte abraço

tossan disse...

Poetaéstu... Uma canga para o sermos. Adorei as fotos, muito boas! Abraço

Clara Margaça disse...

Embebedamo-nos do amor,
derramado pela alma,
em actos sinceros
que nos elevam a um mundo irreal.
Somos imortais,
o corpo que possuímos
deixa de ser nosso,
quando nos entregamos
à sublimação do momento;
no nosso leito manchado
de um suave aroma,
espalhado pelo céu onde chegámos.

Um beijo,
Clara

Daniel Costa disse...

Poetaesou

Boa questão, que resta para o sermos? Pelo teu lado continuar a servir boa poesia.
Abraço
Daniel

AFRICA EM POESIA disse...

*
ser feliz,
é um estado de alma,
será ? talvez . . .
,
conchinhas,


Eu acho ...
que é...

tento...
que seja..


Um beijo




SER FELIZ



É estar em sintonia com Deus.
É saber amar...
Saber viver cada dia.

............

Por isso...
Ser feliz...
Depende de nós!!

LILI LARANJO

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Poeta, qualquer dia desses, eu vou ter um infarto * predisposição já tenho.

*Foi no momento exacto/quando o teu olhar chegou/e com o meu naufragou* Que coisa mais linda! Não paro de chorar.

Os teus comentários nos meus blogs me encantam. Valorizam muito o que faço. Saiba que não tenho nada preparado. Sou movida sempre por Amor Vida e Paz. Mas os textos, traduções é na hora. Não é fácil. E ter alguém, como o Poeta, que diz, mais ou menos *Quem diz que neste cantinho não se aprende?*, simplesmente me faz chorar um mar imenso.
Deixo-te este mimo meu e Beijos mil Renata*******************

*LIBERDADE

Desperto
Do sono
No
Deserto
Do
Meu
Desengano
Desato
Os
Nós
Me
Liberto
Sigo
Por
Mar
Aberto*

Muito obrigada pela amizade e por tudo sempre.
Deus te abençõe!

Lilá(s) disse...

E eu que adoro o mar, foi no momento exacto que aqui vim!
Bjs

Tatiana disse...

São muitos os olhares que encontramos diariamente, mas são poucos os que verdadeiramente cativam a nossa alma.

Um abraço carinhoso

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

+ este pelo momento cinematográfico
Beijos mil*********************Renata

NAVEGO EM MARES
Poema da Renata ao Poeta que È

Navego em mares inda
Incertos de uma amizade linda
Feita de imagens sons alentos
Todo dia no cais me sento
Bem cedinho atento espreito
Esperando que o vento
A água
Me trague
Ecos lamentos
Para trocas correspondências
No anonimato pouco desvelado
Tudo repousa na confiança
Na honestidade no desejo
São entrelaçados liames laços
Beijos se sucedem aos abraços
A verdadeira pura amizade
Tão-só enseja sinceridade
Quem a dá ganha em Beleza
Refletida no Coração na Alma
Alegria Paz Conforto Calma
Certeza Confiança Esperança

BC disse...

E com o mar nós sempre navegaremos, nas tempestades ou nas bonanças, mas navegaremos!!!
Abraço

Cleo disse...

Lindas fotos, vestidas de mar. achei lindo o poema. no tempo exato da inspiração.
Beijos poeta, no coração.
Cleo

Alfy disse...

As ondas batem forte sobre os rochedos
Agredindo a sua fraqueza.
Mas reagindo à sua impetuosidade
Desfazendo a sua fúria
Que quer esconder
Numa luta esgotada.
Sonhos loucos me atemorizam
Como sereias que vem do mar
Escutando seus lamentos, seus naufrágios...

Boa semana,

Abraço de @lfy

Isabel José António disse...

Caro Amigo,

Lindíssimo poema, dessa coisa que nos faz naufragar e quem chamamos AMOR. Muitos parabéns.

Um abraço

José António

PS.:
Já actualizamos todos os nossos blogues. Se quiser dar uma espreitadela...sinta-se convidado.

lita duarte disse...

Poeta,

O mar que nos enche de encantos...
aqui e ali.

Que música linda!:)

Suave é a noite aqui no RJ.

Brisas serenas te envio, rsrsrs

gaivota disse...

e fazes destas coisas, a vestires-te da ganga do mar!
muito bonito o poema e as fotos, e o hoje é sempre!
pilipares

Canduxa disse...

Nunca nada acontece por acaso
...
vestidos de areia,
o mar espiando
um olhar
um suspiro
tudo aconteceu
no momento exacto.

és o que sempre foste...um poeta!

beijinhos de luz

Ana disse...

É verdade amiguinho tudo acontece no tempo certo, no momento exacto como dizes.
Adorei esta maravilhosa poesia e as magníficas imagens.
Beijinhos,
Ana Paula

poetaeusou . . . disse...

