junho 01, 2010

......................................... querendo mais e mais




solto o mar
dos meus poemas
nas marés selvagens
que me entram nos poros,
é como palavras
sílabas concertadas
versos libertados
penetrando em mim,
são doces carícias
saboreando gestos
braços alongando
meigos violinos,
no delírio profundo
desato loucuras
fonte de emoções
dos quais me alimento,
sugando o incenso
do ardor que emanas
querendo mais e mais
numa paixão crescente
que jamais findará !
poema e fotos: poetaeusou

62 comentários:

Isa disse...

Querido Poeta,os seus versos estão repletos de musicalidade,sensualidade
brotando do mais fundo da sua Alma!
E eu gosto tanto...
Beijo.
isa.

São disse...

Que te posso dizer que ainda te não tenha dito?!

Um abraço marinho, Nazareno!

antonio - o implume disse...

A tua escrita é como um mar, inesgotável e nela navegam os nossos sonhos. Admiro a tua inspiração (e capacidade de escrita).

Lídia Borges disse...

"Soltar o mar nos poemas"... Que bela imagem!
É por isso que há um cheiro suave a maresia espalhado nos versos.

L.B.

lita duarte disse...

Poeta,

Que intenso!
Lindíssimo.

Beijos.

Baila sem peso disse...

e no violino da fantasia
a onda crescia
e pedia mais e mais
na pele que sal suava
e uma emoção cantava
na paixão da poesia
em delírio de mar naufragado
nos braços de um poeta encantado!

muito lindo...soltando o mar
para nele a fantasia navegar
num incenso com cheiro a emoção
que brota do coração!

e fica meu beijo nesta maresia
que soa a poema de linda sinfonia

RETIRO do ÉDEN disse...

Tal como as ondas do mar, que levam e trazem...querendo levar mais e mais ... e trazendo até nós das profundezas do mar o que ele tem de belo...assim são os seus poemas e fotos deliciosas.
Abraço
Mer

Fa menor disse...

Boa! Eu também quero mais destes poemas!
... e o mar sempre aqui tão perto...

Bjos

Sandra Botelho disse...

E essa paixão é realmente devastadora como o mar...
Mas deliciosa como a brisa.
Lindo demais...
Bjos achocolatados

Justine disse...

Uma sinfonia em crescendo, o teu poema! E a música a sublinhar o tom!

MEU DOCE AMOR disse...

Gosto de violinos.Imenso.E os versos penetrando também,pois é o sabor da escrita e da leitura.

Espero a tua visita para ver se ficou bem

Beijinho doce:)

http://vemsonharcomigo.blogspot.com/

Filó disse...

Meigos violinos, tocando versos feitos poemas de palavras lindas, alimento para os corações...
Poeta, de uma forma bonita e sentida mergulhamos neste mar de emoções ! Lindo...

Beijinho amigo

helia disse...

"Solto o Mar dos meus Poemas..."
Um lindo começo para mais um belo Poema !

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
a minha sensibilidade,
sente-se abrangida,
com as tuas palavras,
obrigado
,
búzios sonantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
olha,
não digas nada !
hehehehe,
,
um mar de búzios,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
o Mar á a fonte,
espraiando palavras,
pela maré-cheia !
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lídia Borges
.
Amiga,
,
na terra das águas
os peixes são poemas
pescados nas brumas
do meu pensamento,
são escritos no mar
com anzóis de escamas
impressos no espanto
dos livros salgados !
,
conchinhas floridas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
amiga,
abrigado ela tua tolerância,
,
um mar de estima, deixo,
,
*

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

O poeta bem pode soltar o mar, o turbilhão dos pensamentos, o mesmo que dizer da sua poesia.
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
os meus violinos
são marés vivas
pianos rendidos
cheirando a Schubert,
são marés profanas
solfejos guardados
no Scalla das maresias
sonetos sem medo
albergando sinfonias
,
marés musicais,
ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
que lindo poema,
as tuas palavras,
parabéns !
,
violinos de Paz, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
e eu, e eu,
,
um mar de estima, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sandra Botelho
,
percorro irrequieto
a praia faminta
libertando as maresias
nos despudores triunfantes
nas marés que se anunciam !
,
brisas serenas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
brisas marulhando,
no marejar dos solfejos,
,
Conchainhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
irei amiga,
satisfazendo o meu ego . . .
,
um mar de luz, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
e eu fosse um violino
tocava ao mar
as quatro estações
lembrando Vivaldi !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
solto o amor,
aue ao Mar, eu tenho . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
amigo
,
o mar
solta a inspiração
na imensidão
do nosso olhar,
,
um abraço
*

© Piedade Araújo Sol disse...

um belo poema de amor. com umas fotos lindissimas do mar (da NAzaré).

beij

Luis disse...

Meu Bom Amigo,
Belo poema e lindas as imagens que juntou.
Como sempre os seus versos refletem amor!
Um abraço amigo.

Lilá(s) disse...

