novembro 25, 2009

>>>>>>>>>>>> na redoma que é minha<<<<<<<<

a amiga São do blogue Compagnon-de-Route
http://mariaguerreiro.blogspot.com/
desafiou-me a indicar
três livros que me tivessem marcado,
eis :
Via Sinuosa de Aquilino Ribeiro
Os insubmissos de Urbano T. Rodrigues
Cristo Recrucificado - Nikos Kazantzakis
(prémio Nobel da Paz em 1956)
*
Passo o desafio a todas as amiga(o)s
que me visitam .
*
quem aceitar, não faça como eu,
indique cinco (5) companheiros
destas andanças . . .
*
muitas conchinhas de obrigados,
--------deixo-vos .---------



sol e mar
video

rabisquei
uma folha em branco
desenhando palavras
que não entendi
nem a ti
eu te compreendo
vagueio
entre o mar e uma flor
flor que tu és
e sabes
que a quero colher
apenas
para te ver
ou ter
na redoma que é minha
e tua será
quando quiseres .
poema-fotos-video:poetaeusou

64 comentários:

utopia das palavras disse...

Entre o mar e o luar
há coral de peixes voadores
gotas de vidro e amores
há vida que te sai das mãos
e turbilhões de cores
enluaradas...!

Como eu gosto das tuas telas de cor, dos teus mares!

Beijo

Sonia Schmorantz disse...

Lindas imagens, palavras apaixonadas, como uma flor na redoma ...
abraços

EDUARDO POISL disse...

Lindo poema com belas imagens!!!

"Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha
é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.
Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha
e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si
e leva um pouquinho de nós.
Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova
de que as pessoas não se encontram por acaso. "

Charles Chaplin

Abraços com uma linda semana cheia de amor e paz.

neli araujo disse...

Lindo poema, Poeta amigo!

Sempre muita beleza e muita emoção por estes mares daqui!

Espero que esta tua flor venha logo para tua redoma, meu amigo!

beijinhos,

neli

Carminda Pinho disse...

Entre o mar e a flor, fica o amor.:)

Beijos, Poeta.

RETIRO do ÉDEN disse...

Muito romântico este poema.
Muito belo esse amor.

Abraço
Mer

GarçaReal disse...

Entre o mar e a flor.....

Deixa tombar a palavra amor.
E nessa folha em branco escreve teu poemar com letras da mais divina cor.

Lindo o poema e as flores, mas a musica suplantou...Lindaaaaaaa

Assim ficam redobrados pilipares

Para ti bjgrande do Lago imenso

Levo uma flor para atirar às minhas águas....

:)

Baila sem peso disse...

Ó poeta nazareno que bonito teu dizer
Já fazia tempo que saudade eu tinha
De te voltar a ler, ler, ler, ler...
Mas impossibilitada eu estava
E mesmo agora ando escrava
De quando a máquina lhe apetece
Partilhar o meu querer...
Vou utilizando a velhinha folha de papel
Para minhas palavras andarem em carrossel!
Numa roda viva, pintadas como o mar violeta
Que tens aqui, no teu cantinho à espreita!

Sempre que conseguir
Hei-de teimar aqui vir!

Meu beijo em teu mar de versos a florir
Petit fleur (belo) deixou-me a sorrir!

Filó disse...

Poeta

Num dia cinzento e tristonho como o de hoje, que bom é, passear aqui, entre o mar, o sol e as flores...
Que mais desejar ?
Apenas, poder disfrutar...
Que belos rabiscos aqui desenhados.

Poeta um beijo amigo

Márcia disse...

Como gostamos, todas nós de ser...uma flor encantada!
Já algum tempo que não passo por aqui. Gostei.

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Sol e olhando mar, aprende-se-á a remar, depois rabiscando nasce a poesia, colhe-se a flor.
Abraço,
Daniel

Ana disse...

Redoma feita com o brilho das palavras e a imensidade do mar.
Um beijo, Poeta.

andorinha disse...

Ser flor entre os poemas, que melhor destino?