*
SONHADORA
,
vou esperar
obrigado,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
é,
o presente
é o futuro do passado . . .
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lagrima,
,
o mar
é um poema sem letras,
,
conchinhas mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
obrigado, amiga,
as tuas palavras
são fontes de inspiração,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
amiga
um mar de amizade,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
EDUARDO POISL
,
bastas vezes,
a solidão é fonte
de muitas procuras,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
será ? amiga,
assim sendo vamos esperar,
como quem espera desespera …
srsrsr,
,
Mer
um mar de amizade, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
que podemos
ou não detecta-lo . . .
,
conchinhas luzentes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
equilíbrio é sempre dúbio,
porém é a solução lógica,
como dizes,
,
conchinhas, ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sandokan
,
concordo,
,
o Inverno será sempre o preparo
de uma primavera renascentista,
o milagre do rejuvenescimento,
o renovamento na fonte da vida .
,
abraço, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
há sempre,
a irrecusável maré . . .
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
sentimentos
são maresias esvoaçantes,
nas vagas da inspiração .
,
Conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
as partilhas
são poemas sem fronteiras !
,
um mar de agradecimento,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
á vazios que preenchem,
a inércia do pensamento !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
trilhar é uma aventura
nestes caminhos de escolhos
venham sorrisos aos molhos
nas ondas feitas ternura . . .
srsrsr,
,
marés de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
Fernandinha
,
a nossa amizade
perdurará,
para além de nós . . .
,
carinhosas conchinhas, ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carmo
,
grato,
pelas tuas
bailantes palavras,
,
conchinhas floridas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
grato,
,
um mar de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
ou não fosse o caracol,
o símbolo do TGV . . .
,
srsrsrsr,
,
aquele abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
e o nosso amigo disse:
ser ou não ser . . .
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Clara Margaça
,
na clara sensibilidade
entre aromas feitos cama
ditoso daquele que ama
nos lençóis da sensualidade .
,
ondas de amizade,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
servir os outros
é um princípio
de humanidade . . .
,
um Abraço,
meu amigo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
então,
que venha a felicidade
e que se mantenham
os belos estados de alma.
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
amiga
que lindos são estes
caminhos virtuais . . .
,
eu também gosto de chorar,
não tenho vergonha de o dizer,
choro de revolta ao ver uma
criança ou um idoso que sofre,
ou de gratidão quando para
mim sorriem, tal como tu,
faço tudo na hora é a chamada
inspiração in loco, como diz
uma amiga Brasileira, que com
altas qualificações profissionais,
serve ás mesas para ter direito á
alimentação gratuita e assim
poder dizer-me, Henrique as
gratificações desta semana já
enviei-as para os meus filhos
que estudam no Brasil . . .
quem não sentir estas palavras
não pode ser humano . . .
,
Renata
vamos cantar desmedidas
hossanas á alegria,
vamos jubilar os corações,
olha que os enfartes recuam,
com a beleza dos sorrisos,
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
o mar,
a eterna adoração,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Tatiana
,
do mar,
cativo eu sou . . .
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
gratificado fiquei
com o teu poema,
,
e o que é a poesia ?
talvez “isto” . . .
,
para se “poetar”
não é preciso talento
basta apenas que os amigos
o lêem com sentimento . . .
srsrsr,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
BC
,
e navegar é preciso,
como escreveu o Poeta !
,
Saudações, amigas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cleo
,
amiga,
ruborizado fiquei,
com as tuas palavras,
,
marés de obrigados,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Alfy
,
gostei das tuas palavras,
obrigado,
,
é a fúria das vagas
que nos inspiram
a enfrentar a vida,
façam como eu
grita o mar,
não adormeçam, clama,
e continua,
quando lhes disserem
que é inútil lutar
pelo leite derramado,
façam orelhas moucas,
e lutem, lutem sempre,
contra os rochedos
que os oprimem . . .
ouçam-me . . .
,
sempre te ouvi mar, meu . . .
,
mareantes saudações,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel José António
,
grato fico, amigo,
,
irei visitá-los,
s aprenderei como sempre,
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
se o mar tivesse varandas
perfumadas de maresias
ia espreitar-te todos os dias
só para ver onde andas
srsrsr,
,
marés de encantos,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
á miga,
quinchentes táqui
cãs cegadas . . .
inté tanho mede,
estano há gentinha
kevai parar a Guantánamo
,
Pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Canduxa
,
momentos
são poemas suspirados,
instantes
na exactidão das marés,
,
luzentes conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
e no momento exacto,
na minha viagem mensal
para Gaia, diagonalarei Aveiro,
e deixarei um mensagem mental
para as 5/6 amigas dessa bela Cidade,
que fazem o favor visitarem esta casinha,
,
conchinhas de ovos moles,
deixo,
,
*

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do blog Seara de Versos. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Eu sei que é ridículo da minha parte te mandar essa propagando control c control v, mas sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas no blog da Lídia Borges, ela inclusive é seguidora do meu blog, claro que ela faz isso mais por gentileza do que pela qualidade do meu texto, mas estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs


Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

poetaeusou . . . disse...

*
Fabrício Santiago
,
grato pela visita
irei narroterapiar, na tua
http://narroterapia.blogspot.com/
,
E vocês sabem o que é um sonhador, cavalheiros? É um pecado personificado, uma tragédia misteriosa, escura e selvagem, com todos os seus horrores frenéticos, catástrofes, devaneios e fins infelizes... um sonhador é sempre um tipo difícil de pessoa porque ele é enormemente imprevisível: umas vezes muito alegre, às vezes muito triste, às vezes rude, noutras muito compreensivo e enternecedor, num momento um egoísta e noutro capaz dos mais honoráveis sentimentos... não é uma vida assim uma tragédia?
Não é isto um pecado, um horror? Não é uma caricatura? E não somos todos mais ou menos sonhadores?
,
in - Fiodor Dostoievski
,
abraço,
,
*

Ana Isabel disse...

Como trabalhas tão bem as palavras..e como elas conseguem transmitir emoções..


Um abraço.

Marlene Maravilha disse...

Estas falésias lembram-me das minhas muitas férias em Albufeira-Algarve, em Portugal! Tempo bom, companhia maravilhosa, sol, mar e vida, muita vida!Obrigada!
beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
emoções
são sentires arquitectados,
em que as palavras dão voz,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
vida vivida,
a única e verdadeira vida !
,
conchinhas,
,
*