março 13, 2008

>>>>>>>>>>>>>> escuta o horizonte <<<<<<<<<


escuta o horizonte,
e sente o magno ocaso
vertendo o sabor do sol
licor derramado em nós
escuta o horizonte,
e sente a suprema luz
evidenciando o perfil
de unificadas silhuetas
escuta o horizonte,
e sente o ardor nocturno
das escaldantes loucuras
em refúgios consentidos
poema e fotos: poetaeusou

30 comentários:

Um Momento disse...

Uau....

Sorvi o horizonte, em maravilhosas cores...
Senti cada uma , como sendo belas flores...
Aqueceram a minha alma , tão intensos sentires
Ao ver tão belas fotos , acompanhadas de tantos sorrires
Das tuas palavras, um doce licor saboreei
Belas melodias,uma auma devorei...
Meu Amigo...
Estas fotos... estão...LINDAS!
O poema Fantástico...
Repetindo-me mas não me importa...
É SEMPRE um excelênte Momento visitar tão bela "casinha"

Obrigado, mil vezes obrigado

(*)

Ana disse...

Quando aqui chego é o horizonte que escuto e a luz que me envolve.
Um beijo, Poeta.

Oliva verde disse...

Escuta o horizonte e saboreia esta luz, este mar, este sabor!
Lindo!
Beijinhos

gaivota disse...

também fui escutar o horizonte no som de fotos divinais numa tarde linda!
ainda senti alguma areia pela marginal e agora lá está o fosso , a barroca, e o muro de areia para reter a zanga do mar...
porque se terá ele zangada tanto?!?!?!?!?!?!?
pedrinhas e pedrinhas de iodo do norte

Carminda Pinho disse...

Poeta,
e que bem que se está aqui escutando o horizonte...

Bjs

multiolhares disse...

Escuto sempre o horizonte
Ele fala do intocável
Do insaciável do inatingível
Dessa luz que se vê
Mas é ilusão do universo
Mas escuto as tuas palavras
Escaldantes maresias
Ondas consentidas
Em mim

Beijos nossos
luna

as velas ardem ate ao fim disse...

Fico aqui à escuta...bjo

Paula Raposo disse...

Bonitas fotos.

Sol da meia noite disse...

Ouvir a voz do silêncio... um Dom.

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
tuas palavras sorvi,
os momentos,
de um momento, senti.
.
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
sim,
és a luz sonante,
feito hino ao mar,
,
conchinhas de gratidão
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Oliva verde
,
silhueta do mar,
" sempre por perto"
,
conchinhos de luz
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
é o mar,
sempre diferente,
vaidoso,
embora esbelto,
mudando de visual,
hoje, ana salazar
ontem, rolo
amanhã, tenente,
nas galas, augustus
á noite, fátima lopes,
sempre, sempre, natália
------- minha irmã ---
,
narcisista, convencido, rei sol...
,
conchinhas
,

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
hoje lindo
,
num dia primaveril
espero logo um sol-pôr, belo,
,
conchinhas, mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
intocável luz
em universais palavras,
de consentidos quereres,
no mar arável,
rasgando,
os vastos horizontes,
no perfil dos olhares,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
as velas ardem ate ao fim
,
pedirei,
que o som se eleve,
,
conchinhas, coloridas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
sério ???
,
bji
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
e "ele" é "d'oiro",
,
douradas conchinhas
,
*

GarçaReal disse...

Escuto o horizonte...
Em lassidão olho o Pôr do Sol e deixo a alma partir na espera da noite até ser aborvida pela madrugada.

Belo

Bjgrande do lago em ti e um pilipar

gaivota disse...

porque quem fala assim do mar, é gente do mar, sabe o que diz e sente o coração em cada onda...
é um mar de modas, de modinhas...
traz a bagagem e fica um mês
aparece e logo vês!
espumas ao largo salpicado areal
e um beijinho para ti

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
hoje,
na praia do norte,
as ondas formavam um lago,
no extenso areal,
corri para ele,
frustração total,
não vi ... a garça ... no lago,
,
conchinhas
,
*

GarçaReal disse...

Não procuraste bem....

A Garça estava lá e viu-te passar com a tua Gaivota.
Acenou-te mas a distracção tinha tomado conta de ti.

Bjgrande de lá

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
És a rainha das praias
Amante do pescador
Amor não escondas amor
No amor das sete saias
Vistosas no dar a dar
Elas são ninho de amor
Mas se a dor vier do mar
Ao fará que vem traidor
Barcos no mar
Lá lá lá lá
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
como posso redimir-me,
de tamanha distracção ???
,
conchinhas
,
*

LuzdeLua disse...

Escuta o horizonte...
E sente...
Lindo demais.
Passando deixo um abraço amigo.
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
LuzdeLua
,
como são benvindos
os teus dizeres,
.
conchinhas, deixo-te,
,
*

Maria P. disse...

ao entarder...

Beijinho*m*

Acordomar disse...

o ceu da segunda fotografia ta espetacular ...

tá tudo sereno ?

beijoca ;)*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
virá breve
o som nocturno,
,
bji
h
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Acordomar
,
lin(d)a
,
o mar,
é calmo por natureza,
,
respira-se melhor,
nestes caminhos . . .
até quando ???
,
jokas
,
*