abril 29, 2012

1º de Maio de 1886, 500 mil trabalhadores, maioria mulheres, saíram às ruas de Chicago, manifestação pacífica, 8 horas de trabalho era a exigência, foi reprimida, abafada, dispersa, morreram dezenas de trabalhadoras !


que força é essa,
que trazes nos braços,

grita,
mulher Maio
o bramido
em ti cativo,
serpente ardil,
perfil
feita maçã
nas macieiras do éden,
só tu mulher
sofrida,
sabes agitar as ruas
subtraindo
os teus medos,
mulher de farta vontade
um mar
de dignidade achada,
vaga firme encontrada
enfrentando o opressor,
mulher sorriso,
amada, enchida, saciada,
eterna fonte suculenta,
brotando
a igualdade
e em liberdade
floreando !
poema:poetaeusou
fotos:Álbum:Sr.Á. Laborinho

18 comentários:

Filó disse...

Poeta,
Lindo poema, homenageando a Mulher
É um grito com sabor a coragem, vontade, dignidade e sofrimento...
Um mar sem fim de vagas com sorrisos, lutando pela liberdade, com força e coração, acolhendo vida em seu ventre florido....
Mês de Maio...mês de Maria !!!
Um Beijinho

folha seca disse...

Caro Poeta
Um homenagem colectiva. Extremamente bem enquadrada num belo poema.
Abraço
Rodrigo

Victor Gil disse...

Pois é, amigo.
Linda homenagem aos trabalhadores que lutaram pelos direitos conquistados. Pena que muita gente não tenha noção, das lutas que se travaram e das vidas que se perderam, para os conquistar. Já nem o 1.º de Maio se respeita neste país.
Nem Salazar fazia melhor. Naquele tempo apesar da proibição, havia quem desse a volta ao texto, como por exemplo, os tipógrafos, e faziam o 1.º de Maio. Bastava um pouco de imaginação.
Um abraço
Victor Gil

Ana Martins disse...

Poeta, boa noite!
Um poema perfeito numa homenagem colectiva a quem não devemos esquecer nunca. Cento e vinte e seis anos depois, é o inicio da queda, começamos a perder o que até agora conquistamos.

Grande poema, parabéns!

Beijinho,
Ana Martins

Lúcia Leme disse...

Olá!!

Bjss

LUZ disse...

Olá Henrique,

Lindo, coloquial e sentido poema, aquele que construiu, que fez com as suas mãos, com amor.
Tocou-lhe e o esculpiu, de forma artística como escultor, numa estátua.

Mulher, símbolo de grandeza, sofrimento, submissão, mas acima de tudo CORAÇÃO.

Boa segunda-feira, com luz.
Abraço, sem (cem) conchinhas.

PS: Hoje, irei colocar a minha fotografia no painel do seu blogue.
Eu sabia que ainda o não tinha feito, mas parece-me que chegou a hora. O meu verdadeiro nome é Emília.
Obrigada pela sua, que consta no painel do meu blogue há uns tempos.

Lena disse...

Belo homenagem a Mulher,
belo poema Poeta !

Dia bom de 1 de Maio !

O tempo continua sempre bom pela a Nazaré ?

Beijinhos

TITA disse...

Belo o teu grito a fazer-se flor ofertada.Um abraço.

Maria Emilia Moreira disse...

Olá Amigo!
Entrou Maio! Este é um mês de luta! Mais do que nunca precisamos gritar a nossa raiva...Belo poema!
Abraços. M. Emília

gaivota disse...

excelente, mais que excelente!
ainda me lembro destas fotos... destes tempos... se calhar estou a ficar mais crescida... hihihihihihi
é maio, mês das flores, mês de Maria!
pilipares

São disse...

Geralmente, são as mulheres as que mais sofrem . SEmpre!

Um destes dia, vou falar sobre Catarina Eufémia e o seu assassinato a sangue frio por um bandi do fardado chamado Carrajola.

Um abraço apertado, meu Amigo, neste Dia que em 1974 me marcou para sempre.

Je Vois La Vie en Vert disse...

Linda homenagem às mulheres que deram o primeiro passo para a liberdade das gerações a seguir !

Amigo Poeta,
Vim agradecer as palavras poéticas que deixaste como comentário à minha despedida bloguista. São sucintas mas tocam-me.
O meu blog não está fechado, encostei simplesmente a porta neste momento. Voltarei ? Só o futuro o dirá. Mas sei que se isso acontecer, estarei bem recebida por ti. Obrigada !
Sê feliz, amigo poeta !

Beijinhos
Verdinha

Baby disse...

Poema vibrante de que sublinho:

"mulher sorriso,
amada, enchida, saciada,
eterna fonte suculenta,
brotando
a igualdade
e em liberdade
floreando !"

Um abraço.

Ana disse...

Obrigada ! Senti-me homenageada neste belíssimo poema !

Um beijo *

ZéPortugal disse...

Poetaeusou,

Bem Haja, há muita "gente" a ter necessidade de refrescar a memória, se é que a têm!!!

Sou sua cúmplice com um forte abraço.

:.tossan® disse...

Solidários e não mais solitários...Não sei se li ou ouvi isso! Abraço

BlueShell disse...

Quanta força...meu amigo. Gostei
Obrigada pela tua presença no meu cantinho humilde,
BJ

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Digo apenas...bela e emocionante homenagem a todas as mulheres.
Fiquei sem palavras...deixo apenas o meu obrigada e um beijinho.

Sonhadora