abril 27, 2010

---------------------------------------------- rio murmurante




o vento traz
a voz do silencio
calando os chilreios,
trinados falhados
requebros dengosos
gorjeios cantantes
oboés campestres
nas margens do rio,
rio murmurante
deslizando segredos
entre o arvoredo
tangendo guitarras
solidão cantada
ressoando na ponte
para a foz da saudade.
poema e fotos:poetaeusou


( AMIGA(O)S NÂO ME TEM SIDO POSSIVEL
VISITÁ-LOS VOLTAREI DENTRO DE 2/3 DIAS )

58 comentários:

Mariazita disse...

São lindas as margens do rio que nos mostras, lindos são também os gorgeios e trinados muito bem cantados no teu poema.
Gostei muito, poeta Zé :)))

Beijinhos

Zélia Guardiano disse...

Poetaeusou
Como vale a pena atravessar tanto mar até aqui chegar, se encontro estes versos teus!
Cada vez que venho, me encanto mais...
Lindíssimo poema!
Um grande abraço

Baila sem peso disse...

de um verde campestre
em terra de rio murmurante
flutua segredo verdejante
no seio d`alguma saudade
com o som dos chilreios
soando guitarra pelos enleios
num silêncio que escorre verdade
e a solidão é também gente...

gostei deste verdinho
gostei deste cheirinho
de rio tão bem enfeitadinho!

meu beijinho encontras na foz
onde a brisa do vento leva a voz :)

RETIRO do ÉDEN disse...

Que belos murmúrios e fotos.
Abraço
Mer

São disse...

Oboés lindos são sempre os teus poemas.

Boa semana.

Agulheta disse...

Amigo Poeta!
Como é bela a margem deste rio,nas palavras cantadas em trinados.
Beijinho

Fernanda disse...

Querido amigo Poeta!

Lindo o teu poema e as fotos.
Espero que esteja tudo bem.

Beijinhos deixo, conchinhas levo.


Na Casa do Rau

LOURO disse...

Amigo Poeta!

Lndas fotos das margens do rio murmurante,com um poema sublime,no complemento desta bela postagem!!!

Abraço
Lourenço

Anónimo disse...

Rio que canta o silêncio de murmúrios por entre margens de flores campestres...
Poeta mais um poema magnífico e Lindas Fotos..

Beijinho amigo

Filó disse...

Poeta o comentário supra anónimo, é meu. Por lapso foi indicado como tal.Peço desculpa

SAM disse...

Que poema lindo!É sempre um enorme prazer desfrutar das suas partilhas, poeta!

Beijos, com carinho.

"Cantinho Poético" disse...

Livres
interiorizamos a esperança,
sorvemos o Sol
dos dias que fogem,
Vestimos o desespero
com pétalas de flores.

Luiza Caetano

Beijos perfumados no coração! M@ria

FERNANDINHA & POEMAS disse...

QUERIDO POETA, MEU GRANDE AMIGO... BELA POSTAGEM... DIVERTE-TE... APROVEITA O LADO BOM DA VIDA...ABRAÇOS DE CATRINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

MEU DOCE AMOR disse...

O rio murmura...aparece...não te esqueças de nós

Beijinho doce

segredo disse...

lindo poema k encanta
BEIJINHO DE LUA*.*

M. Lourdes disse...

Amigo Poeta
Espero que esteja tudo bem, pois já me habituei às suas bonitas fotografias e aos seus belos poemas.
Beijinhos
Lourdes

FlorAlpina disse...

Que belos sons traz o vento...
Nas margens verdejantes
Deste rio tranquilo
A voz do silêncio ecoa
Num leito de saudade...

Bjs dos Alpes

helia disse...

"o vento traz
a voz do silencio
calando os chilreios,
trinados falhados..."
Mais um lindo Poema com murmúrios e chireios...

Isabel-F. disse...

que poema tão lindo ...
quanta música brota dele ...
e,
claro que as tuas fotos são sempre belas.

bjs

PÉTALA disse...

Poeta
Tanto há para escutar na voz límpida do silêncio
Vamos abrir alas ao sonho e deixar o rio rumorejar
Descansadamente
Aromas de
PÉTALA

Vieira Calado disse...

Não se preocupe.
Quanto a mim sei, que você é um amigo que volta sempre!

:::::

Você impôs ao poema um ritmo e uma harmonia bem conducente com o deslizar do rio.
E as imagens também são muito bonitas.

Um abraço daqui.

Lilá(s) disse...

Bem! a imagem e poesia de hoje deixaram-me sem fôlego! bravo.
Bjs

FOTOS-SUSY disse...

OLA POETA, MAGNIFICAS FOTOS...SUBLIME POEMA...ADOREI...ATE A SUA VOLTA AMIGO!!!
BEIJOS DE AMIZADE,


SUSY

Ana disse...

