maio 14, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> SE <<<<<<<<<


entardecido mar

se tu me ajudasses
transpirava o negrume
na pele das palavras
com que cubro a noite,
se tu quisesses
tapava os espectros
de assombrados véus
dissolvendo agoiros
em mantos de pranto,
se tu aceitasses
a maçã suculenta
dos meus rituais,
serias a torrente
da fonte profana
soletrando inventos,
poema-fotos-video-poetaeusou

66 comentários:

Maria P. disse...

Se...
:)

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P
,
Se Te . . .
,
bji,h,
,
*

©tossan disse...

Neste teu poema sinto uma dança de véus, um ritual antes do amor. Abraço amigo

gaivota disse...

se.............. claro que sim!
este mau tempo está muito longo....
faz mal à cabeca...
o sol está quase a chegar, temos que ir almoçar um dia destes, ou jantar... logo se vê! talvez para a semana, já sabes que logo direi resultados da consulta!!!
entretanto, vai comendo umas maçãs, de alcobaça, são as melhores!
piliparessssssssssss

LOURO disse...

Amigo Poeta,

Se o teu mar te ajudar?
Lindas fotos,e um belo video do mar
da Nazaré,parabéns!!!

Abraço

Lourenço

Liar disse...

Hoje arrepiei com o poema e fotos, ta para o tristinho não está?

Se não está desculpa, o tempo assim deixa-me nostalgica!

Gostei mesmo tristinho!

Bjinho

Céci

Isa disse...

Lindo o poema e o video.
O Video..."encheu-me as medidas"...
Abraço.
isa.

Paula Raposo disse...

Se...tudo seria diferente! Beijos e tudo de bom para ti.

poetaeusou . . . disse...

*
©tossan
,
veus ao léu
são rituais do . . . céu,

aquele abraço
,
*

KrystalDiVerso disse...

Pois, amigo Poeta!... SE esSE SE fosSE o SE que esperásSEmos e esSE mESmo Se ChegasSE, SEríamos SEmpre SEcretamente mais felizes, SEndo que há um SEnão; o SE, SE o fosSE deixava de o SEr e nós SEm o SE somos os SEres que queríamos SEr Sendo o que somos SEm o SEr, SEndo-o!
Penso eu de SE...

Escolha entre... beijos e abraços

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
vai correr tudo bem,
,
quando chegares, apita . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
amigo Lourenço.
,
o mar é um colo amigo
em toda a sua imensidão,
,
agradeço
enviando aquele abraço,
,
*

Ana Martins disse...

Caro poeta,
"Se", a eterna condição aqui a fazer parte de um poema de força carregado de beleza!

Beijinhos,
Ana Martins

utopia das palavras disse...

O manto com que cobres a noite é um crepúsculo de luar quente!

e

se tu inventasses
uma cor ou um sol
que se entranhasse
no âmago da escuridão
eu...por dentro de ti
seria o vento
se tu me soprasses!

SAM disse...

Lindo e sedutor poema.


Um beijo, poeta

Teresa Durães disse...

e haveria a cumplicidade

ellen disse...

Lindo poema este também :)
Beijinho.

Multiolhares disse...

Ninguém nos pode ajudar,
Somos nós que mudamos as palavras,
Somos nós que dissipamos os fantasmas, mas para isso precisamos de nos conhecer,de cultivarmos a paciência e acreditar no amanhã

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Liar
,
amiga
diria um pouco
nostálgico, melancólico,
um estado de alma, talvez,
,
é do tempo, tristinho,
para compensar, envio-te,
floridas conchinhas . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
grato, amiga,
,
marés de carinho,
envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paulo Raposo
,
linda
,
jinos de serenos, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
KryslDiVerso
,
Se o SE não existisse,
a vida não passava
de um impulso,
um salto no escuro,
o SER sem travão . . .
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
amiga,
,
só um SE,
pode evitar
as discordâncias,
,
um mar de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
sou a ténue luz
luzeiro inventado
em ti entranhado
dormindo ao relento
de que vale eu ser vento
se a ti não conduz ?
,
srsrsrsr
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
lindo e sedutor cabelo,
o teu,
sorsorsorsor
,
conchinhas de amizade
envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
cumplicidade
é a junção dos tus e eus …
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ellen
,
grato amiga,
,
conchinhas, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
mudança está em nós,
não tenho a mínima duvida,
,
beijos nossos,
,
*

Lena disse...

Ja parece o céu que tivemos hoje, com o mar a menos...
lindo poema e fotos também,
como sempre !

um beijo Poeta !

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
está um vento forte,
e frio de inverno,
o bom tempo foi contigo,
srsrsr
,
conchinhas,
,
*

Ana disse...

Os eternos "ses"do nosso inconformismo...

E quem se sente "contentinho" não é bem acabado...
:)))

Beijinho

Silvia Masc disse...

Se!, Se:! ... Essas situações condicionais as vezes são desagradáveis, atrás de um "Se" há de ter alguém frustrado.
Saudade das conchinhas.

beijinho

Duarte disse...

Céus assim,
são fontes de inspiração,
que tu inteligentemente modelas.
Que não cesse esse caudal.

A culpa é da maçã. A minha fruta preferida, ainda que não seja de Alcobaça.

Um grande abraço, amigo.

Izinha disse...

oi amigo,

belo poema de amor, onde a presença é um apelo constante.

bjos prá ti!

Dois Rios disse...

É um atestado do que não foi.

Música linda, imagens lindas, entardecido mar, lindo... Ah, SE eu não passasse por aqui estaria perdendo todas essas belezas.

