novembro 01, 2008

>>>>>>>>>>>>>> nos búzios, lançados<<<<<<<<<

foge cão, vem aí mar
na tua indiferença
procuro o meu norte
num vento sem sorte
de fictícia esperança,
enclausuro afectos
nas marés de búzios,
rumando a destinos
quebrando segredos
afastando os medos
dos inquietos fados,
nos búzios, lançados,
poema-fotos-video:poetaeusou

68 comentários:

Violeta disse...

"na tua indiferença procuro o meu norte"
eis uma tarefa dificil, como se conseguirá?

MEU DOCE AMOR disse...

Estou pronta para a missão.

Para Norte...

Beijinho doce e Vens Sonhar?

Bom fim de semana Querido Poeta do Mar

Eduardo Aleixo disse...

Ah, bom! Este mar que apresentas é mar de robalo, brincando na rebentação.
É a minha perdição.
Quanto aos búzios...
Fico triste.
Porquê associá-los à jogatina, ao jogo de sorte e de azar?
Ah! Como gosto do seu misterioso cantar!
Bom fim de semana.
Abraço.
EA

Carminda Pinho disse...

Poeta,
pelos vistos o mar continua bravo...coitado do cão...:)))

Adoro os "Búzios" cantados pela Ana Moura. Esses que aí nos mostras são bem bonitos também.:)

Beijos

mdsol disse...

Caro poeta:
Só um poeta para dizer tantas coisas!
conchinhas da ilha
:)

gaivota disse...

és uma inquietação, ah pois és...
refiro-me ao mar, ao meu mar! ao nosso mar!
tava-se a pôr cão... 'sgraçade na se decide, nem pa norte nem pa sul,
nem ao som de búzios...
ah repá, vem temporaliiiiiiiiiiiiii
pilipares

Isabel-F. disse...

belo post ...


poema ... fotos e vídeo ...


bom fim de semana
bjs

daniel disse...

Poetaeusou

Há quem prorure um norte, ouvindo os búzios, prefiro a poesia que os mesmos te inspiraram.
Abraço,
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
violeta
,
é muito difícil, é . . .
nem com bússola !
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
OK
vamos sem rumo,
,
já sonhei e defini . . .
,
brisas de fim de semana,deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
eduardo aleixo
,
amigo
mar de robalo, é mesmo,
vamos ter na praia da légua,
um torneio ibérico, (só robalo)
,
o lançamento dos búzios
não é nenhum jogo . . .
foi e continua a ser aceite
por muitas gerações,
alem de nos transmitir a linguagem do
mar (é preciso saber ouvir os búzios),
o búzio é sinónimo de sina, destino,
fado, predestino, fortuna ou fadário,
o ler o futuro não é jogatina . . .
consulta o grande livro,
a “Bíblia”, a Tora o Corão e verás,
já sem falar na África e se for no
Brasil não acreditas, és extra-terrestre,
Até o vinicius ia aos “arames”,
srsrsrsr
,
sabes,
sou incapaz de comer búzios . . .
,
um abraço e ouve a ana moura,
se te aprouver, claro,
,
*

GarçaReal disse...

Procuras o norte....

Talvez o vento te oriente ou talvez os búzios lancem tua sorte e possas libertar afectos.

Bom fim de semana

bjgrande do Lago

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
rabioso, talvez,
,
o fininho gosta de brincar
com as ondas, não tem medo,
e quando as ondas se espraiam, ele
corre á frente ladrando, ganhei, ganhei . . .
,
um segredo,
o fininho é o único animal que
é aceite pelas gaivotas, dá-lhes
segurança, um miúdo que tente
aproximar-se, o nosso amigo,
interpõe-se entre ele e as gaivotas,
e mostra um olhar meigo, como a dizer,
>>eh pá, esquece as minhas amigas, que
elas estão em meditação, vai fazer os
trabalhos de casa, vai, vai . . .<<
,
olha vou ouvir a ana moura,
virado para o norte da amizade,
um jino, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
só tu,
consegues desafiar os olhares,
com o teu "sabat post",
,
marés de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
hoje na méxeee,
sósefôr á tardinha,
,
pililares e envia,
boas noticias do Masca......
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
isabel-f
,
grato, isa,
,
envio-te
a serenidade
de um sabado outonal,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
e um búzio,
não é poesia ?
,
um abraço, amigo,
,
*

Rosa Maria disse...

.
Para ilustrar tão belo post só mesmo so búzios da grande Ana Moura.

E o mar continua bravo...

