setembro 26, 2008

>>>>>>>>> translúcido abrigo <<<<<<<<<


no meu voar
cingido ao vento
vou arrastar
todas as nuvens,
quero o céu limpo
para que vejas
que eu sou a estrela,
estrela do mar,
e o olhar teu
translúcido abrigo,
vai arrastar-me
com as marés
para o teu colo amigo,
poema e fotos e video:poetaeusou

52 comentários:

Eärwen Tulcakelumë disse...

Digo então ao vento amigo
Que sopre levando as nuvens
Que o mar com toda a maestria
Mostre a estrela linda que és

Palavras de carinho te entrego meu amigo, ao sabor dessas tuas imagens lindas que envolvem e mostram a real beleza deste teu mar.

Pérolas incandescentes de brisa marinha entrego em tuas mãos.

Eärwen

gaivota disse...

o meu mar tá lindo, a nha praia tá
como deve ser...
as meninas? não as vejo, nadam mais pa sul, à nha procura...
o tal abrigo!
piliparesssssssssss

Sol da meia noite disse...

Quanta beleza nestas palavras!

A revelação de uma estrela que guia um olhar.

Jinhos te deixo * *

Marlene Maravilha disse...

Simplesmente lindo!! Fui ao passado tao presente na minha lembranca e vi o Algarve!
amei!!
beijos

daniel disse...

Poetaeusou

O alvocer e a poesia. Como me sinto bem com ambas!...
Um abraço,
Daniel

Filó disse...

Que amanhecer...que acordar
Um grito ao vento, fazendo ecos de mar com vagas de maresia .
Um olhar de abrigo
CONSEGUIDO !
Poeta, Divino este seu mar ao amanhecer embrulhado nesta bonita poesia !

Abraço amigo

as velas ardem ate ao fim disse...

Pois eu é mais adormecer!

um bjo

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
recebo o carinho
das tuas palavras,
estrela amiga
de incandescente luz,
,
ardentes conchinhas , deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
por onde andas ?
tá a sardinha acamada,
hoje já mederem 10 kg dela,
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
o teu olhar
á noite, é o sol,
é o farol
do meu rumar
e quem se afoite
pisando a areia
ouve a sereia
no sol da meia noite
,
conchinhas, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
marlene maravilha
,
o navegar
da barca bela
é uma tela
pintada pelo mar
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
começar o dia
a ver o sol nascer
é como escrever . . . poesia
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
ao acordar
com o som do vento
salto contente
quase a voar
sim . . . vou fotar
e sorridente
espero o momento
de divisar . . . o mar
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
as velas ardem até ao fim
,
um pormenor,
um acaso do ocaso,
um crepúsculo
ao nascer do dia.,
no vértice da fantasia,
,
Conchinhas
,
*

gotadevidro disse...

Bem poeta....Não posso garantir que estejas "safo".No entanto sempre diminuis as probabilidades.
Nada na vida é garantido!

Obrigada pela visita e bom fim de semana

beijo

poetaeusou . . . disse...

*
gotadevidro
,
acho que mereço,
obrigado,
,
buzios sonantes, deixo,
,
*

João Videira Santos disse...

...E eis como as fotos são um poema de olhares...

Teresa Durães disse...

eu, que tenho a mania que sou um pássaro, ainda não consegui limpar o céu :)

poetaeusou . . . disse...

*
João Videira Santos
,
pétalas
do ambiente
que me rodeia,
,
registo a visita
agradecendo desde já,
,
.

ANA DINIZ disse...

Olhar-ímã
Olhar-sereia
Olhar da mulher
Capitu de Machado
Olhar que encanta
Olhar que seduz

"Sou a estrela"
Você se apaixona
E "me arrasta"...


Beijos, amigo.

Ana

ANA DINIZ disse...

Fiz dois poeminhas pra vc lá no blog...


Beijinhos.

Ana

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
nem tentes amiga,
se soubesses da tralha que gira
em torno das nossas cabeças,
desde que o yuri gagarin e o
louis armstrong andaram por lá…
,
conchinhas do espaço, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana diniz
,
olhares,
são raios de sol
é tela e pincel
são o meu farol
em favos de mel
nos . . . mares,
,
búzios sonantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana diniz
,
vou já cuscar . . .
,
maresias de verão,
deixo-te,
,
*

GarçaReal disse...

