maio 30, 2008

>>>>>>>>>>>>>> f l o r e m a r <<<<<<<<<

a greve dos pescadores
homens grandes, podes crer . . . mas afinal, não são nada . . .


és o manto
bordado a luar
de verde jardim
aguando as marés
és o manto
de floreadas algas
escondendo destinos
nos permitidos rumos
és o manto
das noites selvagens
enxurradas de seivas
percorrendo as veias
em temporais de vida
poema e fotos: poetaeusou

42 comentários:

Farol disse...

Que bonito campo de
"amor-perfeito"...

Tem uma boa noite

Beijsss

Chinha disse...

Há mantos de beleza espalhados por toda a parte...É preciso saber encontrá-los.

Bjinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Poeta, três fotos, todas elas dintintas mas, todas belas...
Fazes referência á greve dos Pescadores, quase tudo está mal neste País!!!
As forças que à vida dás, forças p'ra viveres a vida, é uma força que está dentro de ti sem tu veres... Quase sempre a vida tem, força da própria vida, mas muitas vezes porém, sentes as forças perdidas...
Resta-te então, recorrer para a tal força que tens invisível, p'ra continuares a manter, a força da vida.
E é essa força escondida, que te serve de defesa, p'ra vida não ser vencida logo á primeira fraqueza!...
Eu estou sempre solidária, beijos Amigo,
Fernandinha

Eärwen Tulcakelumë disse...

Um menestrel sabe bem cantar a beleza da vida, da noite, dos dias...assim és!

Pérolas incandescentes de flores e luz.

Eärwen

Carminda Pinho disse...

Poeta
Bonita a tua lembrança.
Aos pescadores do nosso País...
Belos o poema e, as fotografias, o que já não espanta quem aqui vem assíduamente.

Obrigada Poetamar.:)

Beijos

Multiolhares disse...

Sinto esse manto da existência
Cobrir nosso amor, entre as noites e o amanhecer
Todos os dias das nossas vidas.

Beijos em conchinhas, deixo-te

poetaeusou . . . disse...

*
farol
,
amor-perfeito
perfumando,
os jardins dos olhares,
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
chinha
,
mantos,
de beleza bordados,
pela natureza,
,
conchinhas floridas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
a força da beleza,
que nos rodeia,
não pode ser omitida,
é alimento do nosso olhar,
terra e mar,
do nosso encanto,
esperança de amor e vida,
,
conchinhas de luz,
,
*

Juani lopes disse...

Es un manto lleno de color,olor y belleza, puro y limpio
como el amor
saluditos

gaivota disse...

arte xávega, pesca tradicional, ainda bem que a d. asae não proibiu, já que "corrimão" e outras, já eram...
tens o jardim lindo, cheio de amores, perfeitos!
assim é que é!, toma lá e anda, né repá???
ai ai que temporal acamade p'ái tá...
pipilaresssssss + algasssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
eu trovador me confesso
,
Quando olho para os teus olhos
dor e tristeza se vão
e quando beijo teus lábios
fico sempre mais que são.
Quando me encosto a teu peito
entra em mim a luz do céu,
mas quando dizes: "Eu te amo!"
choro eu à larga e sem véu.
,
in-idade média
,
conchinhas,
hoje e agora,
de chuva torrencial,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
povo, povo ...
,
Vieram profetas
Vieram Doutores
santos milagreiros,
poetas, cantores
cada qual com um discurso diferente
p´ra curar a vida da gente
e a gente parada
fez orelhas moucas
que com falas dessas
as esperanças são poucas
mas quando o Barnabé cá chegou
Toda a gente arribou
Toda a gente arribou
Que é que tem o Barnabé que é diferente dos outros?
,
o sergio godinho em conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
amor
sentimento de pureza
manto de luar
cantando o mar
com a beleza
dovisual de uma flor
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
arte xávega ?
pesca tradicional ?
,
já era,
já foi, amiga,
afaina uma rede de,
quando em vez, para turista ver,
,
come peixe dos viveiros,
a saber a hormonas,
aí, não vão eles,
,
ai tonho, tonho,
tão mal estimado és
ai tonho, tonho,
nem umas meias tens para os pés,
,
mas tens a força da razão,
,
ai quando isto rebentar . . .
já tenho um passaporte iraquiano,
lá estou mais seguro, hehehehe
,
pililipares
,
*

Ofarol disse...

Homens Grandes em tudo e mais uma vez no "sofrimento".
Que manto lindo, bordado de muitas cores e sentimentos, "bordou" mais uma vez o nosso poeta.

Um abraço amigo

poetaeusou . . . disse...

*
farol
,
companheiro C.S.
,
Nazaré
és berço de pescadores,
homens que sabem lutar,
com esperança, fé e braço forte,
nazaré
palco de tantos horrores,
onde os lobos do mar,
desafiam a morte,
,
saudações nazarenas
,
já vou á "volta á nazaré" ...
,
*

Ana disse...

