fevereiro 11, 2009

>>>>>>>>>>>>>> remexido sótão <<<<<<<<<


na cama do sentir
em jardim de nuvens
sinto-me em ti
florinha do mar,
gaveta de sonhos
remexido sótão
edredão difuso
profanado manto
das secretas memórias,
poema-fotos-video:poetaeusou

62 comentários:

Mai disse...

Poeta amigo,

Este poema é repleto de imagens.
Evoca a revelação dos segredos que guardamos nas gavetas dos sonhos...

Um divã, lugar em que 'confesariamos' os talvez 'insconfessáveis' desejos mnêmicos que o inconsciente só revela mesmo aos sonhos ou em divãs.

Muito bom, muito!

Abraços,
Mai

São disse...

Nazareno, mas que coisa mais terna...
Um beijo marítimo.

Codinome Beija-Flor disse...

É mesmo um jardim de maravilhas o que encontramos aqui.
Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Mai
,
eu quase diria,
psicosomáticos segredos,
em floridos divãs
cantando a realidade da vida,
,
conchinhas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
a ternura mareante,
,
serenas conchinhas,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO ZÉ, A TUA MARAVILHOSA POSTAGEM, TOCOU O MEU CORAÇÃO... TUDO SE CONJUGA NUM ETERNO SONHO DE VIDA... UM GRANDE ABRAÇO DESTA TUA AMIGA,
FERNANDINHA

poetaeusou . . . disse...

*
Codinome Beija-Flor
,
as tuas palavras,
são jardins de mel,
,
jardins de conchinhas
envio-te,
,
*

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Excluindo a foto da bonita flor, o tempo não sendo propicio à alimentação das gaivotas há tendência a agruparem-se às mil. Siga o poesia!
Um abraço
Daniel

LOURO disse...

Amigo Poeta,

belas fotos, onde triolugia,vence
a nossa alma, sublime...

Abraço,

Lourenço

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
fernandinha,
sempre querida
registo a tua ternura,
igual a esta que te envio,
,
jinos,
,
*

Multiolhares disse...

secretas memórias
no secretismo do mar
no fundo guardado
dentro da concha
como pérolas sentidos

beijos nossos

mariam disse...

Poeta,
li. baixei o volume do vento subi o volume da música assobiada...fantástico! este é um dos vídeos e poemas que mais gostei! aquele céu soberbo, pejado de gaivotas! e as palavras ...

um sorriso (happy) :)
mariam

Ana disse...

Um poema muito belo, uma imagem magnífica, uma flor muito bonita a que chamo(sardinheira de praia porque se dá muito bem junto ao mar)e um video muito especial.
Parabéns! Gostei muito!
Beijinhos.

Menina do Rio disse...

velhas e boas memórias no sótão...

Tem uma ótima noite

Zé Maria disse...

Caro Poeta

Há sempre uma gaveta
um sótão
um espaço próprio
onde guardamos
o momento
os momentos

Vale a pena ter um assim.
Ainda bem.
Porque permite-nos cá vir e descobris coisas boas

Aquele abraço

MEU DOCE AMOR disse...

Um beijo

Ana Martins disse...

E como sempre, Perfeito!!!

Beijinhos,
Ana Martins

MEU DOCE AMOR disse...

Os sótãos costumam ser escuros.Alguns estão cheios de fantasmas e de barulhos estranhos do passado.

Beijinho doce

Silvia disse...

Os nossos sonhos você revelou na poesia... e que sonho lindo!


Obrigada por divulgar meu espaço, desejo que seja útil à todos, afinal todos nós chegaremos lá, e que seja com vigor, saúde e muito riso.
Se você gosta de comidinha, me visite na Molly http://acasadamolly.blogspot.com/

Tem de tudo, light, diet e engordait...
bejos

M@ disse...

