agosto 03, 2008

>>>>>>>>>>>>>> marcar balizas <<<<<<<<<


só o odor
de uma flor
abate redes
marca balizas
destrói barreiras
só o odor
de uma flor
verte o sabor
da liberdade
dá felicidade
canta o amor
poema e fotos: poetaeusou

40 comentários:

Esmeralda disse...

Boa noite poeta...

E que flor tem tamanho odor que consegue tudo isso?

beijocas

Duarte disse...

As flores impactam, são vigorosas, enobrecem.
Os grandes acontecimentos celebram-se com flores.
Como os grandes resultados desportivos.
A conquista dum grande amor.
A flor que seja: uma rosa, uma orquídea, uma tulipa...
Flores, muitas flores,
que nuca faltem flores.
Mesmo na despedida...

Um grande abraço

Multiolhares disse...

As flores tem essa força,
elas cantam a liberdade
Exaltam o amor
Cantam aos namorados
Selam o amor no casamento
Podem ser um acto de contrição
Ofertadas em aniversários
Flores que tanto dizem
Sem palavras tanto falam
Que quando o corpo perece
O seu odor na mortalha permanece

Beijos nossos

gaivota disse...

o odor das flores junto com a maresia única deste nosso mar, dá-lhe toda a expessão para ele poder transmitir o sabor da liberdaded!
beijinhoosssssssssssssssss

daniel disse...

Poetaeusou

Tudo para sermos felizes; dia de Domingo a flor, o campo de jogos e a poesia cantando a amor.
Daniel

Juani lopes disse...

solo las flores rompen barreras, sobre todo si son rosas
saluditos

São disse...

...porque é nas coisas simples que a força do mundo se acolhe.
Que o domingo (te) seja sereno, Poeta!

mdsol disse...

Se canta o amor: Gooooooooooooloooooooooooooooo!
Yes!

conchinhas de golos
:)

Eärwen Tulcakelumë disse...

"O homem ama, porque o amor é a essência da sua alma. Por isso não pode deixar de amar." (Leon Tolstoi)

Só o amor é capaz de derrubar todas as barreiras, sempre.

Pérolas incandescentes de carinho amigo.

Eärwen

Filó disse...

Ser superado pela fragância das flores é uma forma aprazível de derrota !!!!!!!
Receber e oferecer flores é um acto de amor, carinho, ternura , gratidão...
Sempre há flores para aqueles que querem vê-las ...(Henri Matisse)

Muitas flores, sempre!!!

Maria P. disse...

A força de uma flor, nas tuas palavras. Gostei.

Beijinho*m*

Sol da meia noite disse...

Poesia bela e simples, arrancada dum sentir profundo. Dum sentir inebriado pelo aroma duma flor...

Jinhos * *

Gerlane disse...

...E desabrocha sorrisos e encantos!

Uma ótima semana, poeta!

Abraços pra ti!

tulipa disse...

E...
PORQUE ESTAMOS NO VERÃO
APETECE-ME...
a vida ao ar livre!!!

Foi em Junho que descobri
O quanto era bom
estar na tua companhia
Sentir o teu carinho
Aquele lanche jamais imaginado
Cerejas numa taça d'água gelada
oferecidas em bandeja de sensualidade, tuas mãos
os meus lábios,
o toque excitava-me.
E deixa-me dizer-te
Foste único, foste especial.
Partiste sem avisar
Na tua companhia descobri
o sabor das ondas nos teus olhos
Aquele mar que nos espreitava
Cúmplice nos segredava
Sejam felizes
O vosso amor é lindo.
Sonho porque te quero sonhar.

Beijinhos.

Miosotis disse...

... o sortilégio das flores é vasto, concordo!

Qual a flor que se adapta a esse 'odor' pessoal?

Sensibilizada pelas 'conchinhas' poisadas em 'fragmentos' :)
... suponho com odores de maresia...

Borboletinha Lilás disse...

Infelizmente, por razões pessoais, precisei mudar o dominio do meu blog. És uma pessoa importante para mim, por isso vim lhe deixar meu novo link, e gostaria muito de continuar contanto com tuas visitas. Quando o visitar, saberá a quem pertence.
Um grande beijo e aproveito para lhe desejar uma ótima semana.

Borboletinha Lilás

www.borboletinhalilas.blogspot.com

Obrigada pelo carinho e pela amizade.

Sonia Regly disse...

Obrigada pela doce visitinha.Volte outras vezes, fiquei muito feliz.Beijos.

dona tela disse...

Apresento-lhe a minha nova faceta.

Abraço respeitoso.

Paula Raposo disse...

Tão lindas as tuas flores!! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
a flor
de que gostamos,
,
jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
flores,
telas dos olhos,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
flores
do nosso quotidiano,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
a liberdade
são sentimentos sem barreiras,
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
para olvidar a crise . . . !!!
,
abç,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani Lopes
,
sim . . .
matizadas rosas,
violetas,
aloés,
jasmins,
olhai os lírios do campo . . .
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
são
,
a simplicidade
seria a essência do mundo,
se o poder do homem
fosse mais limitado . . .
,
Conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
o golo da vida . . .
porque não,
,
conchinhas de Agosto
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
regredi algum tempo
a um tolstoi
de
Guerra e Paz
,
Incandescentes conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filó
e as tuas palavras,
ressoam a flores,
,
floridasconchinhas,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p
,
flor
a força do olhar,
,
bj.
h,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
a flor
é o belo
espelhado num canteiro . . .
,
Jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gerlane
,
em botões de sentires . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
e o sonho,
activa o apetecer
,
jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
miosótis
,
todas as flores . . .
são uma flor,
,
mareantes conchinhas, dou-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Borboletinha Lilás
,
detecção, com amenidade . . .
,
Gostei do blog
violáceas,
as minhas preferidas,
,
roxas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sónia regly
,
enquanto autorizares,
voltarei . . . sempre,
,
adocicadas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
dona tela
,
irei deixar,
as minhas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
como a paulinha flor,
,
conchinhas,
,
*

Alice Matos disse...

Flores e redes... escolho as flores e deixo que quebrem as fronteiras que me separam do Poeta...

Beijo grande...

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
só uma flor
consegue quebrar fronteiras,
encurtar barreiras,
só uma flor
consegue absorver,
a essencia de uma alice,
,
conjuntas conchinhas, deixo-te.
,
*