setembro 13, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>>>> porquê ? <<<<<<<<<<<<


detalhes

video

porque imitas
o horizonte mutável
alterando a fronteira
que eu quero atingir ?
porque não limas
as arestas da indiferença
alimentando a inércia
que sinto quando te vejo ?
porque aceitas
os poemas que te faço
se rasgas todas as folhas
do livro da nossa vida ?
poema-fotos-video:poetaeusou

69 comentários:

Lena disse...

Lindas fotos Poeta !
a de cima parece um mar de estrelas
e a de baixo, nem digo, esta optimo.

Ontem a noite choveu no Sitio, nem houve a tourada.


Bom domingo !

Um beijo

Val Du disse...

Poeta

As fotos estão lindíssimas.
As palavras tem um tom forte... um apelo.

O dia aqui no RJ está lindo!
O sol está divino!
Desejo-te um ótimo domingo.

Um beijo.

Multiolhares disse...

A primeira foto para mim esta deslumbrante, e o poema a condizer, cadenciado de emoções,mas poesia é poesia, pode ser sentida, podem ser lembranças, ou simplesmente palavras para quem as quiser abarcar, nada mais profundo do que paginas da vida escritas a dois, quando algum rasga as paginas é porque talvez o outro nada tenha feito para chegar ao coração.

beijos nossos

Delirius disse...

Quem sabe se as páginas não estarão ciosamente guardadas e tu não tenhas percebido isso?!

Este teu teu post tem uma enormidade de sentimento, está tudo perfeito nele. Adorei a música. Levei-a comigo!

Beijo

neli araujo disse...

Olá, Poeta amigo!

Que poema mais forte, mais sentido, carregado de uma querixa quase que velada...Muito lindo!

As imagens também são maravilhosas!

Tenha um domingo abençoado,

conchinhas de amizade,

Neli

FOTOS-SUSY disse...

OLA AMIGO POETA, QUE ENCANTADORAS FOTOS E QUE BELO POEMA... SAIO DAQUI MUITO FELIZ, BEIJINHOS DE CARINHO,

SUSY

LUZ disse...

é verdade, tudo é composto de mudança...!

e gostei da frase "quando algum rasga as paginas é porque talvez o outro nada tenha feito para chegar ao coração"

abracos

Isabel José António disse...

Querido Poeta saudoso,
Nunca esquecemos de si!
Aqui deixo este formoso
Bouquet de palavras jasmim!

Com um xi coração,

Isabel

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
não houve tourada
mas a seguir a tourada foi outra,
o publico exigiu o l’argent,
e a organização pagou,
mas penso que os promotores já
tinham decidido restituir
o valor dos bilhetes . . .
,
conchinhas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Val Du
,
as tuas palavras
são “vinicius”
para os meus olhos,
,
que o Rio, continue lindo,
entre marés de carinho,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
*
Multiolhares
,
Luna
,
É,
um livro é uma flor,
em que as pétalas
são palavras.
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Delirius
,
Será que houve
Um problema de comunicação ?
vou seguir o teu raciocino .
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
neli araújo
,
e não é que fiquei feliz
com as tuas gostosas palavras ?
,
Um mar de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
obrigado, amiga,
,
marés de encantada ternura,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luz
,
amiga
já sei a novidade,
parabens,
,
felizes conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel José António
.
eu quero
jasmins violáceos,
lilases, violetas, roxos,
em mantos de poesia . . .
,
floridas marés, dou,
,
*

Filó disse...

Poeta

Hoje não entendo o porque do seu porquê ?, falando de indiferenças, inércia e o rasgar de folhas de um livro ?,apesar de gostar dos seus belos e inspiradores poemas !
Poeta, um beijinho amigo

utopia das palavras disse...

Porque sou vento
rasgado
intruso
no teu amor
trago-te todas as folhas
páginas vividas
pétalas de eterno...perfume!

Tudo se complementa no teu post!

beijo

Maripa disse...

Este "porquê?" tem um sabor amargo...

Não senti a brisa do mar nem o aroma a maresia nas palavras.

Abraço amigo,poeta.

RETIRO do ÉDEN disse...

Poeta Nazareno,

O mar está picado......

"Rasgar as folhas da vossa vida?"