Homens grandes, companheiros do mar.
Fotos tão diferentes, imagens do mesmo sentir.
Um beijo, Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
que sortilégio,
estendermos o olhar,
na encosta do mar,
e o mar ver ... que privilégio,
,
conchinhas matizadas, deixo,
,
*

Gi disse...

vim sentir este cheirinho a maresia feito de imagens e poesia


um beijinho poeta

Manuela disse...

Amigo Poeta posso levar a foto das águas a bater nas rochas?
Adorei o efeito.
Se não puder tudo bem, fico feliz na mesma.
Beijo

Manuela

M@ri@ disse...

Doce Poeta
Vim deixar te um carinho.
Doce brisa que passas...
Trazes o sabor da amizade...
Vem ...
Fica ao meu lado...
Eu vou ficar acordada ...
Para zelar por ti !
Lindo é esse teu sono,
onde posso sentir a tua paz...
Doce brisa que passas!
Trazes uniao aos amigos !!!
Que outrora nem se conheciam ...
Desejo te um lindo fim de semana cheio de paz.
Deixo te um beijo com todo meu carinho
M@ri@

poetaeusou . . . disse...

*
Gi
,
e deixas-te,
o teu perfume,
de > pequenos nadas <
,
conchinhas mariantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manuela
,
Self-Service amiga, Self-Service,
,
conchinhas de iodo, dou-te
,
*

Betty Branco Martins disse...

querido________Poeta




pescadores_______homens de

muita luta

trabalho

e








pois_______que sejam






cantados


falados


poetizados______...





lindo o teu poema









beijO______C______carinhO
bFsemana

poetaeusou . . . disse...

*
M@ri@
,
sinto o sabor
do doce carinho
brisas de amizade
na paz, semeando
e em alegria
colho uma flor
chamo-lhe liberdade
ao vento cantando
ofereço-te , M@ri@
,
conchinhas amigas, deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Betty Branco Martins
,
o mar ameaça,
as ondas açoitam,
atiça o vento
em saltos de manada á solta,
a morte tenta um ultimo cerco,
o barco range no cavername,
já se desfez um mastro,
o rugido do mar
vive agora dentro do barco,
não sou crente, nunca acreditei,
mas só nossa senhora da nazaré,
nos pode salvar . . .
,
in-alves redol,
,
numa experiencia ao vivo,
passada no mar da nazaré
para a feitura do seu livro,
>>>> Uma Fenda na Muralha <<<<
,
conchinhas de bfs,
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Os pescadores cantados e lembrados, por ti, Poeta !

Parabéns pelas fotos !


conchinhas,

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
Contar-te longamente que já foi
num tempo doce coisa amar. E mar.
Contar-te longamente como doi
desembarcar nas ilhas misteriosas.
Contar-te o mar ardente e o verbo amar.
E longamente as coisas perigosas.
,
in-Manuel Alegre
,
conchinhas mareadas
,
*

Pitanga Doce disse...

Se não fosses tão "Nazareno" eu diria que este jardim é em Braga. Têm lá um campo e amores-perfeitos que só vendo.

abraços e... toda vez que falo "nela" lembro-me de ti. E hoje "ela" veio lá. Já fazia algum tempo e chegou meio tímida. Nem sei se é para ficar.

Sol da meia noite disse...

Belo este manto por ti descrito...!
Manto que envolve tantos sentires...

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
é mesmo,
são os jardins
da universidade católica - braga
lindissimo,
tenho postado varias fotos,
,
ela tímida ? ? ?
até perdi a minha timidez !!!
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
abrangente manto,
,
será ?
,
conchinhas amigas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
cobertura de luz,
farol da manhã,
na estrela do norte,
sentimento forte,
e não de forma vã,
num manto que reluz,
,
beijos em conchinhas
,
*

Pitanga Doce disse...

POETA, tímida sim senhor. E delicada e sonhadora, porém muito apaixonada. Assim ela era.

abraços de quem ia com a Rosa a adega buscar a jarra de vinho. Ó céus, que a primeira jarrinha eram elas quem bebiam!! Sabes como é o controle de qualidade. hehe

Duarte disse...

Gente honrada e simples, trabalhadores, dum trabalho duro, perigoso e mal pagado.
Dou apoio total.

Uma vida,
salva;
casca de pinheiro,
flutua.
Pescador...
Oh! Pescador.

Que sejas feliz

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga
,
vinho em jarros ???
,
chamem a ASAE, hóhóhóhóh
chamem a ASAE, hóhóhóhóh
,
conchinhas de mel . . .
,
*

Gerlane disse...

"Temporais de vida" Intenso isso, poeta!

Um bom fim de semana pra ti!

Beijos!

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
grato, amigo(a),
,
tem cautela, óh pescador . . .
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
em vendavais de sonhos,
muitas das vezes,
,
conchinhas amigas,
,
*

Um Momento disse...

Entre mantos de me aconcheguei, aos pescadores o meu sorriso esbocei ... a eles o meu abraço solidário...
A ti... o meu carinho terno e eterno!

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
grato,
,
conchinhos
,
*