março 16, 2009

>>>>>>>>>>>>>> dos sulcos ... no tempo<<<<<<


o tempo é vazio
uma ampulheta sem areia ,
é um embuste
incapaz de ser presente
por futuro não o ser,
tenho todo o tempo do mundo
que blasfémia,
o tempo é teu ?
o tempo é angustia
o acaso perdido
o instante sumido
o tempo sem tempo
levado pelo vento
de um vento parado
em tempo, desmembrado,
foi naquele tempo
sempre o tempo coitado . . .
e se eu atempasse um momento
e num átomo do tempo
meu rosto espelhasse ?
talvez constatasse
que o meu olhar
transbordado de mar
marulha sofrimento
dos sulcos . . . do tempo,
poema e fotos:poeta eu sou

76 comentários:

gaivota disse...

e o tempo perguntou ao tempo quanto tempo tem o tempo...
um poema triste ou é impressão minha...
olhar transbordado de mar marulha sofrimento...
o mar nunca transborda, apenas cumpre a sua missão, atempadamente!
e eu ando sem tempo!
um beijo grande para ti

Adriana disse...

Que coisa mais linda,de uma enorme sensibilidade,amei!

Teresa Durães disse...

vejo o tempo como sendo algo separado de nós. por vezes domina a nossa vida (e não estamos a aproveitá-la). Noutras conseguimos manipulá-lo

MEU DOCE AMOR disse...

O tempo faz-me sofrer também!

Tento organizar-me...assim terei tempo.Mas por vezes é a vontade,não?Quem tem vontade tem um tempinho...aaximmmm muito canito,não?

Um beijo com tempo...aximmmmm

:)

MENSAGENS AO VENTO disse...

__________________________________

...e que é o tempo senão uma convenção estabelecida pelo homem?

Que o tempo seja simplesmente vivido com atenção plena...

Gosto muito do seu modo de expressar a poesia!!!


Beijos de luz e uma semana feliz...

__________________________________

tossan disse...

Tempo, tempo, tempo..ainda não parei no tempo para falar do tempo para não perder tempo...Só parei parei um tempo para apreciar as belas fotos do tempo e ler este lindo poema do tempo. Abraço amigo

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Luz!... há sempre luz para um poeta, mostrar que o é, como neste poema, em que trata o espaço tempo, como é certamente.
Um abraço,
Daniel

GarçaReal disse...

O tempo que não tem tempo e que não nos dá tempo.....

Afinal vivemos do tempo e para ele.

Magnificas as fotos.

Uma semana boa para ti

bjgrande do Lago

paula barros disse...

Dizem que não é o tempo que passa somos nós que passamos pelo tempo.

E as vezes passamos desatentos.

Ou esperando sempre um novo tempo.

abraços

Silvia disse...

Belo poema, mas enxergo o tempo, como um curador, de dores e até de sentimentos, raiva passa com o tempo,a dor passa, e quando o amor também passa ou o tempo é cruel ou não era amor.
Beijo

Tem um mimo pra voces, no Longevidade.

Tatiana disse...

Poeta...
para mim um olhar transbordado de mar... é um olhar de amar!
Transborda sentimentos belos como os teus, por todo o Tempo!

Um abraço carinhoso e uma belíssima semana

Fa menor disse...

O tempo... e o que esperamos dele por vezes dá isso: um enorme vazio.

saibamos vivê-lo no tempo certo!

Bjs

utopia das palavras disse...

O tempo
outrora
vento
se faz
aurora
em lamento
de luz
enfeitiçada...!

Beijo, poeta! Gostei!

Isa disse...

Obrigada pela sua visita,sempre agradável.
Que sensibilidade a sua.
Abraço.
isa.

Ana disse...

O tempo da poesia, do espelho que as palavras se fazem.

Um beijo para ti.

Duarte disse...

Tive que repetir a leitura,
foi imprescindível,
quis saborear aquilo que expressas:
deleitar-me, até gostei!

As fotografias são o reflexo do que se perde se não há esplendor.

Deixo-te um grande abraço

Filó disse...

Poeta

O tempo é Primavera
Estação a florir
Orvalhos de Luz
Pingos de amor
Sabor doce
Campos verdes
Caminhos de pétulas
Cheiros e flores
Sentir a vida a correr
Paisagem de esperança
Janela da Vida para viver
Abraçar o tempo que resta
Viver !

cristal disse...

