novembro 28, 2007

»»»»»»»»» traz - me «««««««««


traz-me de volta
o tempo que perdi
na ânsia de crescer
sem viver o tempo
frustrações presentes
de tempos malogrados
que por não aproveitados
desapareceram em mim
poema e foto: poeta eu sou
foto: album álvaro Laborinho

40 comentários:

Fuser disse...

poeta


excelentes imagens e poema.


abraços

Fuser

Rosa Maria disse...

Poeta

Estas fotos ilustram bem o antes e o agora.
Depois passa pelo Tertúlia, tenho lá uma "pérola made in Nazaré".

Beijinhos

Maria disse...

É sempre tempo de
recomeçar, TUDO!!!!!!!
Excelentes fotos.
Um abraço, hoje!

helena disse...

O tempo passa sem nunca parar
Gostaria também voltar para traz, sabendo o que sei hoje.
Viver os anos todos plenamente, sem ter vontade de crescder muito depressa.
Maldito tempo que nos envelhece dia apos dia.
um beijo Poeta

multiolhares disse...

Por isso há que viver cada momento
Intensamente como se fosse o ultimo
Beijos nossos
luna

gaivota disse...

oh tempo volta pa trás...era tão giro "nesse tempo"...
e essa vista, do promontório, aposto que é mesmo ao pé da pata do cavalo...
escuso de ir aos meus álbuns...
por isso venho aqui, pa ver a naza todos os dias!, daqui
beijoooooooooooooooo

Maria P. disse...

O tempo é nosso, e recomeça sempre...

Beijinho*m*

Um Momento disse...

Hoje de volta não trago o tempo
Mas volto no tempo tragado
Sorvo imagens de beleza infinita
Alimento-me em palavras de extremos sentires
Deixo um beijo abraçado no tempo
Tempos oriundos outrora caminhados,
Podem não ter sido vividos
mas foram aconchegados...
Até ao tempo presente

Beijo entre tempos
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
fuser
*
grato pela visita
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
*
já fui á miga,
comia agora uns carapaus secos,
*
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
*
recomeçar de novo,
*
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
Maldito tempo que nos envelhece dia apos dia.
,
comungo . . .
*
um beijo, helena
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
*
como se fora este
momento a ultima vez,
*
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
é même . . .
,
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
*
ou renova,
os caminhos,
outros . . .
,
ji
h
*

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
*
desaconchados tempos
lamentos
dos tempos não vividos
idos
momentos desperdiçados
tragados
na beleza do desejos
beijos
deste mar que tenho em mim
para ti, assim . . .
*

FERNANDA & SONETOS disse...

Olá Poeta, Lindas Fotos e Poema.
Beijinhos,
Fernandinha

Diannus do Nemi disse...

.

Que caminho isso dá?

Lindo,
Abraço!

.

GarçaReal disse...

Ao fundo no Lago...
Cabeça mergulhada entrre as asas...


Uma Garça pede o tempo que perdeu.
Não viveu esse tempo.

bjgrande poeta

Gi disse...

OOOOOHHHH se isso fosse possível ...
só recordações amigo e quem no-las faça ecordar pro vezes.


Um beijinho

Sol da meia noite disse...

Estás a pedir a lua, Poeta...
Tanto se perde, tanto passa ao lado, ao alcance dum passo...
Como te entendo...

Beijos

gaivota disse...

pois é, coisas que se adivinham, sítios importantes...
mas esse livro do bisavô dos meninos ilhéus, é mêmo muita bom, perco-me nele
não sou bem desse tempo, mas quase (lolololololol)
a história fica sempre, para quema conta e quem a ouve
até logo, vou paíiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & SONETOS
*
Olá,
que cheiro a poesia
*
jinhos de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
Diannus do Nemi,
*
que caminho isso dá?
*
há muito,
que pergunto ao tempo !!!
*
abç
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
num topo do areal,
ao fundo da praia,
uma gaivota,
virada para o vento,
pensando no tempo perdido,
mas achado,
em presente revigorado,
e no futuro vivido,
,
vagas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gi
*
OOOOOHHHH, é possivel, é ...
,
sonhando, simplesmente ...
,
jinos de por-do-sol
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota,
*
é isso,
*
bji
*

poetaeusou . . . disse...

Sol da meia noite
*
repara neste comentário
de um amigo, desta tarde,
,
as oportunidades da vida,
são como o futebol,
quando se nos deparam,
temos que rematar, de pronto ...
*
voos dançantes em jinos
*

amigona avó e a neta princesa disse...

Não sei se diga, se me cale...
beijo,amigo...

Teresa Durães disse...

por isso o melhor é ir fazendo...

poetaeusou . . . disse...

*
amigona avó e a neta princesa
*
é de ouro, o silencio
*
um jino, de amizade
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
*
politicamente correcto,
como diz o tal...politico
*
xi
*

MEU DOCE AMOR disse...

O tempo perdido jamais voltará.

Mas...

Trago-te o tempo presente.O melhor de todos.

Um beijo doce Querido Poeta do Mar.

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
aceito, o presente do presente,
,
beijo de mar
*

MEU DOCE AMOR disse...

Levando o beijo

A COR DO MAR disse...

mocidade... mocidade....

Gostei poeta

Beijoca*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
*
um beijo,
não custa nada,
não custa nada,
lálálálá
*
outro
*

poetaeusou . . . disse...

*
A COR DO MAR
,
mocidade... mocidade...
,
porque fugiste de mim
,
jokas
*

Um Momento disse...

Sorrindo trago-te um "convite"
Acho que vais gostar:))
http://observandoporai.blogspot.com/
Beijo sorridente
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
vou já
*
ji
*