outubro 21, 2007

>>>>>>>>> j a n e l a s <<<<<<<<<


empedradas janelas
dimensão do tempo
resistente testemunho
dos vagabundos ventos
chorando despedidas
de perdidas conquistas
rasgadas memórias
em sonhados presentes
dos efémeros poderes
poema e fotos: poetaeusou

50 comentários:

Sophiamar disse...

Às vezes abrem-se janelas na nossa vida que nunca deveriam ter existido.Daqui vejo o sol, o mar, a esperança de que melhores dias virão.

Beijinhos mil

Sophiamar disse...

Claro que não me refiro a ti.Tu és um ser de uma bonomia inultrapassável.

Beijinhosssssssssssssssssss

multiolhares disse...

Erosão do vento, molda as janelas do tempo, chorando partidas, trazendo alegria nas chegadas, parando os olhares nas ausências,
assim são as janelas, testemunhas efémeras das nossas memorias.

beijos nossos

Sol da meia noite disse...

Janelas abertas
Ventos que passam
Que trazem e levam
Sonhos... choros... memórias...
Do que resiste... do que se perde...
No empedrado dum tempo...
De tudo o que é efémero...
De nós...

Para quê viver, Poeta?...
Para chegarmos a um fim...

Bom Domingo!
*

Pitanga disse...

POETA, Museu, não digo, mas depois da festa...um estaleiro à reboque. heheh

Carminda Pinho disse...

Poeta,
estás à janela,
com os pensamentos na lua,
não me vou daqui embora sem levar
uma poesia tua.
:)))
Beijinhos

rosa dourada/ondina azul disse...

Belas janelas e belo versejar
Para nelas o mar, contemplar...


Boa semana,
Beijinho,

PoesiaMGD disse...

Meu Deus... que lindo!
Já te disse que gostaria de te "apanhar" a publicar coisas destas em Escritarte.com? Pois... gostava muito!
Um abraço

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
passagem da esperança
em janela aberta
de vida coberta
num mar de bonança
*
maresias de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
bonomia
=
ingenuidade,
sinceridade,
simplicidade,
pachorra,
,
qual delas ?
*
conchinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
.
janelas dos ventos,
olhares nos presentes,
em cantadas memórias,
*
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
medita
,
A vida é sempre a mesma para todos: rede de ilusões e desenganos. O quadro é único, a moldura é que é diferente
,
in: florbela Espanca
,
simplesmente
,
conchinhas de vida
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
com uma boa bigorna,
,
hihihihi
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
*
óh lua que andas tão alta,
nestas noites nebuladas,
vem cá baixo ver como a malta,
tem as contas destapadas ...
,
valeu ?
,
marés de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
janelas,
das realidades,
pela qual nos evadimos,
*
buzios sonantes
*

Fernanda e Poemas disse...

Olá querido amigo Poeta,
Lindas fotos.
O segredo é a alma do negócio, mas eu adorava saber onde fica tão belo lugar.
Muitos beijinhos!
Fernandinha

poetaeusou . . . disse...

*
PoesiaMGD
*
estou,
quase, quase,
quase convencido,
em aceitar
*
,
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda e Poemas
*
fernandinha
*
80% das minhas fotos,
são "instantadas"
num raio de 500 metros,
das minhas janelas,
.
fotos do forte
de s.miguel - nazaré
,
são lindas, linda
*
jinos
*

A COR DO MAR disse...

Ola Poeta
Bonitas estas fotografias. Por acaso tb tenho umas com janelas dessas, da ilha do Baleal.
Um dia destes "pranto-as"

Beijoca;**

A COR DO MAR disse...

as sardinhas estavam boas? obrigada pelo convite ;))

Maria Clarinda disse...

"...chorando despedidas
de perdidas conquistas
rasgadas memórias
em sonhados presentes
dos efémeros poderes..."

As janelas são sempre lindas abertas...estas então abertas sobre o mar, e com palavras tuas, são as mais lindas que vi.
Jinhos mil

paper-life disse...

Qualquer dia tens os teus poemas a competir com as tuas fotos de tão bonitos todos. :)

Bj

Sophiamar disse...

A água, o mar, o sol, o azul, o verde...às vezes não chegam para pintar os dias dos nossos amigos.

