julho 23, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>VERMELHÃO<<<<<<<<<



a chama abrasa
o gelo das veias
esfriando a fogueira
do vento vermelho,
vulcões congelam
afogueados pólos
de frígidos desertos,
onde oásis infernais
regelam os desejos
do teu fogo sagrado
poemas e fotos: poetaeusou

42 comentários:

Duarte disse...

Como florescem ante um Sol escaldante de Estio?
Maresia que aviva os corpos... vegetais.
Só um sol rubro do fim do dia tem essa cor.
As cores da nossa terra, quando o dia se despede.
Só tu manejas a metáfora assim,
fazendo-me sentir arrepios vermelhos,
por não expressar-me de igual tom.
Sei, que só esse fogo sagrado,
alimentará a fogueira que activa as minhas veias,
congeladas ante tanta beleza dum mar sem fim.

Desculpa pela usurpação, saiu assim...

Um grande abraço

Chinha disse...

Há uma chama que aquece, que derrete o gelo envolvente.

As fotos plenas de beleza como sempre.

Bjinhos em ti

Ana disse...

Aparentes contradições que sublinham o vermelho do teu sentir.
Um beijo, Poeta.

Carminda Pinho disse...

Poeta,
chamas de encanto, encontrei aqui...

Beijos

daniel disse...

Poetaeusou

Bonito o poema, condiz com as fotografias, mas o pôr do sol é divino.
Daniel

Multiolhares disse...

São tantas contradições
Assim é a vida, feita de dualidade
Mas vermelho por vermelho
Fico com a minha águia e viva o Benfica

beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
vermelhas maresias
gelo sagrado
alimento
do fogo imaculado
sentimento
metaforizado
em ruborizadas sintonias
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
chama . . .
. . .ardor
--- . . . flama
amor . . .
,
conchinhas solares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
vermelho mar
vento azulado
vulcão alado
a contradição do olhar,
,
conchinhas afogueadas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
ficou aqui
a tua chama
feita fogueira,
ufana bandeira
que clama
toda a amizade para ti,
,
encantadas conchinhas
deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
fotografia
o poema do instante
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
sou do benfica
e isso me envaidece,
,
benfiquista
o benfica só crescerá,
se respeitar-mos ou outros clubes,
,
beijos nossos
,
*

Chinha disse...

Hummmmmmm

Gostei da rima,e revi o Pôr do Sol

Isto é mesmo mania.... :)

bjinhos nas conchitas

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
cada louco com a sua ...
la palisse,
,
lucidas conchinhas, dou-te
,
*

Sol da meia noite disse...

... e em tons de vermelho, constróis um sentir...!

Amigo, um beijinho *

Teresa Durães disse...

(fica tudo gelado)

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
escarlate nortada,
abrasada fogueira,
,
acaloradas conchinhas,
te deixo, amiga,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
esfriados vulcões,
emoções ao vento,
,
conchinhas
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

vermelho do fogo
vermelho do amor
da paixão a inflamada
nos corações a navegar
paixão pela vida
paixão pelo mar
paixão equilibrada, divida
entre o vermelho do fogo
e o azul do mar

Mais uma vez as palavras brotam...então entrego em tuas mãos pois com certeza são tuas meu Amigo Poeta!
Obrigado pelo carinho para com o meu mundo que retribuo deixando um mim em palavras.

Pérolas incandescentes de luz e mar.

Eärwen

BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"
(Machado de Assis)

Esmeralda disse...

Um ser, nós, o Homem, a mistura de duas cores:
Vermelho e azul…
…quente e frio.

Traduzem loucura e calmaria.
Temperamento e relaxamento.

Gostei. Voltarei.

beijocas

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
as tuas palavras,
como sempre,
emanam o purificado fogo,
,
ventos abrasadores
afogueadas flamas
nortadas de fogo
chamas de amizade,
como eu gosto
de absorver a tua luz . . .
bem hajas, amiga,
,
conchinhas de mar, te deixo
,
*
,

poetaeusou . . . disse...

*
Esmeralda
,
esperarei,
aqui . . .
,
conchinhas
,
*

Juani lopes disse...

bonito atardecer, rojo intenso que inspira a la pasion
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
a paixão do belo,
,
conchinhas
,
*

mdsol disse...

"o vento vermelho,
...
O teu fogo sagrado"

hummmmmmmm até me lembrei da Fáfá a cantar o vermelho vermelhusco vermelhão...

Quem me dera ser poeta... é que vocês, os poetas, podem mesmo tudo...

:)))))

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
repara bem,
,
não é a fáfá,
mas é, a
daniela mercury que canta,
,
meu coração é vermelho,
é vermelho o meu coração,
vermelhão a vermelhar,
é vermelhaço pois então,
da segunda circular . . .
,
conchinhas matizadas, deixo,
,
*

José António disse...

Um vermmelho muito vivo! gostei.

poetaeusou . . . disse...

*
José António
.
veias
vivo rubras,
afogueadas,
,
abçs,
,
*



Um vermmelho muito vivo! gostei.

23 Julho, 2008 22:38

Paula Raposo disse...

Todos estes tons de vermelho juntamente com as palavras, trazem a volúpia à flor da pele! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha
,
nos teus blogs,
não se pode comentar,
que se passa ?
,
jinos,
,
*

mdsol disse...

oh poeta

mas, desseonto de vista, sou AZULONA

:))

mdsol disse...

Irra (pra mim, claro)
Mas, desse ponto de vista, sou azulona!
Assim é que é...
Desculpa tanta gralha
:)

Carla disse...

chama que incendeia a visão com um espectáculo deslumbrante
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
e depois ?
eu já sabia,
,
eu sou um anarca abstracto,
sou do contra aceitando tudo,
segue o meu raciocínio,
se o Benfica fosse Campeão,
como poderia sonhar com o dia
em que o Benfica campeão fosse ?
e como se pode amar sem sofrer ?
e que prazer teria em ser de um
clube que ganha tudo ?
como é o teu caso . . .que seca…
,
não há amor sem sofrimento,
por isso amo o Benfica,e depois ?
,
hehehehehe
,
jinos de amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
vermelhão
fogo dos sentires,
,
jinos amigos,
,
*

Ana disse...

Com tanto calor tudo fica ao rubro!
Pobrezinhas das hortênsias que nem gostam muito de sol:)
Parecem pedir água por amor de Deus...
Faz-lhes a caridade, Poeta.

Abraço

Ana disse...

Olha...se calhar ingani-me...
Já não me parecem hortênsias.
Sejam o que forem, então.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
engraçado,
quando estava a fotar,
a dois metros do precipício
aparece um amigo a gritar
e quando tentava dizer que
não estava com ideias suicidas,
disse-me,estás a pisar criyljknuy,
o nome da planta soou-me assim ...
está em vias de extinção, pá ...
respondi:
já sabia pá,
por estar em vias de extinção é que estou a fotografá-las,
olha é para memória futura ...
safei-me desta . . .
,
conchinhas de criyljknuy,
,
*

mariam disse...

ah! Poeta, meu dia hoje foi assim... como estas belas fotos...vermelho! mas de "raiva, barulho e cansaço)
acalmou-me o frescor deste poema!
um sorriso :)

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
.
olha que a vida é curta,
e para as férias não há cheta,
calminha . . .
,
conchinhas em brisas,
,
*

gaivota disse...

vermelhãooooooooooooo
é provocação, para o benfica...
estão lindas as fotos!
e o poema, bem... está quentinho...
como aqui, no pavilhão...
ao rubro!
beijinhossssssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
meu coração
é vermelho,
,
pilipares,
,
*