Obrigada pelo apoio e presença no livro da andorinha.
Um beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
dentro das vagas
voam flores,
ou são rumores
das horas vagas ?
,
conchinhas em tela,
dou – te,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonia Schmorantz
,
uma flor
é a revolução da beleza,
,
brisas floridas deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
EDUARDO POISL
,
Chaplin
no filme o Ditador,
foi uma flor da Liberdade,
,
abraço,
*

poetaeusou . . . disse...

*
neli araujo
,
Amiga
,
a beleza “destes” mares
são corolas floridas,
,
marés de emoções,
dou,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
O amor
é um sorriso de flor
,
sorridentes conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Muito belas
as tuas palavras,
,
conchinhas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
são flores
e como flores,
estão no canteiro do amor,
onde colocarei, se permitires,
as tuas belas palavras .
,
remeto
musicais pilipares,
ecoando nas águas
floridas do lago,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
bailo com a saudade
no carrossel as marés
pétalas de papel ao vento
entre vagas floridas
flores musicais tocando
henri salvador, lembrado.
,
canteiros de maresias ,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
São
os garatujos do tempo,
que evidenciam
a beleza da natureza,
,
conchinhas, deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Márcia
,
amiga
todas e todos
eu considero-me
uma flor de estufa,
não sou menos que ninguém . . .
srsrsrs,
,
marés floridas,
*

Multiolhares disse...

O mar é flor de tantas cores de tantos sentires, incompreensível ele o é tanto pode ser espinho enfurecido como essência suave de uma leve flor.
Muito bonito

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Ai flores,
ai flores das verdes hastes!
A César o que é de César.
Às flores o que é das flores.
,
In – quintana
,
Abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
o Mar,
é um canteiro dos Poetas,
,
um mar de jinos,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
Amiga,
é o mínimo que posso fazer,
nestes caminhos virtuais,
,
a amizade
é uma flor da liberdade,
,
vagas floridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
o mar
é uma flor sem tempo,
mas sempre a tempo
no tempo . . .
,
beijos nossos,
,
*

Carla disse...

nas linhas da natureza belas palavras e imagens
beijos

TristãoeIsolda disse...

Quando o sentir se reveste de pureza, há uma necessidade de proteger esse sentimento, no mais belo recanto da alma.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
as palavras são pétalas
em silibadas flores . . .
,
conchinhas, deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TristãoeIsolda
,
os recantos da alma
são floridos canteiros.
,
um abraço, deixo,
,
*

Ana Isabel disse...

"Tu já tinhas um nome, e eu não sei
Se eras fonte ou brisa ou mar ou flor.
Nos meus versos chamar-te-ei amor."


Eugénio de Andrade


Bonitas as tuas imagens poéticas.

Fica bem

gaivota disse...

está linda a tua redoma, com museka sol e mar...
vaguear por aí entre flores e mares
rabiscando nada!
amanhã, assim será, mesmo com chuvaaaaaaaaaaaaaa
pilipares
quem era senhora, dizes-me amanhã, mas não sei se conheceria...

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
um pássaro e um navio
são a mesma coisa
quando te procuro de
rosto cravado na luz.
Eu sei que há diferenças,
mas não quando se ama,
não quando apertamos
contra o peito,
uma flor ávida de orvalho.
,
In-Eugénio de Andrade,
,
conchinhas floridas,
deixo.
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gaivota
,
Linda
,
segundo o Região da Nazaré,
foi um homem de 44 anos
e trabalhava na Gazeta das Caldas
penso que o conheces . . .
os jornais omitem os nomes . . .
,
pilipares,
,
*

gotadevidro disse...

A flor , o mar , o sol e o amor caminham sempre de mãos dadas.

Que bom e lindo colher então a flor que há em cada pessoa.

Bjinho

Se assim curaste a ansiedade , então nunca abandones o cachecol e quem sabe até curará outras tantas....

Se quiseres sugerir algum assunto...Posso tentar abordar.

Obrigada pela visita e mais um jinho

Maripa disse...

O sol,o mar e uma poesia em flor...

Abraço amigo,poeta.

tossan® disse...

O marinheiro poeta pode encontrar flores no mar e sem redoma apenas para ve-la sorrindo. Abraço amigo

carmen disse...

