março 27, 2008

>>>>>>>>>>>>>> escrevo nas bussolas <<<<<<<


escrevo
palavras sem nexo
geradas na noite
no breu das estrelas
escrevo
palavras cativas
que vivem sozinhas
voando sem asas
escrevo
palavras rasgadas
de letras despidas
bússolas desacertadas
nas esquinas do tempo
poema e fotos: poetaeusou

42 comentários:

Acordomar disse...

gostei muito hoje, desta tua "bussola", com o mar a acompanhar ...

Bksss

Kalinka disse...

Sem pressas...mas com saudades.
De me perder em ti...Aqui...
nas tuas belas imagens.

No 3º aniversário do «kalinka» relembrei as pessoas que deixaram de ser virtuais e fui ao encontro delas para as conhecer, na realidade.
Assim nasceram novas Amizades, com as quais me sinto feliz.

Mas…como a vida segue o seu rumo, mesmo contrariando alguns de má fé que se atravessam no «meu caminho», convido-te.

Vamos?

Suave Toque disse...

Palavras, doces palavras, fotos que encantam.
Tem fotos minhas no blog de fotos.

A ausência no faz sentir saudades.
Saudades de um amor,
Saudades dos amigos,
Saudades de estar no mundo das palavras que amo,
Saudades de estar aqui com você divindo este mundo maravilhoso.
Vim agradecer a visita em Heroi e convidar-te a voltar sempre.

Beijos de carinho

Elcia Belluci

Carminda Pinho disse...

Poeta,
obrigada pelas conchinhas que deixaste, lá...

Beijos

multiolhares disse...

Palavras com nexo
Soltas, na manhã
Cinzenta venho ler
E vestem o poema acertado
Na bússola diária
Que me acompanha

Beijos nossos

gaivota disse...

quase senti esses salpicos aí no canto das pedras...e ouvi essa onda a rebentar, por isso até leio palavras rasgadas sem letras!
lindíssimo poema e fotos...
pedrinhasssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
acordomar
,
não ligues á minha bussola,
procura a tua e segue a rota certa,
,
joka, repleta de amizade, amiga,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
kalinka
,
fui o primeiro a chegar,
porque me olvidas ???
oh cruel desilusão !!!
porque não me ponho
em bicos de pé,
porque sofro com a minha modéstia,
,
hehehehe
,
parabens, amiga
,
um mar de conchinhas, deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Suave Toque
,
virtual toque senti,
suavizando o meu sentir,
toque real, de carinho e amizade,
,
quanta sensibilidade, elcia
,
conchinhas de afectos, para ti,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
eu é que fe agradeço,
pelo tempo que perdes,
com este cantinho . . .
,
vagas de bigados,para ti,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
não te esqueças
de virar a agulha
para o sul . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
fui ao canto das pedras esta manhã,
apanhei um saco de lapas,
tirei fotos, fiz um poema,
só estava eu, as gaivotas e um casal de corvos negros, que andavam
a tentar apanhar sardaniscas na
falésia, mas estava muito frio
para terem exito,
,
olha,
já lavei as lapas por "50 áugas"
não contenham algum virus, que
o mar trouxesse da "ilha do sumiço"
,
adeeeusiiii
,
*

Sol da meia noite disse...

... porque escrever, Poeta, é actualizar o sentir... dizer o que falta, sempre...

Jinhos

GarçaReal disse...

Escrever ...Cansaço?
Não sei

Escreve sempre lindo poeta

bjgrande em ti

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
Canta, poeta, canta!
Violenta o silêncio conformado
Cega com outra luz
a luz do dia
Desassossega o mundo sossegado.
Ensina a cada alma
a sua rebeldia.
.
in - Miguel Torga
,
conchinhas
,
*

gaivota disse...

ah meu, pá ilha do sumiço.........
bem eu sei quem mandava já ireeeeee
e havia de voltar só quando eu mandasse...nem pás festas!!!
isto tá-se a compôr...só faltam essas lapas, grelhadas...com gindungo e...
já pus a mesa, despacha-te!
fica o paãozinho na mesma...

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
amiga,
diz á garcinha do lagoreal,
que eu escreverei sempre
,
porque as palavras
são,
,
partículas fragmentadas
nos átomos de einstein,
segmentando as frasas
por freud estilhaçadas
em ínfimas contracções,
migalhas de mim
nos insignificantes poemas,
afagos de minúsculas letras
deambulando nos verbos,
com os aparados ... aparos
desenhando abecedários
nas brancas folhas, mergulhados,
,
conchinhas de palavras, deixo,
,
*

Sérgio Figueiredo disse...

"Poeta eu Sou"

E dizes que escreves "Palavras sem nexo". Pois bem, se são sem nexo, então continua porque elas valem muito e alegram a poesia.
Gostei de ler.

Abraço

Paula Raposo disse...

