março 31, 2008

>>>>>>>>>>>>>> o mar é um poema . . . <<<<


não faças
poemas ao mar
o mar é já um poema
escrito pelas marés
em pinceladas de enleio
desenhado pelas ondas
carpindo vagas de estrofes
nas lágrimas de um povo triste
espraiando salgados choros
das amarguras dos fados
neste barco negro da vida
poema, foto e vídeo: poetaeusou

44 comentários:

MEU DOCE AMOR disse...

Então se o mar é já um poema...é portador de belas palavras e melódicas rimas...

Assim sendo, proponho ao mar que me faça a mim poemas...

Será que aceita?

Um beijinho doce

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
será que andas distraída ...???
,
conchinhas poemadas,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo Poeta, o mar é um poema...
Segue a luz da tua bela Estrela,
fá-la brilhar na tua profissão,
procura sempre que seja a mais bela,
mas não te deixes cair na ambição.

A Vida é uma dura incerteza,
que tens de superar no dia a dia,
colherás com o Amor sua beleza,
envolvê-la-ás com doce alegria.

Surgirão então belos momentos,
de esperança, de forte dedicação,
o homem para além dos pensamentos,
tem de ouvir a voz do coração.

Beijinhos de ternura,
Fernandinha

gaivota disse...

mais palavras para quê???
o mar é um poema
o mar é vida
o mar pertence a quem o ama
o mar fala de amor
o mar é tudo, e tudo e tudo
assim é que é!
toma lá!
pedrinhas e pedrinhas

Helena disse...

O mar é algo de fascinante, uma paixão, onde ja não é preciso escrever palavras...
Basta olhar para ele...

Um beijo

Carminda Pinho disse...

Poeta,
hoje acho-te particularmente inspirado.
Que lindo poema este...palavras, imagens e som magnificos.
Dou-te os meu parabéns!

Beijos

multiolhares disse...

O mar é um poema
Que nos inspira a viver
Dá-nos a força das marés
A quietude no cheiro a maresia
Mata-nos a fome
Lava-nos a alma
Como tu meu poeta
O mar é o amor que há fonte vou beber

Beijos nossos

Um Momento disse...

E em barco me transformei...
Negro ou não...ñ sei...
Apenas sei que a estas marés me lancei
E por lá navegarei,e vontade de a terra voltar...não terei ...
Poemas belos em cada ondulação ...sorverei:)

( não vi o teu video:(, últimamente ñ sei o q se passa com este malvado pc que estou com dificuldades em ver videos:(,mas voltarei mais tarde para ver:))

Deixo um beijo de Bom dia!

(*)

Paula Raposo disse...

O mar é um poema de amor...beijos.

Rosa Maria disse...

Poeta

O Mar é um bem imenso.
O Mar acalma.
O Mar ajuda-nos tanto...

O Mar é mesmo um POEMA!

Beijos

manuela disse...

Olá a Taverna abriu portas a quem quiser cantarolar um pouco.

Abraço

Manuela

R.G. disse...

O mar...
sempre presente...
o mar
que nos inspira...
O mar...
que nos tranquiliza...
O MAR.

Beijo Perdido

poetaeusou . . . disse...

*
fernando & poemas
,
fernandinha,
fiquei sem inspiração,
sabes, amiga minha,
que tu, tens toda a razão ???
,
conchinhas ventosas, hoje,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
oh, mar alto,
oh, mar alto,
no sitio e na pederneira,
mais vale andar, no mar alto,
que na boca da cuscolheira
,
hehehe
,
é do vento !!!
,
buzios sonantes
,
*

Sérgio Figueiredo disse...

Muita razão tens ao dizer "não faças poemas ao mar...o mar é já um poema..."

Perfeito, o mar é o vislumbrar de sentimentos, é paixão, é fonte de inspiração.

O mar, é o sentir das ondas, o cheiro a maresia, perto da areia fina a alimentar o coração de desejos.

Bonito
Fotos bem agradáveis

Gi disse...

que bem me soube passear-me por este teu mar. As palavras podem (eventualmente) ser dispensadas se as substituíres pelas imagens que captas e que aqui nos deixas pois também elas são pedacinhos de poesia. Hoje estou a fazer uma pausa do descanso a que me impus, estive a dar uma vista de olhos no que aqui deixastes nos últimos dias, as fotos de fogo e ouro prenderam-me olhar mais ainda que as outras, estão um espanto ! Gsotei de tudo.