E a poesia surge assim como que em cada onda!
Bjs

gaivota disse...

eiaaaaaaaaaaaaaaa
sem palavras!!!
mais e mais
e maz'artes tamém!!!
óvites???
á ó, ele há coisas...
e na sei quando vôm!!!
piliparessssssssss

Jacarée disse...

Poeta,
você exalta sua poesia como as onda do mar,... navegando vencendo todos os obstaculos.
Um Abraço.

Desnuda disse...

Querido poeta,

mas que beleza de poema. É por isso que seus leitores querem mais e mais! Versos que emanam amor e paixão, sentimentos que jamais findará

Beijos, com carinho.

sonho disse...

O mar inspira...é fonte para o poeta...
Beijo d'anjo

Insana disse...

Sempre me perco em suas palavras..

Bjs
Insana

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Nascerá amor de todas as cores Para meu coração enfeitar E o perfume que sair de mim Com o do amor se confundirá E nunca mais ...por minhas faces... Deixarei lágrimas de dor rolar...


"Aut. Desconhecido''

AGRADEÇO SUA VISITA....BEIJOS...M@RIA

Sonhadora disse...

Meu querido poeta
Sempre lindos os seus poemas, adoro ler.

Beijinhos
Sonhadora

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
De tão longe veio o mat
Embalando uma sereia
Dizendo sempre a cantar
Pacto terno nessa areia
Saltando da proa a ré
Crianças ouvem cantar
Encanto que vem do mar
É canto, é Nazaré !
,
brisas Nazarenas,
deixo,
*

Secreta disse...

Soltar os poemas e neles todos os sentires.
Beijito.

dona tela disse...

A CONJUNTURA OBRIGA E AQUI ESTOU EU.
ATENTA E OBRIGADA.

Alice Matos disse...

"...solto o mar
dos meus poemas
nas marés selvagens..."

Sempre belo, Poeta...

Um beijo de saudade...

poetaeusou . . . disse...

*
Luis
,
amigo,
obrigado,
vindo de si
é uma honra,
,
abraço,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
é no embalo do mar
que rascunho
os meus pensares . . .
,
violáceas conchinhas
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

,
gaivota
,
Miga,
,
o mázartes,
já se foi,
se fosse hoje “tava rique”,
a vender edredões !!!
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacarée
,
na minha musa,
fico a embalar o mar,
fico a embalar o mar,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Desnuda
,
Amiga
,
o mar
é a sementeira
lavrada nas ondas
pela quilha das enxadas
remando para o meu estio !
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonho
,
embarco no mar
sulcando as areias
ancorando na fonte
que suporta a inspiração,
,
serenas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Insana
,
as palavras
são labirintos de emoções,
,
marés luzentes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ANTOLOGIA POÉTICA
,
E as flores que florescerem em meu coração
Abraçarei e beijarei uma por uma...
E guardarei como tesouro no fundo de minha alma...
Amarei e guardarei cada pedacinho
Que puder saborear...
Mas as flores de cor rosa...
Sempre em mim morará...
Pois representa o perfume...
Que de mim exala...
,
M@RIA
Penso que é,
De Rosa D Saron .
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
os poemas
são grutas da memória
na inspiração esquecida
no pátio do tempo !
,
amigáveis conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
soltados poemas na
direcção de quem os lê,
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
dona tela
,
e na tua conjuntura,
vou aproveitar a oportunidade,
de te deixar, um mar de estima !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
que surpresa, amiga,
e uma luz iluminou
o meu cantinho,
Flamejando, “Detalhes”
Raiando, “Pensamentos”
Luzindo, Um Som Para Duas !
,
luzentes marés,
ficam,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Neste belo poema,
acompanhado
de magia,
vivo o momento!


brisas musicais permanecem,

Maria disse...

Simplesmente lindo, meu amigo.

"Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?"
Fernando Pessoa

Bjs do tamanho do infinito
Maria

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
neste momento,
solto os meus agradecimentos,
em ti e na tua amizade !
,
conchinhas musicais,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
enlevo-me no mar
meu sequioso encanto
dilemas, delírios,
espumando carícias,
enlevos conexos
navegando desejos
rotas procurando
amadas marés .
,
amigáveis conchinhas,
,
*

FERNANDINHA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDO ZÉ, DESCULPA A MINHA AUSÊNCIA, MAS ESTIVE + DE UMA SEMANA SEM COMPUTADOR...!

AMIGO BELAS FOTOS E SUBLIME POEMA... GOSTEI MUITO...!

ABRAÇOS DE CARINHO E AMIZADE,

FERNANDINHA

poetaeusou . . . disse...

*
FER NANDINHA & POEMAS
,
amiga,
ainda bem que foi o computador,
tinha receio que fosse algo
mais grave . . .
olha,
pede um á Junta de Freguesia !!!
srsrsrsrsr,
,
marés de estima, deixo !
,
*

Multiolhares disse...

O violino o meu instrumento predilecto,lindos acordes saem desse portentoso instrumento sibilando nas vagas do mar

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
Tchaikovsky,
do meu encanto !
,
beijos nossos,
,
*