Gosto das palavras que rasgas neste poema!! Beijos.

Helena disse...

palavras sentidas
escritas com a alma dum poeta
que bom rever meu cantinho !

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
olha
apanhei uma "pralezia" de frio,
inté tanho as unhas inchadas ...
o mar tava tão benite,
só me apetecia atirar ao mar,
com roupa e tudiii,
mas a lembrar-me que só tenho
esta muda de roupa d'inverno . . .
,
vom pôr a mesa,
,
adeusiii
,
*

Sininho disse...

Escreves a tua alma como só um poeta sabe fazer.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Sérgio Figueiredo
,
é o que sinto
não é falsa modéstia,
.
grato, fico
,
abçs
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
e quando gostas . . .
gostas - la palisse -
,
não nos deixes, tá ? !!!
,
jinos "murais"
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
julguei ver-te
no canto das pedras,
o canto das sereias,
acorri ao teu encontro,
reparei . . .
que era uma rocha, feita helena,
,
conchinhas de respeitos, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sininho
,
os meus poemas ecom,
no extenso promontório,
emitindo via gaivotas,
para o teu,
eco das falésias . . .
,
conchinhas poéticas,
gran capitã,
,
*

R.G. disse...

Escreve
doces palavras
para os que por aqui passam...

Hoje gostei muito das tuas "palavras".

Beijo Perdido

Lyra disse...

Haja palavras!

;O)

Gotika disse...

Ola doce poeta
Bom como já voltastes do "tibete" ou por onde a tua imaginação te levou...
Aqui estou eu para ouvir o rasgo das tuas palavras!
Gosto do sabor que elas me deixam...
Sente o sabor do meu beijo gotiko**

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
gratificado fico,
e continuarei,
com as minhas palavras,
meladas de carinho, amizade,
e respeito, muito e sempre,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lyra
,
Haja palavras!
e tempo para as ler,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gotika
,
sapore di sale, sapore di mare,
,
conchinhas
,
*

Angel of Light disse...

Como sempre o poema e as fotos são magníficas. Mas hoje gostava de te felicitar pelo bom gosto musical! Adoro Enya... adoro as músicas... adoro as letras!... Linda escolha. É uma escolha que me traz sempre muito boas recordações da minha adolescência! Parabéns!

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz!

Marta Ribeiro disse...

ﻷღﻷ Pequeno....
ﻷღﻷ Simples....
  ﻷღﻷ e importante.....
ﻷღﻷ Grande como o amor.....
  ﻷღﻷ Pequeno como a distância.......
ﻷღﻷ Simples como eu.....
  ﻷღﻷ Importante como *VOCÊ*..
----o@@@@@@------ -----@@@@@@!
-o@@@@!!!!!;;;@-------@................::;!@
“O@@!!!!!!!;;;;;;;;@---@.................:;;;;;;!@
@@@!!!!!!!;;;;;;:::.@@.................:;;;;;;;;;!@
@@!!!!!!!!!;;:::::............................;;;;;;;;;;!@
@@@!!!!!;::::......Os amigos............;;;;;;;;!@
-@@!!!!;;:::::....são a melhor ..............;;:;!@
--@@!!:;;:::::::: coisa..........................;;!@
----@!!!!;::::::::... Q Deus fez................@
------!!!!!;:::::::::...............................@
--------!!!;:::::::::::.........................@Por isso
-----------!!!;;:::::::::..................@Valorizo
--------------:::::::::::..............@Os que eu tenho...
------------------::::::::.......@Isso inclui Você!!!

Rosa Maria disse...

Poeta

Apesar de ter estado sempre à beira-mar nem imaginas as saudades que tinha das tuas fotos.

Sabes, são outras "praias"...

Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido amigo Poeta, obrigada pelas belas palavras, que deixas-te no meu cantinho...
Beijos de carinho,
Fernandinha

lua prateada disse...

Amigo por vezes as palavras não são tudo...as imagens e os sonhos que elas nos trazem também nos dizem tanto.
Se um dia precisares de silêncio para pensar em alguem,lembra-te que em silêncio,alguem pensa em ti...
Que teu fim de semana luminoso, lindo e brilhe para ti!...
Beijinho prateado com carinho
SOL

poetaeusou . . . disse...

*
Angel of Light
,
enya,
uma voz etérea,
celestial entoação,
cristal diáfano
,
conchinhas translúcidas
,

poetaeusou . . . disse...

*
Marta Ribeiro
,

A única maneira de ter amigos
é ser amigo,
in - R. Waldo
,
conchinhas de amizade
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
,
pois, pois,
a percorreres
os barlaventos e sotaventos,
hehehe
,
conchinhas friorentas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
grato, amiga,
,
conchinhas mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
,
silencio sonhado
em caladas imagens
de sonhos pensados
nas palavras amigas
,
conchinhas pensantes
,
*