novembro 20, 2008

>>>>>>>>>>>>>> leva-me ao sol-pôr<<<<<<<<<


meu sol – nascente
das boreais auroras
leva-me ao pôr-do-sol
o lusco-fusco dos amantes,
embrulha a nortada da manhã
nos purpúreos reflexos do ocaso,
fecundando o contorno da volúpia
em delírios sufocados por poemas,
enfarta-me no festim das loucuras
nas desprendidas belezas ofertadas,
onde mergulho o secreto despertar
na fronteira desvairada que há em ti,
poema-fotos-video:poetaeusou

44 comentários:

gaivota disse...

olha cá meu, qu'é isto? onde fôtes tu agarrar estes sóis???
ah pois é, na praia da nazaré, onde não se pode andar em pé!!!
também quero irrrrrrrrrrrrrr
vim duns sticks&bolas com patins, 6-0 aos galos, de barcelos...
já eram, estes nortenhos...
pilipares

Ana Martins disse...

Adoro ver o PÔR DO SOL, e ler os seus poemas!

Beijinhos

Sol da meia noite disse...

Do sol nascente
Ao pôr-do-sol
Um tempo de espera
Que aguarda
O tempo dos reflexos
Que em delirantes danças
Convidam ao festim
Que o luco-fusco oferece

Jinho, te deixo *

Ana disse...

A hora mágica dos poetas e dos amantes.
Um beijo.

Mariz disse...

Mas que artista completo vem saindo de si a descoberto. Parabéns.
Embora se esquecesse... volto a visitá-lo depois de uma longa ausência minha...mesmo sem que desse por ela - não podemos gostar de toda a gente, não é?

Fique bem

Mariz

Teresa Durães disse...

O pôr-do-sol é uma despedida do dia anunciando a noite que se avizinha. Onde as paixões são consumidas

(isto está em verso?)

Paula Raposo disse...

Belo poema!! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
grande treinadora,
me saíste, hehehe,
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana martins
,
o sol-pôr,
o instante meditativo,
,
maresias de outono, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
extensões
em filamento
do sol-pôr
como a flor
do tempo,
em festim de paixões,
,
jinos mareantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
a hora,
dos aconteceres . . .
,
um ocaso de jinos, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariz
,
não esqueci não, amiga,
acontece, que á dois meses,
um curto-circuito na minha
rede interna danificou dois
computadores e um deles,
tinha que ser, foi o PC,
onde guardava todos os dados,
dos meus passatempos,
ficheiros de apoio ao blog,
poemas, desenhos, caartons,
fotografias, videos, etc,
,
perdi muitos endereços de blogs,
que ando a recuperar com visitas
que faço a outros e pasme-se,
para recuperar o disco rígido,
tenho orçamentos que oscilam
entre 1.630 a 2.550, €uros,
um autentico roubo . . .
,
espero que aceites esta explicação,
,
marés de simpatias, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
não,
mas tenho inveja,
das tuas curtas e saborosas
prosas, simples, profundas,
soberbas, abstractas,
surrealistas, silenciosas,
gritantes, calmas, revoltas,
variados temas, como os
estados de alma da ... vida,
,
marés de simpatia, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha,
deveras ???
,
grato
,
jino,
,
*

Utopia das Palavras disse...

Sufocante é...
a minha alma
suada
do teu calor...
quando me amanheces
ao sol-pôr
ardente...
no teu desejo
de me ter...!

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
desditosas,
,
fantasias
quimera
imaginações,
sonhos
devaneios
ilusões
utopias
.
tuas ou minhas ?
srsrsrsr,
,
jinos de simpatia, envio-te
,
*

São disse...

Ficou-me o poema iluminado pela terceira foto: lindo!
Beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
bom gosto, amiga,
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

Multiolhares disse...

