junho 01, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> és tu <<<<<<<<<


lágrimas de pedra
segredados choros
soprando silêncios
engolidos em mim
sorrisos espelhados
tecendo as estrelas
estímulos cantantes
nos olhares inquietos
enfeitando o teu rosto
dizendo - me . . . que és tu
poema e fotos: poetaeusou

33 comentários:

gaivota disse...

e se diz que "és tu...", é porque É!
já nem há lugar para dúvidas, apenas certezas sentidas e firmes, com essa pedra firme, nem que venha um terramoto em forma de ninfa...
beijinhos, meus amigos lindos!

Multiolhares disse...

Silenciosas estrelas
Banhando o mar
Tecendo de luz
Segredando ao luar

Beijos em conchinhas

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Poeta, mais duas belas fotos, desse mar que amamos...
Amigo, fogo, luz, vento, mar;
Quatro palavras, que tanto fazem lembrar, o brilho do teu olhar...
o teu cabelo a esvoaçar
teu sorriso de encantar... Espera...Cerra teus olhos de criança, e não deixes que construão o nosso mundo, sobre barras de cimento... Os construtores deste mundo, só pensam no poder, em luxos e em vitórias, em dinheiro e em glórias... Tudo é oco, tudo é vazio.
Constrói um Mundo de amor, de ternura e amizade, e terás então por fim, concebido a felicidade.
Beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

Helena disse...

Lagrimas de pedra...lindo demais Poeta
cada frase é duma beleza indescritivel
As fotos são como sempre
Voltei a postar no meu blog

Optimo domingo Poeta da Nazaré !

Um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
canto das pedras,
cantos rochosos,
cantatas das falésias,
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luar banhado,
tecendo estrelas,
ouvindo a luz,
no silencio do mar,
,
beijos em buzios
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
fernandinha
,
em 2003, uma ONG, fez um estudo,
ao perfil dos homens/mulheres,
que dominam o mundo com as suas
decisões, repara neste item ...
71%, (setenta e um por cento)não
têm filhos, penso que diz tudo,
nada os prende a este planeta e
como não deixam semente, tambem
não vão deixar terra aravel,
este ideia é muito simplista, mas
que tem qualquer coisita, tem ...
,
conchinhas de esperança,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Helena
,
e as lágrimas continuam,
com a instabilidade do tempo,
,
vou visitar o teu post,
,
conchinhas nazarenas
,
*

Paula Raposo disse...

E o mar é tudo isso...beijos.

Duarte disse...

Em remoinhos,
as ondas chocam entre si,
dilacerando,
tenebrosas.
Só a rocha resiste.
e tu... dizendo-o.

Que tenhas um bom domingo

MirMorena disse...

Seus instantes são maravilhosos....muito me lembram a ilha onde moro...

Bjuss de carinho

Sandra Fonseca disse...

Mais um belo poema que leio aqui.
Beijo

mdsol disse...

:)

Sol da meia noite disse...

Certeza revelada por um olhar inquieto...

Beijinho *

Pitanga Doce disse...

Se sabes quem é...segue atrás.

abraços em dia de chuva

Cöllyßry disse...

O mar, amar e Tu...

Beijito

Alice Matos disse...

Lágrimas e sorrisos...
"enfeitando o teu rosto
dizendo - me . . . que és tu"...
Aqui são as palavras que dizem um pouco do que és...

Um beijo para ti...

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
e mais o que quisermos . . .
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
ondas,
remoinhos de vida,
vida rocha,
resistente,
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MirMorena
,
ilha encantada,
segredos,
em cantados instantes,
,
*

gaivota disse...

oh zé, foram 6... secos...
daaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
jinhosssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
sandra fonseca
,
gratificado, fico,
,
conchinhas de gratidão, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol disse...
,
grato,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia
,
inquietantes certezas,
,
conchinhas, aquietadas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
trilhando,
o sorriso das estrelas . . .
,
conchinhas de pingos de chuva,
,
*

N.M. disse...

Eu ia jurar que tinha comentado este poema. Recordo-o bem.

Coninua a tecer palavras e deixa que o mar verta as lágrimas por nós.

Abraço. :)

poetaeusou . . . disse...

*
Cöllyßry
,
e o teu poder de sintese,
,
obrigado,
,
conchinhas mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
acreditar na humanidade,
é urgente, amiga,
,
conchinhas coloridas, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
6 golos fora de jogo,
hehehehe
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
N.M.
,
aqui não,
e plagiado não foi,
por ter sido escrevinhada,
ontem ao fim da tarde,
a olhar as rochas maritimas,
com uma barreira de chuva,
entre o mar e eu . . .
,
saudações deixo,
,
*

NoMe disse...

Ninguém falou em plágio, amigo. :)

Tive uma sensação de familiariedade com a tua poesia. Se calhar... já te leio há muio tempo.

;)

poetaeusou . . . disse...

*
NoMe
,
o que eu queria dizer,
era que outros não poderiam
plagiar, porque os tinha
"poemado" horas antes . . .
,
está tudo bem,
,
conchinhas amigas, deixo-te
,
*

Um Momento disse...

É rocha , é mar...
è sorrir ao sol , ao luar...
Sorver cada lágrima salgada abraçando cada onda na brisa que passa encantada...

(*)