janeiro 27, 2008

>>>>>>>>> seara salgada <<<<<<<<<


olhai a seara salgada,
de esmeraldinas ondas,
liberdade retida nos olhos,
modelada em tatuada pele,
oráculo das infinitas belezas,
nas asas fecundadas do teu colo
poema e fotos: poetaeusou

30 comentários:

multiolhares disse...

Seara verdejante
De liberdade profunda
Oráculo etéreo
De vítrea beleza

Beijos nossos
luna

Alice Matos disse...

Seara de sal...
de beleza infinita e temores gigantes...
Agitação e calma...
Sonho e pesadelo...
Imagem da própria vida...

Beijo grande para ti...

Maria Luar disse...

É necessário amar
É urgente o Amor
É necessário semear
É urgente sonhar
Seara cristalina
Madura azulada pura
É urgente tactear a tua pele
E sentir os teus poemas
Ganhar asas para voar
Para o mar

Marés cheias
de
Abraços

*
xi
*

Sol da meia noite disse...

Sublime!!!
Imagens que falam e palavras que se sentem...

Grande beijo

poetaeusou . . . disse...

*
luna
*
multiolhares
*
Seara mar,
liberdade no olhar,
,
beijos daqui,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
tudo isso,
e mar e mais mar, ainda mar
,
e está um dia de verão,
e venho de fotar,
e videar,
e amanhã irei postar,
,
vagas de jinhos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Luar
,
sonhar semeando,
,
bela imagem
,
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
com a inspiração,
do que nos rodeia
,
marés de beijos,
,
*

GarçaReal disse...

Olhai a seara salgada,
Olhai os lirios do campo,

Belezas infindas que provêm das tuas mãos....Teus poemas.

bjgrande de Bom Final de Domingo

gaivota disse...

seara salgado, onde podes semear o que te apetecer
tudo vai brotar alegremente!
cresc er, crescer e dar os meia belos frutos
só se tá néova...ah meu!...
ah coração, é quase s. brás
nã t'apequentes???
beijos para ti, inxetosos e inliaderos
porque é o que me apetece!!!
H O J E
a esta hora!

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
olhai os lirios do campo,
memorizei-o quase 100%,
do grande erico verissimo,
e a quantidade de traduções,
dos melhores escritores do mundo,
ele erico, tambem traduzido
em 12 idiomas,
,
pilipares da saudosa gaivota,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
á miga,
os banques emprestarem
o dinheiro pós trajes de carnaval,
só paguem no fim do agosto, com o
alugueri dos chambres e dos rooms
só em jures é uma fortuna do bcp,
,
pedra do guilhim de jinos
,
*

Bloga Comigo disse...

Hoje, António Gedeão, Rómulo, fundador de Roma, Vasco da Gama, o Navegador, a física, a química e sempre o amor.

Bjos

Carol disse...

O mar, como eu o adoro!

Beijos de... maresia!

poetaeusou . . . disse...

*
Bloga Comigo
,
e o romulo de carvalho
e o romulo e o remo,
e vou tentar,
ir hoje ao teu cantinho.
,
um jino em brisas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carol
,
se eu fosse uma gaivota,
não cessava de voar,
sempre, sempre, sob o mar,
nunca alterava a minha rota,
,
jinos de iodo, deixo-te
,
*

gaivota disse...

ah pois'é
é sempr'assim, tod's us anes...
o povo empenha-se pó entrud' e hajem chambres pós pagamentes...
bem-hajam Nazarenos!
únicos no mundo!
beijos areados... e
o tal cheiro de mareisa que embriaga a alma!

MEU DOCE AMOR disse...

E nesse oráculo escuto teus segredos feito Amor e Paixão num tapete de Mouras Encantadas no lugar onde Vens Sonhar Comigo

Beijo doce

Maria disse...

Muito bonito. Porque o mar também é arável....

Ana disse...

Seara de palavras que venho colher, porque é urgente a poesia.
Um beijo para ti.

Gi disse...

Como é bela esta tua seara ondulante.

Um beijo, noite feliz

salpicos de espuma

Chinha disse...

Na tua seara e nas asas de teu poema deixo um beijo de Boa semana...

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
2008 é Carnaval,
vamos todos foliar
cegada ou rancho
musica infernal
é Nazaré a cantar
,
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
no meu tapete voador,
regrido ao século VIII,
nas asas do alcorão,
já avisto a magia do fogo
,
Um mar de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
o mar é tudo,
,
Inté
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
é nas palavras da maresia,
que te envio,
searas de poesias
,
Conchinhas de jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gi
,
como é belo
o teu olhar . . . tolerante,
,
búzios sonantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
chinha,
*
*
com os olhos rasos de amizade,
te agradeço,
,
maré de jinhos
,
*

Um Momento disse...

Em seu colo ,a vontade de me aninhar
Nesta imensa seara salgada
Libertam meus olhos o desejo
De a sorver numa onda beijada

( Começo a ficar sem palavras para exprimir o quanto gosto de te visitar)

Beijo muito agradecido!

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
reparei,
será que eu mereço ?
,
buzios sonantes
,
*