novembro 23, 2008

>>>>>>>>>>>>>> mastigando, na certeza<<<<<<


é aqui e ali
que me disperso
no recreio do destino,
quero vencer o tempo
na esquina dos minutos,
quero partir . . . ficando
e ficando, quero partir
numa missão clandestina,
eu vou comer o mundo,
mastigando, na certeza,
que me alimento de ti,
poesia-fotos-video:poetaseusou

56 comentários:

Duarte disse...

A natureza! criadora de encantos...
como os que nos trazes hoje.
A certeza que apontas é, com certeza,
um acerto, ao que nos habituaste...

Vais na boa direcção

Um abraço para o caminho

Mai disse...

Cheguei aqui via multiolhares...
Fantástico mundo!
Belíssima fotografia.
Texto notável, brilhante.
Sim, és Poeta.
Abraços.
Voltarei.

gaivota disse...

olhei estas fotos e lembrei-me das lagoas de pataias... como o tempo corre tantooooooooooooo
vim por vale de cambra e mais uma vitória dos meus rapazesssssssss
5 golinhos lindos, a 1!
pilipares

Angel of Light disse...

Querido "poetatués", que lindas fotos, principalmente a segunda. Fiquei pasmada com aquele entrelaçado à beira d'água, como que a proteger a margem... ou não!

Já tinha saudadinhas em te visitar!

Cubro-te de luzinhas de cor rosa.

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Sol da meia noite disse...

Há por vezes uma sensação estranha em nós...
Oscilamos... só estamos bem onde não estamos...
O eterno querer e não querer que se cruzam...
Mas o sentir, nos mostra o caminho a seguir.

Amigo, jinhos te deixo * *

Ana disse...

Agora já sei com é este poeta...
Gostei de te conhecer, finalmente!

Abraço sorridente

Chinha disse...

Um turbilhã de incertezas?

Partir para ficar ou ficar para não partir?

Acho que queres ficar....Acho que sim

bom domingo

bjinhos

Gostei da imagem no perfil....

GarçaReal disse...

Saí do lago com a certeza de querer vir sobrevoar , vencendo o tempo...
Este partir que me pede o regresso , permite que ainda possa poisar um pouco ao pé dos patinhos.

A noite vai alta e gélida por estas terras...

Bjgrande do Lago

Um pilipar para o domingo da gaivota

Menina do Rio disse...

Nem sei o que dizer de tanta beleza!

Versos e imagens se completam!

Beijinhos

Miosotis disse...

... o 'recreio do destino', por vezes é doloroso!

Lindas as fotos da natureza na sua pura 'transparência'!

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'!
Um beijo,

Multiolhares disse...

É neste mundo sem mundo
que nos dissipamos, procurando sem procurar,
encontramos sem encontrar

beijos nossos

daniel disse...

Poetaeusou

Certeza. certeza é de que o poeta trata de tudo com poesia de uma certa pureza!...

Um abraço,
Daniel

Juani lopes disse...

es aqui donde yo paro mi tiempo
y disfruto con tus versos
saluditos

tulipa disse...

Não há nada mais fascinante e cativante do que conhecer in loco novas culturas.
Assim o fiz mais uma vez.
Sou uma privilegiada, Deus tem sido meu Amigo por me proporcionar momentos tão magníficos.
Consegui realizar mais um sonho na minha vida.

Noutras áreas a coisa não corre muito bem, mas a Esperança é a última a morrer, continuo diariamente na luta por aquilo que quero, hei-de conseguir.

Beijinhos.
Boa semana.

Também regresso HOJE depois de 12 dias ausente.

