dezembro 12, 2009

>>>>>>>>>>>>carpindo as memórias<<<<<<<<<

A gaivota faz hoje anos, Parabens mês de Agosto !!!

pincéis pigmentados
video

nas asas das nuvens
navegam poemas
sílabas desfraldadas
enchendo mensagens,
pincéis pigmentados
partilhando as cores
tracejam nas telas
crepúsculos perdidos,
olha o suco espumoso
carpindo as memórias
torrentes maduras
engrossando o tempo.
poemas-fotos-video:poetaeusou

58 comentários:

Multiolhares disse...

navegantes nas aguas silenciosas
do universo somos tintas que as energias superiores lançam projectando pincelando a terra onde habitamos

beijos nossos

HELENA AFONSO disse...

LINDO POEMA e IMAGENS, obrigada por me fazer sonhar também...
HELENA

Sol da meia noite disse...

O tempo presente é isso mesmo... a soma das memórias.

Um jinho amigo *

RETIRO do ÉDEN disse...

Lindíssimas fotos.
Somente as "memórias" ainda não pagam imposto!

Por ora...

Belas palavras a condizer com as fotos escolhidas.
Abraço
Mer

cristal disse...

"...nas asas das nuvens
navegam poemas..."

LINDO!!!

Abraço amigo

Ana Isabel disse...

Que bom podermos viajar pelas nossas memórias..e que lindas imagens poéticas..

Obrigada

Um abraço.

ellen disse...

Adorei estas fotos...adoro o MAR :)

Poema igualmente bonito...

Beijinho

Ana disse...

Nas asas do poema voam memórias guardadas no tempo.
Um beijo, Poeta.

Ana Martins disse...

Sempre lindos os seus poemas, o mar essa sua fonte de inspiração é inesgotavel!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonhadora disse...

Muito belo este poema...gostei muito.

carpindo as memórias
torrentes maduras
engrossando o tempo

Beijinhos

EDUARDO POISL disse...

Lindo poema com belisimas fotos, parabéns poeta.

"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas que o vento
não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia
o próprio vento"

(Mário Quintana)


Desejo um lindo dimingo com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.

Sonia Schmorantz disse...

Gosto muito das imagens que escolhes e principalmente das palavras, simples mas sempre a descrever intensos sentimentos.
abraço, lindo domingo

gaivota disse...

carpindo memórias, meu amigo, hoje mais ainda!
e fica assim...
pilipares

Violeta disse...

Parabéns à Gaivota...

gaivota disse...

á cângaroooooooooooooo
iste na se faz!!!
roubatesme a foto e botastia aqui, assimmmmmmmmm
mai'nada!
á ó, são só inxentesssssssssss
anda (venhem!) comeriiiiiiiii ca gente, dá corda aos pézes, na faças com'ó caguêra que partiu os pésissssss
obrigada, amigão
piliparessssssss muitos!

Pó de Estrela disse...

Poeta dos meus encantos

As memórias são as nossas raízes nesta terra por vezes tão esbroada!!!

Naveguei nas asas das nuvens que mergulham no teu mar e perdi-me num sonho...
Não sei se queria voltar!

Parabéns Gaivota! Que nos encontremos muitas vezes neste canto de poeta, para com ele celebrarmos a Vida!

Beijinhos de memórias em crepúsculos perdidas

Fernanda disse...

Bem haja pela sua mensagem no meu blog.
Os netos são o melhor que há nas nossas vidas!

Belas fotos, que nos levam a sonhar...

Um bom domingo

Bjs

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

As núvens serão o lugar ideal, para imaginação passear, apanhar ar e com ele refrescar a mente.
Abraço
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
são as telas da vida,
que revigoram os caminhares,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
HELENA AFONSO
,
sonhar
é viver os amanhãs,
,
conchinhas floridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
Sol,
memórias
é o baú do passado,
,
serenas conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
ainda não se lembraram . . .
,
tenho um receio em pensar
que não imaginas . . .
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
no sótão dos sonhos
as nuvens asadas
resguardam poemas,
são fachadas difusas
irreais memórias
escondidas no tempo . . .
,
Conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ellen
,
O MAR
é uma imensa contemplação,
,
gosto,
gosto imenso de nadar,
quem quiser saber de mim
vá-me procurar junto ao mar.
,
conchinhas mareantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
As memórias
são poemas alados,
,
um mar de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
é do mar que jorra,
a inspiração mareante inspiração,
,
Conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
Grato fico,
,
canto o tempo
nas palavras da memória . . .
,
floridas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
EDUARDO POISL
,
o vento
das brisas leves . . .
,
aquele abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonia Schmorantz
,
ruborizado fiquei,
,
serenas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda
parabéns, só,
,
Pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Violeta
,
um muito obrigado
em nome da minha,
amiga gaivota,
,
conchinhas solares, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
olha filha
para passar fome,
como em casa,
hehehehe,
,
Até trocava o meu
cherne á “meunier” (moleiro)
>fazidoploje<
pastuscomidas . . .
,
Pilipares . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
transporto-me
no ocaso cantado
voando nas nuvens
guardadas na memória
transporto-me
no mar de doçura
partilhando as marés
de achados sonhos,
,
agradeço em nome,
da amiga gaivota,
,
um jino de iodo, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,
avó(ô)
mãe (pai) duas vezes,
hoje ouvi o som da vida,
a voz da minha matildinha !!!
,
conchinhas floridas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
amigo,
imaginar
é perscrutar a realidade,
,
um abraço,
,
*
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
se eu fosse um génio,
juntava ás memórias,
imagens do futuro,
para eternizar o presente,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

