julho 10, 2008

>>>>>>>>>>>>>> explosões <<<<<<<<<


as mãos
de sal caiadas
tocam-nos a pele,
poros de maresia
do transpirado mar
desembocam em nós,
os tactos ao sol – pôr
são silvos de foguetes,
que rebentam os sentires
em explosões de loucuras
poema e fotos: poetaeusou

46 comentários:

Duarte disse...

O Sol brinca com o Oceano
ao cair do dia;
por vezes a bruma
entra na brincadeira.
As dunas lavadas
pelo vento
enchem a paria de areia.

Abraços

Duarte disse...

Quis dizer "praia"

Mancha oceânica...

Reconhecido

Ana disse...

Explosões de beleza... as fotos.
Explosões de sentires... as palavras.
Um beijo.

Manuela disse...

Que lindas explosões.
Adorei as fotos.
Abraço
Manuela

Chinha disse...

Explosões de loucuras
Em mares raiados pelo ocaso
Sorrisos envoltos em ternuras
Em conchinhas deixadas em mar raso.

bjinhos

Lindas as fotos....Muito belas

Carminda Pinho disse...

Poeta,
explosão de de alegria, de mar, de amor...
Eu quero explodir, assim...

Beijos

Multiolhares disse...

Entre o mar o seu horizonte e um por de sol, há sempre uma explosão de amor

Beijos nossos

Juani lopes disse...

el mar abraza el sol,
que bonitas fotografias
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
no êxtase
do nosso olhar
o sol,
sente o afastamento da terra
que continua a sua rota,
começando a triste depressão
no acordar dos poetas
na irrisória ilusão dos amanhãs,
diz o poeta:
o sol anda lá no céu,
tão contente atrás da lua . . .
.
não anda, não,
não é Galileu . . . ???
,
Saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
como dizem os meus
amigos funcionários públicos,
,
foi erro do computador,
nunca é dos dados introduzidos,
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
atomos de feitiço,
na fusão dos olhares,
,
conchinhas nucleares, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manuela
,
explosão fadista,
na taverna do encanto,
,
conchinhas, em ré menor,
,
*

Alice Matos disse...

Passeei pelo teu espaço para matar saudades... Está lindo... como sempre...
Explosões de vida... de mar... de paixão... Lindo!
Um beijo para ti...

P.S. A primeira foto parece um olhar fulminante... Olho de fogo...

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
vértice de musas,
nos poemas soltos,
do nosso contentamento,
,
um mar de conchinhas, dou-te
,
*

Paula Raposo disse...

Fotos maravilhosassss!!! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
vamos embarcar no foguetão
que vai partir da nova OTA
construida na esquina da miragem,
,
e cantarás comigo,
,
Neil Armstrong
deu a lua ao mundo
e o mundo se admirou
gagarin foi ao ceu profundo
yôu, yôu, yôu,
eu tambem quero ir á lua,
quero ver o mundo todo azul,
quero ser o colombo dos espaços
levo colombina nos meus braços,
mas eu vou á lua,
se deus quiser
e se puder
levar mulher . . .
hehehehe
,
conchinhas de respeito te deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
em noites de lua-cheia,
nas madrugadas da vida,
das marés que cantam amores,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
abraços,
no advento da noite,
,
conchinhas de amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
que alegria, amiga
eu sinto com a tua visita,
,
tenho ido ao teu cantinho,
volto com o mesmo pressentimento,
passou aqui a ASAE ... só pode,
hehehe
,
há fogo no mar, dizemos por aqui...
,
conchinhas de amizade, aceita . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha,
grato fico,
,
ontem fizeste greve ?
,
jinos "murais"
,
*

gaivota disse...

olha lá coração, pões fotos destas inebriantes, e depois nã queres que tas roubem, ah oh............
loucuras em explosões, depois te conto!!! foi quase...
já me lá quero, com as onda a espraiarem e o salitre a agarrar-se à pele, e estorricar ao sol, e tudo, e tudo, e tudo a que tenho direito!
e quem é de cá é de cá!
ah viva!!!
bjinhosssssssssssssss

São disse...

O poema agradou-me,mas as fotos encantaram-me!!
Beijinhos oceânicos.

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
não está cá ninguem,
que ainda vens tu . . .
já alugas-te a casa ?
olha se te fazem o mesmo,
cánhaprima, alugou os chambres,
e sumiram-se ao meio da noite,
pensava que era só o vale e ...
um abraço expresidente,
nunca esqueço um benfiquista ...
,
dizia, eu . . .
conta-me os enchentes, tá ?
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
o mar,
é uma fonte inesgotavel,
de encanto, de beleza,
de mar . . . enfim,
,
conchinhas de iodo,
,
*

Teresa Durães disse...

lindas fotografias acompanhadas pelo teu poema

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
voando por aí,
vou fotando,
,
conchinhas,
,
*

Sol da meia noite disse...

... e basta um toque...
e sentir...
é explodir...

Belas fotos! Explosão do tempo... de tempos...

Beijinho *

Nilson Barcelli disse...

Parabéns, encontrei um blogue interessantíssimo, com dois aspectos dos quais gosto particularmente: poesia e fotografia.
Confesso que não sei se és melhor numa coisa ou noutra. Mas em qualquer dos casos o nível é excelente.

Abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
detonações,
das tuas palavras
conjecturas
de caiado mar
em ondas de loucuras.
,
Conchinhas de paz, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Nilson Barcelli
,
grato,
,
abrç.,
,
*

Carla disse...

imagens que são uma verdadeira explosão de...beleza!
beijos

Cöllyßry disse...

Explode beleza entre o Ceu e Terra, em Tuas belissimas mãos...

Beijito

Pitanga Doce disse...

Explosões da mais pura beleza!!

abraços doces com cheirinho a pão! hehe

mdsol disse...

as mãos em explosões de loucura?
Ai balhamedeus! Poetas... poetas .. podem sempre tudo!
:)

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
palavras explosivas,
as tuas,
,
jinos em conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cöllyßry
,
diria
no céu e terra,
,
repara na minha modéstia,
he he he,
,
um céu de conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
detonações de pão de ló,
quero . . .
,
uma fornada de conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
é verdade !
o operador da
bomba de neutrões,
trabalha ao soco ...
,
esta não tem piada ...
hehehe
,
tens razão,
um poeta é uma quimera ...
,
conchinhas poéticas,
apesar de tudo,
,
*

Gerlane disse...

E com tanta energia de sol e de mar, não surpreende haver explosões.

Beijos pra ti!

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
mar,
a explosão do olhar,
,
conchinhas mareantes,
,
*

Maria P. disse...

Belíssimas explosões!...

Beijinhos*m*

Miosotis disse...

... um poema algo 'erótico' para fotografias tranquilas! Uma mistura interessante!

Hum! '... poros de maresia...' uma imagem sugestiva!

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
simulados . . .
,
bji,
h,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Miosotis
,
misturas,
de brisas
e brumas de iodo,
em olhos tranquilos,
rasados de amizade,
,
conchinhas amigas
,
*

Ana disse...

E esse magnífico sol também está a pontos de explodir...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
duelo (visual) ao sol,
,
conchinhas solares
,
*