Bom fim de semana

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
o norte dos afectos,
o norte da amizade,
o norte da justiça
o norte de nós próprios,
,
pilipares e afectos,
para o grandelago,
,
*

Mello disse...

Estás num bom caminho. Se na indiferença procuras o teu Norte, é porque começaste a sentir que tens de cuidar de ti. Se não cuidares ninguém cuida.

Beijinhos,

Graça mello

Sol da meia noite disse...

Meu amigo, procura o caminho... em ti.
A indiferença não to vai mostrar...
E viver de fictícias esperanças, é morrer aos poucos, ao sabor da desilusão.

Jinho te deixo *

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
,
ma meia-maré,
vai ficar picadinho,
,
agradecendo as tuas palavras
vou continuar a ouvir a ana,
,
Há espreita está um grande amor
mas guarda segredo
Vazio tens o teu coração
na ponta do medo
Vê como os búzios caíram
virados p’ra norte
Pois eu vou mexer no destino,
vou mudar-te a sorte
,
maresias nazarenas, envio-te
,
*

Pitanga Doce disse...

E o quê te dizem os búzios? Ou não os jogaste? Ah, que chance perdeste! Estava tudo ali, pá!

Iana disse...

Poeta amigo


meu norte procuro
não só são evidêcias
a sua total
idiferença

poeta das mares
búzios e sonhos
transformam um mar
em um cenário
risonho e aumenta
o ego
sou poeta
e não nego....


beijos e beijos deixo-te
o aroma das flores ficam
um feliz fim de semana
rosa amiga
Iana!!!

mariam disse...

Poeta,
olhando esse ao som sempre belo d'Ana moura, digo,

Lançados búzios,
nos os fados inquietos dos medos,
afastando os segredos,
quebrando destinos,
(a)rumando.
Búzios de marés,
nos afectos enclausuro,
esperança fictícia de sorte,
sem vento num norte meu,
o procuro na indiferença tua.

Poeta, desculpe o atrevimento e o abuso também, mas, não me contive, este poema é lindo e virei-o!

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)

mariam

mariam disse...

errata: olhando esse "mar" :)

Multiolhares disse...

Os buzios cantam o mar,
os buzios cantam o fado da vida

beijos nosssos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo, Lindas como sempre as tuas fotos e deliciei-me a ouvir o teu e meu e o nosso mar... Concordo com a explicação que deste ao Eduardo Aleixo... Neste Sábado de um maravilhoso Sol aqui onde estou... Deixo-te muitos beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

Utopia das Palavras disse...

No meu desnorte
quero encontar
a tua sorte...
e nos buzios...
ouvir o mar!

bjinhos
ausenda

Filó disse...

Lançamos os buzios, procuramos nosso rumo, destino , qual sorte...
Ultrapassamos as esquinas da indiferença e sem medos tropeçamos em fados que nos cantam mar...
Os buzios a mim..indicaram -me este cantinho,onde Poeta e Mar , se encontram e nos deixam entrar ...
Melhor sorte não podia desejar, ouvir estes buzios na voz de Ana Moura e lêr mais um poema de encantar.
Poeta,
Desejo lhe um bom fim de semana.
Um abraço,amigo

Mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maripa disse...

Os búzios guardam os segredos que lançamos ao mar...

Gosto tanto desse fado da Ana Moura!

Abraço amigo,poeta.

lago pacifico disse...

Nazaré! búzios (bela música)! e poesia, tudo em cima neste blogue

mulher lua disse...

no teu blogue
procuro poemas
numa curiosidade
nada especial
de pura distracção
de mero prazer
de olhar e de ler
aprecio sem julgar
nem bem nem mal
só para conhecer
outra forma de dizer
de pensar, de estar
interesse banal
de quem gosta
do vaivém do mar

Veijios

Tuza disse...

ola, poeta!

lindo poema, sempre escrevendo sobre coisas inovadoras, e bonitas...

Esmeralda disse...

Olá Poeta
De todo o mal que já me fizeram até hoje, o que mais me doeu foi a indiferença.
É dura demais, doi demais, e fica marcada para todoo sempre como marca de ferro em brasa. nem ondas de mar agreste conseguem apagar e levar com elas tal marca bem ferrada.

beijocas

poetaeusou . . . disse...

*
mello
,
a nua verdade,
em cruas palavras,
,
um mar de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
senti as tuas palavras,
sábias, no mínimo,
,
maré de jinos, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga,
,
indicou-me,
a rosa amarelecia,
e em nome da rosa,
ecoou umberto . . .
,
contentores de faróis,
envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
rendo-me ás evidencias
quando aqui estou
sim . . . .poetaeusou . . .
mas com reticencias !
,
um mar de pétalas
de rosados jinos,
,
*

cristal disse...