Olá Poeta

O tempo...quantas culpas alberga!!!
Demasiado frequente a expressão:"Não tenho tempo"
Não há tempo para olhar, não há tempo para sorrir ou dizer um olá...Simplesmente não há tempo...
Mas quando finalmente dispomos de um "tempinho" constatamos de que afinal, limitámo-nos a deixar que o tempo passasse...
(Felizmente que hoje arranjei um pouco de tempo para o visitar e assim me deliciar com suas palavras e fotos....rsrsrs)
Muito bonita esta música de Rui Veloso.

Um Abraço
e
Uma boa semana

Zé Maria disse...

Olá Poeta

E às vezes até temos tempo de mais para vida de menos.
São os sinais do nosso tempo.

Abraço

Ana Martins disse...

Caro Poeta,
é talvez o poema mais lindo li!

Parabéns!!!!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
ou o tempo anda
sem ti, linda,
,
um paredão de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Adriana
,
senti
as tuas palavras,
obrigado
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
dominar o tempo é difícil,
enganá-lo é impossível,
ou talvez não . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
um jino pikeno,
sem ou com tempinho,
olha,
“já não sei ás quantas ando”
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MENSAGENS AO VENTO
,
Atenção plena,
no e do tempo . . .
,
luzentes conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
e como o tempo ou a sua falta,
nos obriga a respeitá-lo,
um abraço deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
é a luz que procuramos,
porém . . . quanto mais brilha,
mais longe está,
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
o tempo é imparável,
nós apenas o alimentamos,
,
pilipares e conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula barros
,
o deus tempo,
no qual gravitamos,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sílvia
,
o tempo tudo cura ?
não creio,
acredito no perdão humano,
perdoar é ser grande, amiga,
,
conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Tatiana
,
Amar o Mar,
É transbordar de Amor,
,
serenas conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
um vazio do tempo
que nos preenche . . .
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
Feiticeira
do tempo
nuvem passageira
lamento
da aurora justiceira
do vento
sem eira nem beira,
,
boreais conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
a sensibilidade
é a chave da bondade . . .
,
Conhinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
espelho
o rosto da poesia . . . translúcida,
,
espelhadas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
no esplendor
das tuas palavras
mudo e quedo me senti . . .
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
o tempo
é um canteiro de flores,
sem cheiros e odores
e nós,
somos pétalas caídas
secas, esvaídas
no vento dispersas
em pleno estio . . .
,
Conchinhas coloridas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
sendo o tempo do tempo,
que roubo sagrado
em feliz momento
por me teres comentado
no tempo do tempo,
,
serenas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zé Maria
,
sinais do tempo,
,
essa passou-me, amigo Zé,
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
ruborizado ... fiquei,
,
grato, amiga,
,
serenas conchinhas,
dou,
,
*

Ana disse...

O tempo, esse grande inimigo...

Abraço

Sonia Schmorantz disse...

O tempo é esse grande mistério, hora amigo porque leva coisas que não queremos mais e nos traz novas, e por vezes nosso inimigo, quando leva todos os dias um pouco do resto da nossa vida.
um abraço e boa semana

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Mais uma bela inspiração que aliado a imagens muito bonitas, torna esse espaço um lugar muito especial para se visitar.
Um abraço e boa semana

Teresa Durães disse...

Será que enganar o tempo é difícil? Não deixa de ser uma variável externa a nós. A rotação da terra em redor do sol deverá ser assim tão importante? O tempo não deixa de ser uma variável que o homens construiram para explicar teorias

Lena disse...

Lindas fotos "o tempo no tempo"...
tanta coisa a dizer sobre o tempo...
meu desejo seria viver sem andar atras do tempo, sem relogio, nem horas, nem minutos..
Estes dias andei mesmo sem tempo..

um dia bom Poeta
hoje aqui esta muito bom, sol e um bom calorzinho...so ca falta esse Mar..

poetaeusou . . . disse...

*
Ana (sininho)
,
Dá tempo ao tempo,
ri enquanto tens vontade,
talvez um dia a saudade
não te deixe rir assim.
Dá tempo ao tempo,
que o tempo corre e não cansa
e eu não perdi a esperança,
de te ver chorar por mim.
,
Lembras-te deste fado ?
,
Tenho a certeza,
que esse teu riso atrevido,
há-de um dia ser vencido
porque o tempo não perdoa..
,
Srsrsrsr
,
Conchinhas,
,

poetaeusou . . . disse...

