agosto 06, 2007

»»»»»»»»» o l h a r e s «««««««««


na contraluz
reluz o vento
do pensamento
sonhos cintilam
em brisas gravadas
poemas olhados
de olhos esculpidos
nos luzentes sóis
pupilas carentes
de irisados olhares
poema e foto: poetaeusou

24 comentários:

poesiadaspiramides disse...

O vento murmura de mansinho
Ao pensamento esculpido na luz
Que os sonhos brilham felizes
Em olhares ditosos que o sol seduz

beijos nossos

Sophiamar disse...

Os sonhos cintilam mas as pupilas estão carentes. Não têm o mar para olhar? Não têm a amada para imaginar?
Quem sonha tem poderes que lhes permite ultrapassar qualquer obstáculo. Para quem sonha e ama tudo é possível.
Beijinhos

poetaeusou disse...

*
poesiadaspiramides
*
de mansinho
o pensamento
esculpe sonhos
murmura ventos
o olhar de reluz
e são os sentimentos
sempre presentes
que nos seduz
*
beijos daqui
*

Lia disse...

Os teus olhares encantam...
Fotografas com alma, e a combinação destas com as tuas palavras é sublime...

Um beijo

gasolina disse...

Poema com a cadência do mar, vai, vem, shuá-shuá...

Mar calmo como o olhar dos amores.

BEI/de MARÉ

A COR DO MAR disse...

Poeta
um poema cheio de Sol
aliás vejo que tens muito Sol ultimamente ;)

Beijoca*

MEU DOCE AMOR disse...

Um olhar esculpido
No meu coração gravado
Pela seta do cupido
Morrerei por te ter amado

Pintarei em mim os teus olhares
Trazidos de longe pelo vento
Desenhados por eternos mares
Que ficam no meu pensamento

Beijinho doce:)

MEU DOCE AMOR disse...

Poeta das palavras belas
Contigo quero bailar
Imagina-te à luz das velas
Simplesmente a amar

bj :)

MEU DOCE AMOR disse...

Poeta quero uma cerveja
E Amendoins para acompanhar
Para que aqui se veja
Que com uma "loira" se pode amar

Beijinho doce:)

loira=cerveja:))))

poetaeusou disse...

*
Sophiamar
*
o concretizar
nunca é possível
quando o sonho
é unilateral
óh sonhos do meu sonhar …
amar como a infeliz
florbela espanca
ontem focada
na comunicação social
porque a volta a Portugal
esteve em vila viçosa
e alguém a mencionou …
*
jinos do levante
*

poetaeusou disse...

*
gasolina
*
cadenciado amor
em mar chão
da paixão
distendida
na flor da palavra
*
jinos
*

poetaeusou disse...

*
lin(d)a
*
o sol
da cor do mar,
*
jokas
*

poetaeusou disse...

*
meu doce amor
*
pensamento desenhado
no olhar do mar
em que o vento ao pintar
tendo o teu coração como meta
não, do Cupido não quer a seta
porque sempre te tenho amado
*
jinos
*

poetaeusou disse...

*
meu doce amor
*
meu doce abrigo
acende as velas
e ás luzes tão belas
dança comigo
*
beijos
*

poetaeusou disse...

*
meu doce amor
*
só tenho cama
de sumáuma
pois esta que te ama
não bebe, nem fuma ...
*
pimbalhada ???
*
um jino
*

poetaeusou disse...

*
lia
*
os teus olhos
benevolentes
combinam
as tuas sublimes palavras
,
grato
,
jinos
*

MEU DOCE AMOR disse...

Poeta: que engraçado o que escreveste.E ri-me com a "pimbalhada".Temos que arranjar uma música e vamos tocar e cantar nos bailaricos:))))

E dizes a ela que não sabe o que perde.Fumar e beber...um pouquito...o que tem? :)))))

Beijoquinhas

poetaeusou disse...

*
meu doce amor
*
bora. é prajá, minha
*
titulo: vem
musica: zé cabra
,
vem, vem sonhar comigo
meu pooooorto de abriiiigo
vem, vamos cantar
ao sooooom deste maaaaar
,
magia, magia
do fogo, fogaaaaaando
leão sem selva
cantando, bailaaaaaando
,
vem, vamooooos beber
teus láááábios sorver
vem, bebe um pouquiiiiito
veeeeem
mistuuuura um beijiiiito
que mááál isso teeeeem
vem, bebe um pouquiiiiito
veeeeem
mistuuuura um beijiiiito
que mal isso teeeeem
.
lálálááála, láala,láala, lá lá
*
vamos ao gonnnnnnnnchaaaaaaaaaa ...
jinos
*

Paula Raposo disse...

Gostei destas contraluzes...

poetaeusou disse...

*
paulinha
*
acredito piamente
*
beijos mareantes
*

GarçaReal disse...

Aqui procuro guarida...em "Brisas gravadas"....

Sempre imparável ...Poeta

Inspiração inesgotável...Leio-te sempre.

bjgrande ...e ....Real

poetaeusou disse...

*
garça real
*
lago real
guarida encontrada
gravada
nas brisas do areal
*
maresias de jinos
*

Um Momento disse...

O sol me cega
mas ainda assim consigo ler
Sentir tais palavras
De tão belos olhares

Beijo
(*)

poetaeusou disse...

*
um momento
*
dá-me um momento
e morrerei
*
jino
*