Olá Poeta

Bonito poema!

Acalentar uma ténue esperança na procura do norte e de outros destinos,afastar os medos, fazer ruir o muro da indiferença e... "enclausuro(ar) afectos nas marés de búzios"...
Pode dizer-se que os búzios estão lançados!
Muito bonitos os seus búzios,assim como os búzios cantados por Ana Moura.
Lindo estava o mar...(como sempre)
Bem... e a foto do cão a fugir do mar? no mínimo "divertida"...
Muito Obrigada amigo
O Abraço de sempre com muitas estrelinhas do mar
e
Fique bem

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
óptima metamorfose,
abusa e torna a abusar, gostei,
,
um mar de simpatia, envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
deu para entender …
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
búzio soante
quebrante
marejar
do mar
em marulho mareante,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
é um bom amigo,
respeito todas as opiniões,
o contraditório é o sal das palavras,
da discussão nasce a luz, disse o outro,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
eu lanço ao vento
marés de fados
búzios tirados
do meu tormento,
,
brisas de encanto, envio-te,
,
*

Sonhadora... disse...

Qdo há indiferença é melhor procurar novos caminhos e deixar as ondas levarem prá longe esse sentimento.

bjos e um fds lindoooo prá ti!

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
não calculas o bem que me fazes
no modo como me comentas,
eu faço os meus posts com um
gozo intimo, que me completa . . .
procuro harmonizar, as imagens,
musica e palavras, num só perfil,
e são palavras, como as tuas,
que me “obrigam” a dar o meu melhor,
,
búzios soantes, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mari
,
é no ocaso,
no poente dos crepúsculos,
que o destino se transmuta,
com ou sem búzios acredita,
,
maresias de amor, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
a letra e a musica
envolve-nos, totalmente,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lago pacifico
,
gratificado, fiquei,
,
saudações,
,
*

gaivota disse...

aqui o Masca vai bem, aguentando os resultados e os problemas internos dos meninos...
nada a fazer...
agora o naval... ah pois é!quando a semana passada já fui do leixões, agora sou do naval!!!
dorme (durmam) bem
gostaram da visita???
beijinhos pilipados

poetaeusou . . . disse...

*
mulher lua
,
outro sentir
outro saber
que bom te ler
e apreciar
não para criticar
mas para aprender
no teu escrever
quero repetir
,
jino,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tuza
,
grato fiquei
com as tuas palavras,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
acredito,
,
acontece comigo
a indiferença e a ingratidão,
dilaceram-me,
,
sê forte,
é o que eu tento ser,
,
jinos de perdão, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
que belas palavras,
amenizando a noite,
de outra forma da noite
que vou postar dentro de minutos,
confuso ? não . . .
,
nocturno marulho do meu mar,
que estou a ouvir deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora...
,
nem mais, amiga,
mas os sonhos . . .
ficam eternamente . . .
,
um sonhado jinho, deixe
,
*

Filó disse...

Poeta,

Obrigado pelas suas palavras
Fico feliz..por merecê-las.
Que os búzios continuem soando nesse mar de inspiração !
BEM HAJA ..

Aquele abraço, Amigo

Lena disse...

Não conhecia isso dos buzios..
onde é que eles se encontram? é nas rochas ?

um beijo

Duarte disse...

Que lindas prendas te trouxe o MAR.
É caritativo,
reconhece o teu esforço;
é mar!

Abraços, amigo

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
estivemos na praia,
fomos á pastelaria primavera,
junto á tua casa,
e seguiu para as caldas,
,
combinámos uma almoçara
contigo, uns carapaus secos . . . hehehe
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
e grato fico,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
era . . . nas rochas,
a poluição afastou-os,
os meus buzios, têm 30 anos,
nas rochas, há uns pequenos,
os chamados burriés . . .
é um bom petisco . . .
,
conchinhas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
o mar é nosso amigo,
só pode, pela beleza
que nos dá,
,
abraço,
,
*

Ana Martins disse...

"...afastando os medos
dos inquietos fados,
nos búzios, lançados,

Lindo, muito lindo!

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
obrigado, amiga,
,
brisas de um limpido dia,
envio-te,
,
*

Esmeralda disse...

Poeta:

Eu sou forte, e já perdoei, há muito tempo.

beijocas

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
perdoar,
é estar acima,
dos comuns mortais,
,
conchinhas, deixo,
,
*