agosto 29, 2008

>>>>>>>>>>>>>> favos de seiva <<<<<<<<<


o mel
das tuas veias
são favos de seiva
salpicados verdes
esposando árvores
ramadas vadias
vestidas de ímpetos
perpetuando o pólen
nas esmeraldinas noites
poema e fotos:poetaeusou

44 comentários:

Multiolhares disse...

As arvores são cor, são vida,
O nosso respirar, ainda que seus
Ramos possam morrer, a vida contínua
Através das raízes.

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
oxigénio
a seiva humana,
verdes favos,
mel da vida,
no polen da noite,
,
beijos nossos,
,
*

Juani lopes disse...

hoy soy una abeja buscando la miel de tus letras
gracia por la aclaracion
saluditos

The Hazy Looker disse...

Entrar neste blog é como sentir a areia a acariciar os pés, o sol a dourar a pele e o mar imponente a lavar-nos a alma.

Um beijo.

dona tela disse...

Tive o meu primeiro SELO!

Beijinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
juani lopes
.
sabes do pedido de Cervantes ?
,
o mestre tinha muito cuidado
com a língua espanhola,
como acontece em portugal
com a língua portuguesa, hehehe,
e, já muito doente escreveu que
por cada erro de gramática, ele
dava uma volta dentro do caixão,
um seu admirador, fanático, quiz
falar com ele quando morreu,
na ilha dos amores dos poetas,
pediu autorização para falar com
o mestre, pedro perguntou qual a
ultima vontade de cervantes,
depois de informado gritou,
é pá, esse é o zé ventoinha,
repara, está sempre a girar . . .
,
assim foi a minha aclaracion ...
,
saluditos, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
The Hazy Looker
,
a comunhão
do belo e a natureza,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
dona tela
,
ele é irlandas
ele é selos (merecidos)
ele é admiradores secretos,
,
o que bill gates,
proporcionou com estas redes
,
conchinhas
,
*

Sol da meia noite disse...

Bem... este sentir vai muito para lá da doçura do mel, do verde das árvores... das verdes noites...
É um sentir saido da alma. Da alma que sabe sentir.

Poeta, um beijinho *

Esmeralda disse...

E este mel, será doce ou amargo como fel?

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
sentir,
a alma sentindo,
o provir de quem semeia,
,
conchinhas de pólen, deixo,
,
*

Chinha disse...

Hoje estás muito doce Poeta do mar ...

Quando o mel circula nas veias, subentende-se amor ...

bjinhos

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
acre-doce . . .
como o vai e vem
das marés,
,
melados búzios, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
correntes de seivas,
nas veias da natureza . . .
,
verdejantes conchinhas
,
*

Isabel-F. disse...

tão lindo o poema ...

e as fotos também ... como sempre ...


porque não fazes um blog só de fotos, já que tens uma infinidade delas?

bjs

Gerlane disse...

Favos de seiva, verde, oxigênio, beleza e vida!

Um bom fim de semana, querido poeta!

Abraços!

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
vou pensar,
na tua sugestão,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
verde planeta,
nossa casa . . .
,
conchinhas,
,
*

Marlene Maravilha disse...

Muito bem dito, e bendito!!!
Deus aparece muito nestas fotos!
Gosto deste teu pedaco!
beijos e bom fim de semana!

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
.
sensatas palavras.
como o dom de deus,
,
conchinhas de luz, dou-te
,
*

gotadevidro disse...

O mel a correr em veias...Bem são seivas bem doces.

Bonito teu poema.

Não sei se devas passar por lá........Vens carregado de problemas.

:)



Um beijo

Duarte disse...

Favos de seiva
a seiva da vida.
Néctar pegajoso,
denso e brilhante.
Pólen que flutua,
abelha que esvoaça.
Arvore que reverdece,
ser que cresce...
Efeitos do mel?!

Abraços

mdsol disse...

Gostei tanto do título do post, que o resto foi tudo ganho!

conchinhas aos favos (não à fava, nunca à fava! rsrs)!

:)))

São disse...

Hoje passámos para a mãe-terra? Também gosto!
Feliz final de semana.

Ana Diniz disse...

Poeta,

que esta árvore da vida e do amor renda-lhe os mais saborosos frutos!

Lindas fotos, parabéns!


Estou de volta aos blogues!
Coloquei o seu link na minha seção de "Poetas Afins".


Te adoro!

Ana

Oliva verde disse...

Como sempre, os teus textos têm a capacidade de me transmitir uma enorme paz!
Que o gosto desse mel perdure em teus lábios!
Beijinhos

cristal disse...

Olá Poeta

Tão bom ao fim da tarde saborear este "docinho"....
Um hino à vida acompanhado pela voz única do nosso Zeca!!

Gostei muito.

Um Abraço do tamanho do Mar.

mulher lua disse...

Gostei muito do teu blogue.
Veijios

daniel disse...

Poetaeusou

Flora, verso, a habitual leveza... tudo verde!...

Um abraço
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
gotadevidro
.
o mel das tuas palavras,
,
passarei por lá, sim senhor.
.
conchinhas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
as tuas palavras
são,
maresias de pólen,
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
favinhas,
com ovos escalfados, hummmmm.
,
favos de conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
terra mãe,
a mutua casa . . .
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Diniz
,
grato amiga,
,
conchinhas luz,
iluminando o teu regresso,
,
*

Filó disse...

Árvores,
De porte, erguidas,
Vestidas de folhas verdes e secas,
Assim o dita, o tempo,
Que passa,
Poiso de pássaros,
Abrigo de olhares,
Ouvem, escutam histórias de vidas,
Abraçam-nos com a sombra,
Das calmarias e luares,
Respiramos,bebemos a seiva,
A vida de todos nós !!

Lindo poema!
Poeta
Um abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Oliva verde
,
que a paz,
ande
sempre por perto,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
um mar de mel,
na voz de zeca,
,
doces conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mulher lua
,
gratificado, fico,
,
conchinhas, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
flora, caça, diana,
afrodite, adonis . . .
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga,
,
um magnifico poema,
o teu comentário,
,
um obrigado sincero,
,
esverdeadas maresias, deixo,
,
*

gaivota disse...

mas por onde andas tu para agarrares estas árvores tão lindas...
e as árvores morrem de pé, não é companheiro?
como nós!
piliparessssssssssss
(sem tempo para nada, acredita!)

MEU DOCE AMOR disse...

Aiiiiiiiiii...

Fiquei tão melada:)

Beijos mimados

Estou assim...

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
por onde tens andado,
pergunto eu . . .
,
foi fotada no S.Brás . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Aiiiiiiiiii...
,
alteia e mel,
em alt(e)iados mimos...melados,
,
adocicadas conchinhas,
,
*