abril 05, 2007

»»»»»»»»» 3 - 2 - 1 = versos «««««««««

avermelhada noite, de lua acesa
mulher mármore, arcana lua
ventre da noite, de utopia grávida

amor minguante, de crescente nudez
cheia de aveludados tesouros, em nova arca

lua mulher, virtual amante, que nunca vem
poema/foto: poetaeusou

55 comentários:

dacasadamathilde disse...

Querido Poeta!

Tu afirmas ser poeta. "Poetaeusou". Não tenhas quaisquer dúvidas. Hoje, a lua, musa inspiradora de amantes e poetas, tocou-te.E tão profundamente que este poema emergiu lindíssimo da tua alma. Também olhei a lua e fiquei extasiada mas não tenho os teus dotes nem a tua sensibilidade.
Lindo. Cheia, nova , crescente ou minguante será sempre a lua, eterna amante.
Beijinhos

poetaeusou disse...

***
mathilde
*
afirmo mas pseudo sou...
*
vou ve-la antes de ir dormir,
a "reflexar-se" no mar.
que dista daqui 30 metros.
pensarei em alguem.
presto a minha vassalagem lunar.
pisco o olho pensando no:
gagarine e no armstrong,
porque queriam roubar-me a lua...
*
jinos)
***

=^.^= Tarina =^.^= disse...

Sabes que mais....

Estas tão preocupado com o teu amor que não chega que nao reparaste que as andorinhas aind não fizeram os ninhos...
A tua primaver ainda não chegou... há-de chegar!

1 beijo =^.^=

rosa dourada/ondina azul disse...

Lua mulher,
tão inacessível.

beijo

poetaeusou disse...

***
Tarina
*
Arguta, sagaz …
*
Sabes que na primavera procuro,
no beiral do telhado ver um ninho,
de andorinha, diviso por segundos,
mas…reparo que é simples miragem,
como miragem são as minhas musas,
ninfas, sereias, gaivotas feitas mulher !!!
*
o porquê de só procurar o irreal ?
*
Jinos)
***

poetaeusou disse...

///
rosa dourada/ondina azul
/
ái, se a lua se transmutasse
em rosa prateada ...!!!
/
ji)
///

as velas ardem ate ao fim disse...

Nós os 2 esperamos mas não desesperamos...

O nosso dia chegará.

bjinhos

Mari Amar disse...

Alua é linda e vaidosa. É no mar que ela se espelha de fino linho vestida e de pura seda pintada. Hoje, deixo-te um poema muito bonito de um dos melhores poetas contemporâneos.

De Ramos Rosa


O MAR


Ondas que descansam no seu gesto nupcial
abrem-se caem
amorosamente sobre os próprios lábios
e a areia
ancas verdes violetas na violência viva
rumor do ilimite na gravidez da água
sussurros gritos minerais inércia magnífica
volúpia de agonia movimentos de amor
morte em cada onda sublevação inaugural
abre-se o corpo que ama na consciência nua
e o corpo é o instante nunca mais e sempre
ó seios e nuvens que na areia se despenham
ó vento anterior ao vento ó cabeças espumosas
ó silêncio sobre o estrépito de amorosas explosões
ó eternidade do mar ensimesmado unânime
em amor e desamor de anónimos amplexos
múltiplo e uno nas suas baixelas cintilantes
ó mar ó presença ondulada do infinito
ó retorno incessante da paixão frigidíssima
ó violenta indolência sempre longínqua sempre ausente
ó catedral profunda que desmoronando-se permanece!


António Ramos Rosa
Facilidade do Ar
Lisboa, Caminho, 1990

Um areal de beijos

Maria disse...

Diria que tens quase uma "atracção fatal" pela lua... nos seus vários estados...

Inté (já)

poetaeusou disse...

/
as velas ardem até ao fim
/
é, amanhã, o sol virá.
os pingos da chuva.
ainda brilham
ainda dançam
ao vento.
á lua
e a nossa espera ...
virá com o sol ?
/
jinos)
/

poetaeusou disse...

