novembro 30, 2007

>>>>>>>>> q u e r o - t e <<<<<<<<<


não é este sossego que eu quero
olhar o imenso mar o meu refugio
reinvento em mim novas esperanças
quero-te maré mulher minha ansiedade
meu abrigo da tempestade dos amores
quero cavalgar as ondas do teu corpo
solfejando teus delírios compassados
gemendo nos rochedos dos teus seios
surfando a sofreguidão do ardente cio
poema e foto: poetaeusou

44 comentários:

Rosa Maria disse...

Para uma fotos com ondas tão rebeldes só um poema erótico!

Sempre no teu melhor...

Ondas de beijos

gaivota disse...

eh lá! que poema... logo de manhã...
ontem, esse mar que embebeda o povo, também tava assim..., aí mesmo, ao norte,
acho que tá-se a compôr para o fim de semana... (o mar!)
beijos

Anónimo disse...

que fotos !
que poema !
que vontade tems !

fiz bém aqui vir esta manha, a procura de énergia para principiar este dia.

beijinhos

helena disse...

esse anonimo, sou eu a Helena dos tempos livres..
beijinhos daqui dos meus vulcões

Paula Raposo disse...

Um belíssimo poema!! Adorei! Beijos.

Maria disse...

Aquieta-te poeta, espera um pouco, acalma essa mente, que o amor está quase quase a chegar....

Inté

multiolhares disse...

Vamos descobrir todos esses refúgios
Nas vagas do mar vamos deslizar
Encontrar abrigo na ilha dos delírios
E o desassossego festejar

Beijos nossos
luna

Sophiamar disse...

Quero-te mar...

em maré

cheia

beijinhosssss

Sophiamar disse...

Sabes, poeta, o meu pai sempre usou a boina basca. Saudades! Tantas!!!!!
*

Beijinhosssss

*

Marés da

Isabel

poetaeusou . . . disse...

*
rosa Maria
*
canto o mar,
na feminilidade de deusa,
como diz o gaivota de Redol,
se o mar não fosse mulher,
não arrebatava tantos homens . . .
,
vagas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
emerge do mar,
a essência da imaginação . . .
,
um mar de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
anónima
HELENA
,
o mar é amor,
o mar é paixão,
o mar é vida,
o mar é Inês,
o mar é Isolda,
o mar é Julieta,
o mar é Afrodite,
o mar é . . . o mar,
,
marés de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
um sol vulcânico
irradia de luz,
uma Nazaré colorida
com um mar de cor
anil-esverdeado,
embalado pelo pilipar
das gaivotas sonantes,
que em bailados esvoaçantes,
dançam o vira no ar …
*
beijos de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
*
paulinha
,
pseudo – poemas,
. . . apenas,
,
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
*
está ??? . . .
,
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
delirios
em encontrada ilha,
festejando o mar
em abrigadas vagas
,
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
mar
marés de quereres,
,
jinos mareantes
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
também na Nazaré
era usual,
assim como o,
boné e o barrete,
,
jinos
*

Sininho disse...

Hoje deu-te forte e deu-te bem.
Uma pessoa fica sem respiração!!!

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Sininho
*
efeitos da greve !!!, capitã . . .
hehehe,
*
xi
*

Sol da meia noite disse...

Olha Poeta, nunca temos o que queremos...

Deixo-te beijinhos

MIMO-TE disse...

Que espanto!!!

Belissímo :))

Poema+fotos = excelente :))


Miminhos

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
*
nem mais,
vamos sonhando . . .
*
brisas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
MIMO-TE
*
o mar,
em musa inspiradora,
facilita,
o transformar
lertas em palavras,
arquitectando,
o amar, o mar . . .
*
conchinhas
*

GarçaReal disse...

Mas este seria o sossego que eu quero....Refugio no imenso mar...

Belo...
Hoje exuberante o teu amor,Poeta...Clamando...


Bom fim de semana

Bjgrande aqui do vizinho Lago

Um pilipar à tua Gaivota

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
mar,
mar imenso,
intenso,
refúgio,
das quimeras
e é nelas
que sossegamos,
,
na real,
o mar é teu,
,
bfs.
*
e voos sossegados
para a garça do real lago,
*
xi
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Quero-te, (a)Mar não em acalmia, mas em tempestade !!!


Beijinho em mar revolto,

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
tempestade
delirante,
em
revoltada acalmia...
,
jinos
*

MEU DOCE AMOR disse...

Hummm...

Cavalgar?Dio mio...

Gostei.

Beijinho doce

Alice Matos disse...

Intenso e profundo como o teu mar...

Beijos...

Visita-me no Detalhes...

poetaeusou . . . disse...

*
o meu doce amor
,
apenas e só,
cavalgar a onda,
e,
com bóias de salvação
*
brumas em jinos
*




Gostei.

Beijinho doce

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
*
mar do meu encanto,
,
jinos
*

A COR DO MAR disse...

.. sempre irá aparecer, esse sossegoque desejas

tem um b f semana :)

Beijoca*

Márcia disse...

Mas que lindo cantinho eu vim encontrar... com cheiro a maresia...

E umas fotografias Fantásticas...


Vou voltar...

Beijinho

MEU DOCE AMOR disse...

Nas ondas.

amigona avó e a neta princesa disse...

Ai poeta,nem sabes como fiquei!!!
Lindo!Beijo amigo e tens uma flor no meu cantinho...

poetaeusou . . . disse...

*
A COR DO MAR
*
espero, esperando . . .
*
jokas
*

poetaeusou . . . disse...

*
Márcia
*
a casa � tua,
volta,
*
conchinhas de iodo, deixo
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
*
nas ondas perdidas
em praia frustrada,
preso, sinto a amarra,
das amarguras, sentidas
,
bji
*

poetaeusou . . . disse...

*
amigona avó e a neta princesa
*
receber amizade
é sentir o calor,
no bico de um beija-flor
semeando felicidade
*
bji
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Saber combinar as palavras às fotos é uma arte belíssima tua Poeta!
Este, tal qual os outros, exala beleza, doçura, o encantamento das marés quer... quer-te...

Pérolas incandescentes de harmonia.

Eärwen

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
*
querer o mar,
e a maré,
feita mulher
meu desassossego,
a minha esperança,
o meu segredo,
*
pilipares de gaivotas
*

Um Momento disse...

Ondas rebeldes se saciam
Em brisas sorvidas nos tempos
Imagens tão belas me alimentam
Num poema belo e poderoso

Beijo grande
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
poderoso mar
*
pililipares sonantes,
*