julho 23, 2013

NOITE, MULHER, TU !

noite, cisterna de odores
noite
vicioso embaraço
silêncio, solidão
abraço
na temática da paixão,
noite
bálsamo real
apelo ardente
paraíso natural
incandescente,
noite
cisterna de odores
tactos amadurecidos
clamores
aveludando os sentidos,
noite
mulher flor
mulher amor
mulher ardor
mulher fervor
TU  !!!
poema-fotos poetaeusou

18 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

a noite é misteriosa..

bonito poema! (como sempre)

fotos bonitas.

boa semana.

beijo

:)

Filó disse...

É no silêncio da noite que todos os sentidos clamam à vida !!!

Poeta, bonito e sentido Poema,

Beijinho

lita duarte disse...

Belas fotos.
Belo poema.

Bjs.

São disse...

A tua poesia continua cheia de um mesmo sentido...

Te abraço, meu bem

Agulheta disse...

Amigo poeta! Mas a noite foi sempre o mistério do amor,dos amantes, e da solidão.
Beijinhos e sorrisos.

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
sim,
a noite é um mistério,
etéreo,
um conflito, um dilema,
que não se insere, num poema !
,
misteriosas maresias,
deste Mar, sem Pessoa,
envio-te,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
os silencio,
não emudecem
nem reprimem,
têm a força dos sentindos,
não esquecem
nem suprimem,
mesmo quando reprimidos !
,
um jinho,
a saber a Mafra,
fica,
srsrsrsr,
*




poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
a força da tua sintese,
alimenta os silencios !
,
marés de silencio,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
e como quem não se sente,
não é filho de boa gente . . .
,
"isto" vem a propósito de quê ?
háááááá,
é da remodelação !
,
milhares de silencios,
feitos banhistas que inundem
esta Praia Querida,
envio-te,
(sabes, na totalidade, ignoram,
que o Executivo, já reformulou...
digo eu, como só comentam a
temperatura da agua, compram bolas
de berlim, com a Cara da Merkel,
não devem ter tempo para pensar !
,
ciau, ciau, Bambina !
*

poetaeusou . . . disse...

*
Agulheta
,
e das insónias, Amiga,
das insónias !!!
srsrsr,
,
Um Mar de Bem-querenças,
dou-te,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Bonito poema.Hoje em baixo!

Beijinho doce

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
subindo
baixando
ficando
aquém
porém . . .
cumprindo !
,
ando ausente
nas visitas,
perdoa-me.
,
doces marés,
auguro-te,
*

Baila sem peso disse...

A noite, que segue o dia
e na sua luz do sol
busca o terno lençol
e depois se deita
suavemente
e com a lua
e os poetas
no amor se sente...
e adormece escura e quente! :)

Beijinho dançante fica pa noite de domingo por aqui com pingo :)

Lúcia Leme disse...

Lindo!

Bjus

TITA disse...

Poeta,um poema tão envolvente como a noite que às vezes nos inunda os sentidos.Largo abraço...

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
são destemidas
as noites
e se os mistérios
adensam a escuridão
é uma noite de verão
cantando segredos etéreos
não te afoites
mas baila, com as marés atrevidas.
srsrsr,
,
conchinhas dançantes,
deixo-te,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lúcia Leme
,
recordei
no teu "lindo"
a Barca dos Setes Lemes
(in - Alves Redol)
,
um mar de respeito,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
vamos modificar o presente,
e sentiremos,
a Saudade do Futuro !
,
> sou barco abandonado
na Praia ao pé do Mar
e os pensamentos são
meninos a brincar
ei-lo que salta bravo
e a onda verde-escura
desfaz-se em trigo
de raiva e amargura . . .
,
(in - A. C. de Oliveira)
,
ondas de amizade,
ficam,
*