/
maria
/
se
soubesses
o
quanto
peço
/
lua
ensina-me
o
segredo
do
teu
feitiço
/
inté
/

poetaeusou disse...

***
mari amar
*
para ti meu favinho
/
lembras-te ???
/
A Noite do meu Bem
/
Hoje eu quero a rosa mais linda que houver
E a primeira estrela que vier
Para enfeitar a noite do meu bem
Hoje eu quero paz de criança dormindo
E o abandono de flores se abrindo
Para enfeitar a noite do meu bem
Quero a alegria de um barco voltando
Quero ternura de mãos se encontrando
Para enfeitar a noite do meu bem
Ah! eu quero o amor, o amor mais profundo
Eu quero toda beleza do mundo
Para enfeitar a noite do meu bem
Ah! como este bem demorou a chegar
Eu já nem sei se terei no olhar
Toda ternura que eu quero lhe dar.
/
in) dolores duran
/
beijos em salitrantes marés.
***

wind disse...

Lindo poema à Lua:)
Beijos

wind disse...

Correção: belo poema à lua, metaforicamente inalcansável tal como a mulher.
beijos

acordomar disse...

Nao és só tu que esperas poeta... olha, que quase toda a gente espera ... nao reparas?
Esperança, porque como os dias, tudo muda.
Beijos e boa q.feira santa*

poetaeusou disse...

***
wind
*
achas
*
ji?
***

poetaeusou disse...

***
wind
mulher, longínqua mulher.
afinal ... cingida
num olhar
num click
numa quimica, com retorno...
*
jinos
***

poetaeusou disse...

///
acordomar
/
Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.
/
in) O´Neill

Maria P. disse...

Lua, feiticeira...

Beijinho*

poetaeusou disse...

/
mariap.
/
Quando eu olhei para o céu
Só vi a primeira estrela
Que cintilou no olhar
Da minha companheira
Dentro da escuridão
Procuro a noite inteira
Onde você está
Ó lua feiticeira
Lunera ó luna lunera
Luna
Lua feiticeira
Ai de quem de mim te escondeu
Lua luar
Lua luar
Dona sol
Renasce e vem dançar
Era tamanho o breu
Nem dava pra ver a estrada
Quando eu peguei na mão
Da minha namorada
Tiro do meu chapéu
Por conta da minha sina
Teu luminoso véu
Ó lua dançarina
/
in)Eugénia Melo e Castro
/
ji
/

pitanga disse...

Linda e cheia de mistérios. Ainda que passem mil anos não conseguirão descobrir todos. Assim como os nossos.

abraços de quem é feminina como ela.

poetaeusou disse...

*
pitanga
*
para ti
*
diz à lua para não vir
bordar com raios de prata
a ponto-pé-de-amargura
o lençol em que adormeço
esta saudade que mata
e se a lua teimar
em não fazer o que peço
diz-lhe que à noite
no mar
da distância e da ternura
há um poeta a sorrir
nas nuvens da solidão
diz à lua para não vir…
*
in)Lígia Piola
*
abç
*

mari amar disse...

Primeiro Ensaio

Sentei-me na tua rua
A trinta metros do mar
No céu lá estava a lua
Eu,na terra,para te amar

Lua cheia,astro brilhante
Espelhada no mar nazareno
És a mais bela amante
Neste mundo tão pequeno

Eu encontrei os teus olhos
Espelhados naquele mar
De azul prata pintado

Num mundo cheio de escolhos
Ainda se pode achar
Homem doce apaixonado

Uma onda de beijos

Luna disse...

Lua-mulher-negativo
sol-homem-positivo
Lua/sol
mulher /homem
negativo/positivo
Polos que se atraem, que se combinam, junção de dois seres,que quando se encontram se olham descobrem jamais se poder separar,como a lua e o sol só se tocam por breves instantes,mas sabem que nunca serão virtuais, pois há pequenos momentos que valem por uma vida
jinhos lunares

poetaeusou disse...