Faltam os sorrisos, os beijos, os abraços, as palavras de amor e amizade sussurradas aos ouvidos...

aqui encontro isso tudo. encontramos a matéria-prima para continuar a sorrir, a amar, a viver....

Beijinhos doce poeta, doce homem, doce amigo....lindoooo

Maria P. disse...

Janelas a norte...ou a sul...

Beijinhos*m*

helena disse...

Vim espreitar a tua janela
vi o teu (meu) mar
sempre igual com o tempo que passa
igual como tuas poesias
sempre lindas,
deu para sintir esse barulhozinho das ondas
e sintir essa maresia sobre mim

janela do tempo que passa e nos a passarmos por ele..

um beijo, Poeta !

MEU DOCE AMOR disse...

Para lá do tempo em que os horizontes se tocam num extenso areal tocado pelo mar.

Um beijo doce Lindo Poeta do Mar:)

aryanalee disse...

Janelas abertas para o mar!são portões abertos para a vida!
Que maravilhosas fotos!!!
Boa semana

Carminda Pinho disse...

É isso mesmo amigo,
os cães ladram e a caravana passa.
Felizmente existem cantos como este
em que entramos de boa fé e, saimos com ela ainda mais forte.
Obrigada por partilhares a tua janela.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
*
abre a janela
inspira-te de mar
fita a gaivota
no seu esvoaçar
meta, sua rota
no seu asar
em vela
,
mil jinos
*

Fernanda e Poemas disse...

Querido Amigo, obrigada pela resposta.
Deves viver num lugar privilígiado,
lindo de morrer de tanta beleza,
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
paper-life
*
non
,
e qual a razão ?
,
lendo
através dos tempos
os teus "posts"
,
bj
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
fiquei com os meus olhos,
rasos de agradecimentos,
,
um areal de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
*
janelas,
em frente,
á casa . . .
minha,
*
ji
h
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
janela do tempo que passa e nos a passarmos por ele..
,
num tempo, de tempo perdido,
em nós,
*
um beijo
da janela
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
o mar toca-nos
para alem do horizonte
ou . . .
aquém
de um de um irreal limite,
o móvel horizonte
*
pedrinhas em jinos

poetaeusou . . . disse...

*
arynalee
*
amplos portões,
sem vidros nem portas,
em sorvida beleza
,
bfs
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
*
da minha janela á tua,
vai um mar de amizade,
,
brisas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
a cor do mar
*
pranta-as prá gente as ber,
,
as minhas são do promontório,
forte de s.miguel
,
jokas
*

poetaeusou . . . disse...

*
a cor do mar
*
esta casa é tua
estás sempre convidada,
linda, frescas e ovadas,
*
jokas
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda e Poemas
*
uma terra linda,
podes crer,
*
duas nazarés há no mundo,
ambas belas, sem rival,
uma do médio-oriente profundo
outro neste triste portugal
,
digo eu . . .
,
um beijo
nas asas de um açor
*

Ana disse...

Janelas abertas para o mar, o acesso ao infinito.
Um beijo para um poeta.

Gi disse...

Já te disse que são lindas essas janelas viradas para o mar? Já as aumentei e tudo para ver os pequenos pormenores.

beijinhos

Hoje , finalmente vou catualoizar os links. Vou-te lá pôr quando não tenho que etsar sempre á espera de ires lá para vir cá ...

outro

Maria disse...

Janelas naturais, rasgadas pelos ventos, uivando sobre os mares....

Inté

Isabel-F. disse...

as janelas fascinam-me ...

as fotos são belas como sempre


bjs e boa semana

poetaeusou . . . disse...

*
ana
*
o infinito
a janela do nosso olhar

pseudo-poeta, Ana
,
vagas de maresia para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
aumentada
beleza,
em, g i
,
link,
gostei da indirecta ...
,
marés de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
em liberto, vendaval,
,
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
isabel-f.
*
janela
,
abertura para a vida . . .
,
bjs
*

Um Momento disse...

Belas janelas
Empedradas no tempo
Sonhos se vivem
Conquistados num olhar
Rasgadas tristezas,
Lágrima salgada
Correndo, rolando...
Ao mar ,serena ,irá repousar

Beijo num olhar
(*)

Sininho disse...

Lindíssimas molduras estas!

Abraço