...mas com esse mar que até parece prata...tudo por magia se transformará em ouro e essas "folhas da vossa vida" são folhas de OURO para serem trabalhadas...e esculpirem corações ...com muito amor.

Um forte abraço
Mer

Ana Martins disse...

Qual será a resposta poeta?

Beijinhos,
Ana Martins

carmen disse...

Lindas fotos, lindo vídeo, lindo poema!!! e linda trilha sonora!!!

O vídeo, sendo parte dessa "trama de poesia" poderia se chamar "turbilhão de sentimentos"

bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
a chamada
liberdade poética,
não acredito que os poetas
(eu, poetaeusou … com . . . )
sejam fingidores,
inventivos talvez,
,
deixo
imaginativas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
olha amor

as rajadas de pétalas
embrulhadas em folhas
do meu sentimento,
são amores paginados
sorrisos rasgados
nas asas do vento.
,
marés de jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
amiga
apenas divaguei,
as divagações . . . srsrsrsr,
o contra-pensamento
que reforça o que pensamos . . .
,
conchinhas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
adeus Mer
que eu vou para o mar
pescar sardinha
para seres rainha
ela é fresquinha
é da cor da prata
não tenhas medo
que o mar não mata.
,
brisas prateadas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
amiga
vai chegar a tempo
,
Um mar de jinos, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cármen
,
um turbilhão
de obrigados
te deixo, amiga,
envoltos em brisas serenas,
,
*

anareis disse...

Querido amigo poeta,DEUS abençõe a sua generosidade,estou precisando muito de toda ajuda possível,obrigado.

poetaeusou . . . disse...

*
anareis
,
vai conseguir, amiga,
as pessoas na generalidade
são boas,
,
saudações,
,
*

Justine disse...

Mas que desânmo que para aí vai hoje!! Só espero que seja o poeta fingidor a poetar, e bem:))

Carla disse...

lindo este horizonte de beleza imutável
beijo

Ana disse...

Olá amiguinho!
Fotos magníficas e um maravilhoso poema pleno de amoções muito fortes, adorei!!!
Deixo-te beijinhos com perfume a "erva doce".:-)
Ana Paula

Ana disse...

amoções não, "emoções" (a pressa é inimiga da perfeição:-)
Mais beijinhos

MENSAGENS AO VENTO disse...

_________________________________


...intensamente bonito! Um dos seus melhores poemas, que já li...


Beijos de luz e o meu carinho!

Zélia (Mundo Azul)

__________________________________

Princesa disse...

É necessário abrir os olhos e perceber que
as coisas boas estão dentro de nós,
onde os sentimentos não precisam
de motivos nem os desejos de razão.
O importante é aproveitar o momento
e aprender sua duração, pois a vida
está nos olhos de quem sabe ver.

Tenha uma boa noite e amanhã um bom dia
Beijinhos

Ivete disse...

Sempre inspiradíssimo! És mesmo um poeta! E grande!!!


Beijos

Efigênia Coutinho disse...

Tantos Porquês, a vida nos mostra , sem respostas?

Mas, venho ler você, que adoro, e
lhe convidar para ler meus:
QUEIXUMES
beijos,
Efigênia Coutinho

http://efigeniacoutinhopoesiascomimagens.blogspot.com/

Clotilde S. disse...

Olhar as fotos,escutar o Roberto Carlos e acompanhar o movimento das marés. Tudo isto, per si, já é Poesia.

Mas acima de tudo, canta a tua voz e o post fez-se um verdadeiro POEMA!

Lindo!

Beijos de água

Clo

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
Amiga,
o porquê
é a chave da procura . . .
fingidor não,
talvez inventivo . . .
,
só um grande poeta
poderia escrever assim:
>>O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente<<
In-fernando pessoa, óbvio.
,
conchinhas luzentes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
grato fico,
,
vejo um barco á vela
na linha do horizonte
fica ali, mesmo defronte
confunde-se com uma tela . . .
,
Brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Hummm, erva doce e canela,
que forte emoção “palativa”
,
um mar de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Deu para “ver”, srsrsr,
,
Conchinhas emotivas, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MENSAGENS AO VENTO
,
Zélia
senti um bonançoso vento,
lendo as tuas palavras,
,
plácidas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
É
viver os Instantes,
da momentânea vida,
,
marés de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ivete
,
obrigado,
poetaeusou . . . com . . . ,
apenas.
,
brisas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
a vida
é um grande porquê . . .
,
irei como sempre
aos teus espaços,
,
conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Clotilde S.
,
Clo
um verdadeiro poema
são as tuas palavras,
obrigado,
,
maresias de ternura, deixo,
,
*

tossan® disse...

