junho 14, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>> moinhos <<<<<<<<<


moinhos
são pingos de sal
veludos de chita
chuvosos de sol
moinhos
são máscaras opacas
de vivos fantasmas
poemas carentes
dos ventos parados
poema e fotos: poetaeusou

40 comentários:

Helena disse...

Linda essa falésia, pendurada ao cima desse mar emeraude.

Optimo fim de semana Poeta

Um beijo

Multiolhares disse...

Mas já foram
Farinha, fome tapada
Pelo pão moído
Por valorosos moleiros

Beijos nossos

Duarte disse...

Moinhos inactivos.
Quanto moeram?
Lutaria contra eles
O Quixote?
Não ameaçam.
São máscaras,
inertes,
hoje!
Farinha, pó...
davam pão.

Bom fim de semana

gaivota disse...

são moinhos simplesmente e lindos
os nossos daquí do oeste
e os outros da terra deles...à beira dos canais, e das tulipas
e de duas princesas que esperam, esperam...
vai ser mais dificil ainda...
entra e estágio, anda!!!
ppiliparessssssssssssssssssss

Ana disse...

Moínhos sem velas, carentes da ternura do vento.
Um beijo e bom fim de semana.

Carminda Pinho disse...

Poeta,
gostei do teu jogo de palavras.

Os moinhos, são aquilo que não foram.:)

Beijos

Pitanga Doce disse...

Gosto de moinhos quase tanto como de faróis.

"não bais lá à casa oubir uns fadinhos, pá"?

abraços

daniel disse...

Poetaeusou

Fascinaram-me as interessantes imagens que ilustram, condignamente, a bonita poesia dedicada aos velhos moinhos.

Daniel

Juani lopes disse...

y segun don quijote de la mancha
son nuestros problemas convertidos en eemigos
feliz fin de semana
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
hoje o mar está lindo,
falta a flor de lis, tu . . .
,
conchinhas da praia,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares,
,
luna
,
e caminhamos para lá,
o grande capital já está
a dominar a vertente económica,
da alimentação . .
,
beijos nossos
,
*

Sol da meia noite disse...

Gostei desta definição de moinhos... o teu olhar, o teu sentir...
Já lá vai o tempo dos moinhos, é verdade...

Bom fim de semana! De sol e de mar!!!

Jinhos * *

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
pão, meu amor . . .
amada dulcineia de toboso ,
cervantes o miguel, meu preferido,
sancho pança o realista,
d. Quixote estás perdoado,
olha para estas elites,
irreais e semeados de quimeras . . .
,
Saudações
,
*

mundo azul disse...

Que linda essa foto!
O seu poema é muito bonito...fazendo jus a bela imagem!
Beijos de luz e muita alegria no coração...

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,

moinhas,
são ninhos do vento,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
ventos,
carentes,
do rumor das mós,
,
conchinhas ao alto, dou-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
palavras arejadas,
em velas veladas,
,
um jino em conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
moinho farol do vento,
,
já fui ...
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
mós de moinhos na rua,
residencia intra-muros,
,
abç.,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
la mancha
na
manchuria do túnel,

conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
moinhos
do passado,
rosto cansado,
trigal da saudade,
,
ventosas conchinhas,
deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mundo azul
,
moinhos de luz,
poema
em mar
azul,
no vento sul
do teu olhar,
,
luzentes conchinhas,
,
*

Mari disse...

Oie!!!

Adorei a imagem e o poema, muito tudo para você, beijos, marii
Adoro moinhos!

Rosa Maria disse...

Já tinha saudades de te ler e ver as tuas imagens.

No post anterior deu para matar saudades da "praia" ainda sem as barracas...

Beijos

São disse...

Adoro moínhos, sabes?
Da tua poesia continuo gostando também rsrs

Feliz fim de semana.

Lena disse...

Como o mar é minha paixão
tou a ver que ja não consigo passar sem escrever também.
Convido te aqui (...) ao meu cantinho, não esse ai, mas aqui na net.

Um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Mari
,
feliz fiquei,
,,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
,
e a luz violáca,
entrou no meu cantinho,
ao som gemido dos moinhos,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
moinhos
de vela erguida,
que sais
do cais da ribeira,
gaivota ..........
,
não é isto, pá,
,
olha já está,
,
conchinhas.
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

E como fazemos para pôr as velas a funcionarem...quando os ventos estão parados?

Adorei.

Beijinho doce Querido Poeta do Mar

Com Magia e Fogo invento o Amor

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
registei,
e o encanto da sereia,
em noite de lua nova,
pilipipa na gaivota,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
mudamos o moinho,
para as eescarpas,
frente ao mar,
e funcionará,
ao sabor das marés,
,
hehehehe
,
conchinhas
,
*

Menina do Rio disse...

Os moinhos de vento são um verdadeiro encanto.

Um beijo e bom domingo

mdsol disse...

eu bem digo que os poetas podem tudo: Veludos de chita... interessante conflito..
:))

Rui Caetano disse...

Espectacular.

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
,
encantado . . . encanto,
o teu . . .
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
ou organza
de pano cru . . .
,
conchinhas pacificas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rui Caetano
,
um abraço,
,
*

Ana disse...

Que pena não sabermos preservar os nossos moínhos.
Custa ver com se transformaram realmente em fantasmas.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
ana,
,
casa de férias,
é a grande moda . . .
,
conchinhas
*,