Só agora chego.....
Dormia no lago, senti o teu voar cingindo ao vento, qual Garça Real em voo no azul celeste...
O céu estava limpo e lá estava a estrela
Serias tu?

bjgrande do Lago
Levo a gaivota....Vai também voar com a Garça.

Iana disse...

Amigos são anjos
e também são estrelas

o olhar doce no meio das ondas
brilhos de sol radiante

nas praias de águas serenas
nasce um ser deslumbrante....

Hoje muitas flores fui colher
para meu Poeta amigo oferecer...

Beijos perfumados
Iana!!!

gaivota disse...

ah cagão................
amanhã faço uma sardinha aqui na nha aldeia, sardinha da praia pois claro... trouxe 8 kg...e tenho aí mais outros tantos...
já encomendei daquela, do natal...
mas não as ponho no garrafão, ou talvez umas quantas e depois tenho que arranjar equipa para cá vir!
bom proveito, por agora
se soubesses os preços daqui da praça de loures... nem digo!!!
jinhossssssssssssss

Carol disse...

Que nunca sejas estrela cadente!

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
não quis interromper
o teu majestoso voar,
em plena via láctea acenei-te,
não me deves ter visto,
hora de ponta, amiga . . .
,
acolhe bem a gaivota,
,
deixo-te jinos e pilipares
estendidos á realgarça,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
as flores são raios de sol
estrelas perfumadas,
águas serenadas,
são anjos de luz,
,
conchinhas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
sardinha fresquinha
bonita a saltar
chegou a gaivota
com ela do mar
são muitos cabazes
meu deus que riqueza
com esta sardinha
prateada fresquinha
fartura há na mesa,
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carol
,
terei que ser um dia, amiga,
,
como diz a canção,
,
tudo passa, tudo passará,
e nada fica, nada ficará . . .
,
conchinhas,
,
*

Ricardo Galvão de Mello disse...

Que poema esplendoroso, extasiante!

pegas nos elementos mais normais e transformas nisto...!

CAda vez mais me apaixono por poesia por ver exemplos como tu!

adoros os teus textos e videos, plo menos o que tive oportunidade de ver! os meus parabéns!

se puderes dar um pulinho ao meu cantinho...;)

um abraço

PILAR disse...

Poeta

Ler-te dá sentido a um poema de Natália Correia:
" Creio nos anjos que andam pelo mundo..."


Obrigada

Dois Rios disse...

o seu voar cingido ao vento
nos tráz versos e imagens de
encantamento.

beijos,
inês

Esmeralda disse...

Do AMOR nasce a CORAGEM.
Da CORAGEM...
...um final feliz?

poetaeusou . . . disse...

*
Ricardo Galvão de Mello
,
é a bondade dos
teus olhos, que me lêem,
,
irei conhecer-te,
,
abç.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pilar
,
Creio nos anjos que andam pelo mundo,
creio na deusa com olhos de diamantes,
creio em amores lunares com piano ao fundo,
creio nas lendas, nas fadas, nos atlantes;
,
in-natalia correia
,
é . . . eu creio em tudo . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Dois Rios
,
encantados
encantamentos,
no encanto
do teu canto . . .
,
cantadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Esmeralda
,
da coragem nasce . . .
. . . o medo !!!
,
maresias nocturnas,
,
*

R.G. disse...

Um abrigo...
que acalme o coração
e traga Esperança.

Beijo perdido

Multiolhares disse...

É bom ter um colo a raiar da aurora

beijos nossos

Duarte disse...

Amanheceres de águas quedas.
Fulgores apagados.
Que placidez!

Esse é o colo que nunca falha...

Un abraço

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
.
cais de abrigo,
em estrelado mar,
,
maresias, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
abrigo
do porto amigo,
beijos nossos
,
*
É

Paula Raposo disse...

Amanhecer ou entardecer fantásticos que já tive o privilégio de contemplar!! Adorei rever aqui...beijos.

Juani lopes disse...

Pues ven a Valencia, aqui tenemos mucha nubes y necesito que alguien limpie el cielo pues no puedo ver las estrellas
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
.
placidez
o sossego do amanhecer,
,
Um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
gostastisssssss ???
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
irei á terra,
das flores, da luz e do amor,
e agora das nuvens . . .
,
saluditos
,
*

mariam disse...

:)

mariam

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
poetaeusou ...
,
conchinhas
,
*