Rasgue
as estradas
os mares
os ares
e viaja
comigo...
Quem sabe

Abraço amigo

Gostei tanto que fiz de novo.
http://amigosnablogosfera.blogspot.com

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
Amigo,
há caminhos não andados
que esperam por alguém . . .
,
um abraço
,
*

Miosotis disse...

... tinha saudades de te ler! Saudade das tuas fotografias.

'maresias' com aroma outonal...

SAM disse...

As fotos sao lindas..O poema também, poeta. A indiferença é uma grande ferida nos relacionamentos.



Carinhoso beijo.

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Por muita imaginação e arrebatamento, que o poeta tenha, o horizonte é mesmo imutável ao olhar.
Pelo contrário, a praia da Nazaré pode se vista de varidos ângulos e fica sempre bela.
Sabes bem que os amigos não são de Peniche, mas do reino de Sua Mesgestade.
Abraço,
Daniel

Pó de Estrela disse...

Querido poeta

sinto-te triste...faltou maresia nas tuas palavras que me pareceram doridas...

Envio-te mil folhas, verdes, azuis, amareladas, anis, todas com cheirinho do teu mar e da tua praia.

Não as rasgues, levam carinho e pó de Estrela

gaivota disse...

o que para aqui vai...
olha lá, meu, as folhas na se rasguem!!!
quais perquês???
piliparessssssss

GarçaReal disse...

Maravilhosa a primeira foto.

O livro da vida está cheio de páginas escritas por nós.

Umas rasgam-se, outras ficam amarelecidas com o tempo...Guardadas.

Muito belo

Adorei

bjgrande do lago

poetaeusou . . . disse...

*
Miosótis
,
as tuas saudades
mitigaram as minhas,
,
conchinhas saudosas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
grato, amiga,
,
maresias no olhar, te deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Ilimitado é o horizonte, quanto mais
nos aproximamos mais alem fica,
Amigo Daniel
ás vezes penso
que o horizonte não existe, será ?
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
é urgente,
eu quero folhas,
com sabor a sílabas,
palavras enroladas,
em enleadas prosas,
prenunciando poemas,
nos livros do meu contentamento,
,
folhadas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
mil folhas ?
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
viver
é um continuo escrever,
capítulos sem ligação
e poesia salteada
que alimentam a ilusão
e nos inunda de calma
entre a rota mareada
e o nosso estado de alma.
,
inundo o belo Lago
de alagados pilipares,
,
*

Céci disse...

Pois é!

Tantas perguntas que nós fazemos, as veses até a nós mesmos mas nunca conseguimos uma resposta que nos satisfaça!

Bjinhos

Céci

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
amiga,
,
a vida é
a grande pergunta !
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

Papoila disse...

Simplesmente maravilhoso...
:)

BF

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
,
ruborizado, estou,
,
jino de carinho, deixo,
,
*

Baila sem peso disse...

Porquê?
porquê poeta a nossa vida
limando aresta a aresta
porquê?
e na poesia cingida
tanta vez vai a ferida
porquê?
cada página tinta tingida
rasgada um dia sem porquê?
Um livro inteiro
é detalhe...
não há horizonte...
no dizer seca nossa fonte...

desculpa minha divagação
ando em dias não
mãe tem dias de aflição!!

mas venho sempre que posso
pois então!!!
E deixo um beijão nesse coração!

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
Amiga
,
quem tem filhos
tem cadilhos . . .
,
Quando eu for pequeno, mãe,
trarei as papoilas e os búzios
para a tua mesa de tricotar encontros,
e então ficaremos debaixo de um alpendre
a ouvir uma banda a tocar . . .
,
In-J.J. Letria,
,
conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

Parapeito disse...

...se calhar rasga as páginas....mas a palavras ficam guardas no coração...
Um abraço***