Um beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
e como todas as paixões,
sentimo-las . . .
não se escrevem …
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
anda o Abril no ar, amiga
,
conchinhas coloridas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
fome das marés
alma das maresias
inspirando poesias
clamando quem és
,
Beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
colorado
negro barco
transformado
em poema
dilema
das marés que inventei
irei ?
navegante
no mar da meditação
amante
em cada ondulação,
,
conchinhas mareantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
o amor
é um mar de poemas,
,
jinos “murais”
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
,
o mar
é a brisa de uma rosa,
é uma maria formosa,
é um sublime cantar,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manuela
,
irei tomar um copo,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
r.g.
,
mar,
o cais do meu sonhar
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sérgio figueiredo
,
mar,
o infinito
do nosso olhar,
,
Abç.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gi
,
que bem me soube a tua visita,
como sempre, aliás,
ouro e fogo ou fogo dourado,
exprime-se nos poemas,
expressa-se nas fotos,
provém do . . . mar
,
conchinhas douradas
,
*

Pitanga Doce disse...

É imprescindível que eu volte à Nazaré! As fotos chamam!Pitaaanga!hehe

Chinha disse...

Então levo o mar...

Assim abarco todos os poemas do infinito

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
é na volta da marés,
que se espera a tua volta,
na areia revolta
de estrofes cantados
poemas desenhados
pelos bicos ... dos teus pés,
,
hehehe
,
conchinas em fotos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
chinha
,
deixa-me uma ondinha,
para continuar,
o meu cantar . . . ao mar
,
*
conchinhas
,
*

Pitanga Doce disse...

POETA, ADOREI O POEMA! PODES VOLTAR LÁ EM CASA? TENHO DÚVIDAS!
OBRIGADA!

São disse...

Repito-me: as fotos são uma maravilha e o poema muito bom.
Abraços, Nazareno.

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
já fui,
com tanto cuidado,
que calinei . . .
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
conchinhas de gratidão,
deixo,
,
*

Pitanga Doce disse...

POETA, não faz mal. A tua boa vontade é que conta.
Olha, chamei o AURÉLIO e ele foi lá. Pitanga Doce também é Cultura. hehe

abraços e obrigada.

Sol da meia noite disse...

Como entendo estas palavras...
Nasci e cresci perto do mar, ouvindo histórias do mar...
Nas ondas do mar, tantos destinos estão escritos... tantos se vão cumprindo... tantas lágrimas se derramam... E o mar, continua lá, cumprindo o seu destino.

Jinhos

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
um teu pedido,
é uma ordem,
e eu zeloso, obedeço,
,
conchinas,
extensivas ao aurélio,
,
do sobrinho
,
Tenho o passo marcado
O rumo traçado sem discussão
Tenho um encontro marcado
Com a solidão
Tenho uma pressa danada
Não moro do lado
Não me chamo João
Não gosto nem digo que não
É inútil
,
in chico buarque
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
o sol da meia noite
,
trago comigo o mar, que me deu o
travo da vida, no túnel das ondas,
mãe labirinto,
o mar é mulher,
sabias amiga sol ?
se o mar não fosse mulher,
não teria tantos homens
no seu ventre . . .
,
conchinhas
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Só os Poetas tomarão o mar como um belo poema !

Parabéns, 5 *

Conchinhas do mar,

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
As ondas
quebravam uma a uma
Eu estava só na praia
com a areia e com a espuma
Do mar que cantava só para mim.
,
in-sophia
,
conchinhas
,
*

gaivota disse...

ai o vento, o vento, chama-lhe nomes meu amigo!!!
jinhosssssssssssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
a mãe para a filha:
chama-lhe os nomes todos, filha,
antes que ela te chame a ti . . .
,
xi
,
*

Maria Clarinda disse...

E como tu o sabes descrever em verso e em fotografia meu poeta.
Jinhos com conchinhas para juntar às tuas.

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
,
ai esses olhos, clarinda,
,
conchinhas
,
*