setembro 27, 2007

»»»»»»»»»»»»»» v a g a s ««««««««««««««


selváticas torrentes
nas angustiantes vagas
vendavais escaldantes
percorrem minhas veias
receios atormentados
de inquietas lembranças
poemas desconexos
em submergidos olhares

poema e fotos: poetaeusou

30 comentários:

Sophiamar disse...

Angustiantes vagas sopram num mar desfeito.Remar contra a maré...

Beijinhos, Poeta! Continua!

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
remar contra a maré,
respeitando . . .
o rumo, a rota,
*
buzios sonantes,
para ti,
*

Um Momento disse...

Torrentes de emoções
N'um olhar ,receios de tudo
vendavais nos corações
Na Alma as Lembranças
poemas sentidos,
nas veias inseridos
Por um mundo melhor
Uma terna vaga de esperança

Beijo...de dia lindo

(*)

GarçaReal disse...

Em latentes voares ...Em doces amares..."Em submergidos olhares"...
Assim pairam "tuas inquietas lembranças".

bjgrande

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
um momento de,
"vaga" esperança ...
*
um beijo
de outonal verão,
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
*
inquietações latentes,
amargos olhares,
afundadas lembranças
de brumosos amares
*
bji
*

astrid disse...

«o mar está bravo
as ondas a bater
o mar está bravo,
meu amor vem ver!»

conchinhas para ti

poetaeusou . . . disse...

*
astrid
*
mar é brandura,
sabe quem és,
vem, molha os pés,
sente a frescura,
*
buzios sonantes

multiolhares disse...

Mar selvático
Vagas ciclónicas
Chicoteiam a areia da praia
Que não se pode defender

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
vagas de areia
na praia mar . . .
*
beijos daqui
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Vagas que percorrem o seu caminho,
e varrem de espuma a tua praia !


Para ti um mar de ondas calmas, azul ou verde?

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul

vagas de vida,
semeando o mar,
pão dos pescadores,
tela colorida,
azul esverdeado,
e prateados ouros,
o mar dos poetas ...
*
estrelinhas
*

PoesiaMGD disse...

Muito bem conjugadas as fotos com o poema! Um belo conjunto!

Escritartes.com

Um abraço

Bia disse...

há quem o sangue lhe fervilhe nas veias, em ti fervilha o mar em todo o seu poder de conquista.
beijo meu e até...

Sol da meia noite disse...

Muito bonito este teu pos!

Tudo o que tu no texto referes, percorre neste momento as minhas veias... acredita. Procuro nesta noite a paz.

Beijinhos!

MEU DOCE AMOR disse...

Querido Poeta:

O vendaval aqui me trouxe.E deixo um beijo.Também gosto muito daquela música.Sobretudo desta versão.

Beijo doce Lindo Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
PoesiaMGD
*
casuais poemados
*
abç
*

poetaeusou . . . disse...

*
bia
*
mar fervilhado
por mim amado,
*
no próximo comboio
um apeadeiro te espera
,
um beijo
volta rápido
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
acredito
e daqui envio-te
brisas de paz
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
vagas escaldantes
em conexas torrentes
*
jinos envoltos em maresias
*

Fernanda e Poemas disse...

Poeta meu amigo, que dizer das fotos ? lindas!!!!!!!!!!!!!!!!!
Do poema;
Que adorei!!!!!!!!!!!!
Gosto de te ler nas entrelinhas.
Hás vezes eu reflito e fico a pensar;
Deixa o menino em paz, que mania de procurares aquilo que ele não escreve!?
Mas algo no meu peito amiguinho, me diz que a minha intuição está certa.
Já te estou a aborrecer ?
Não!
Tu és o menino da Nazaré, o grande fotógrafo, que tem uma bela máquina,
senão como poderia tirar tão belas
fotos.
Já pensei comprar uma assim, mas é enorme para andar na minha mala de mão.

Hoje vou dedicar-te umas palavras simpáticas, estou feliz, muito feliz comigo própria. Um dia conto-te a razão!...

" Sombras, silêncio, abismo tão profundo!...
Brisa da noite, trova de embalar
Deixai-me penetrar no vosso mundo,
Onde os humanos não podem entrar.

Quero entender bem o vosso segredo
no riso, no pranto, em diversos tons
cada murmúrio vosso dá calor, dá medo,
quero perceber todos os diferentes sons!...

Quero derramar o meu intenso choro,
sobre o enigma de tão belo coro,
para que chegue longe, bem perto de algúem.

Ó Mundo de hoje! És rima perdida
dum poema triste, feito sem medida,
deixa-me sonhar, para ir mais além!... "

Querido amigo, por hoje é tudo.
Deixo-te muitos beijinhos com carinho.

Fernandinha

Pitanga disse...

Este mar...ah este mar. Assim bravio. É fascinante!

abraços e...por incrível que pareça não conheço a música.

Ana disse...

Entre as vagas de espuma e as vagas de emoção que as palavras contém, não sei quais escolher.
Um beijo para ti, Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda e poemas
*
é como escreves
os poetas (eu pseudo) são dúbios,
enviam mensagens, são meros emissores,
cada um interpreta á sua maneira.
,
o mundo, é uma rima perdida,
que concreta imagem, adorei …
vou glosa-la brevemente,
,
fernandinha
brisas de beijos
no pilipar das gaivotas
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
está incluído no ultimo trabalho
do robertão,
(este não jogou já no FCP) hihi
*
abraço de ternura
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
*
um mar de espuma
em vagas de ternura,
,
para ti
*

Pitanga disse...

POETA, está explicado eu não conhecer a música. Roberto Carlos lança seus discos no fim de ano, pelo Natal. No Natal eu não estava aqui.
abraços e... do jeito que ele gosta de azul, deve torcer pelo Porto, sim.

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
do FCP ?
,
ele é assim tão carente de sensibilidade ?
,
com tanta falta de gosto ?
,
o homem, está senil . . . !!!!!!!!!!
,
coitado,
hehehe
*
abç
*

Maria disse...

Apetece mergulhar....

Inté

Sininho disse...

É o tempo das marés vivas...
Belíssimas fotos.

Abraço