Lindo poema, poeta...

Só que não é qualquer um que gosta de viver numa redoma, masmo que seja dourada... Mas a redoma do amor, esta sim é uma boa opção...

conchinhas deixo e deixei lá no meu Blog para você... é só levar... rs

São disse...

Não me pareces ser homem de redoma, sabes?

A primeira foto está muito boa.

Abraço-te.

poetaeusou . . . disse...

*
gotadevidro
,
Flores ao vento,
são acenos de amizade,
,
obrigado pela disponibilidade,
na próxima crise peço ajuda,
srsrsrsr,
,
saudáveis conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
amiga,
gratificado fico,
com as tuas palavras,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan®
,
Campânula
feita sorrisos
como escreves,
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carmen
,
Redoma
cristalizadora do amor . . .
,
cristalinas maresias,
envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
nunca se sabe,
com a metamorfose
dos vírus “nacionais”,
até uma flor de estufa
como eu, vai na onda . . .
srsrsrsr,
,
conchinhas floridas,
,
*

Pó de Estrela disse...

Poeta dos meus encantos, estou encantada!

As flores da beira do caminho
são simples, singelas, belas...
Encontramos-las
e elas deixam-se encontrar
encantar
e por vezes...roubar!

Adorei a música e a letra (não conhecia)
Adorei o teu poema rabiscado em pétalas de sabedoria
As fotografias e video, como sempre, remetem-me para o que em mim há de melhor!

Petittes Fleures "Estrelas"
te deixo com carinho!

Sol da meia noite disse...

Misteriosa flor, à beira-mar plantada...

Belíssima poesia...!


Um jinho amigo *

Maria disse...

No embalo do teu poetar/
me deito nessa ilusão/
de retomar meu espaço/
e ter de novo, o pedaço/
que falta em meu coração.

Terno abraço, deixo-te.

FOTOS-SUSY disse...

OLA POETA, BELISSIMO POEMA...AS FOTOS ESTAS MAGNIFICAS...VOTOS DE UM EXCELENTE FIM DE SEMANA!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Mariazita disse...

Estou de passagem apenas para desejar um bom fim de semana.

Vou "viajar" no fim de semana, mas deixo programado um capítulo da Anita .
Assim continuarei na companhia de todos :)))

Quando regressar virei comentar.
Fica bem.

Beijinhos
Mariazita

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
nas areias
encantadas
deixo flores semeadas
em pétalas de sabedoria
ouvindo na maresia
as cantatas das sereias,
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
.
Sol
existem mistérios tão claros,
que os segredos são fontes de luz.
,
conchinhas luzentes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
Ilusão
é um bálsamo atempado
teimosamente retomado
de querer ouvir a canção . . .
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
Amiga,
folgo com a tua visita,
,
Um jino, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
Um bom fim de semana,
envolvido nas conchinhas
que te deixo,
,
*

Lilá(s) disse...

Fiquei ali aconchegada, entre o mar e uma flor...encantos meus.
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
fica o odor . . .
da poesia !
,
conchinhas nocturnas,
deixo,
,
*

carmen disse...

Poetaés:

Você não entendeu... rs

Dá uma chegada no meu Blog para você ver o que eu deixei para você...

bjs encaramujados

Ana disse...

Gostei muito desse belo poema que "pintaste" numa folha em branco, mas que fala do mar e de uma flor que guardarás na redoma que é tua... São telas muito bonitas com a cor do mar que tanto amas!Parabéns poeta!!!
Beijinhos,
Ana Paula

poetaeusou . . . disse...

*
carmen
,
Só agora li !
,m
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
e feliz fiquei,
com a tua sensibilidade,
,
brisas cantantes
deixo,
*

Ianê Mello disse...

Lindo poema!

Sempre venho aqui visitar-te, embora nem sempre deixe um comentário.

Tenho reparado que você costuma respondê-los, então, talvez não tenha visto o que lhe escrevi na poesia " se poeta eu fosse". Gostaria que o visse.

Beijos.

Delirius disse...

Essa redoma que é tua, é um berço de ternuras. Que saudades eu tinha de ler-te, Poeta!

Beijo meu.