outubro 28, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> sonhos <<<<<<<<<<<<


opulência. . . sem sentido !

soletro a noite
no palco de breu pintado
actor de mim
cruzo as madrugadas
contracenando comigo,
circunspecto,
espectador também sou
e no guião que não entendes
sou o autor,
e tu és
a diva que não queres ser
no teatro . . . dos meus sonhos.
Poema-fotos-video:poetaeusou

58 comentários:

Ana Martins disse...

Lindo!!!
No palco da vida os sonhos despidos!

Beijinhos,
Ana Martins

Confesso disse...

Realmente lindo!

És o autor, és o poeta, és o personagem principal...


soletrados B E I J O S

Sol da meia noite disse...

A vida...
Teatro de sonhos.
Palco de solidão.

Um jinho amigo *

Teresa Durães disse...

o nosso guião por vezes é tã difícil de ser percebido. por isso talvez a diva não entre nele, não sabe qual a sua personagem

Secreta disse...

Nos teus sonhos só tu podes mandar.
Beijito.

Ana disse...

Adorei este maravilhoso poema do Palco da Vida. O vídeo com aquelas iguarias que serviram no Cruzeiro, deviam ser uma delícia!
Adorei as imagens nocturnas.
Parabéns poeta!!!
Beijinhos,
Ana Paula

FOTOS-SUSY disse...

OLA POETA, MAGNIFICAS FOTOS...O VIDEO COM TANTAS COISAS DELICIOSAS...O POEMA ESTA MARAVILHOSO...ADOREI AMIGO!!!
VOTOS DE UMA OPTIMA TARDE...BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Clara Margaça disse...

Sentir
é pintar sentimentos, sorrisos, desejos, mágoas, sonhos, lágrimas, paixão, dor, carinhos, ... no coração do outro. Assim como o sol, pela manhã, pincela o verde dos campos com os seus raios de luz e desperta os amantes que dormem lado a lado sob um céu repleto de estrelas.

Clara Margaça

☆ Feitio'zinho ☆ disse...

Obridaga pelo carinho ;)

Menina do Rio disse...

Somos atores e expectadores de nós mesmos...

Um beijo pra ti

Ana disse...

Cruzar as madrugadas com as asas que o sonho dá!
Um beijo, Poeta!

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
sonhos
são cenas da vida,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Confesso
,
Sou tudo
Sem nada ser, amiga,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
solidão
são entrelinhas teatrais,
actores que não queremos ser.
,
um mar de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
como a espera de godot
no teatro do absurdo.
de Samuel Beckett
imitando Ionesco?
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
será que os
sonhos obedecem, amiga ?
,
búzios soantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
ai que saudades
eu tenho daquelas iguarias,
de que sofreria Deus, para
decretar a Gula como pecado,
seria vegetariano ?
,
Luzentes conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
sempre gentil
grato amiga,
,
conchinhas floridas,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Clara Margaça
,
para ti,
,
os sentidos
são degraus da vida
janelas que abrem
que ninguém fechará,
é a terna procura
pincelando telas
via verde livre
da minha . . . portagem.
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
☆ Feitio'zinho ☆
,
foi um prazer,
,
marés serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
,
. . . no teatro,
desta vida . . .
,
suaves maresias,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Amiga,
sonhos
são cruzados anseios,
,
marés de jinos,
deixo,
,
*

Filó disse...

No teatro da vida,todos somos actores, sendo que uns, são mais intervenientes que outros.
O Poeta merece o título dos GRANDES, escreve bonitas peças através da poesia, transformando-as em sonhos.
Como Belo é este poema, com suas fotos e música.

Poeta, um beijo amigo

Multiolhares disse...

É bom sonhar, é bom inventar um guião,é bom fantasiar um teatro irreal, são os sonhos que comandam a vida,
Mas meu querido, para que entrar no teatro dos teus sonhos, esses são só teus pertencem-te, se faço parte da tua vida e essa é real

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
grato fico,
são apenas fotos e palavras,
“cozinhadas” á minha maneira.
,
brisas nocturnas, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
sonhar
é reforçar a realidade,
é teatralizar a vida
é partilhar os quereres .
.
beijos nossos
,
*

utopia das palavras disse...

sonhei
um palco
uma escada
uma plateia para mim
um cenário
um jardim...
e tu actor
do monólogo
imaginário!

hum estas fotos fizeram-me água na boca!

Um beijo, poeta

Lena disse...

Nazaré seja a noite o de dia é sempre linda !
Opulência para uns e....

um beijo !

gaivota disse...

á ó, menesqueninguém!!! falei com o nelson, lá estarei!lololololol
que dia fantástico aí esteve, depois vim dizer "adeus" ao joão...
sonha, meu amigo...
nem te conto que fiz para o almoço, aí em casa o slavo e katarina foram almoçar conosco...
estou contratada!!!
piliparessssssssssss
(telefono-te amanhã a contar)

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
no camarim
mergulho em transformações
tramando a minha teia
pelando - me de pó talco
sou arlequim
executo encenações
sou herói da plateia
sou um animal do palco.
hehehehehe,
,
Conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena

*
Nazaré contente
Vai toda para a rua
Toda a sua gente
Baila á luz da lua.
,
Conchinhas nocturnas,
Deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
passei a tardinha
na praia,
estava um ar quente
estranho,
Verão de S. Martinho ?
talvez,
,
Pilipares
,
*

AFRICA EM POESIA disse...