***
mari amar
*
na minha rua
há uma nova flôr
bela, linda, um amor
a rua está mais perfumada
perfume de mulher apaixonada
que inalo e me faz andar na lua
*
mil beijos
em cada maré
***

Maria disse...

se
tu
soubesses
a
esta
hora
mesmo
aqui
ao lado

poetaeusou disse...

/
LUNA
/
respondo assim:
/
O Sol anda lá no céu
Tão pertinho atrás da Lua
Também trago a minha alma
De castigo atrás da tua
/
ji)
///

poetaeusou disse...

///
maria
/
será ?
/
não
sei...
eu
estou
aqui ;;;
/
inté
///

Luna disse...

Porque esta a tua alma
de castigo atras da minha
Sol que irradias beleza
Eu só só lua feiticeira
Exortação de poemas de tristeza.

jinhos

Mari amar disse...

E como estou aqui a mais
Vou deixar tudo e partir
Não quero que os demais
Percam o seu sorrir

Para lua feiticeira
Não serei má companheira
E assim estou de partida
Um beijo de despedida

ADEUS

Doces Momentos disse...

Deixo-te um beijo crescente de doce mas cheio de magia e duma ternura que minguante nunca será pois é dado com alegria.
Uma Páscoa muito feliz

poetaeusou disse...

luna
+
do triste
alegre
se
faz
+
bj)
+++

bom dia isabel disse...

Com ou sem lua, quarto crescente ou minguante fizeste um poema diferente, fizeste um poema elegante.
Gostei muito.
Beijinhos

Luna disse...

Mari amar

bonitos poemas tu fazes
fica
quem vai embora sou eu
Não deixes o poeta triste
nessa noite escura como breu

Pronto poeta, me vou, senão quem fica triste é a mari
ji

poetaeusou disse...

***
doces momentos
*
doce páscoa
com beijos ascendentes
envolta em crescente magia
minguando distâncias
*
até
***

mari amar disse...

Luna linda
Fica connosco
Eu quero-te aqui ainda
E com todo o gosto

Um areal de beijos, Luna amiga.

poetaeusou disse...

***
bom dia isabel
*
muito longe
das tuas
magnificas
prosas
*
bj)
*

poetaeusou disse...

***
LUNA
*
tudo virtual
como tu sabes
*
um beijo
respeitador
***

Luna disse...

Claro que sim poeta, e como é bom bricar,vem Mari da me a mão vamos na praia correr ao luar

jinhos ternos de pascoa

poetaeusou disse...

///
mari amar
/
quando estava quase a levar
a minha adorada Luna ao altar
vens me acusar de bigamia !!!
nao se faz uma traiçao tão, tão...
/
Um xi, para ti LUNA
Um xi, para ti MARY
ÁS 24,15 h há um post muito sério,
que eu não posso deixar de o postar.
sem religião - Solidário.
/
até
///

bom dia isabel disse...

Querido poeta ficaste desiludido com um tão breve comentário? Não estou no meu melhor como comentadora? Então, penitenciando- da pequenez da mensagem de há pouco, afirmo-te que gostei do teu , também pequeno mas inspirado poema.A lua dos poetas, dos amantes, dos sonhadores apareceu-nos no seu auge. Grávida de luz, de cetim vestida, via-se espelhada nas águas do teu mar e, ansiosa, esperava por ti.Foste ao seu encontro? Miraste-a? Que te disse?
Retiveste a mensagem lunar? Ora conta!
Beijinhos

mari amar disse...

E para o poeta se alegrar, Luna e Mari vão cantar: amiguito já te temos dito como é bonito contigo brincar.
Vem connosco, vem miguito, vem dançar.
Beijinhos Luna. Beijinhos Poeta

poetaeusou disse...

***
LUNA, MARI AMAR, E MAIS, QUEM QUISER ....
*
neste País em que tudo é permitido.
eu o Xeque Admi Azaré, magnata da
agua salgada, poderei abrir um
harem,concubinando com blogueiras?
*
posso avançar, amores meus ?
***

mari amar disse...