A ROSE FOR U
...................................
......... , . - . - , _ , .......
......... ) ` - . .> ' `( .......
........ / . . . .`\ . . \ ........
........ |. . . . . |. . .| ........
......... \ . . . ./ . ./ .........
........... `=(\ /.=` .........
............. `-;`.-' ............
............... `)| ... , ........
................ || _.-'| ........
............. ,_|| \_,/ ........
....... , ..... \|| .' .............
....... |\ |\ ,. ||/ .............
.... ,..\` | /|.,|Y\, ............
..... '-...'-._..\||/ .............
......... >_.-`Y| ..............
.............. ,_|| ...............
................ \|| ...........
................. || ..........
................. || ...........
................. |/ .........
Amigo tenho andado com alguns problemas e não tenho tido tempo para comentar.
Abraço
Manuela

Nocturna disse...

Caro Poetaeusou,
Não estamos de acordo acerca da forma de tratar os nossos animais de estimação.
Mas isso não tem qualquer importância. Aprecio muito fotografia e poesia, entre outras coisas. Visitei o seu blog e acho muito belas, as fotos e as palavras.
Voltarei !
Um abraço nocturno

Ana disse...

A música do mar, a dança das gaivotas, o ritmo das tuas palavras. Tudo se conjuga numa gaveta de sonhos.
Um beijo, Poeta.

Ana disse...

Coitadinhas das gaivotas, hesitantes ante núvem tão negra.
Melhores dias virão (para elas...)

Abraço

paula barros disse...

A mente humano é surpreendente. Li e quando vim comentar, voltei para reler. Já reli com outros olhos e outro sentir.

Remexer no sotão. Sempre trás lembranças.

abraços

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Como sempre tudo muito bonito por aqui.
Só passei para dar um abraço


No entardecer,
o sol dança com a chuva
e um arco-íris
no horizonte tinge...
Espera a lua surgir
e entre as nuvens
uma estrela luzir.
Depois, a terra sorri
quando na noite escura
o céu clareia...
Um véu de estrelas
abraça a lua cheia...
O poeta fecha os olhos
e sente o poema
correr em suas veias.
A lua deita no mar
e o sol, novamente
beija a areia.

(Sirlei L. Passolongo)

Carlos Barros disse...

Amigo Poeta,
Um conjunto harmônico. Um poema que ao reler, já nos encontramos em outro devaneio.

Abraços!

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Passou, não disse, nos últimos 3 anos de 50, fui aos bailes das Festas de Santa Maria, em S. Bartolomeu dos Galegos, dia 2 e às de S. Brás do Paço, a 3, ambas no concelho da Lourinhã. Curioso que a maior parte do Paço, pertence ao de Peniche, tendo sido a igreja canstruída no concelho vizinho.
Daniel

gaivota disse...

que lindo! o vídeo está muito giro, tanto mar...
andas pelo sótão??? procuras enredos e mais carnavais!
memórias secretas, como os segredos do nosso mar...
pilipares

utopia das palavras disse...

Cama de espuma
lençois de mar
azul
adormeces
tu...
poeta do meu... sentit!

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
hoje os barcos estão no mar,
haverá mesa farta para as gaivotas,
certamente . . .
,
um abraço, amigo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
As fotos e palavras
são de quem as vê e lê
,
Abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
os segredos
junto ao mar,
vão e vêm,
ficando sempre . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
Happy fiquei,
com o calor das palavras
pejadas de carinho
que perfumam este canto,
obrigado,
,
concihinhas de gratidão
deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

