dezembro 18, 2008

>>>>>>>>>>>>>eternizava o pôr-do-sol<<<<<<<<<


se pudesse ser quem sou
que extravagante seria
na minha irracionalidade,
transitava de mim próprio
em circulares rectângulos
ou triângulos quadrados,
e em constante inconstância
de multiplicações inacabadas
desinquietava o que não sei,
e, desconjuntando o ocaso,
na linha do horizonte
eternizava o … pôr-do-sol,
poemado-fotos-:poetaeusou

44 comentários:

utopia das palavras disse...

para sempre
crepúsculo...
entre lua
ensolarada
e cristalino
fogo
de âmbar...!

Beijo poeta

Liar disse...

Eu para te dizer que gosto imenso da forma como escreves, posso ser quem sou!

Adorei!

Bjinho

Céci

Paula Raposo disse...

Gosto imenso destes videos de mar!! Lindíssimo. Beijos.

Sol da meia noite disse...

Estranho como existe sempre algo que não nos deixa ser como somos...
Dá que pensar.

Um jinho *

MEU DOCE AMOR disse...

...e o amanhecer...

Beijinho doce e até já

Carla disse...

e consegues eternizá-lo sempre que lhe tiras tão belas fotos
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Utopia das palavras
,
âmbar
florescente alaranjado,
fogo refulgente,
nos odores crepusculares,
,
marés de jinos, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Liar
,
é muito difícil,
sermos quem somos,
muito mesmo,
,
conchinhas de luz,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha
vou hoje visitar-te,
,
jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
até a nossa prudência
nos avisa,
,
jinos em brisas, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
passando pelas madrugadas
,
um mar de jinos, dou-te,
,
*

Arco-íris disse...

Adorei tudo...fotos, video, texto...
beijinhos

mdsol disse...

;))))

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
o pôr-do-sol,
é sublime . . .
,
brisas de solares, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Arco-íris
,
e contente, fiquei,
,
conchinhas solares, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
consolidadas melhoras,
desejo-te,
,
*

Maripa disse...

Obrigada,meu amigo poeta...

Todos os dias o sol se deita com o mar e o incendeia.
União perfeita num abraço de fogo...

Abraço com muito carinho.

gaivota disse...

eternizavas o pôr do sol, e muito bem!
a nossa praia tem o pôr do sol mais bonito que alguma vez já vi!!!
será quê?, paixão?........
pilipares, luminosos, entardecidos

PILAR disse...

Que lindo!

O seu "postar" é um bálsamo...principalmente em dias pouco leves...
A música caiu mesmo bem.
Mas poeta... não queira eternizar o que é naturalmente efémero..ainda que dure para sempre!

Obrigada por partilhar, uma vez mais

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
o prazer é meu, amiga,
,
o sol-pôr,
o advento da noite,
o até amanha da terra ao sol,
no seu deslocamento rotativo,
será assim Galileu . . . ???
,
maresias serenas, envio,
,
*

R.G. disse...

"eternizava o pôr-do-sol"

Já o fazes com as tuas fotos...

Beijo perdido

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
são
,
olha primêro tá agente,
e as nossas coisinhas,
mênes que ninguém, óliópssss,
,
pilipares das meninas,
,
*

Filó disse...

Poeta,

Com uma inspiração sem fim, este é um poema magnífico..luminoso
Lindas fotos do por do sol e mar..,
O video, mostra um mar sereno e bonito...

Poeta, Lindo!

Um Abraço amigo,

poetaeusou . . . disse...

*
PILAR
,
a beleza,
leva-nos a excessos,
talvez exagerasse,
,
será uma beleza eterna,
tenho a certeza . . .
,
conchinhas de eterna amizade,
envio,
,
*

Violeta disse...

boas festas com muita inspiração.

FERNANDA & POEMAS disse...

´Querido Zé, eu também internizava se pudesse... Ficaria á beira mar a olhar perdida, entre o fogo do Sol e o azul do Mar... Um grande abraço Amigo!...
Fernandinha

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
crepusculo . . .
perco-me,
naqueles breves minutos,
vivendo-o todos os dias,
no mesmo sitio, sempre
de tonalidades diferentes,
,
conchinhas solares, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
a inspiração
é este mar,
lindo, imenso, belo,
onde os velhos do restelo,
se transformaram em gaivotas,
,
marés de gratidão,
te envio, amiga,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Violeta
,
uma feliz quadra,
,
maresias de gratidão, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
fernandinha,
,
sol, mar, e areal,
a beleza de que
ninguem é dono,
,
conchinhas,
,
*

Chinha disse...

Em fotos belas e video abarcante te desejo uma quadra Natalicia cheia de amor e que vivas sempre aquilo que é tão importante

" O MOMENTO"

bjinhos em tuas conchinhas

Multiolhares disse...

eternizado sol, em palavras cadentes de cristalinos ocasos,miticas fragancias de alvas flores

Beijos nossos

Mariz disse...

Salvé Zé poeta é!

Que se eternize então o pôr-do-sol de todos os dias feitos amanhã.
Hálá uma prenda para levar...de Natal, claro!
Leva paciência para ficar por lá.
Abraço de sempre...branco!
Mariz

(um dia também quero que alguém me dedique um vídeo!)

Bandys disse...

Tudo lindo aqui,
voltarei tambem

beijos

Mai disse...

Mestre-Poeta, eu aprendo aqui, a forma mais precisa de buscar na dualidade, a poesia.
O caminho do meio.
o finito do infinito.

E, sempre saio, melhor do que antes.
Isto é o Poder-poético?
Isto que sinto é a força da poesia e do seu criador?

Então sou e somos felizes por ter-te encontrado.

Feliz Natal!

Teresa Durães disse...

oh... parece que falhei este post ontem... onde estava com a cabeça? Pois gostei bastante e penso que é preferível sermos sempre o que somos nem que seja mesmo extravagante. Afinal, o mundo precisa de loucos (para não entrar na banalidade)

gotadevidro disse...

Quando a luz do Pôr do Sol nos dá esta imagen, o âmago parte para o mundo do sonho...

Que o teu Natal seja o sonho de um poeta!

Um beijinho em forma de gota

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
instantes,
os momentos vividos,
,
quadra feliz, desejo-te
,
conchinhas de paz, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
palavras cristalinas,
de odores a iodo,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariz
,
irei amiga,
tu mandas
,
e mereces que te dedique,
brevemente, farei,
,
conchinhas de luz,
envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Bandys
,
grato, amiga,
,
marés serenas,
te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mai
,
a dualidade é indecisão
indecisão é a procura
do caminho certo,
escolhido na duplicidade . . .
,
maresias de amizade,
deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
ai, se eu pudesse, Teresa,
dar vida ao meu pensamento . . .
,
controladas brisas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gotadevidro
,
enigmático brilho,
nos mistérios do pôr-do-sol,
,
um mar de jinos, deixo,
,
*