Poeta atrevidão!Que pensas das blogueiras? são apenas brincadeiras! Vai lá para o teu areal e não te portes mal.
Beijinhos.

Era uma vez um Girassol disse...

Poeta, vim desejar-te uma Feliz Páscoa, com amêndoas, ovinhos e afins...
E mais poemas dedicados à mulher, ao amor, mà lua, ao mar, ãs gaivotas...
À vontade de ser feliz!
Obrigada pela solidariedade em tempos difíceis, fáceis de entender...
Beijinhos

Luna disse...

Eheheh, Mari não sei de onde és, mas espero que a tua morada seja no Algarve,como gostaria de ver o nosso poeta a correr entre algarve nazare e braga para juntar o arem disperso, mem que fora o carlos Lopes quanto mais um poeta, eheheh, dou-te caminho livre se a Mari for do Algarve, So quero ver , nem sabes como me estou a divertir
jinhos aos dois

poetaeusou disse...

***
bom dia isabel
/
que ideia amiga
és uma diva estás sempre no máximo.
apenas que confirmei o não competir.
com as tuas prosas, que me fazem.
regredir e recordar figuras que,
me marcaram, já te disse tal ...
os poetas eu (pseudo) como confirma.
o teu (nosso) aleixo, é um fingidor.
e não é por ser popular.
torga e natália disseram o mesmo...
estava realmente em aguas reflexada.
não, não a vi.
era uma miragem.
o quanto sofri.
acontece sempre, eu sei.
mas...retive a lunar mensagem...
/
jinos
***

acordomar disse...

Isto ta lindo tá... poeta sortudo hein? e depois dizes que és "desinfeliz" - tens muitas amendoas este ano :):):)
Ainda bem que assim é. É sinal que és uma pessoa estimada.
Gosto de ver a arte bloguista no seu melhor.
Beijokas****

poetaeusou disse...

***
GIRASSOL
/
flôr môr
eu vivo sempre na 5ª dimensão.
digo-te desde o primeiro segundo.
que não senti nada de negativo.
e ainda bem que se confirmou.
vamos agora torcer por todos,
aqueles que vão ser atingidos,
incluindo os que já sentem na
ele um direito que lhes foi negado,
o direito ao trabalho.
Há mais de 2 milénios, um homem,
não a religião fez cair um grande
império, o romano e acredito que
nada é eterno, isto tudo mudará.
tudo a nivel global, entenda-se.
*
continua a blogar.
e boa quadra.
para mim sempre triste, motivado,
pela minha forma de estar aqui.
e que dou a entender dentro de uma
hora no meu blog.
*
ji)
para macau e ao pescador.
***

poetaeusou disse...

***
LUNA
/
Luna porque me negas ?
não queiras ser a "Pêdra" da cena.
eu posso estar no algarve e em
braga em simultaneo !!!
/
já comentámos, o meu esoterismo.
a minha metafisica, multiplas
formas dimensionais, zen, descendentes dos incas, aztecas...
maga maya, professor kipornivky.
/
como vês sou um atomo, top ten,
transportado á velocidade da luz...
... das velas...
/
jinos igneos
***

poetaeusou disse...

***
a cor do mar
/
lin(d)a
/
não te mencionei, porque tinha,
a certeza que acorrerias.
o meu harem espera-te (MATAS-ME).
/
lin(d)a, nesta quadra, "isto"
não se enquadra, não achas ?
/
jino
***

acordomar disse...

Tudop se enquadra ( ou tudo vale a pena) quando a alma nao e pequena.
Beijocas***

poetaeusou disse...

***
a cor do mar
*
e a minha alma
é grandiosissima.
*
jokas
***

pitanga disse...

Obrigada pelo poema.
abraços

poetaeusou disse...

/
pitanga
/
feliz quadra
/
e que a Vera e a Rosa
tenham mini férias
felizes em Bora Bora
/
xi
/