Ana
,
sardinheira lembra o mar . . .
obrigado pela tua simpatia,
,
marés de conchinhas,
envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
,
Sótão
o arquivo do sonhos . . .
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zé Maria
,
o sótão dos instantes
de mutáveis recordações,
serenas e inconstantes,
,
um abraço, amigo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
daqui osculado . . .
,
Até já,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
e como sempre
a tua visita é um maná de alegria,
,
conchinhas solarengas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
e segredos negros,
presságios dimensionais, gritos
ecoando nos esconsos tectos,
agudos e sibilinos sons
no karaoke dos vizinhos,
e vampiros sugadores,
dos Bancos ? não, das Bancas …
hehehe,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sílvia
,
passei a palavra via Mail,
para alguns amigo(a)s
,
aqui relembrando,
http://acasadamolly.blogspot.com/
http://espacomelhoridade.blogspot.com/
,
O prazer é meu, Sílvia,
,
Conchinhas serenas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@
,
basta-me,
,
a rosa
vistosa
graciosa
como tu formosa,
,
rosadas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Nocturna
,
de momento
não sei a que se refere,
acontece, que gosto
de brincar com as palavras,
daí talvez a discordância,
,
Amiga
fico feliz com as suas palavras
este cantinho é seu e se me
permitir irei conhecer o seu,
,
conchinhas de gratidão, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana-(Encosta do Mar)
,
fugidos do sótão
andam afectos no ar,
acalentados
por um sol primaverial,
,
uma encosta de jinos, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana (sininho)
,
paras elas
e para nós,
que também gaivotamos . . .
,
conchinhas de sol (hoje)
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula barros
,
traz boas e más,
muitas da vezes
é necessário muita coragem
para remexer o passado,
,
conchinhas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
UMA PAGINA PARA DOIS
,
o entardecer
prólogo
das noites de cheia lua,
fazedora dos amanhãs
no poetado sol,
,
um abraço, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carlos Barros
,
devaneios,
de enlevada poesia,
expresso nas tuas palavras,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
vivi em Peniche
de fortes raízes Nazarenas, com
a excepção de Ferrel, (sorrisos)
julgo saber que na altura,
toda a zona da Lourinhã pertencia
á Vigaria de Peniche, é o caso da
Nazaré que faz parte da Vigaria
de Alcobaça uma vez que a nível
nacional os Concelhos estabelecidos
não se equiparam ás áreas religiosas,
,
Está claro, que quer Peniche, Nazaré,
Alcobaça e Lourinhã entres outros,
pertencem ao Patriarcado de Lisboa,
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
está um dia de verão,
já podes vir arejar a casa,
há janelas que não são lavadas,
desde as festas “dosite” hehehehe,
,
Pilipares, envio-te
,
os sargos estão “acamades”
sabem a algas e a limos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
adormeço
nas fronhas da utopia
das palavras que me envolvem
nos lençóis de cama azul,
rolando nos sentires
de espuma feitos . . .
,
Um mar de jinos, deixo,
,
*

manzas disse...

Redigi no pulsar
Do meu ser
Uma valiosa
Carta guardada...
O sol não nascerá
Sem que passe por lá
Para a ler,
Ou ela será
Lacrada.

(rss)

Obrigada pela visita
e comentário
Que deixou no meu

Pensamentos

O eterno abraço...

-MANZAS-

mundo azul disse...

______________________________

Reverencio os seus poemas!

São mesmo, muito bonitos...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________________

Maria Clarinda disse...

E aqui estou uma vez mais maravilhada sempre com as tuas fotos e palavras. Jinhos meu poeta.

Silvia disse...

Olá Poeta,

Eu estava olhando o seu blog com calma, e me chamou a atenção no seu perfil as suas preferência literárias, musicais e tc... ainda ontem falando com uma pessoa me chamou a atenção quando ela disse gostar e de ouvir apenas de 2 gêneros musicais, e um deles mais do que o outro; Limita não? A possibilidade de conhecer outros generos, de degustar outros sabores... Gostei muito daqui.
abraços
silvia

Ana disse...

Adorei a tua mensagem de 26 de Dezembro. A linda cidade do Porto onde nasceu toda a minha família paterna, mereceu a homenagem que fizeste.
Gosto muito do Porto, talvez por conhecer e o visitar desde que me lembro que existo.
Obrigada poeta, deixei lá um "recadinho" para ti:-)
Beijinhos grandes,
Ana Paula

poetaeusou . . . disse...

*
manzas
,
carta a garcia
em lacre real . . .
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mundo azul
,
grato,
,
serenas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
,
e a luz aqui entrou,
,
brisas de jins, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sílvia
,
a constante procura do novo,
nunca olvidar, que há caminhos
novos que esperam por alguém . . .
,
floridas conchinhas, envio,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
calculei que ias gostar,
o Porto, o Grande Porto,
tem uma estranha força,
e as pessoas são maravilhosas,
directas e sinceras, como eu gosto,
,
conchinhas de amizade, envio,
,
*

Marlene Maravilha disse...

Bonito, muito bonito!
beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
amiga,
são os teus olhos,
,
conchinhas de amizade, envio,
,
*