13 Dezembro, 2009 16:43

Céci disse...

OLá Amigo Poetaeusou!

O mar, o mar...
As asas e o voar
Adoro os teus poemas
E neles navegar!

Bjinhos

Céci

Barbara disse...

Desfrutei.
Grata por isso.

Filó disse...

De memórias é feita a nossa vida.
Com as boas vamos pintando a tela da vida de cores como a do sol-por no horizonte, junto do Mar..é mágico.
As más guardamo-las nas nuvens cinzentas do céu de cada um e aí ficarão, refugio da nossa alma.

Poeta, os meus Parabéns à sua amiga e um beijinho amigo para si, com votos de uma boa semana.

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
navegar, navegar
entre poemas de sal
vogando por este mar
contra ventos e marés,
voar, voar e pairar
nas asas das poesias
e no teu olhar bailar
a dança das poesias.
,
conchinhas nocturnas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Barbara
,
Embora esteja nas alturas, o
SENHOR olha para os humildes,
e de longe reconhece os arrogantes.
Ainda que eu passe por angústias,
tu me preservas a vida da ira dos
meus inimigos; estendes a tua mão
direita e me livras. O SENHOR
cumprirá o seu propósito para comigo!
,
” Sl. 138: 6-8,
,
humildes conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
vadia memória
daquelas janelas
abismando olhares
na dimensão do tempo
fronteira inconstante
da cândida empatia
matizando impulsos
instintos despertos
nas secretas janelas
viradas para o (a)mar.
,
conchinhas, deixo,
,
*

gaivota disse...

cágadooooooooooooo
agora fome!!!!
á ó...
foi um espectáculo, excelente, com requite e miminhos e tudiiiiiiiiiiii
piliparesssss

Lilá(s) disse...

O mar com seus encantos! e que poema!
Bjs

SAM disse...

Poeta, belíssima homenagem a quem por certo merece. Belas fotos, belo poema e lindíssimos sentimentos que abrilhantam a postagem. Estão todos de parabéns!


Beijos, com carinho

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
hehehehehehe
,
sentiste a ferroada . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
o mar é poesia,
e quem o mar sente
ouve no cantar da maresia,
que amar, é ser poeta,
antes de se tornar gente .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
é mais uma amiga,
que ama o mar,
no quebrar de uma onda,
no vai e vem das marés,
no voo de uma gaivota,
,
brisas nocturnas, deixo,
,
*

Duarte disse...

A união do céu com o mar parece em chamas!...
Excelente exposição. Como todas as que com arte nos trazes aqui com frequência.

Esse céu que os teus pincéis captam.
Palavras desenhadas com espuma branca.

Um abraço de agradecimento

gaivota disse...

ferroada....óóóóó
eu diria invasão!reclamas que tou na tu casa e levas-me da minha pà tua...á ó ou queres o robale???
foi um dia lindooooooooooo
pilipares
só faltaram vocês...

Danny Doo® disse...

Parabéns gaivota!

Veja um texto da águia no meu cantinho...

uminuto disse...

parabéns à Gaivota que do mar trás imagens de encantar
um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
vem olhar
anda cá vem ver
há fogo no mar
e o céu está a arder.
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Linda,
a minha casa é tua,
e tu, bem o sabes . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Danny Doo®
,
há quanto tempo amiga,
soltaram-se as saudades,
,
agradeço pela gaivota,
,
conchinhas envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
uminuto
,
e tu mandas . . .
,
marés de conchinhas, ficam,
,
*

Ana disse...

Primeiro quero dar também aqui os parabéns à tua amiga "Gaivotinha":-)) e dizer-te que adorei mais este maravilhoso poema em que o mar é a tua fonte de inspiração. As imagens são lindíssimos e o vídeo também.
Beijinhos grandes,
Ana Paula

poetaeusou . . . disse...

*
agradeço em nome
da minha amiga São,
,
sabes que o mar fica aquém
da beleza da tua Cidade ?
,
conchinhas doces, deixo,
,
*