Beijos, meu querido!
Inês

Mariz disse...

Salvé!

Embora surpreendida contigo...
não venho aqui cobrar nada. Venho deixa um olá e convidar-te para o 1º aniversário - embora o meu tempo presente não seja para "festas"., mas aprendi que temos de fazer os nossos dias com contentamento e prazer; por isso achei que seria daquela maneira que dava o Iº passo. Espero ver-te por lá ao fim de 1 mês.

Sempre...
MAriz

ESPAVO!

Clotilde S. disse...

A vida é tecida de "se". As dificuldades estão sempre nas escolhas pois é delas que tudo depende.

Gostei muito deste teu post,ainda que um pouco "blue", mas isso deve ser do tempo. Mal chegue o Sol tudo mudará para melhor.

Beijinhos e maresias deixo.

Clo

Sol da meia noite disse...

E tantos são os "ses" que adiam os aconteceres...

Um jinho amigo *

MENSAGENS AO VENTO disse...

_____________________________

se não houvesse o SE,
tudo seria, realmente...


Bonito poema!!!



Beijos de luz e o meu especial carinho...

Zélia ( Mundo Azul)

________________________________

Justine disse...

A arte magnífica de transformares o negrume em luminosidade, pela mão dos teus versos:))

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Se . . .
mas não posso !!!
,
mas . . .
como têm pés de barro,
caiem por si . . .
não sabes a que me refiro ?
olha nem eu . . .
srsrsr
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sílvia Masc
,
tenho andado arredio
dos comentários : . .
,
amiga
bem aventurados
os não frustrado,
é deles os reinos da ilusão !
srsrsrsr,
,
luzidias conchinhas, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
maçãs moldadas
em manto de inspiração,
nos céus do éden,
entre sorrisos
de Afrodite e Adónis,
embrulhados num abraço,
que te envio . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Izinha
,
diria
amor presente
ou
um presente de amor
nas várias vertentes do mesmo,
,
conchinhas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Dois Rios
,
(é um atestado do que não foi)
,
bela imagem, Inês,
,
um mar de amizade, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariz
,
Linda,
tenho andado fugidio
dos comentários,
sei que vais compreender,
,
o não festas é comum, amiga,
,
folgo com o teu retorno,
e já passei no teu sublime espaço,
,
conchinhas de luz,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Clotilde,
,
a vida é realmente feita,
de escolhas, interrogações,
e os duvidosos SEs . . .
,
“estados de alma”, amiga,
,
brisas solarengas, de hoje, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
a minha angustiante duvida,
quase eterna em mim,

é se o SE,
é sinónimo de prudência,
ou de falta de coragem,
cobardia até . . .
,
amigáveis conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MENSAGENS AO VENTO
,
o SE,
o estorvo do impulso . . .
,
luzentes conchinhas
de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
os extremos tocam-se,
não há negrume sem luz,
a claridade funde-se no breu,
como a propria vivencia,
feita de claros e escuros ...
,
amiga
marés de luz, envio-te,
,
*

Maria Clarinda disse...

SE...
Mais um poema maravilhoso...
mais as fotos a que nos habituaste...
Obrigada meu poeta!

Regina d'Ávila disse...

Lindo seu blog..Adorei.
Bom final de semana!!
Regina d´Ávila - Rio de janeiro - Brasil

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

"Se tu quissesses, ou se queres, seremos felizes!...

Daniel

Ana disse...

Que o Condicional se faça Presente.
Um beijo, Poeta.

lilás disse...

E o mar ajuda sempre...

© efeneto disse...

Tenho palavras que te procuram,
que se acendem nesta existência suave;
palavras para seguir caminhos,
para te abrir os dias;
palavras partículas de fogo
que acarinho para os momentos precisos
nos seus puros abandonos;
palavras verticais como chamas,
que te chamam na procura,
mais claras que o dia.
Com palavras de lua e de vento
invento veredas de palavras
que adoçam os silêncios
e explicam as madrugadas.
Palavras que só a ti direi.

Palavras que servem para dizer que irei voltar aos poucos á vossa companhia.
Um fim-de-semana cheio de amizade e palavras

Filó disse...

POETA

Pudesse eu não ter laços, nem limites,
Ó vida de mil faces transbordantes
Para puder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes ....

( Sophia de Mello Breyner )
Poeta O meu ABRAÇO,

GarçaReal disse...

A maçã da tentação que suculenta desperta sentires e inspira a beleza de um poema fantástico

As fotos de beleza imparável

Adorei

Fim de semana de luz para ti

Para a gaivota aquele pilipar

Bjgrande do lago agora ensolarado

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
,
SE . . .
merecesse as tuas palavras,
que feliz seria . . .
,
conchinhas serenas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Regina d’Ávila
,
bom fim de semana,
envolta em conchinhas de amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa,
,
SE . . .
todos quiséssemos
“isto” era um mar de rosas,
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana,
,
actualidade limitada, amiga,
,
brisas de luz,
envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lilás
,
o mar integrasse
por seculares direitos,
,
um mar de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
efeneto
,
cá te esperamos amigo,
para contribuíres com
aquele sal apimentado,
,
bom fim de semana,
em brisas de amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filo
,
Escuto mas não sei
Se o que oiço é silêncio
Ou deus
Apenas sei que
caminho como quem
É olhado amado e conhecido
E por isso em cada gesto ponho
Solenidade e risco.
.
In-sophia
,
brisas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
maçã
feita evita,
em tango de adão gardel,
cinzel
de éden sagrado
levita
espraiado,
,
pilipar para a garça,
em vagas de jinos
,
*