outubro 17, 2007

>>>>>>>>> a m a n t e <<<<<<<<<


bom dia mar
meu fôlego etéreo
alento e esperança
de olhar triunfante
mar da força épica
adamastor ... amante

poema e fotos: poetaeusou

40 comentários:

Sol da meia noite disse...

E fizeste-me lembrar as manhãs de fim de Verão, em que eu cedinho chegava à praia, com o mar falava e nele ficava... para o sentir...

Beijos salgados...

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
já o fiz hoje,
fá-lo todos os dias,
,
enviou-me uma onda
mais atrevida, malandreco . . .
,
brumosos beijos
*

Maria P. disse...

Bom dia (a) mar!

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
*
um dia bom,
do,
meu (a)mar,
*
jino
h
*

MEU DOCE AMOR disse...

Como serão os abraços e os beijos do Adamastor?

Já venho

Um beijo doce:)

Bom diaaaaaaa

Sininho disse...

Tão depressa revolto como de águas calmas.
Eu prefiro as águas calmas para mergulhar e as grandes ondas para admirar de longe...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
*
são fortes como os penedos,
,
porque
,
"o gigante, é um rochedo,
que tem a forma de gente"
,
marés de jinos
,
boooooommmdiaaaaaaaaaa
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sininho
*
as revoltosas aguas, de ontem,
estão hoje calmas, como sereno rio murmujando entre as margens,
feitas praia e promontório,
marujando no seu ecoar nas falésias
,
um xi, em búzios sonantes,
*

Era uma vez um Girassol disse...

Querido poeta, África tem muito que se lhe diga...
Tem palhotas, tem machambas, tem mufanas e tombazanas, mamanas e kokuanas, mas mesmo assim o coração desta gente é bom...
Entendêmo-los como ninguém e assim o reconhecem.
Beijinho

Sophiamar disse...

Bom dia mar
meu eterno amante
Meu maior protector
O meu imenso amor
a ti to dedico
e encantada fico
a olhar-te,ó mar


Sempre te irei amar

Mil conchinhas

Maria disse...

Amiga
amada
Amor
Amante
Lisboa é bela
e tão distante
(Ary)

Inté

Um Momento disse...

Hoje fico-me apenas...
a sentir...
Beijo
(*)

Fernanda e Poemas disse...

Olá amigo Poeta, sempre o nosso eterno MAR.
Sem ele não sei viver;
Tu também.

" Na imensidão da praia ouve o bailado das ondas,
Para...Fica quieto...
Fecho os olhos e concentra-te...
Tenta ouvir cada palavra,
cada murmúrio, cada som...
Olha o infinito misterioso e vê
a Lua sorrir-te..."

Muitos beijinhos com carinho.
Fernandinha

Carminda Pinho disse...

Bom dia Mar!
Bom dia Amor!
Bom dia Poeta do Mar e do Amor.

Bjs

Papoila disse...

Poucos conseguem assim falar com o mar reinventando sempre palavras para o homenagear...

Parabéns

Beijos
BF

poetaeusou . . . disse...

era uma vez um girassol
*
grande flor
,
foi apenas uma nota,
de respeito e ternura,
para os africanos,
especialmente dos nossos,
irmãos de língua portuguesa.
*
Com os sorrisos mais lindos do planalto
Fazem continhas engraçadas de somar
Somam beijos com flores e com suor
E subtraem manhã cedo por luar
*
conchinhas de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
o mar, nosso mar,
fico encantado
por me ser dedicado
mar da sophia,
de Pessoa, Camões, Natália,
Florbela, Branquinho, Brandão,
Torga e o meu Alves Redol,
dos Gaibéus, os avieiros,
uma fenda na muralha,
e o Nobel que merecia,
amália, gritam as velhas na praia,
são loucas, são loucas . . .
e,
aquela janela, virada para o mar,
porque não …
*
búzios marujantes,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
*
Serei tudo o que disserem
por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
falso médico ladrão
prostituta proxeneta
espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado ... não!
*
in) José Carlos Ary dos Santos
*
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
e eu,
sinto,
os teus sentires,
*
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda e poemas
*
dai-me um dia branco,
um mar de beladona
um movimento
inteiro, unido, adormecido
como um só momento
*
vagas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
*
mar, amor
amor, mar
*
bjs
*

poetaeusou . . . disse...