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
procuro manter,
o meu norte . . . da vida,
,
um abraço de amizade,
deixo.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mai
,
poeta com ( . . .)
,
fico grato pela tua visita, e
sensibilizado com as palavras
que aqui deixas,
,
irei visitar o teu cantinho,
,
coloridas conchinhas,
envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
dequetefostes lembrar, á pariga,
olha na lagoa de fanhais, eu
sempre a conheci com este nome,
ia morrendo, miga, foi numa
quinta-feira de ascensão, maio,
numa merenda á moda da praia,
eu a olhar prá a lagoa a lagoa
a olhar pra mim, mergulhiiiiii !,
lá vom a atravessar a lagoa
armado em batista pereira no
canal da mancha, 100 metros,
naqueirassaberí, no meio da lagoa
sinto a água a sugar-me, eu a
tentar entender o que se passava,
levantava os braços, o grupo
pensava que estava no gozo,
eu era a estrela da natação com
um sétimo lugar, numa travessia
cova do vapor-bugio, só chegaram
7 ao fim, obviamente, dizia eu,
quando notei que tinha caído
num redemoinho, fiz um golpe
de asa como as gaivotas, só te
digo que foi um “esprito” que me
salvou, qual o fenómeno, a lagoa
tem uma ligação com o mar e
realmente nota-se, a lagoa vazar
e encher, conforme as marés,
olha . . . regredi no tempo …
,
pilipares das meninas, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Angel of Light
,
e a luz feita anjo,
inundou o meu cantinho,
solidificando raízes
em entrelaçada amizade
,
sabes,
hoje o meu poste
encher-se-á de luz
e imateriais anjos,
,
até logo amiga
conchinhas
de um claro dia, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
como sou isso tudo,
o tudo para mim é nada,
como o silencio dos gritos
na estranha sensação
de querer novos caminhos
nos caminhos já percorridos
de alguém que espera por nós,
,
jinos envolvidos
num sol de Outono,
envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
poeta com reticencias,
indigno . . .
das reticencias dos poetas,
,
envio-te os ecos
de crianças cantando,
que aqui vão a passar,
uma canção que nunca gostei,
por não aceitar, que a minha
prima celeste, de quem eu não
gostava, fosse dona de um jardim,
,
e lá vão elas,
fui ao jardim da celeste,
giroflé, giroflá . . .
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Poeta, as tuas fotos, o poema e o video, estão
S U B L I M E S ... Adorei, a qualidade é apanágio do teu blogue...
Voltando atrás no tempo, no dia
19 de Julho de 2007, postas-te as Gaivotas roubadas e foram roubadas por mim, devo ter gostado e retirei-as do teu blogue e ficaram misturadas com as minhas...

Com o tempo esqueci que as Gaivotas eram tuas e postei-as eu, sem referir de quem eram!...
Peço perdão pelo facto, foi inveluntário... Ao ler o teu texto, algo me disse que estavas a referir-te a mim sem dizeres quem era... Andei a pesquizar e só agora,
cheguei á conclusão do facto, mais uma vez peço desculpa, tenho perdão ???

Adoro-te Poeta e não queria que ficasses zangado comigo!!!

Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

PoesiaMGD disse...

Que deliciosas imagens e palavras a condizer!
Uma boa semana
http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

f_mg disse...

lindo lindo

um abraço

cristal disse...

Olá Poeta

Hoje fala-nos de momentos de inquietação... o querer ficar e ao mesmo tempo partir,o querer partir e ao mesmo tempo ficar...( António Variações também fala desse estado de alma numa sua canção)
Mas também fala em certeza...e com certeza de que vai continuar a vencer o tempo e a dispersar-se na procura de momentos e lugares como o que nos traz hoje, verde,tranquilo, ouvindo-se ao longe o sino da igreja convidando à serenidade... acompanhado por este excelente instrumental de Tom Jobim...
Gostei muito (como sempre)

Um Abraço amigo e uma mão-cheia de *** do mar

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
.
é . . .
na incerteza das certezas,
fica a certeza . . . incerta,
,
anoiteceres de jinos,
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Tuas fotos e palavras encantam demais meu amigo.
E vamos nós, poetas, plantando as palavras nos papeis que surgem em nossas mãos. Belo meu amigo!

Pérolas incandescentes de belas palavras entrego em tuas mãso.

Eärwen

Gerlane disse...

