dezembro 27, 2010

................................... a Gula e a Consciência



mudou de cor
a toalha de Natal
nódoas e migalhas
transformam a mesa
em remorsos famintos,
na minha mente
a gula e a consciência
digladiam-se
num neutro neurónio,
é uma vez por ano,
justifica-se a gula,
a fome é diária,
agita a consciência,
sinto-me perdido !
em fundo videa-se a Enya,
quer convencer-me
que o mundo é florido !
poema-fotos:poetaeusou

70 comentários:

Isa disse...

Por breves instantes o mundo parece melhor!
Mas será mesmo?
Beijo.
isa.

Zélia Guardiano disse...

Ai, que tens plena razão, neste teu lindo poema, querido Poeta!
Também a mim, sempre me acusa a consciência, depois de eventos assim...
Ainda que, neste ano, me propuz ser mais comedida, mas, não sei não...
Grande abraço para ti e para toda a tua família, juntamente com meus votos de Feliz Ano Novo!

São disse...

Assino por baixo, de coração triste!

Um resto de 2010 bom, meu Amigo.

© Piedade Araújo Sol disse...

subscrevo.

a mesa está linda...

Bom Ano e sempre inspiraçao de Poeta.

beij

RETIRO do ÉDEN disse...

Abre o apetite de satisfazer a gula...mesa farta e bela.
Poema muito acertivo nos tempos que correm.
Abraço forte
Mer

antonio - o implume disse...

Devia ter-te visitado este Natal...

Paula Barros disse...

Eu pequei, eu pequei, eu pequei....pelo ato de comer muito no Natal....eu pequei por desejar a mesa do próximo (a sua), as rabanadas (me parecem que é) me deixaram com água na boca...

Que mesa bem posta, que mesa bonita.

Feliz 2011.

abraço

maria teresa disse...

Este Natal a gula ficou à espreita, eu fingi que não a vi, não me deixei cair em tentações, comi normalmente mas com companhia,estou orgulhosa de mim:):):)
Abracinho meu!

neli araujo disse...

Poeta amigo,

Até das nódoas e migalhas o amigo consegue tirar poesia! Amei o poema e as imagens também!

Já as "rabanadas" me deixaram com água na boca!
Fiquei literalmente com inveja, hehehe

Poeta amigo, desejo um Ano Novo repleto de conchinhas de amizade, de cordialidade e de amor fraterno!

Uma beijoca,

neli

Filó disse...

Um poema bonito cheio de coisas boas....e de verdades!
O pecado da gula pesando na consciência...
Poeta,bela inspiração e bonito coração, o seu..

Beijinho amigo

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Linda a mesa...a consciência no poema.

deixo um beijinho e votos de um 2011, cheio de amor e paz.

Sonhadora

Agulheta disse...

Amigo poeta.Tento sempre que a minha consciência me deixe livre,porque ao olhar para o que temos,porque ainda o temos,pensamos em quem tem a mesa vazia de nada.
Beijinho

Jacque disse...

Muito lindo poema e foto, amigo...
Feliz Ano Novo ! Mas volto ainda... pra convidar a pegar meu cartão de aniversário...

Jacque

Amor feito Poesia disse...

Ao passar por um jardim
Lembrem-se do silêncio das rosas
Suas lágrimas são as gotículas de orvalhos
E seus perfumes são para abençoar e proteger você.

Que as rosas perfumem sempre a sua vida...

Débora Neves

Beijo-te a alma e o coração! M@ria

SAM disse...

Querido amigo,

Um poema verdade , muito sério e sentido ...

* Contudo, ao avistar a foto da mesa, corri a cozinha para adoçar a boca com um bolo de chocolate rsrs.

Beijos com carinho e um Novo Ano feliz sob todos os aspectos para você e a sua família.

Pitanga Doce disse...

Olha, se o mundo é florido não sei, mas que com esse queijo da Serra ele é booom demais, ah isso é.

FELIZ ANO NOVO, POETA!

gota de vidro disse...

Não se tornando num hábito que bem sabe um pouco de gula nesta quadra....Afinal é tudo tão tentador e parece que nos oferece um momento de prazer no âmago deste mundo em crise.

Que o 2011 te traga a inspiração de beleza a que nos habituaste assim como a realização de sonhos...

Bjitos da gota

helia disse...

"é uma vez por ano,
justifica-se a gula,
a fome é diária,
agita a consciência,
sinto-me perdido !"
Eu também me sinto um pouco perdida nessa noite , em frente de uma mesa abundante e muita colorida , que infelizmente não é igual em todos as casas!
Mais um belo Poema!