*
papoila
*
mar amigo,
amigo inspiração,
emissário das palavras,
através das marés, ondas, vagas,
minhas musas . . .
*
bjinos
+

multiolhares disse...

De olhar triunfante
Mar, amor, amante...

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
olhar o mar
triunfante
amar,
amante...
.
beijos daqui
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Bom dia, Mar!


Beijinho,

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
mar, deixarei
uma flor rosada
de folha dourada
prova, de que te amei
*
jinos
*

GarçaReal disse...

Tu... Teu mar...Teu sonho...

São o teu viver...A tua esperança.


bjgrande aqui do Lago

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
*
meu mar, meu areal
salgadas lágrimas
purificarei as mágoas
num … lago real
,
pedrinhas de iodo
*

Sophiamar disse...

E a onda
qual moura encantada
revolta, endiabrada
te abraça mar amante
vigoroso,sedutor
de olhar triunfante
és o seu grande amor


dúzias de búzios sonantes

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
QUEM ME DERA SER POETA E PARA FOLHAS DE PAPEL, PASSAR O MAR E O CÉU, FALAR EM RIMAS DO MEU AMOR.
MAS NÃO POSSO MUITO DIZER, NEM BONITO SEI ESCREVER...
PORQUE POETA EU NÃO SOU
*
Reginaldo Santiago
*
pilipares de gaivotas
*

Sophiamar disse...

Lindoooooooooooo!!!!

Se poeta não é
nem bonito sabe escrever
diga lá amigo Zé
aquilo que sabe dizer

amigo do mar eu sei
que resmas sabe escrever
de marés,correntes , ventos
e até de nobres sentimentos
que sobrevêm em momentos
de grande dedicação
em que se dá de corpo e alma
e sem perder a calma
nos oferece o coração

mil anémonas douradas

Gi disse...

Bom dia mar, digo eu também embora seja noite e da minha janela apenas aviste o rio. Mar inspirador que te faz dizer palavras assim. Um beijo

Pitanga disse...

Este mar conhece a "pegada" do Olavo na Bebel. heheh

helena disse...

Bom dia Poeta !
Bom dia Mar dos meus sonhos
Vir aqui é "quase" como tu fazeres esse pequenos passeio a beira desse mar tão lindo, que também é meu...

poetaeusou . . . disse...

*
sopiamar
*
coração bate com calma
aglutina os momentos
corrente de pensamentos
ao mar presto atenção
toda a minha dedicação
entrega de corpo e alma
*
estrelinhas do mar, muitas
*

poetaeusou . . . disse...

*
gi
*
bom dia, gi
,
deixo-te aqui
o meu olhar
ao descortinar
da minha janela
deslumbrante tela
é de esmagar
imensidão, mar
em mim, para ti
*
conchinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
o jáder, ainda é vivo ?
e o Olavo já se curou ?
,
tenho que saber qual a paragem,
da bebel, no calçadão …
,
hhihihi
,
vou presentear a moça
com um estojo de “maquiagem”
sempre a chorar, bebel ?
não, babel,
,
um xi de amizade
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
helena, bom dia
do nosso mar
mar que porfia
em nos querer amar
mar, a salvação
salvação, a bóia
ditosa pena
relembrar Tróia
cantar helena
*
pilipares de gaivotas,
esta manhã centenas
no vasto areal
*

Paula Raposo disse...

Belo poema, Henrique!

poetaeusou . . . disse...

*
paulinha
*
grato
*
xi
*