No murmúrio do rio encontro a voz da tua poesia !

Vai e volta, Poeta! Estaremos aqui para ouvir-te !
Um beijo.

RETIRO do ÉDEN disse...

Amigo Poeta,
Ficaremos esperando com o nosso amor e carinho por si.
Que o rio o traga feliz de volta, para o mar...
Forte abraço
Mer e família

poetaeusou . . . disse...

+
Mariazita
,
amiga
lindas são as
tuas palavras !
,
um mar de jinos deixo,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Zélia Guardiano
,
são os teus olhos, amiga
é a tua benquerença !
,
conchinhas luzentes, deixo,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Baila sem peso,
,
amiga,
,
que escrever
tão meiguinho !!!
,
um jininho, deixo,
srsrsr,
+

poetaeusou . . . disse...

+
RETIRO do EDEN
,
grato amiga,
marés de Paz, deixo,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
são
,
actualmente
ando a tocar adufe,
já não tenho falangetas,
mas continuo . . . srsrsr,
,
conchinhas,
,
+

poetaeusou . . . disse...


Agulheta
,
para onde vais
rio que eu canto . . .
,
um mar de jinos deixo,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Fernanda
,
amiga,
está tudo bem,
falta de tempo, apenas .
,
conchinhas de amizade,
deixo,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
LOURO
,
agradecimentos
sussurrantes, deixo,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Anónimo,
,
Filó conheci o modo,
grato fico,
,
conchinhas floridas,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Filó,
,
as desculpas não são
acolhidas, nestas
estradas de liberdade,
srsrsrsrsr,
,
um mar de Paz,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
SAM
,
partilhar,
é dar e receber !
,
um jino,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
"Cantinho Poético"
,
a Liberdade,
são pétalas da Harmonia,
,
perfumadas conchinhas,
ficam,
+

poetaeusou . . . disse...

+
FERNANDINHA & POEMAS,
,
linda
um mar de ternura,
fica,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
MEU DOCE AMOR
,
amanhã deverei
estar operacional !
,~
jinos, muitos,
+

poetaeusou . . . disse...

+
segredo~
,
encantado fiquei,
,
brisas serenas,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
M. Lourdes
,
Tudo bem, amiga,
afazeres inesperados,
mas muito gratificantes,
,
coloridas maresias,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
FlorAlpina,
,
Rio de aguas claras,
que corres livre para o Mar,
lá lá lálá,
,
conchinhas,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
helia
,
sussurres,
são beijos de violinos,
,
conchinhas,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Isabel-F
,
chilreios
são fontes de musica !
,
conchinhas,
+

poetaeusou . . . disse...

+
PÉTALA
,
os sonhos ciciam,
nas margens dos rios,
,
conchinhas perfumadas,
+

lita duarte disse...

Poeta,

Teus versos soam como canções.


Beijos.

poetaeusou . . . disse...

+
Vieira Calado
,
grato fico,
,
voltarei certamente,
,
saudações, deixo,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Lilá(s)
,
amiga,
espero que respires bem,
cuidado com o pólen !
srsrsrsr,
,
conchinhas,
+

poetaeusou . . . disse...

+
FOTOS-SUSY
,
gratificado fico,
,
conchinhas floridas,
deixo,
+

poetaeusou . . . disse...

+
Ana
,
é,
poesia
desliza com mansidão, entre
as margens da inspiração,
,
um mar de jinos,
+

poetaeusou . . . disse...

+
RETIRO do EDEN,
,
Mer
Voltarei,
os Rios deslizam
para o Mar, como sabes,
,
Felicidades, para todos vós,
+

poetaeusou . . . disse...

+
lita duarte
,
amiga,
cantarei
até que o Rio me ouça,
,
brisas serenas,
deixo .
+

Dois Rios disse...

a voz do silêncio a escutar o canto da solidão na foz da saudade.

beijo, poeta!
inês

Secreta disse...

Segredos tantos , que o vento carrega.
Beijito.

poetaeusou . . . disse...

+
Dois Rios,
,
a saudade dos chilreios,
,
conchinhas, deixo,
,
+

poetaeusou . . . disse...

+
secreta,
,
o vento cala a desgraça,
o vento nada me diz,
,
brisas serenas,
,
+

Isa disse...

Visitar-nos? Sim. Gosto!
Mas leio-o e encanto-me!
Beijo.
isa.

poetaeusou . . . disse...


Isa
,
amiga,
eu escrevo para quem me lê,
quando faço para mim, vou ao
meu diário privado, que já é
composto por cinco volumes,
sabes quais ? lembras-te dos
antigos diários de contabilidade?
são esses mesmo ! srsrsrsrsrsr ,
,
grato fico,´
um mar de amizade, deixo,
,
+