Jacque disse...

Eu estou oferecendo minha lembrancinha de aniversário, no meu BLOG AGUA DE ROSAS... apareça !
Postei antes do dia do aniversário, porque vai ser dia 1° de janeiro...

FELIZ ANO NOVO !

JACQUE

Secreta disse...

Temos de saborear o momento, ainda que saibamos , que não passa disso mesmo...um momento.
Beijito.
Feliz 2011.

Ana disse...

E não podemos, mesmo que por breves horas, ceder à tentação e esquecer o que nos entristece?
Acho que devíamos.

Estivesse essa mesa à minha frente, garanto que lhe faria as honras!

Agradeço os votos deixados no meu deserto cantinho, desejando-te o melhor 2011 que os "deuses" permitam...


Beijinho, Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
não é não, amiga,
as utopias e as mitos, é
que mantêm os nossos sonhos !
,
Gulosas conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
amiga,
a gula
entrou em mim.
e “vírusado” fiquei !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
Amiga
e para tristeza não ter fim,
a alegria é efémera !
,
gulosas conchinhas,
-

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
grato amiga,
ai a gula, a gula !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
é isso
frutos do tempo !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
a casa está escancarada !
,
A minha casa é um ninho,
Pobrezinho, onde há carinho,
Alegria, pão e vinho,
,
O “Oliveira” gostava desta . . . srsrsr,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Barros
,
pecas-te, minha filha ? (sic)
reza ao Senhor do Bonfim, e em
2011, podes dobrar o apetite !
srsrsr,
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
olha amiga,
deturpei o Pai-Nosso,
não quero cair em tentação,
mas também não quero
livrar-me da glutonaria !
srsr,
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
neli araujo
,
Amiga,
gosto mais de filhó,
e coscorões e pudim caseiro,
e pão-de-ló, por mim feito,
e de diabetes, quais abutres
estão prontos a atacar . . .
srsr
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
Minha amiga
,
a fonte de inspiração,
é da quadra que atravessamos
simplesmente !
,
gulosas conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
Amiga
ai a consciência
que nos corta a liberdade !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Agulheta
,
Minha amiga,
porque ainda o temos,
(na generalidade)
é uma grande verdade !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacque
,
obrigado amiga,
,
irei encantar-me,
ao teu cantinho !
,
gulosas conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
M@ria
,
são odoríficas,
as orvalhadas rosas !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
Amiga,
quero caixas de chocolate,
resmas, contentores,
um cargueiro se possível !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
Amiga,
pensei em ti,
o queijo é de Moimenta da Serra,
Gouveia, amanteigado, sorvido
á colher, já chega de sofrimento ?
hehehe,
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gota de vidro
,
grato amiga,
frugalidade
com gotinhas de sobriedade,
é urgente !
,
gulosas conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
Amiga,
com as tuas palavras,
lembrei o poeta . . .
,
se quisesse a gente rica,
quando se levanta da mesa
com os restos que lá fica
matavam a fome á pobreza !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacque
,
Amiga,
em maré de felicitações,
irei testemunhar
passando pelo teu cantinho !
,
estimadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
Amiga,
como te compreendo, são
apenas hiatos do dia a dia !
,
gulosas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Ai, minha amiga,
eu fiz as honras, bati a continência,
apresentei armas, cantei o hino
Nacional e a Internacional, com
uma neta da Passionária, a Letícia
Princesa não quis, olha, recebi a
medalha da água das Pedras e Vidago !
srsrsr,
,
gulosas conchinhas,
,
*

Cristina Fernandes disse...

A gula um dos sete pecados capitais... mas desde que doseada até adoça a consciência!
Beijinho grande e um excelente ano de 2011.
Chris

Fernanda disse...

Amigo Poeta!

Não te atormentes!
Gula não é o que sentes, eu sei...
Feliz Ano Novo!

Beijinhos

GarçaReal disse...

Poeta do amor e do mar..Se numna noite pecar...Não é pecado para punição, pois quem escreve amor mesmo em momentos de dor tem permissão para um pequeno pecado na noite em passa o ano com o coração.