*
Sonia Schmorantz
,
o tempo
o eterno enigma,
o ser ou não ser inscontante,
se somos um atomo do tempo,
somos cativos de quem ?
,
conchinhas serenas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
UMA PAGINA PARA DOIS
,
inspiração não diria,
porque me limito
a fotar o meio ambiente
em que estou inserido,
,
gratificantes
as tuas palavras,
,
um abraço, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
Amiga,
Galileu disse que sim,
e
Einstein, afirmou que o tempo,
é o somatório dos instantes
e dos momentos . . .
,
será só matemática ?
,
serenas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
amiga
o teu desejo
é a sumula do anarquismo !!!
,
é a minha ambição á décadas
olha . . .
e continuo as minhas procuras,
srsrsrsrsr
,
conchinhas de um dia de Verão,
e centenas de pessoas na Praia,
,
*

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O tempo muitas vezes é aliado...

Maravilhosa semana, poeta.

Rebeca

-

Maria Carmo disse...

Querido Poeta eu sou,

Que inspirador post este seu! Também gosto imenso dos candieiros ao lusco fusco, dão-nos uma sensação de conforto e familiaridade...

Um abraço e obrigada pela sua visita,

Maria Carmo

Marlene Maravilha disse...

Eu gostei muito! O tempo é realmente complicado. Mas ha tempo para todo propósito debaixo dos céus.
beijo grande!

Marlene Maravilha disse...

Voltei! Esqueci de falar que as fotos sao extremamente belas!
beijo

poetaeusou . . . disse...

*
~*Rebeca e Jota Cê *~
,
aliança intemporal,
sem tempo, atempado . . .
,
conchinhas
,
*

ลndreia disse...

Que lindo! *

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Carmo
,
o lusco-fusco
advento da noite,
á luz de um candeeiro
está lá o tempo inteiro
e o mar do meu cantar,
,
um jino de respeito,
deixo,
,
*

Multiolhares disse...

O tempo, intemporal,psicológico.
Mas existe tempo ou não existe.
Talvez não exista pois vivemos na roda do sansara, onde tudo roda
sem principio nem fim, onde o tempo não existe, os será que existe


beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
os céus
o tecto do tempo . . .
,
conchinhas de paz, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
os candeeiros
são pétalas de mel . . .
,
brisas de luz
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andreia
,
Grato,
serenas maresias,
,
*

mdsol disse...

Saudadinhas de aqui vir espreitar as fotografias e as palavras

Conchinhas de :)))

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
sansara
a prisão do tempo,
tempo percorrido,
nos trilhos da roda . . .
no inicio era atman,
origem da mônada,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,

saudades sinto eu,
das cinco nostálgicas letras,
m - d - s - o - l,
,
serenas brisas,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO AMIGO POETA... SULCOS NO TEMPO... FIQUEI TRISTE POEQUE ESCREVES-TE COM O TEU CORAÇÃO OPRIMIDO... DEIXO-TE UM GRANDE ABRAÇO DE MUITO CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
rosto sulcado pelo tempo,
amiga,
,
os chamados pés de galinha,
hehehehe
,
um jino de estima, amiga,
,
*

Maria Clarinda disse...

Meu poeta...lindo este teu poema...as fotos...belas a condizer, com as entrelinhas que consigo ler!...
Conchinhas de beijos mil

Xana disse...

Aho que não existem tempos perdidos , tudo servepara aprendermos, pode ser gostoso ou doloroso, mas a vida é mesmo assim como sulcos no tempo .

beijinho meu

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
,
é das entrelinhas,
que emergem as mensagens,
positivas ou negativas,
angustiantes ou alegres,
tens esse "dom" !
disse-te em tempos . . .
poucos o têm em tão alto grau,
olha . . .
no minimo podes defender-te
do blábá dos politicos ...
srsrsr
,
beijadas marés de
conchinhas de amizade, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Xana
,
e vamos sulcando ... o tempo,
ficando em nós os seus traços,
traços no rosto,
traços na alma,
traços nos trilhos
feitos escolhos desta vida,
,
um mar de serenas conchinhas,
envio-te
,
*

Juani disse...

El tiempo de hoy es el oro mas cotizado, todo esta relacionado con el tiempo y no nos damos cuenta del que tiempo pasa
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
Juani
,
se o tempo é dinheio,
porque não comprá-lo . . . ???
,
srsrsrsr
,
brisas de amizade, envio,
,
*

mariam disse...

Poeta,

fantástico! este poemas (e os demais também! repito-me, eu sei!)as e imagens são uma maravilha também!

grande abraço e um sorriso :)
mariam

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
obrigado amiga,
faço com todo o gosto,
e sempre,
sem algema nem amarras,
,
agradeço o carinho e a ternura,
que deixas neste cantinho,
,
sorridentes conchinhas,
envio-te,
,
*

Iscte 72-77 disse...

muito bonito o poema e as imagens deslumbrantes...

poetaeusou . . . disse...

*
Iscte 72-77
,
que gentileza
,
saudações,
,
*