novembro 20, 2007

>>>>>>>>> t r a g o <<<<<<<<<


comigo trago
o travo da vida
no túnel do medo
do teu labirinto
solidão dos sonhos
angustia sentida
em exaustas buscas
perdidas por mim
á tua procura
poema e fotos: poetaeusou

52 comentários:

Paula Raposo disse...

Trago...de um só trago a vida! Belo poema, belas fotos. Começaste bem o dia, hoje!! Beijinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
ou a vida,
é,
intragável ???
,
jinos "murais"
*

Sol da meia noite disse...

Palavras que podia ter sido eu a escrever... exactamente assim me sinto.

Fotos soberbas!
Beijo

GarçaReal disse...

Solidão dos sonhos...

Sonhos que morrem...Que tombam na escuridão.

Angustia sentida

Belo poeta

bjgrande

GarçaReal disse...

Voltei pois não disse que as fotos estão fabulosas...

É o tipo de fotografia que adoro.

Nem sei qual das duas prefiro.

bjgrande aqui do Lago

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
sintonia,
de experiências
vividas,
sentidas,
,
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
labirinticas
angustias
de
sonhados anseios
*
pilipares da minha gaivota
para o tua garça,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
com as belezas que vislumbro,
a 50 metros da minha casa,
qualquer um, fota muito melhor,
,
especialmente uma garça real ...
,
marés de conchinas
desta pitoresca praia
para o teu lagoreal
*

bjgrande aqui do Lago

gaivota disse...

santo deus!!!
fotos espectaculares!!!
o poema, lindo, lindo, lindo...
a solidão dos sonhos nesse farol e nas vagas onde tudo se procura...
beijão

Paula Raposo disse...

'Eu trago o travo intragável, que trago(mesmo assim)diariamente...' Eh eh eh

MIMO-TE disse...

Parece que já disseram tudo!
Assim , só posso acrescentar gostei, voltarei...

Deixo mimos

Sophiamar disse...

O meu mar te dou
com travo de sal
colhido em flor
Por quem muito amou

E ama...e é amada...

Marés...sem solidão...nem angústias...no mar que é e será paixão.

Beijinhos

Sophiamar disse...

Quanto às fotografias, que mais posso dizer do que DIVINAIS?

Divinos abraços

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
na procura das vagas,
os meus vagos sonhos
vagueiam nos teus
são vagas sentidas
que vagueiam, amigas,
mas vagas, meu deus,
*
vagas de iodo, deixo
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
*
não travo o travo, que trago de ti,
de ti trago o travo, que trago,
hihihihi
,
jino gandão, paulinha
*

poetaeusou . . . disse...

*
MIMO-TE
,
grato
volta sempre
o espaço é teu,
*
marés de algas
para ti,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sophiamar
*
travo do mar
sophia tragou
pessoa amou
camões sentiu
gama uniu
ao navegar
*
um mar de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sophiamar
*
divinais ?
os teus olhos,
,
jinos de mar
*

Paula Raposo disse...

Gostei desse teu trocadilho!! Lolol

Um Momento disse...

De sorriso ao peito
Vejo um céu que enaltece
Num olhar de sonho
Que abraçar apetece
No tunel a luz
Ilumina a tua procura
Do labirinto a saida
Em tão bela ternura

Beijo de dia lindo

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
gostei do lolol,
do trocadilho,
,
bji
*

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
sorriso no olhar
em sonho abraçado,
labirinto, luz
no peito ternura
saída do céu
*
beijo de pré por-do-sol,
*

paper-life disse...

Gosto particularmente da união destes dois versos: "no túnel do medo
do teu labirinto"

Sozinhos faziam um poema. Parabéns.

Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
paper-life
*
... ou no meu . . .
*
bigado, amiga
*

Marrie disse...

Algumas "buscas" valem sempre a pena........ esta é uma delas!
bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Marrie
*
e, é tua, a partir de agora,
*
bjs
*

Maria disse...

Excelentes fotos....
... e que dizer da soidão dos sonhos?..........

Inté

cõllybry disse...

Trago na memoria os traços de outora...com saudade é lembrado____

Belas as palavras, belas as imagens...em perfeita sinfonia...

Bjca doce

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
*
isolados sonhos,
*
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
cõllybry
*
memórias traçadas,
buscadas,
lembradas
*
jinos de iodo
*

multiolhares disse...

Travo, trevo
Labirinto, luz
Solidão expirada
Sonhos partilhados
Buscas acabadas
Mãos enlaçadas
Vidas repartidas
Corações ritmados
Em estrelas de luz

Beijos nossos
luna

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
mãos ritmadas
enlaçadas vidas
buscas repartidas
estrelas partilhadas
*
beijos daqui
*

Gi disse...

Com imagens assim quem se cansa de buscar o amor? Até fazem correr atrás dele :)

Um beijo poeta

poetaeusou . . . disse...

*
gi
*
buscar o amor,
em flor buscada,
,
um areal de jinos
*

Isabel-F. disse...

belo ...

como sempre.

bjs

Papoila disse...

Tenho andado um pouco ausente da escrita...

Leio ...e sigo viagem
Beijinhos
BF

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
*
bigado
*
conchinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
*
estás sempre presente,
,
aqui,
,
espumados jinos,
*

Sininho disse...

Gostei muito do poema.
Mas não consigo despegar os olhos destas fotos.
Lindas de morrer!

Abraço

A COR DO MAR disse...

Apanhaste o teu mar sem ondas, é raro...

O poema ta "fixe" ;)

Beijoca*

poetaeusou . . . disse...

*
Sininho
,
amanha serão semelhantes,
com outras tonalidades,
e de sitios diferentes,
,
algas iodosadas, para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
A COR DO MAR
*
lin(d)a
,
hoje está um pouco picado,
manha cedo, vou visita-lo
*
jokas
*

helena disse...

Poeta, essas fotos são lindas demais
ja pensastes em fazer um livro sobre Nazaré com essas fotos ?

beijinho

MEU DOCE AMOR disse...

Estou aqui.

Um beijinho doce :)))

Rosa Maria disse...

O que posso dizer? Repetir-me!
As fotos e os poemas são demais...

Beijinhos

Sophiamar disse...

Trago as tuas palavras de um trago, que nunca intragáveis foram, trago a amizade, o amor e a saudade desse mar que muito em breve irei rever.

marés...

e há pequenos nadas que são tanto

tem um bom amanhecer!

as velas ardem ate ao fim disse...

Um bjo

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
está na calha, realmente,
tenho um pequeno problema,
,
a presunção (e água benta) não
faz parte do meu vocabulário …
vou pensar . . .
*
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
estou aqui,
aqui,
para querer-te
estou aqui,
aqui,
para amar-te,
amoooooor …
,
quem cantava ?
*
areal de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
,
que mais posso fazer ?
,
agradecer e enviar-te
búzios sonantes de carinho,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
,
trago o trago,
do travo do mar
*
um mar de bjinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
as velas ardem ate ao fim
*
um outro
*