Feliz 2011...Sempre serás meu poeta de eleição

Com pilipares fortes..:):):)

Fica uma enorme amizade e

Bjgrandre do lago mergulhado em champanhe

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Sendo Natal, da gula ninguém leva a mal. Aparecem muitos acepipes,se a qualidade é de bom "gourmet" prova-se de tudo, o que se gosta, não havendo digestões más, logo se perde algumas gramas a mais.
A cosciência magica, porque nem para todos há Natal.
Abraço de maresia

poetaeusou . . . disse...

*
Cristina Fernandes
,
de consciência adoçada,
removi os meus remorsos !
,
Conchinhas de estima,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,
minha amiga,
é como escreves,
sou frugal, em demasia !
,
um mar de amizade,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
grato querida amiga,
se me é permitido,
pungido já não me sinto !
,
que no lago da amizade,
desagúe um feliz 2011 !
,
vendavais de pilipares
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Amigo,
Natal é aquele momento,
ao nascer de uma criança !
,
um abraço amigo,
fica,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Entendo essa tristeza muito bem.

Quanto à Enya...penso que existem sempre flores no meio da lama.E ainda bem que assim é, pois de contrário, não terias escrito este post.

Beijinho doce, bom Ano com muita saúde e paz e obrigada pela visita:)

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
Muito oportuno e justo este seu poema bem acompanhado pelas imagens apresentadas! Espero que tenha passado um Santo Natal com a Família e que o seu Ano de 2011 seja bem melhor que o de 2010.
Um forte e amigo abraço.

AFRICA EM POESIA disse...

POETA



O MENINO JESUS


Jesus
Pequenino

Sem roupa
Sem agasalho

Num estábulo

Nasceu...
Sorriu...
Amou-nos...

E Ele...
Que em todos os segundos
Nos vigia
Nos protege
Com todo o seu Amor...

Temos a certeza que...
Será sempre Natal...

LILI LARANJO

TITA disse...

Poeta,deixa lá...quando fazemos a contabilidade dos dias ouvimos sempre o sussurro da consciência.Nós,é uma vez no ano e no dia-a-dia eles comem tudo e não deixam nada.Aproveito para desejar um novo ano pleno de saúde,trabalho,coragem e muita paz.Um grande abraço.

Ana Isabel disse...

..mundo florido..utopia..será?


Um abraço e nele os meus desejos de um BOM ANO NOVO!


Ana Isabel

Lilazdavioleta disse...

Poeta ,

também gostava que o teu poema não fosse verdade e acontecesse o que a Enya canta.

Que 2011 te traga aquilo que consideras importante para a tua vida .

Beijos
Maria

Ana disse...

Mudou! mas foi só por uma noite!
BOM ANO 2011
Bjinho

gaivota disse...

é uma vez por ano...
ah pois é! toma lá anda...
mascara-se a noite para disfarçar os dias!
já tenho o computador,limpo, completamente limpo!
agora para repôr "amigos" no sítio... há-de ser... um dia!
piliparessssssssss
até amanhã!

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Querida amiga
,
ah . . . que olá tão frio,
eu não mereço !
,
sou uma flor de estufa,
na realidade, srsrsrsr,
,
um 2011
repleto de pétalas
da flor, que és !
,
conchinhas,
,
*

JB disse...

Um poema que nos leva a uma profunda reflexão... fundamental nos dias de hoje e de todo o ano!

poeta, desejo-lhe um 2011 repleto de "marés vivas", ondas de paz e saúde e um leito de mar vestido de alegrias!

Beijinhos!

poetaeusou . . . disse...

*
Luis
,
Meu Bom Amigo,
como soam bem as suas palavras,
grato fico,
,
Aquele abraço,
Fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
Amiga,
vamos receber
de braços abertos
o Jesus - Homem !
,
um mar de Luz,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
e eu acompanho o Sérgio:
não me digas
que não me compreendes
e que não sentes
aquela raiva nos dentes !
,
Conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
É
vamos contribuir
para que os floridos aromas,
prevaleçam !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
Amiga
oportunas as tuas palavras
bem-hajas,
,
odoríficas conchinhas,
ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
e para quando
uma mudança radical ?
,
floridas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Mês Agosto,
vamos ao slavo sexta ?
ligo á noite .
,
pilipares,
*

poetaeusou . . . disse...

*
JB
,
amiga
como fundamentais
são as tuas palavras !
,
um de amizade,
fica,
,
*

Vieira Calado disse...

Olá, caríssimo,

como tem passado do Natal para cá?

Hoje passo simplesmente para lhe desejar

BOM ANO de 2011.

Um forte abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Vieira Calado
,
grato fico,
,
um vendaval de saúde,
deixo,
,
*