O sol é a chama viva da vida, da alegria do calor humano, o sol faz-nos viajar das manhãs até as madrugadas dia após dia

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
sol
a água da vida,
,
beijos nossos,
,
*

Um Momento disse...

Mergulhei eu neste belo por do sol em tão belos sentires dos quais ja sentia saudade ...
Beijo grande meu Amigo

(*)

daniel disse...

Poetaeusou

Loucuras, são poesia, ao nascer do nascer do sol!
Abraço,
Daniel

mdsol disse...

hoje só mesmo conchinhas cheias de pressa!
:))

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
entre as marés da manhã,
em - um momento -
senti os sentires de sereia,
,
brisas nocturnas,
,
*

EternaApaixonada disse...

*****

Poeta que encanta nas palavras e nas imagens!
Adoro isso!
O pôr do sol, mágico momento que seduz as almas eternamente apaixonadas...
Beijos

*****

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
a poesia,
declamada ao sol-pôr,
é o esplendor,
da loucura,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
vai amiga, vai,
tempo é dinheiro,
,
brisas, envio-te,
,
*

Pitanga Doce disse...

Nunca vi o pôr do sol na Nazaré, mas assisti à Nazaré em pleno sol. Fantástica!!!!!

poetaeusou . . . disse...

*
EternaApaixonada
,
sedução do sol.
em sol seduzido,
,
maresias nocturnas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
penso,
que o brilho intenso,
foi motivado pela tua presença,
,
coloridos nocturnos nazarenos,
deixo,
,
*

Marlene Maravilha disse...

Qualquer comentário nao estaria a altura do post! Lindissimo! Fotos e poema!
beijo grande

Maripa disse...

Esse sol,brilhante de entontecer,provoca delírios nos poemas...daí a necessidade de mergulharem no mar.

Abraço amigo,poeta.

Manuela disse...

Mas que lindo, adoro por do sol.
Abraço.
Manuela

Duarte disse...

Boas tomas fotográficas, geralmente difíceis de obter.

Sempre tive uma atracção especial pelo pôr-do-sol,
já que o sol nascente quase nunca o vi.

No Mediterrâneo aquela bola de fogo sai do mar acesa, mas sem o esplendor que possui ao cair do dia no nosso Oceano. Mesmo assim pude contemplar esse belo fenómeno durante algum tempo dum decimo segundo andar: belo, mas não fascinante.

O teu belo poema engrandece as capturas...

Um forte abraço

poetaeusou . . . disse...

*
marlene maravilha
,
sempre simpatica, amiga,
,
conchinhas de luz, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
douta maneira de ver,
e certíssima . . .
,
maresias nocturnas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Manuela
,
grato,
,
conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
a minha primeira foto
é do nascer do sol,
nasce sobre as casas
contrarias ao mar,
,
de qualquer modo o momento
em que a terra se afasta do sol,
na sua órbita, é sublime nunca
cansa de ver e lembrar o que
galileu sofreu para convencer
os seus contemporâneos que o
sol não se põe, a terra é que
lhe envia um até amanhã feito
afastamento temporário,
,
um até amanhã, que te desejo,
em forma de abraço,
,
*

Filó disse...

Poeta,

Bonito e sentido poema
As fotos são de um lindo pôr do sol!


Um abraço amigo,

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
senti a tua falta,
,
grato pelas tuas palavras,
,
brisas nocturnas,
,
*

GarçaReal disse...

Se mandasse na vida plena...
Partia flutuando para habitar nas terras do Pôr do sol.......

Lindo

Em pilipares de gaivota e em pleno voo deixo

bjgrande do Lago para ti

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
até eu amiga,
,
há se uma gaivota me levasse,
e para alem do horizonte voasse,
como ao vento uma flor . . .
mais belo seria o sol-pôr,
,
pilipares para o lago,
,
*

Gerlane disse...

Lindos e iluminados versos, poeta!
E as fotos!!! Liiinndas!!!

* Beijos!

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
grato, amiga
,
jinos
,
*