Poetaeusou.

Gostei e fiquei contente com a visita,
Porque visita de poeta é visita de honra.

um beijo

CANTO DA LUA


O teu leve canto
Canto da Lua...
Que canta baixinho...
Que é feiticeira...
Que se deixa observar...
Que se deixa beijar...

Apenas com um beijo...
Beijo soprado...
Que vai...
E pousa de mansinho...

Mas a Magia está...
No teu tocar..
Que será sempre...
Apenas imaginação..

Porque tu...
Lua encantada...
Serás sempre...
A bela intocável!...


LILI LARANJO

RETIRO do ÉDEN disse...

"Não vos esqueçais de que a vida na terra não é mais do que um longo sono povoado de sonhos.
Um dia, quando acordardes, vós direis: «Que estupidez, eu acreditei que era tudo verdade!» "

Omraam

Mas...por vezes vivemos pesadelos!

A foto da Lua, está ainda mais deliciosa que os manjares apetecíveis.

Forte abraço
Mer

amigona avó e a neta princesa disse...

Ler-te é sempre um regalo para a alma! Abraços...

gaivota disse...

pois estava, mesmo quente!, eu nem cheguei a ir à areia, nem passei da avenida para norte...e nem televaste o telelé, foi isso!
tínhamos que vir para odivelas, na última homenagem ao joão!
se puder, falamos mais logo...
pilipares

~PakKaramu~ disse...

Pak karamu visiting your blog

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
apenas sou um
poetaeusou . . . com ( . . . ),
,
sonho-te Lua
meu espelho solar
minha luz prateada
raiando poesia
louca encantada
gritando na rua
em busca do mar
Lua apaixonada
vertendo magia
fada . . . enfeitiçada
,
conchinhas floridas, deixo.
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
como diz a Luna
“um dia a luz ao fundo do túnel
vai novamente aparecer”
,
vamos acreditar, amiga, .
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
amigona avó e a neta princesa
,
grato fico,
,
Brisas serenas,
,
Deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
paz para o João,
no lado misterioso da vida,
,
Pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
~PaKKaramu~
,
obrigado,
pela visita,
,
*

uminuto disse...

cruzo a noite na magia destas imagens
um beijo

LOURO disse...

Amigo Poeta,

lindas fotos!!!
A diva que não queres ser no teatro... dos meus sonhos.

O sonho comanda a vida!!!

Bom fim de semana
abraço
Lourenço

Ari Mota disse...

Caro Poeta


Seus escritos vem de dentro da alma....que bom.Maravilhoso...

TristãoeIsolda disse...

No teatro dos sonhos, incompreendidos desejos se desenrolam, em madrugadas de abandono.

Abraço

MEU DOCE AMOR disse...

Então se não é a diva do teatro dos teus sonhos...é diva em que palco?

Uma diva tem q ser muito bem acarinhada pela criatividade do principal autor...

Beijos doces Querido Poeta do Mar

Pitanga Doce disse...

Belo poema. Não abro o vídeo que estou de regime! Um mes em Portugal e lá se vai a elegância pró caraças! hehehe

poetaeusou . . . disse...

*
uminuto
,
as tuas palavras,
magicam a noite . . .
,
conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
vamos sonhando, amigo,
,
Saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ari Mota
,
a inspiração
é fruto dos
estados de alma,
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TristãoeIsolda
,
cenas sem sentido,
no teatro da vida,
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
amiga
quando o autor é incompreendido
não há encenador que o “valha”
srsrsr,
,
Marés de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
visitas-te a Nazaré ?
comigo aconteceu o mesmo,
num Cruzeiro pelo
Norte de África,
com manjares do outro mundo,
passei de meio-pesado
a pesado e meio, hehehehe,
,
e eu ralado . . .
,
Conchinhas,
,
*

Pitanga Doce disse...

Não caro Poeta. Este ano não visitei a Nazaré. Andei mais ao Sul e depois mais ao Norte mas não cheguei a ir aos tremoços nem ao farol.

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga
,
bem me parecia
se tivesse acontecido,
o Farol me avisaria !
,
brisas serenas, deixo,
,
*

Baila sem peso disse...

A diva no teatro dos sonhos
que eu hoje esperava à janela
não apareceu...
estava uma chuvinha miudinha
e o luar desvaneceu... :)
e na opulência sem sentido
dessa mesa, tudo foi comido?
oh, santa gulodice!!!
mais olhos que barriga!!!
e depois vêm quilitos
e os ais, dos aflitos ;))))

beijito docito num luar escondidito

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
na janela
carcomida
pela chuva que caía
o parapeito virou palco
olhos aflitos
desesperavam
disfarçados com o talco
com as pancadas de moliére
a acto encenou
o guarda roupa brilhava
entrou o Compére
que faz deixa á Diva
como ela encantava . . .
,
conchinhas simples, deixo,
,
*