Estamos sempre partindo, caminhando, regressando nos jardins que se estendem pela vereda central da vida.

* Uma boa semana! Beijos, poeta!

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
no começo da gélida noite,
envio um pilipar feito jino,
no esvoaçar da gaivota,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
menina do rio
,
é a simpatia dos teus olhos,
que te escrever assim . .
,
conchinhas nocturnas, envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Miosótis
,
grato amiga,
pelas tuas palavras,
,
brisas de simpatia,
envio-te
,
*

Eduardo Aleixo disse...

Lindo poema, lindas fotos.
Gostei de o conhecer na foto do perfil.
Obrigado pela partilha de mais este momento poético.
Um abraço.
Eduardo

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
é no marejar das marés
que os atalhos são trilhados,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
na certeza
de um abraço
que te envio,
,
*

gaivota disse...

nessas águas nunca me assustei,nem na nazaré, a sério mesmo foi em s. julião, naqueles mares da ericeira!
ah meu, cagaçosssssssssssss
agora é que reparei, que linda foto que aqui tens!!!!!!!!!!!!
como é que foi, a nossa menina é uma esperta..........
pilipares

poetaeusou . . . disse...

*
juani lopes
,
e,
tens sempre
carta branca,
,
saluditos nazarenos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
á esperança,
eu chamo tenacidade,
,
força amiga
,
jinos de amizade
envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
não amiga,
quis “entrar” contigo,
a foto realmente é minha,
expliquei no mail que te enviei,
hehehehe
,
Como tenho as visitas aos blogs
atrasadas deves ter reforçado as
tuas duvidas,
não há crise, como diz a minha
prima celeste . . .
,
um jino, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
PoesiaMGD
,
que surpresa, amiga,
,
grato, vou lá passar,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
_f…mg
,
lindo, como o,
lago pacifico
,
maresias nocturnas,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
a inquietação
da presença na ausência,
na tranquila serenidade,
de um tom jobim inquieto . . .
,
vagas de amizade, envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
ás tuas
incandescentes pérolas
vou cingir ás minhas
luzentes conchinhas
que te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gerlene
,
encantados jardins,
que nos apelam ao regresso,
nos trilhos da vida . . . vivida
,
maresias de simpatia,
te envolvo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
eduardo aleixo
,
amigo,
tenho as visitas em atraso,
desculpa-me, penso regularizá-las
a partir de amanha , , ,
,
um abraço, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
S, Julião da Barra ?
eras secretária do Salazar ?
hehehehe
fostesssssss ?
tou azuliiiii
,
pilipares nocturnos
,
*

Utopia das Palavras disse...

Acolá...
a incerteza
que inquieta
porém...
na certeza
que desperta...!

Beijo, poeta

Eduardo Aleixo disse...

Ora essa! Entre nós não haja esses problemas das visitas de carácter institucional! Aparece quando quiser ( es ). Um dia, se Deus quiser, havemos de nos encontrar. Abraço.
EA

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
além
no virar do tempo
alimento
o destino
das inquietações,
,
um mar de jinos, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eduardo Aleixo
,
concordo
e aliviado fiquei,
,
abraço,
,
*

lua prateada disse...

Além de bom poeta ...bom fotógrafo...
Beijinho prateado com carinho

SOL

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
,
simpatia . . . tua,
grato,
,
amanhã,
vou visitar o teu cantinho,
,
brisas mareantes, envio-te,
,
*

gaivota disse...

ah oh, s. julião, da ericeiraaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
essas de secretariado desse povo, não é comigo, outras secretárias talvez... eheheheheheheheheheh
lolololololololololol
pilipares

Ana Martins disse...

"...eu vou comer o mundo,
mastigando, na certeza,
que me alimento de ti,...

ENCANTADA!

Beijinhos

Paula Raposo disse...

Gosto deste poema. Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
compreendido, vasco santana,
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana martins
,
metáforas, como sabes,
,
conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
és um mimo,
como sempre,
,
jinos
,
*